.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Meu Professor de Academia Safado:



Oi.
Sou um rapaz novo ainda, sou magrinho e faço academia preciso praticar esporte para ganhar massa corporal pois meu corpo parece de menino ainda apesar dos meus 18 anos.
O meu professor na academia é um cara muito bonito e novo também, muito legal com toda a turma, sempre tentando ser gentil com todos.
No último final de semana era aniversário do professor e ele convidou alguns alunos para comer uma pizza em sua casa, eu fui e outros dois alunos até a casa dele.
Ficamos vendo DVD e batendo papo, como dizemos zoando, o tempo foi passando e ficou um pouco tarde.
Foi quando ele disse que poderíamos dormi lá na casa dele.
Como meus pais estavam viajando aceitei de boa, afinal estava tarde mesmo.
Os outros dois colegas avisaram seus pais por celular que iriam dormi fora então ficamos.
Na casa do professor tinha dois quartos, um era dele onde tinha uma cama de casal muito espaçosa. E no outro tinha um beliche.
 O tempo foi passando e logo os dois colegas foram dormi, eu fiquei terminando de ver um filme, já passava de meia noite quando o professor apareceu na sala vestido com um short de seda que usava para dormi.
Não pude deixar de notar o volume entre suas pernas. Afinal estava sem cuecas.
Foi aí que ele perguntou se eu não estava com sono.
Foi quando me dei conta que os outros colegas já estavam dormindo...
Então por opção teria que dormi na cama de casal, junto com professor.
Fui até o banheiro tomei uma ducha rápida e vim só de cuecas,
Depois de tanto bate papo, fomos dormir bem tarde. Não sei o que estava acontecendo que não conseguia conciliar o sono.
Estava teso, meu cacete duraço foi aí que decidi bater uma punheta para aliviar o stress. Fui até o banheiro e bati a melhor punheta de minha vida.
Sempre em momentos assim eu pensava em minha ex- namorada mas hoje eu pensava no professor cheguei até a falar nome dele baixinho enquanto gozava.
Terminei me lavei e fui finalmente dormi.
Eu fiquei sem graça quando fui deitar acabei tropeçando no professor, ele acordou assustado olhou para mim e virou para dormi.
Mas o sono não vinha acabei ficando inquieto na cama.
Daí o professor disse então cara você não vai dormir não?
Eu disse eu fiquei meio sem graça depois de acordar você sem querer.
Ele virou de frente pra mim e disse!
 -Cara eu também estou sem sono, só um boquete me faria dormi como um anjo.
-Boquete professor?
-Sim um cacete bom para mamar me daria sono para dormi a noite toda!
-Não sabia que você é chegado a cacete professor?
-Pois fique sabendo que adoro um cacete gostoso para mamar, mas não dispenso uma xoxota!
-Hum sei, olha professor você fica falando assim apesar de ter acabado de bater uma, olha como eu fico?
-O professor olhou me viu de cacete armado, fez sinal com o dedos nos lábios e levantou para certificar se a porta estava fechada voltou chegou bem perto de mim e abaixou-se ficando ajoelhado a meus pés, segurou minha cueca e abaixou.


E ele pegou no meu cacete como nunca ninguém tinha pegado nele e começou a bater lentamente.
 Eu fiquei sem saber como reagir, era algo inusitado mas o prazer era bom.
O professor passava a mão na minha cabecinha, e socava forte de cima para baixo, Causando um sensação de tesão total!
Foi assim que ele disse baixinho:
-Bem você aguenta muito tempo mesmo?
-Claro!
-Na hora só precisa avisar que eu quero saborear lentamente cada gota!
E sem dizer mais nada o meu querido professor de academia me pagava um boquete para ninguém botar defeito.
E ele continuou naquilo por mais alguns minutos, até que eu disse Ai eu estou quase... gozando!
-Me sugava tanto que a cabeça do cacete tocava sua garganta, logo tirava e sugava as minhas bolas meu tesão parecia que ia explodir foi ai que senti meu corpo com leve tremores, segurei com firmeza em sua cabeça e recomecei a estocar com força, ai ele segurou meu cacete forte e eu comecei a gozar como louco.
-Urrava de tesão.
-O Professor não deixou desperdiçar uma gota sequer e só soltou meu cacete quando estava todo limpo, mais ainda meia bamba. Minha respiração ofegante, o professor levanta-se calmamente como se eu não estivesse ali presente vai até o banheiro em poucos instantes volta deita-se dá boa noite e vai dormi.

Eu fiquei ali parado questionando sem saber ao certo o que tinha acontecido, mas adorando cada minuto da experiência que havia me ocorrido!
O dia amanheceu tomamos café e fomos embora.
Sem conversa alguma que pudesse transparecer o que tinha acontecido, mas antes de chegar em casa ainda sonolento recebo uma mensagem do professor dizendo que está à minha espera no dia seguinte as 15 horas, que fizesse sigilo.
E foi a partir deste dia que comecei a ser o namorado do professor e sempre duas a 3 vezes na semana ia até sua casa e tinha bons momentos de muito sexo.
Além de gostar de mamar muito, gostava de rebolar no meu cacete, muito guloso adorava ser enrabado eu ainda inexperiente aproveitei cada minuto de muito sexo, e assim ficamos muito tempo curtindo e amizade que ele nutria por mim era prazerosa. Então entre nós a química era muito boa, eu me sentia um garanhão com ele que me ensinou muito ficamos muito tempo juntos apesar de tanto ele como eu termos namoradas tínhamos nossos momentos de pura adrenalina onde rolava muito sexo.
Além do mais tornou-se meu padrinho e me dava bons presentes.
Eu nada pedia mas ele fazia questão de me dá, roupas boas perfumes e dinheiro então eu como ainda era estudante aceitava de boa.
Em troca eu dava muito leite e cacete no rabo que quanto mais eu dava mais ele queria.
Assim então eu sempre estava na casa do professor para saciar os desejos dele e os meus também.
(*-*)
Sexo nunca é demais!

Docecomomel(hgata)


18/01/2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts