.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Amante ninfetinha tesuda e safada.


Olá, eu sou Marcos tenho 35 anos sou casado há algum tempo, sempre eu e minha mulher fomos liberais mas depois que ela começou a frequentar uma igreja ficou cheia de pudor.
Quando volto do trabalho louco para transar bem gostoso minha mulher que sempre foi liberal e muito safada agora põe mil e uma desculpas, eu não sei o que e fazer sexo anal há seis meses ela não quer diz que é pecado, eu estou ficando louco de tesão ela sempre só papai e mamãe e acabou sexo oral é pecado, eu então decidi vou sair com outras mulheres para satisfazer meu desejo, afinal não sou nenhum idoso, sexo uma vez por semana também é maltratar demais.
 Comecei a prestar atenção em outras mulheres não podia vem uma mulher linda e gostosa que meu cacete ficava logo teso. Passei a me masturbar frequentemente. Foi assim que outro dia ia saindo para trabalhar estava chovendo muito e ao passar pelo ponto de ônibus avistei minha vizinha e sua filha moça.
Parei ofereci carona e fomos para o centro conversando, quando chegou em frente a uma clínica minha vizinha que se chamava Laís disse que estava bom para ela, mas sua filha iria seguir mais um pouco pois seu cursinho era no final da avenida.
Oba que sorte a dela era bem perto do escritório que eu trabalho fomos conversando foi quando soube seu nome idade e que não tinha namorado.
-Poxa uma moça tão linda sem namorado que desperdício eu falei, Luiza sorriu e falou que faz pouco tempo terminou com o namorado que agora só quer mesmo estudar!
-Entendo linda moça, mas não pode ficar só estudando precisa se divertir um pouco também.
-Eu me divirto Marcos a turma do cursinho sempre sai vamos a pizzaria e conversamos muito.
-Ah sei e sexo fica como?
-Observei que ela enrubesceu, mas fez um pigarro e respondeu quando dá sempre tem alguma colega que se pode ficar Marcos, não sou puritana e sei que sexo só faz bem.
 –Hum que bom que pensa assim Luiza já eu estou com problemas de ordem pessoal pois depois de algum tempo minha esposa mudou o estilo de nossa vida depois que optou em mudar de religião agora estou em falta do que mais me deu prazer em minha vida que é Sexo.
-Poxa Marcos lamento porque não conversa com ela e expõe suas necessidades?
-Ela sabe Luiza muito bem só me resta agora encontrar uma amante e de preferência gostosa e bem safada para compensar minha carência!
Quando terminei de falar olhei para Luiza vi que seus olhos estavam cintilantes e os bicos de seus seios eriçados, senti uma vontade louca de puxa-la e abraçar até saciar minha vontade de macho predador. Luiza me disse onde era seu trabalho, eu já ia estacionar para ela descer quando eu perguntei se não queria carona para voltar a noite pois eu almoço no trabalho mesmo, ela disse que aceitaria me passou telefone para poder acertar a hora da saída, fiquei feliz por ela ter dado seu telefone, parei ela desceu e eu fui trabalhar passei dia todo pensando em Luiza e na minha condição de macho imaginei mil coisas que poderíamos fazer em uma cama. Assim se passaram 2 dias sem ter contato com Luiza na sexta feira estava chovendo muito, como acontece na sexta sempre a turma do trabalho vai algum lugar comer algo e beber eu como bebo o mínimo acompanho a turma pois gosto da resenha e pode acontecer de encontrar alguém e rolar um sexo casual.
-Pois bem foi minha sorte a chuva que caia já umas 21 horas maioria do pessoal saindo quando avisto Luiza em uma mesa com uma outra moça.
-Uau estou com sorte pensei, fui até ela cumprimentei e falei com Luiza caso ela quisesse carona logo estaria indo embora.
Ela agradeceu disse que iria adorar pois só assim não pegaria taxi que chovendo e complicado encontrar um.
-Tudo bem Luiza eu te levo com todo prazer!
-Logo os amigos do trabalho saíram e eu fiquei só a amiga de Luiza também, aí foi a minha vez de perguntar se Luiza queria ir embora ela sorriu dizendo que sim, saímos até o estacionamento ao lado da pizzaria entramos e seguimos viagem a chuva continuava forte.
Dirigi por alguns minutos até que Luiza perguntou se eu já tinha resolvido o impasse com a minha esposa?
-Não Luiza de forma alguma ela cede já estou louco de tanta falta, você tem saído com alguém eu perguntei?
-Não Marcos faz mais de um mês que não saio com ninguém!
-Ahh poderíamos juntar nossas carência eu falei!
-Será que daria certo Marcos? Para saber tem que experimentar não acha Luiza?
Verdade Marcos então que você acha de passarmos em algum lugar para fazer este experimento ela falou.
-Você tem problema de chegar cedo em casa hoje Luiza?
-Não Marcos minha mãe viajou para o interior estou sozinha em casa!
-Então moça linda encantadora estamos com sorte minha esposa também não está em casa hoje vai para uma vigília só volta amanhã pela manhã que é sábado.
-Então resolvido impasse vamos para  minha casa você deixa seu carro em casa e vai até a minha casa ai ´podemos comer algo e estaremos em nossos ambientes.
-Concordo Luiza e sem falar mais nada seguimos viagem eu a todo momento olhava para suas pernas, percebia seus seios com bicos eriçados isto me atiçou o tesão.
Parei em frente de sua casa ela desceu andei mais alguns metro estacionei meu carro, entrei a casa vazia tomei banho troquei de roupa peguei uma garrafa de vinho e sai a chuva estava bem fina agora, mas mesmo assim peguei um guarda-chuva e fui até a casa de Luiza toquei a campainha logo ela veio me atender.
Entrei lhe entreguei a garrafa de vinho ela fechou a porta e me levou até uma sala onde tinha uma TV ligada sentei no sofá ela foi pegar duas taças.
Com as taças cheia brindamos a nossa saúde, ela desejou uma noite de coisas boas.
Tomamos o vinho Luiza sentou a meu lado, foi assim que comecei acariciar seus ombros, sentia seu cheiro adocicado, eu já estava ansioso não demorei muito comecei a beijar seu rosto e com movimento do braço puxe-a até que sentou em meu colo. Os beijos foram se tornando avassaladores logo eu tirava a roupa de Luiza que não se oponha a nada mordiscava seus seios com delicadeza ela se contorcia no meu colo sentindo a firmeza do meu cacete que estava super. duro. Foi ai que Luzia levantou-se vestida apenas com calcinha o restante de suas roupas jogada pelo sofá e com cara de sapeca falou:
Podemos ir até o meu quarto não Marcos lá e mais confortável!
-Claro estou louco por isto Luzia veja com estou, ela abaixou-se na minha frente abaixou minha bermuda e pode constatar como meu cacete estava rígido.
-E com um gritinho safado falou uau parece bem apetitoso, sorri e falei prove então a safadinha começou e chupar.Delicia de boca meteu meu cacete até o talo soltei um urro de tesão. Quase explodindo.
Foi ai que fomos pra o quarto abraçados loucos eu já entrei tirei o resto das roupas e pedi para ela ficar  em pé na minha frente foi ai que eu encostei  ela na parede e já comecei agarrar ela, seu corpo franzino apoiado na parede sem dá tempo nem para respirar eu a beijava seu rosto e boca logo meus lábios descia para  seu pescoço, mordiscava seus seios, sugava um e outro até que segurei-a nos meus braços e a coloquei na cama, só com a tanguinha branca minúscula,  seu corpo maravilhoso bronzeado, deitei  junto a ela na cama e comecei a lamber ela todinha virei ela de bruços e comecei a lamber sua bunda ,afastei a calcinha para o lado, Luiza toda arrepiada empinou sua bunda e com as mãos eu apalpava sentindo toda maciez, estava louco afastei um pouco e vi seu rego  fui descendo a língua e enfiei até chegar em seu cuzinho rosadinho e cheiroso eu delirei fazia meses que eu não sabia o que era fazer sexo anal.
Luiza soltou um gemido alto pedi que ficasse de 4 ela prontamente me atendeu sai com a mão apalpando pela cama até encontrar camisinha e no delírio do tesão encapei meu cacete e fui deliciosamente penetrando de leve a cada cm que metia eu parava até perceber que ela estava completamente relaxada foi ai que tive a certeza que estava com todo cacete agasalhado em seu rabo guloso, com leves tapas na bunda fazia com que rebolasse  mais e soltava um gemido rouco...Assim a cada estocada forte sentia que Luiza estremecia não de dor mas de prazer  fiquei por mais de dez minutos matando meu desejo reprimido por um bom sexo anal até senti que Luiza explodiu em um gozo intenso forcei mais uma estocada forte e explodi enchendo a camisinha ,mas fiquei um bom tempo dentro dela até sentir que sua respiração normalizava foi ai que tirei ela veio até junto a mim tirou a camisinha e limpou meu cacete todo deixando teso de novo. Fomos tomar um banho rápido e já saímos prontos do banheiro todo mundo sabe que é natural um casal trocar caricias no banho isto aumenta a libido. Em minutos recomeçamos.
Estava eu louco e babando de tesão quando coloquei Luiza na posição papai mamãe. Botei uma camisinha bem lubrificada e fui deitando por cima de Luiza meu cacete entre suas coxas grossas foi direto ao ponto, sua xoxota meladinha pronta para me receber, quando comecei a introduzir senti seu corpo tremer de excitação, o desejo de ambos nos dava uma sensação de leveza e com ritmo compassado comecei a estocar  com força sentindo todo seu corpo colado ao meu nossos beijos se tornaram intenso até não conseguir resistir mais ,com um ritmo alucinado ouvia os gemidos de Luiza seus pedidos para que eu a fodesse bem gostoso eu é claro não me fiz de  bobo forçava  meu cacete até suas entranhas e quando nossos corpos começaram a entrar em transe para o orgasmo final eu a beijei em seguida elevei seu corpo tirando meu cacete jogando a camisinha longe fiquei de joelhos na cama e dei-lhe um banho de esperma, sim esperma farto e grosso que caiu em sua barriga, xoxota e alguns respingos no seu rosto ,Luiza com a cara de safada passou a mão e lambeu saboreando com prazer.
Pois é amigos fiquei na casa de Luiza até 4,30 sai de pernas bambas fizemos todas posições possíveis e imagináveis e assim que cheguei em casa ela mandou uma mensagem perguntando quando seria a próxima vigila de minha esposa, respondi que não sabia mas com certeza queria muito mais encontros com ela e se ela topava?
A resposta foi Marcos meu querido você agora tem uma amante e tem que cumpri o papel direitinho eu vou querer e vou cobrar seu corpo toda semana aceita?
-Radiante com a proposta mais que indecente só tinha uma coisa a responde é Claro minha tesuda que agora vou voltar a viver e com você será tudo maravilhoso!
Agora uma vez por semana no mínimo saio do trabalho e antes de chegar em casa passou no motel com minha putinha safada só assim posso desfrutar de seu corpo tesudo e de horas de muito sexo.
É claro que Luiza sabe de minha preferência por sexo anal e já vem preparada com cremes e camisinhas...Delicia demais.



Docecomomel(hgata)
Feira de Santana 12 de fevereiros de 2017
Bahia Brasil
Meu instagram:docecomomel2011




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts