Acessos em Êxtase !

domingo, 30 de outubro de 2016

Na dúvida optei em Dá





Indecisão de opção Sexual
Olá meu nome é Diogo tenho 19 anos ainda sou virgem e estou na maior indecisão de minha vida, pois já tive namoradas, mas sinto maior excitação quando vejo homens bonitos com corpo bem musculoso.
 Comecei a ver vídeos e ler contos eróticos com temas de homossexuais e isto me batia muito tesão.
Sem querer conversar com ninguém fui criando uma ideia fixa de querer ter contato com um homem só assim teria a certeza de minha sexualidade.
Como estou trabalhando em um escritório de uma construtora onde a maioria dos funcionários é do sexo masculino fui a cada dia observando a peaõzada e me identifiquei com um.
Kleber era seu nome era ajudante de pedreiro.
Eu o via no ônibus sempre afastados dos demais, sempre só na dele com seu fone de ouvido.
Comecei a sentar perto dele até que começamos a conversar e para solidificar uma amizade foi bem rápido.
Kleber assim como eu é jovem tem 23 anos estuda e mora sozinho, pois sua família mora no interior.
Na semana passada Kleber perguntou se eu não queria ir até a casa dele tomar umas brejais. Bem eu não bebo muito, mas vez ou outra toma uma cerveja, mas vi aí a oportunidade de ter um contato maior com ele aceitei, ele me passou endereço e acertamos de no sábado eu ir.
Descemo-nos do ônibus na sexta feira, pois desço antes dele e fui para casa pensando o que poderia rolar naquela manda do dia seguinte.
O dia amanheceu lindo com sol e temperatura agradável acordei tomei um banho fiz minha barba que são poucos pelos, mas eu gosto do meu rosto bem liso, me depilei e enquanto tomava banho pensava em Kleber me bateu um tesão imaginando como seria seu dote, fiquei com tesão que fui praticamente obrigado a bater uma punheta imaginando o cacete de Kleber.
Gozei muito parecia que eu estava vendo ali na minha frente.
Às 10 horas sai e fui para o ponto para ir até casa do Kleber seu endereço era bem fácil não tive dificuldade de encontrar, era um pequeno apartamento alugado que ele morava.
Ele me disse que tem um primo seu que fica sempre com ele, mas trabalha viajando só retornaria na segunda feira.
Pois vi que o clima  e ambiente estava propicio para algo mais.
Kleber colocou um DVD e começamos a tomar uma cerveja bem gelada, ele trouxe salgadinhos como aperitivos e começamos a conversar, tudo futebol trabalho dinheiro e sexo.
Ai a conversa começou a esquentar quando Kleber disse que não tem preconceito que se aparece ele come tipo assim gays ou afins eu fiquei sem jeito, mas procurei disfarçar quando ele me perguntou sobre minha vida sexual eu parei no tempo demorei alguns minutos para responder ele sorriu dizendo.
Qual é não vai dizer nada?
-Bem você promete guardar segredo? Sabe como é na empresa!
-Claro que sim ou você acha que na empresa alguém sabe que adoro comer um macho tesudo?
-Bem Kleber eu já tive namoradas e já transei com algumas mulheres, mas vou ser sincero com você ultimamente sinto um tesão quando vejo um homem assim sem camisa, de pernas grossas tipo machão mesmo.
-Xi cara você pode ser bi ou então é homo!
-Calma Kleber eu não sei me definir preciso provar para mim mesmo, entende?
-Olha eu entendo, mas só tem um jeito para você sair do armário e eu vou te ajudar, mas na condição de ser um segredo de vida ou morte, entendeu?
-Claro que entendi Kleber eu te agradeço, mas o que sugere?
-Bem em primeiro lugar vou fechar a porta para não ser incomodado apesar de ser um apê o sobe e desce ai é constante e em segundo lugar vou tomar um banho!
-Quer vim também?
-Irei sim me de apenas um minuto!
Kleber foi até o banheiro, eu logo fui atrás tirei minha roupa sem olhar para ele que estava no Box, quando ele chamou pelo meu nome Diogo vai demorar ai?
-Venha a agua esta uma delicia!
-Foi ai que olhei e vi como estava ele tomando banho, mas com uma cueca Box branca que molhada se transformava em transparente, olhei bem e vi como seu cacete era grosso, não muito grande, mas bem grosso entrei no Box sem tirar cueca também.
-Ele riu dizendo que eu estava com vergonha dele ou o cacete era pequeno?
-Não é pequeno apenas vi você de cueca não tirei a minha também.
-Eu sei Diogo, mas a minha intenção foi justamente esta não inibir você.
-E sem falar mais nada Kleber foi me ensaboando, deixei-o fazer o que quisesse comigo quando ele começou a insinuar que eu me abaixasse nap. Hesitei ajoelhei a seus pés ele desligou o chuveiro abaixei sua cueca e quando dei por mim estava mamando seu cacete grosso suculento e cabeçudo fui aos poucos relaxando da tensão inicial e mamei como se fosse o mais pratico dos chupadores de cacete, ouvi-lo gemer foi delicioso. Eu não tinha ideia que era tão gostoso, quando Kleber começou a forçar cada vez mais seu cacete na minha garganta eu senti tanto tesão que meu cacete parecia um porrete.
Ele dizia assim tesuda mama teu macho gostoso, quer leitinho na boquinha quer? Eu só sabia mamar e balançar a cabeça confirmando, ai Kleber segurou em minha cabeça e começou a socar com ritmo cadenciado até explodir com vários jatos de leite que foram direto para minha garganta, saboreei com muita gulodice.
Kleber extasiado de prazer me segurou pela mão me levantou e começamos a nós beijar, sua boca máscula me possuía com frenesi, sua língua morna adentrava a minha invadindo todo meu ser causando imensa excitação. Nossos cacetes se roçavam ambos cheios de muito tesão nem parecia que ele tinha acabado de gozar ,foi ai que ele disse para terminarmos o banho que queria eu por completo e o melhor lugar seria na sua cama.
Fiquei arrepiado de excitação terminam-nos o banho nos enxugamos e fomos para seu quarto onde tinha uma cama de casal e ao lado um espelho grande.
Caracas quando me vi refletido no espelho com cacete em riste fiquei um pouco constrangido. Mas Kleber com seu porte exuberante ao meu lado me fez esquecer qualquer vestígio de timidez.
Fomos para cama ficamos recostados Kleber sempre acariciando o cacete dele foi ai que ele mudou de posição e ficou entre minhas pernas e com um sorriso safado disse sempre tem que ter a primeira vez.
Começou alisando meu cacete e logo estávamos fazendo um 69 delicioso, ele ainda salivava meu rabo me causando arrepios de excitação. Logo vi Kleber se esquivar saindo de cima de mim pegou camisinha encapou cacete e na outra mão estava um creme, com jeito me colocou de quatro Diogo relaxa que doe menos se entregue ao prazer que vai sentir a cada minuto daqui por diante, assim ele foi segurando em meus quadris e falando palavras que me acalmava foi introduzindo seu membro aos poucos, metia pouquinho e parava para eu poder me acostumar quando minhas pregas começaram a mordiscar ele e eu delirava de tanto prazer que gemia que até pensei que os vizinhos ouviam.
 Cada minuto tudo se tornava muito excitante. Eu estou ali ouvindo e vendo-o sentindo muito prazer meu corpo cheio de excitação, era o que eu queria, e quando ele começou a socar pra valer, de inicio doeu um pouco, mas tudo era tão maravilhoso, que quando Kleber parava de meter para sentir minhas pregas apertarem seu cacete eu pedia que ele me comesse com muita vontade assim ficamos um bom tempo até que gozei e ele imediatamente acelerou as estocadas explodindo em um gozo intenso. Sentir sua respiração ofegante em minhas costas foi muito prazeroso viciei e voltei mais algumas vezes.
Até eu ele e uma mulher fizeram nossa farra particular, mas depois de algum tempo Kleber começou a se afastar então decidi que estava na hora de procurar novos rumos.
Não parei de dá, mas também não deixei da sair com as gatas agora percebo que o prazer que sinto é duplo como e dou na boa e sinto muito tesão.

Docecomomel (hgata)
Feira de Santana, 30 de outubro de 2016.
Bahia: Brasil.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)