Acessos em Êxtase !

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Sendo Corno por Opção.

 Sendo Corno por Opção.
 Olá meu nome é Diogo sou casado há cinco anos e não temos filhos. Minha esposa é uma morena muito gostosa. Ambos trabalhamos fora eu viajando em uma representação farmacêutica passo sempre um ou dois dias fora e quando chego em casa morrendo de saudade minha a esposa ansiosa fazemos muito sexo. Ela apesar de ter sido criada em uma família evangélica não é dessas mulheres puritanas e nos damos muito bem na cama. Só não gosta muito de anal porque diz que meu cacete é cabeçudo e deixa-a toda folgada.
Até compreendo, pois é um fato.
Mas em compensação quando estamos fudendo me deixa louco de excitação. Adora beber meu leitinho e goza muito em minha boca. Só de vê-la me pagando boquete já me deixa radiante de tesão.
Pois bem o que vou relatar aqui foi quando eu peguei minha esposa em flagrante.
Não fiz confusão nem brigas, pois apenas peguei e fiquei cheio de tesão vendo-a transar com meu vizinho. Como estava tendo uma onda de protestos nas estradas a empresa não liberou para viajar. Logo após as 13 hora fui liberado para ir para casa quando estacionei meu carro na porta de casa, estranhei de minha esposa não surgi para abri à porta; Pensei que poderia esta dormindo abri a porta silenciosamente e já no meio da sala ouço barulho vindo do meu quarto. Fui andando sem fazer barulho à porta do quarto estava entreaberta. O que vi me deixou sem chão.
Ali na minha cama estava minha esposa e o filho do meu vizinho um garoto com pouco mais de 18 anos. Ela deitada e ele entre suas pernas chupando sua xoxota com a maior gulodice. Ele estava pelado, mas ele apenas a chupava enquanto ela se estremecia dando gemidos altos fazendo com que ele caprichasse mais ainda com sua boca sugando seu grelo tesudo.
Quando ela finalmente gosou vi como ele ficou louco com a boca gulosa devorando cada gota se seu mel.
Eu já não aguentava de tesão abri a braguilha da minha calça e silenciosamente comecei a me masturbar.
O tesão que estava sentindo era demais. Logo vi quando o moleque elevou seu corpo e mudou a posição e seu cacete grosso ficou na direção da boca de minha esposa e ela não se fez de rogada, começou a pagar um boquete. Eu nem sei como a boca dela conseguiu aguentar. Pois o moleque era bem dotado, mas ela não deixou nada de fora fazia uma garganta profunda com maior facilidade. Nossa como ela era boa de pegar boquete o moleque estava louco, ela mamava e tirava e ficava olhando para ele, logo ele de joelho na cama ela se acabando de mamar fiquei esperando que ele gozasse em sua cara ou entre seus seios, mas para surpresa minha ele ejaculou foi na garganta dela que safada não desperdiçou só vi quando abriu a boca mostrando a ele a boca cheia e logo engoliu.
Achei ate engraçado porque ela nem sempre bebia meu esperma, mas ali com o garoto nem cogitou cuspir.
Coisa de corno que sou eu sabe o que senti, mas fiquei ali até o final. Esperando ver o que mais minha safada iria fazer. O garoto mesmo depois de ter gozado o cacete nem se abalou em segundos já estava teso de novo. Quando o moleque a colocou de quatro na beirada da cama, já deduzi o que estava por vir.
Ele começou a beijar a bunda dela depois caiu de boca em seu cuzinho deixando todo lambuzado de sua saliva. Afastou pegou uma camisinha e com a mão besuntou a cabeça do cacete com algum creme e ensopou o anel e de minha esposa que rebolava igual uma puta esperando por ele.
Caracas bem que sempre ouvia dizer que com amantes as safadas fazem de tudo que se negam a fazer com seus maridos.
Estava eu constatando de perto este fato. Quando ele afastou suas ancas e com uma das mãos direcionou o cacete só ouvi um gemido alto dela, safada estava sendo enrabada com maior facilidade. Com duas estocadas forte ele meteu sem dó nela. E logo começou a dá fortes metidas só a via rebolando os movimentos dos dois corpos de ir e vir de ambos.
Nem sei como ela estava aguentando por que o moleque tinha um belo de um porrete, e mudavam as posições sem deixar o cacete sair, ele dava tapas na bunda dela ela gemia chamava-o pelo nome dizendo que ele era muito tesudo. Foi ai que vi quando ele começou a tirar o cacete de dentro do rabo dela e deixava só cabeça e socava de vez. Caracas toda arrombada ela gemia pedindo mais ai a mim não aguentei mordi a minha própria mão e explodi gozando me lambuzado todo.
 Eu sai da porta peguei papel toalha me limpei e voltei para ver o grande final.
 Vi quando ele se deitou e ela veio por cima e ficou cavalgando, com o cacete dele todo encravado no rabo a safada estava curtindo a putaria com o novinho. Era muito excitante ver ali na minha frente minha esposa se acabando com um moleque mais novo, mas ao mesmo tempo pintava uns ciúmes, mas que pude controlar. Quando ela parou de cavalgar ele mudou a posição e de quatro começou acelerar fudendo com força o rabo dela, e ficaram atracados por alguns minutos antes mesmo dele terminar de gozar com cacete no rabo dela sem camisinha vi quando ela começou a gemer e ele dedilhando seu grelo ela explode também em um gozo intenso. Le esperou ela terminar de gozar tirou cacete de dentro dela, a fez limpar ajoelhou entre suas pernas lhe deu um banho de língua e ouvi claramente ele rindo dizer.
Pronto delicia já esta tudo limpinho, agora é só o corno saber aproveitar!
Vi que ficaram deitados alguns mi nutos depois foram tomar banho ele já saiu arrumado,
Ela vestida com um robe vai até o guarda roupa pega algumas notas e dá a ele. Que nem conta e enfia no bolso e com um beijo vai saindo eu rapidamente vou para o corredor e entro em um quarto.
Ele sai ela volta para o quarto e vai arrumar tudo para que não fiquem vestígios.
Sai pelas portas do fundo e fui rodar pela cidade ate escurecer.
Quando chego a casa ela me recebe com um beijo. Eu nada disse e nem ela jamais dirá, mas agora sei que faz tempo sou corno e não me importei com este fato, quem sabe ainda possamos algum dia conversar e ela me deixa ver ela com algum de seus machos.
De noite quando fomos dormi transamos bem gostoso o excitação que eu senti foi bem maior sabendo que outro tinha feito com ela coisas que ela nunca me permitiu, mas que agora em diante vou insistir e tenho certeza que nossa vida sexual a tendência é só melhorar. Percebi claramente que sua xoxota estava mais larga e quando coloquei um dos meus dedos em seu rabo percebi um arrepio que foi como um consentimento para mais tarde.
Talvez por receio que fosse descoberta ela não liberou o rabo, mas em compensação cavalgou em meu cacete que me senti um verdadeiro garanhão sendo montado por uma eximia amazonas.
Fui corno não posso negar que o prazer é muito bom. São coisas da vida!

Feira de Santana 12 de outubro de 2016
Bahia Brasil




6 comentários:

  1. Nossa que tesão doido eu senti ao ler, muito bom, parabéns, quase gozei na calça

    ResponderExcluir
  2. Que tesão doido que me deu, quase gosei aqui só de ler.....Parabéns mãinha

    ResponderExcluir
  3. Nossa guase gosei rainha.parabens vc e mil .....

    ResponderExcluir
  4. Ummmmm vou ter gue bater mais uma punhetae muitotezao parabens rainha...

    ResponderExcluir
  5. Muito bom conto fk de cacete duro como sempre minhavrainha....

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)