Acessos em Êxtase !

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Vizinhos e Amantes:



O que vou relatar aconteceu com um amigo meu, ele e eu somos eletricistas e fomos fazer um pequeno serviço de instalação na casa de uma vizinha sua, quando lá chegamos para fazer o tal serviço a irmã da vizinha abriu a porta e assim que entramos a dona da casa que se chama Rita estava saindo do banho em trajes íntimos.
Então a pegamos de surpresa sem querer não tivemos culpa nos mandou entrar assim fizemos eu fiquei na minha mas já prevendo que com meu amigo e sua vizinha as coisas seriam diferente eu já fiquei desconcertado pois ele já tinha comentado comigo que tinha o maior tesão por ela, mas a vizinha era casada e que ainda não rolou nada porque a esposa dele dava maior marcação.
Então fiz meu trabalho e fui embora deixando ele se desenrolar com o termino da instalação.Na minha saída ele já sinalizou que as coisas iam terminar de uma forma diferente que depois me contava. Se não fosse aquele dia seria outro afinal moram na mesma rua.
Eu que sou casado já imaginei o que meu amigo eletricista ia aprontar para se desculpar em casa para voltar outro dia na casa da vizinha. Ainda mais do jeito que ficou animado depois que viu a vizinha em trajes íntimos.
Este meu amigo se chama Marcos é casado é negro já com 40 anos e tem um fogo que não pode ver um rabo de saia que já fica assanhado.
Os amigos mais íntimos dele o chamam de pé de mesa, ai vocês devem deduzir o motivo deste apelido. Como eu sou frequentador de sua casa outro dia em conversas sua esposa brincando falou que não sabia como é que seu marido tinha tanto tesão pois quer fazer sexo todo dia.
Que se ela o satisfazer ele ainda quer mais de uma vez, isto desde que se casaram há 15 anos.
Pois depois do desabafo dela caímos todos na risadas, foi aí que Marcos disse que não tinha culpa-se gostava tanto de sexo. Sua esposa disse que quando ele era solteiro tinha fama de pegador e que onde moravam antes de casar no interior ele já tinha passado a pica em quase todas as moças da cidade pois a fama do apelido Pé de mesa corria pela cidade inteira.
-Foi ai que Marcos falou eu não tinha culpa colega se todas queriam ver com seus próprios olhos, então eu aproveitava dizendo que só ver não podia e sempre acabava acontecendo alguma diversão extra.
Ai eu pensei na certa a vizinha que era casada estava curiosa também para saber como era o Marcos pé de mesa. Ele terminou o serviço deixando tudo no lugar e quando foi se despedir da dona da casa sua vizinha lhe passou um cartão e dizendo se por acaso tivesse algum problema elétrico ou similares que poderia telefonar que ele viria atender.
Na despedida demorou-se segurando a mão de sua vizinha que se chama Rita e foi-se embora sentindo um aperto no coração pois faltou-lhe coragem de xavecar sua vizinha a mulher que lhe encantava em suas manhãs quando saia para trabalhar e ela sempre estava varrendo sua calçada com roupas curtas e justas, bem provocantes.
Mas como Marcos me relatou depois ele era filho de Deus e não ia ficar sem realizar sua vontade de passar alguns momentos com aquela vizinha tesuda que sempre estava presente em seus momentos de sexo solitário 5 a Um. Naquela tarde de sábado sua esposa saiu para visitar uma prima que estava internada, ele chegou do trabalho tomou um banho vestiu uma bermuda e ficou tomando uma cervejas para almoçar. Sua esposa tinha pressa o horário de visita era curto, como ele estava bebendo sua esposa foi com sua irmã.
E assim Marcos ficou à vontade tomando sua cervejinha ouvindo umas músicas. Estava sentado em uma mesa na garagem de sua casa, quem passava na rua tinha total visão de sua casa pois era com muro baixo e grades.
Marcos estava bem à vontade bebericando sua cerveja, estava tranquilo até que sua vizinha passou e o viu e chamou Oh seu Marcos queria falar com o senhor.
Oh Rita do que se trata? Mas não me chama de senhor não.
-Está bom Marcos é que eu precisava colocar um chuveiro no meu banheiro que o outro queimou.
Pode ser após ao almoço?
-Claro Marcos é até melhor pois o marido está trabalhando e só chega de noite...Já inaugura o chuveiro. Marcos disse que já iria só ia terminar sua cerveja.
-Oh Marcos desculpa atrapalhar sua folga você toma cerveja lá em casa só assim eu tomo um copo. Imediatamente o Marcos apressou-se já imaginando como iria abordar o assunto.
Chegou chamou na porta a Rita apareceu mandou entrar e foi pegar o chuveiro, ele olhou pegou o material necessário e foi colocar, estava colocando o chuveiro quando viu uma calcinha de renda pendurada no banheiro. Não resistiu pegou a calcinha e viu que estava úmida nos fundilhos, ai com movimento levou até o nariz e começou a sentir o cheiro da sua vizinha Rita.
Não demorou ele estava excitado imaginando como era gostosa e como deveria ser cheirar a xoxota em vez da calcinha.
Foi pego de surpresa por Rita com sua calcinha na mão.
-Marcos o que faz com minha calcinha na mão?
-Eu não vou inventar nada Rita nem vou mentir, estava aqui sentindo seu cheiro e imaginando como você deve ser gostosa na cama.
-Marcos eu sou casada!
-Sim Rita eu também sou, mas isto não me impede de sentir desejos e eu sinto uma tara muito grande por você.
Você me deixa louco Rita eu durmo e acordo pensando em você, quando você passa na porta da minha casa rebolando a minha vontade é de te pegar a força, está quase impossível esconder este desejo que tenho sobre você.
-Nossa Marcos nunca ninguém me disse assim que tem tanto desejo por mim como você está me dizendo agora, até meu marido tem dias que fazemos sexo eu sinto que ele faz como uma obrigação algo mecânico você entende?
Ele é um trouxa de não tratar você como uma rainha pois assim que sinto que você merece ser tratada.
Rita ficou sem palavras quando ouviu a declaração de Marcos, este aproveitou que ela estava bem perto dele abraçou-a e falou Rita mata esta minha vontade de ter você só assim fico feliz.
-Mas Marcos somos casados! Sim somos mas eu não quero que você separe de seu marido apenas quero tê-la por alguns momentos e assim te deixarei em paz.
Você me provoca! -Nunca tive a intenção de te provocar Marcos.
-Eu sei que não era intenção sua, mas acontece e sempre vai acontecer é agora a hora de você decidir.
-Sem dizer uma palavra Rita pega a calcinha das mãos de Marcos e diz então se quer uma calcinha minha Marcos que seja a que estou vestida agora, pega ela para você.
-Marcos sem querer acreditar abraçou ela e disse... ah Rita como estou feliz por este momento...Aí ele perguntou a ela se a porta estava fechada. Sim está tudo trancado Marcos agora só eu e você.
Marcos tirou o vestido dela e começou a mamar seus peitos ela ajudou ele tirando sua roupa ai ficou ele de cueca ela de calcinha. Quando Marcos foi se baixando e ficou ajoelhado na altura de sua xoxota viu uma mancha de umidade na calcinha ai falou está vendo sua vadia que você me quer o tanto que te quero você está toda melada. E sem dizer mais nada afastou a calcinha para o lado e começou a chupar a xoxota dela gulosamente. Rita se apoiou na parede para não cair e começou a gemer em pouco tempo começou a gozar, Marcos metia a língua com vontade saboreando cada goda do seu delicioso mel. Ai Marcos parou por alguns minutos e levantou Rita vendo do jeito que ele estava começou alisar a picona dele depois abaixou a cueca e ficou abismada do tamanho da pica de Marcos e exclamou!
-Nossa Marcos tudo isso?
-Sim tudo só para você sua vadia chupa ai gostoso chupa!
-Não sei se vou aguentar parece um cavalo de tão grossa que é tua pica, -Ele rindo respondeu aguenta sim safadinha com jeitinho ela entra fácil, chupa tesuda que quero ver se você e boa de boquete.
Rita segurou a pica de Marcos deu uma lambida na cabeça e foi chupando e ambos gemendo até que ela já metia metade da pica na boca, ele segurava eu seus cabelos e ajudava forçando cada vez mais a pica dentro de sua garganta, mas ambos tinha que acelerar pois o tempo passa rápido logo ele mandou ela parar de chupar pois queria gozar gostoso na sua xoxota ai Rita falou ai meu Deus você vai me arrombar.
-Nada minha querida safada vou meter gostoso e você vai é pedir mais, foi ai que Marcos fez com que ela se apoiasse na parede e com jeito foi metendo, ela começou a gemer dizendo que estava doendo ai Marcos falou melhor na cama, ai não teve jeito ela segurou na mão dele e foi levando até o quarto. Ela foi para o meio da cama ficando de 4 ele ficou em pé ao lado da cama com a pica envergada para cima e puxou-a a seu encontro e falou:
Venha safada vou te mostrar como é que se fode não sou fraco como corno de teu marido. Quando Rita começou a senti a pica enorme na entrada de sua xoxota falou ,  Marcos você vai me machucar com esta sua pica e grande demais ...e ele dando risada falou não amorzinho terei cuidado com você sei que é grande afinal e por isto que meus colegas me zoa me chamando de Marcos pé de mesa , foi puxando para ficar na mesma altura de sua cintura, ai com firmeza Marcos segurou em seus quadris e alisando sua bunda foi colocando a cabeça de sua pica na entrada da xoxota forçando e Rita soltou um gemido alto ,ele sempre alisando fazendo carinhos mas  sem deixar espaço para ela escapar empurrou tudo para dentro.
Ai só escutava os gemidos de Rita, aí Marcos você é um tarado você está me arregaçando toda!
Dava para pensar que ele estava forçando, mas nada em poucos minutos ouvia ela pedindo para fazer ela gozar gostoso.
Me fode delicia em pouco tempo só ouvia-se urros de luxuria e tesão. Marcos fodeu Rita de tudo quanto foi jeito, a safada nem se preocupava que os gemidos de ambos poderia ser ouvidos pelos vizinhos foderam muito até ele explodir e gozar muito.
Quando foram fazer anal Rita escandalizou dizendo não que ia doer, ele safado só mandando   ela relaxar quando ela se deu conta já estava com a pica toda atochada e rebolando como uma vadia até ele encher o rabo dela de esperma que chegou a escorrer pelas pernas. Ambos saciados Marcos saiu de tardezinha mas com a certeza que agora tinha uma amante e se dependesse deles nunca mais iria bater punheta porque o que tinha de gostosa tinha de safada, pois a Rita é destas mulheres que é na rua uma dama e uma puta na cama.
Sorte de Marcos que agora vai está sempre presente nas horas vagas para saciar seu desejo por Rita uma vizinha bem safadinha gostosa e boa de cama.
E depois de alguns dias passados o Marcos me convidou a realizar um velho fetiche dele que era fazer uma DP, perguntei se a Rita topava mesmo ele ficou depois de me confirmar. Eu depois de ouvir todo relato do Marcos nesta aventura fiquei super. excitado e vou topar quero saber se a Rita é gostosa mesmo como meu amigo Marcos pé de mesa falou...

Docecomomel
Meu Instagram ==>>docecomomel 2011
Feira de Santana,09 de agosto de 2011.
Obrigada por ler.

Um comentário:

  1. Uma delícia de conto parabparabéns fiquei com um tesão enorme...

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)