.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Na Calada da noite...Meu cunhado fodeu gostoso comigo!




Outro dia eu viajei para um sitio iriamos passar o final de semana junto com amigos.
Fomos em um grupo de quatro pessoas, em um carro só.
Eu meu namorado, meu cunhado e uma namorada sua. Meu cunhado é um coroa de 40 anos ele é viúvo. Mas vive cheio de namoradas. Sempre os ouço conversando.
-Meu cunhado com meu namorado e as risadas altas indicam que só falam de sacanagens. Outro dia meu namorado até falou assim este meu irmão é foda mesmo as mulheres que ele pega quando sentem o tamanho do pirocao, não querem largar mais.
Foi aí que pensei se do meu namorado já acho de bom tamanho imagine do meu cunhado, que segundo dizem é bem maior. Pois bem me esqueci do assunto até que: Saímos para nossa viagem de final de semana prolongado.
Lá chegando no sítio dos amigos ele conversando com meu namorado falou que aconteceu um imprevisto. Que chegou uns amigos de outra cidade e um casal estava em lua de mel então teríamos que ficar em um quarto só, pois já que eram dois irmãos não teria inconveniente. Todos nós concordamos e rimos muito quando meu namorado disse que não seria problema algum a não ser que seu irmão o pegasse distraído. Todos de boa rimos muito e fomos para sala onde estava sendo servido um faro buffet, onde muita gente alegre comiam e bebiam. Todos se conheciam mesmo que fosse só de vista. Eu e a namorada de meu cunhado nos damos muito bem ficamos conversando até tarde.
Quando ela me confidenciou que estava um pouco zangada com seu namorado pois ele não entendia que não seria necessário transar neste final de semana, pois era inconveniente com outras pessoas no quarto.
-Foi ai que eu disse Luana se for caso eu e Lucas ficamos até mais tarde ai vocês dão toque e depois que vamos para o quarto,
-Não e preciso Marcela viemos nos divertir não transar!
Afinal fomos tomar uns drinks e conversar com muitos amigos onde a alegria era geral. Estava tudo ótimo mesmo com muita gente bonita, música e muita alegria. A música ao vivo estava ótima para dançar agarradinho.
Afinal não fomos lá para divertir não para foder. Foi estas palavras que ouvi do meu namorado. Apenas rimos e o assunto foi encerrado. Comecei a dançar com meu cunhado que um ótimo dançarino, sentia sua mão apertando minha cintura. Isto me causou uma sensação agradável. Meu corpo reagia a seu carinho então... O tesão surgiu, aí a saia justa é norma eu sem querer fiquei excitada com aproximação do corpo do meu cunhado. A música deu uma pausa e ficamos em grupos conversando foi ai que percebi que meu cunhado estava com uma cara enfezada. Tinha brigado com a namorada por ciúmes pois ela estava conversando cm dois amigos e um deles é um ex-namorado dela.
Mas como não tinha lá estas intimidades com ela nem cogitei em perguntar se ela estava de conversa com o ex para fazer ciúmes, eu queria mesmo era me divertir e deixar stress de lado. Assim depois de tomar umas cervejas e conversar e dançar muito eu e meu namorado fomos para o quarto ele também tinha tomado todas.
O dia seguinte teríamos um churrasco e logo cedo teríamos queima de fogos. Era preciso descansar para aguentar o pique do dia seguinte. Meu namorado tirou a roupa ficando só de cuecas e se jogou no colchão, adormecendo em seguida.
Fui tomar um banho morno para relaxar e dormi. Ainda bem que levei roupas de dormi para noites frias pois seria complicado dormi de baby-doll com meu cunhado no quarto.
Deitei-me e ainda sonolenta vi quando meu cunhado e sua namorada entraram no quarto, falavam em voz baixa mas percebi que ele estava zangado pois ela tinha bebido muito. Vi quando ele a levou ao banheiro e logo fez com que ela deitasse.
Caracas ela tinha bebido demais estava bêbada. Virei e fui dormi... Já era mais ou menos umas duas (2) da manhã e estava dormindo mesmo quando Ouço meu cunhado chamar pelo nome do irmão que o meu namorado, como ele havia bebido demais não se mexia. Ai vi quando meu cunhado saiu e depois de alguns minutos voltou bebericando uma cerveja. Depois eu o vi sair em direção ao banheiro.
Eu estava deitada na colchão de casal. E ouvi vozes em sussurros. Era a namorada do meu cunhado que dizia...
Poxa Aldo você também hein...Não dispensa um boquete!
Ai ele disse mama safada quero que mame bem gostoso sua vadia! Até parece que deu para aquele teu e? Bobagem Aldo deixa de ciúmes bobo eu amo você!
Eu adoro te pagar boquete mas caramba teu cacete arregaça minha boca com esta grossura toda.
-Cala boca puta safada e chupa que quero te encher de leite.
-Anda não está vendo que estou doido para te foder.
-Cachorra eu bem sei que você gosta de cacete é na xoxota, mas pra começar, vamos anda me alivia este tesão, sua safada tesuda que depois mais tarde trepo bem gostoso com você, deixa minha cunhada dormir.
Fiquei surpresa.
Como eu estava no colchão de casal com meu namorado eles na cama ali junto.
Como é que iriam transar? Ai vi meu cunhado ficar ajoelhado na cama e sua namorada cai de boca naquela pica enorme. Caracas parecia um jegue! Fiquei quietinha só observando sem deixar ser notada.
Meu cunhado e ajoelhado na cama com menos de 2 metros de distância com um cacete enorme duraço, socando na boca da sua namorada. Era cenas de mexer com qualquer uma pessoa normal e comigo não foi diferente;
Ela degustava com uma gulodice fenomenal...Se deliciando com cada cm de puro nervo teso realmente o cacete era enorme e grosso, eu nunca tinha visto como aquele.
Do meu namorado nem chegava à metade, na espessura parecia um porrete.
Observei por alguns minutos e vi quando Aldo acelerou os movimentos dos quadris e segurou a cabeça da sua namorada e começou a soltar golfadas e mais golfadas de leite.
A putinha não tinha como não sorver todo leite. Assim sua puta safada mama gostoso, vai delicia aproveita do meu precioso leite.ahhh safada tesuda, mais tarde te arrombo gostoso do jeito que gosto.
Ahhh delicia...
Uhhhh que maravilha.Com sinceridade ver aquele cacete enorme cheio de veias com a cabeçorra arredondada me deixou fora do eixo. Fiquei excitada demais, mas meu namorado estava dormindo então como poderia fazer não sei.
Quando me virei depois uma hora e levantei para ir até o banheiro e vi que Aldo e sua namorada estavam deitados abraçados na cama.
Vi uma garrafa de bebida próximo a cama. Deduzi alguém bebeu e não foi meu cunhado pois sei que não gosta de vinho.
Mas fazer o que? Pensei ela tomou vinho e ainda aproveitaram para transar sem se preocuparem com meu namorado e eu ali no quarto dormindo.
Fogoso demais eles.
Hum... Do jeito que gosto homem que não nega fogo em circunstância nenhuma.
Poxa pensei e agora poxa e agora como vou dormir, com esta vontade louca de sexo com o namorado bêbado? Assim silenciosamente deitei e fui tentar dormir. Já era bastante tarde o quarto escuro sinto mãos me apalpando. Eu nem sei o que fazer, mas estava com tanto tesão que continuei fingindo dormir. Dedos acariciavam minha xoxota que estava molhada de tesão. Soltei um suspiro e fingindo dormir abro mais minhas pernas. Ouvia ruídos de lábios molhados Deduzi que meu cunhado lambia seus dedos molhados do mel de minha xoxota. Minha calcinha foi tirada lentamente senti o calor de uma boca em minha xoxota, barba por fazer, lábios sedentos sugavam meu clitóris.
Explodi em um gozo.
Sentia meu corpo tremulando, excitação acumulado. Não podia gemer alto assim me debatia explodindo em tesão.
Depois de ver outros se amando dá uma excitação que é difícil de controlar.
Em minutos sinto a explosão do meu orgasmo lábios me sugando, corpo tremulando.
Minha respiração ofegante.
Enfim o prelúdio.
Sinto um corpo aproximando-se do meu, um cacete quente rígido encosta a minha bunda.
A procura do prazer.
Encaixo-me, me abro.
Com movimentos precisos sinto-me ser invadida.
Em silencio um cacete afunda-se na minha xoxota úmida.
Mãos apalpam meus seios.
Sem palavras apenas movimentos de dois corpos, que se encaixam se completam saciam-se.
E com estocadas firmes sinto o tesão de um cacete quente latejante.
Penetrando minha xoxota.
Com poucas, mas firmes estocadas sinto o gozo, meu macho estava ali explodindo me enchendo de leite. Seu cheiro másculo embriagava meus sentidos.
Nada dizíamos estávamos entregues aos momentos cruciais de um grande êxtase. Paixão tesão sexo e traição adrenalina total.
Elevava ao ápice do prazer.
Sinto a explosão dentro de mim.
Aquieto-me.
Saboreando cada segundo de prazer no silencio da noite.
Sinto lábios me beijando.
Em sussurros. Palavras doces.
Marcela você é muito gostosa.
Meu irmão é um homem de sorte por ter um vulcão de mulher.
Meus sentidos me levam ao êxtase logo adormeço.
Passados algumas horas de um tempo que não qual é.... Acordo olho ao meu lado e não vejo ninguém.
Depois de alguns minutos entra no quarto meu namorado com uma bandeja de café da manhã.
Com um sorriso nos lábios diz, é com pedido de desculpas por ter apagado cedo amor.
Correspondi a seu beijo e tive a certeza que o amava, mas na calada da noite fui seduzida pelo seu irmão e pelos prazeres sentidos tive a total convicção que a relação em família será daqui para frente algo muito bom e prazeroso.
Aí você me pergunta o que pretendo fazer?
Eu te respondo claro que vou conversar com meu cunhado e. Não vai ficar assim apenas na calada da noite.
Claro que vou querer ter uma bela e gostosa transa com ele.
Para poder saborear bons e belos momentos de seu corpo ao vivo, sem sono só apenas desejo. Afinal depois daquela noite cada momento que o vejo sinto um incontrolável desejo.
E minha xoxota fica encharcada de tesão.
Então é a razão do meu corpo que manda no meu coração

Docecomomel (hgata)
http://sensaçoescomemoçoes.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts