.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

quarta-feira, 12 de julho de 2017

A prima gostosa da minha esposa.





Olá eu sou o Luís vou relatar hoje uma aventura que tive e continuo tendo com uma prima de minha esposa.
Tenho 36 anos sou casado e vivo bem com minha esposa ela sabe que vez ou outra dou minhas puladas de cerca é claro que não admito mas ela desconfia. Sou viciado em sexo adoro sexo anal minha esposa não gosta muito então sinto minhas necessidade de procurar fora.
Eu trabalho em uma cidade próxima a que moramos, como trabalho com escala sempre tenho folgas no meio da semana.
Outro dia ao chegar em casa encontro uma prima de minha esposa que tinha vindo do interior com seu irmão para fazer alguns exames. Eu já a conhecia só não tinha percebido como ela era gostosa, seu nome é Suzana uma morena muito bonita com corpo bem feito adoro mulher com ancas largas são as melhores para fazer sexo anal.
Á noite jantamos juntos e fui assistir televisão deixei minha esposa e sua prima conversando as duas conversavam muito e davam muitas risadas comecei a prestar atenção na conversa delas logo comecei a me interessar.
Minha esposa e bonita mas sua prima não era muito bonita de rosto, mas era bem gostosa. Tem 1.66 alt., 66 Kg, cabelos escovados na altura do ombro, peitos pequenos, coxas grossas e um bundão de coroa delicioso.
Ai fui ficando mais atento na conversa das duas até que ouvi minha esposa dizer assim:
Deixa de ser boba Suzana você precisa arranjar alguém não pode ficar sem sexo menina isto te faz mal à saúde. Eu sei prima mas não quero me envolver com ninguém ainda mais que meu marido doente depois da diabetes o pau não sobe mais.
-Eu entendo prima mas aqui na capital é mais fácil você pode sair curtir uma noite com muito sexo e pronto.
-Eu vou pensar prima...Vontade eu estou nem sei há quanto tempo eu tenho um orgasmo.
-Ouvi isto me atiçou de um jeito que meu cacete ficou logo duro.
No dia seguinte eu estaria de folga depois das 13 horas eu não disse nada a esposa principalmente depois que ela acertou com a prima que levaria o primo para a clínica e sua prima Suzana ficaria em casa ajeitando a comida e limpando a casa.
Verdade prima não precisa de nós duas e quando seu marido chegar a casa está arrumada e a comida pronta!
Assim fui deitar e quando minha esposa veio para cama eu já meio que adormecido abracei-a e transamos.
Só mesmo o básico uma foda simples de papai e mamãe. Ela ficou constrangida por ter outras pessoas em casa. Na manhã seguinte minha esposa saiu cedo e me deixou no ponto de ônibus e seguiram para clínica.
Até de noite amor vou ficar quase o dia todo fora na clínica os exame de contraste demora viu? Sim até de noite eu falei e desci do carro.
Ai minha esposa partiu. Esperei o carro sumi de vista e voltei para casa.
Entrei sem fazer barulho a prima da minha esposa Suzana estava na cozinha sentada tomando café.
Se assustou quando me viu e perguntou o que houve?
Não houve nada Suzana apenas não vou trabalhar hoje eu não disse nada a minha esposa porque queria conversar com você em particular!
O que aconteceu?
-Não aconteceu nada ainda!
-Estou assustada você disse que quer falar comigo!
-E que ontem eu ouvi você conversando com tua prima, então eu decidi que você não vai precisar sair em busca de ninguém para ter sexo, eu estou aqui pronto para te servir!
-Mas primo! Se a prima souber ela te mata!
-Mata nada ela desconfia que dou minhas puladas de cerca ou você acha que não?
-E Claro Suzana que saio com outras mulher tenho minhas folgas de sair com os amigos e acaba sempre em motel!
Ficamos um tempo conversando ela começou a se soltar, contou que o marido estava doente e que fazia uns 2 anos que não trepava.
Não acreditei muito porque as mulheres do interior tem fama de puta. Principalmente na vila, que tem muitos turistas.
Mas como eu estava louco de vontade de comer a safada fiz de conta que acreditava. Botei minha mochila na cadeira e me aproximei dela. Seus seios arfavam aí segurei em seus ombros e comecei a beijar, no início ela timidamente ficou estática, mas logo começou a corresponder.
Ela ainda tímida tentou me enrolar um pouco, falando que eu tinha entendido errado eu disse que entendi e muito bem que a queria naquela hora e sabia que ela queria e precisava de muito carinho e eu estava disposto a dá o que ela precisava no momento.
Pronto acabou-se a resistência quando comecei acariciar os bicos de seus seios e beijar sua nuca descendo as mãos apalpando sua bunda dura apesar de seus 40 anos.
Bem tesuda ai segurei em sua mão e levei até o quarto de hóspedes onde estava alojada... Caracas quando coloquei Suzana deitada e tirei sua camisola, a safada estava na seca mesmo sua buceta estava melada, pensei que ia escorrer cai de boca chupando em segundos ela abocanhou meu pau que chupou com tanta vontade que ficou até dolorido. Na mesma hora que ela estava por cima de mim me chupando logo já estava por baixo em com a boca entre suas pernas com dedo no cuzinho para ativar a corrente 220 rsrsr. Parecíamos dois jovens loucos e famintos por sexo. Foi delicioso receber na boca seu primeiro gozo. Suzana estremecia o corpo inteiro pensei que ia entrar em convulsão. Ai não aguentei despejei meu leitinho em sua boca, ela de boa tomou meu leitinho sem engasgar nem cuspir esperei ela deixar meu pau limpinho que continuou teso botei ela de 4 e comecei a socar o pau de tudo que era jeito. Metia lentamente ai tirava e socava de vez. Ela gemia rebolava parecia uma potranca louca por cacete.
Ai quando eu deitei na cama de barriga pra cima a puxei e ela veio cavalgar. Linda tesuda quicando no meu cacete seus cabelos já estavam soltos, apertava seus seios ela rebolava ensandecida até que começou a gemer alto e seu corpo ficou tremendo e safada gozou, senti seu gozo escorrer pelo meu pau inteiro. Esperei ela se acalmar ai botei ela de 4 segurei em seus cabelos e soquei sem dó até esporrar mais uma vez. Não gozei dentro esporrei em cima de sua bunda.
Ela deitou-se eu por cima ai ficamos alguns minutos relaxando até que fomos tomar um banho.
Ela não quis tomar junto comigo então deixei ela ir depois eu iria. Já peguei camisinha e gel enquanto ela estava no banheiro quando ela voltou do banheiro enrolada na toalha eu falei deita um pouco enquanto eu tomo meu banho ela deitou e cochilou só foi acordada quando eu deitei a seu lado. Ai deitei de ladinho, abraçado a ela e começamos a conversar ela disse que era loucura o que estávamos fazendo, eu perguntei se ela não tinha gostado?
Ela sorriu e disse que nunca gozou gostoso em toda sua vida como hoje.
-Então Suzane é errado sentir prazer?
-Mas você é marido da minha prima! Sim sou marido de sua prima, mas não sou propriedade dela, Suzana sua prima também curte fora do casamento?
-Não acredito, pois pode acreditar e eu não me importo ela gosta de machos negros.
-Jura? Depois vocês conversando pergunte a ela se teria coragem de me trair.
Com certeza ela vai te contar e pedir segredo. E conversando meu pau foi ficando teso encostado na bunda dela que safadinha foi deixando meu pau já teso entre suas coxas.
E ai delicia de prima vamos terminar nossa farra?
 -Você é louco mesmo e tarado!
-Ai fui laceando a putinha lentamente ela se rendia a meus carinhos, lambuzei seu rabo com saliva depois passei gel umedecedor botei camisinha e pedi que ficasse de 4 com as pernas entreabertas, acariciava com as pontas dos dedos o clitóris que estava teso e com jeito e delicadeza fui enfiando meu pau em seu rabo discretamente ai ela quando sentiu a cabeça passar gemeu alto aí parei.
Esperei uns minutos e empurrei de vez o pau inteiro...Ela gritou esperneou e gemeu mas eu não deixei escapar e continuei com os carinhos até ela se acostumar e começar a rebolar gostoso no meu pau.
Caracas que rabo apertado, a bunda imensa eu alisava e dava tapas e alisava seu grelinho teso e puxava seus cabelos socando sem dó até sentir seu gozo.
Fiquei por mais de 10minutos socando gostoso em seu rabo gostoso. Tinha momentos que sentia suas pregas apertarem meu pau, latejando uma delícia de puta safada.
Ai já não aguentava mais soquei mais algumas vezes e gozei enchendo a camisinha.
Suzane estremecia de tesão, pois gozamos simultaneamente até ficarmos os dois atracados com a respiração ofegante.
Ai fui tomar banho e sai para quando a esposa chegasse não saber que tinha voltado para casa só para foder gostoso com sua prima.
Acertamos de ficar tudo em segredo.
A prima da esposa ficou uma semana em minha casa e tivemos outras fodas, teve um dia que minha esposa pediu que a levasse até o centro pois queria fazer umas compras ai eu levei mas antes fomos até um motel que fodemos tanto que eu e ela quando terminamos de gozar gostoso acabamos cochilando que só acordei quando o celular tocou e era minha esposa perguntando o que tinha acontecido.
Aí aleguei engarrafamento fizemos as compras e fomos embora, ainda no caminho a prima me pagou um boquete no carro, aí depois disso tudo que ocorreu entre nós ela vem nos visitar de boa e sempre arranjamos um jeito de dá uma boa foda que sempre são maravilhosas e vale a pena correr o risco de ser descoberto.
Passou-se uns 6 meses ai eu deitado com minha esposa depois de dá uma trepada ela disse que queria me dizer uma coisa!
Se eu a perdoaria?
-Claro o que foi que houve?
Ai ela começou a falar que sempre soube que eu a traia e armou para eu poder aliviar s necessidade da prima dela.
Que não se arrependia pois sabia que ela era uma pessoa infeliz no casamento com marido doente.
Eu nada disse mas ela sabia de tudo que houve então nos abraçamos e transamos mais uma vez.
Depois eu venho para relatar aqui pra vocês o dia que a prima da minha esposa veio até minha casa. E em uma tarde chuvosa minha esposa foi dormi após almoçar e eu e sua prima transamos no quarto ao lado até anoitecer.
Foi a melhor tarde que passamos juntos.
Uma pena ela morar distante senão eu não a deixaria um dia sequer sem foder.


Docecomomel(hgata)
Instagran:docecomomel2011
Feira de Santana ,12 de julho de 2017
Bahia: Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts