Acessos em Êxtase !

terça-feira, 19 de julho de 2016

Minha tia minha amante.



Olá meu nome é Roberto tenho atualmente 28 anos sou solteiro com, 79 kg 1,80 de alt.. Não sou um bem dotado, mas meus 19 cm dá para deixar as mulheres bem satisfeitas. O sexo bem feito é o que dá maior prazer ao casal. Estou atualmente sem namorada os hormônios em alta, outro dia estava em casa sozinho vendo TV na sala como estava com muito calor fiquei de cuecas deitado no sofá vendo um bom filme.
Quando minha tia que é irmã de minha mãe entrou sem bater na porta me dando maior susto, procurei disfarçar ficando sentado com uma almofada.
Minha tia que se chama Rosa é divorciada tem 48 anos é uma morena muito bonita com seios fartos e uma bunda grande que chama a atenção de todos os homens quando ela passa, pois
Sabe provocar rebolando, com suas ancas rígidas e empinadas. Sempre foram motivos de altas punhetas quando eu ainda era um molecote. Voltando a minha tia Rosa ela logo de imediato percebeu meu estado de excitação e ficou andando de um lado para outro com seu vestido longo bem transparente que dava para perceber o contorno de suas formas do corpo, eu louco de tesão botei almofada em cima do meu cacete que parecia que ia rasgar a cueca.

Fiquei como louco cheio de tesão até que ela veio sentou ao meu lado e com uma das mãos embaixo da almofada ficou passando a mão no meu cacete que pulsava de tesão babando até que num movimento minha tia Rosa abaixou-se e começou a me chupar, parecia uma bezerrinha, sugava meu cacete como se fosse um picolé não demorei muito gozei, soltei jatos de leite na boquinha gulosa da tia Rosa que soube aproveitar cada gota.

Ainda surpresos e com receio de alguém chegar minha tia Rosa levantou foi ao banheiro se limpou me deu um beijo e foi embora.
Fui tomar um banho e ainda bati uma punheta na intenção da tia Rosa, que foi muito safada.
Na verdade quando ela vem visitar minha mãe que é sua irmã vejo as duas conversando muitas sacanagens, mas nunca maldei que pudesse ter más intenções comigo seu sobrinho.

Mas agora aconteceu vou esperar para ver no que dá foi que pensei enquanto batia punheta no banheiro, Caracas o tesão era demais meu cacete não queria baixar de jeito nenhum. Passou duas semanas ate que minha tia Rosa apareceu e segundo a conversa dela não estava passando bem como a filha dela estuda fora veio dormi em nossa casa. Minha mãe concordou e ficamos na sala vendi televisão até quando minha mãe foi dormi, tia Rosa iria dormi na sala até ofereci meu quarto para que ela dormisse, mas disse que não queria incomodar. Eu estava na sala quando ela veio do banheiro toda cheirosa sentou ao meu lado no sofá e com voz rouca e sensual, falou bem baixinho para só eu pudesse ouvir.

-Beto é assim que ela e minha mãe me chamam, sim tia Rosa eu perguntei o que você quer?
Eu já cheio de tesão e más intenções.
-Beto você não quer terminar de fazer o complemento da farra da semana passada?
Eu nada respondi em palavras, mas ela percebeu minha intenção fui ate a cozinha trouxe garrafa de vinho duas taças e começamos a tomar. Tomamos o vinho eu passava a mão por seus ombros e costas, percebia que estava arrepiada, ansiedade tomava conta afinal minha mãe estava em casa dormindo em seu quarto. O medo de sermos pegos n flagra atiçava mais ainda. Foi assim que ela pegou três almofadas colocou no sofá e cobriu ficando como se tivesse uma pessoa deitada e fomos até o meu quarto.

Transamos bem gostoso fizemos todas as posições possíveis, minha tia Rosa gemia escandalosamente, eu tapava a boca dela quando ela gozava. Uma potranca gostosa quicou no meu cacete como uma puta safada gozei como nunca. Teve um momento que a coloquei de (4) quatro lambia sua xoxota de cima ate embaixo até chegar a seu cu, metia a língua fazendo com que ela rebolasse na minha cara, depois brinquei com um dedo chegando até colocar dois dedos quando fiz o movimento de meter naquele rabo tesudo ela deu uma travada dizendo que doía.

Calma tia eu só coloco até o que você aguentar, ah Beto deixa para outra vez ela me pediu ai não tive outro jeito a não ser respeitar, mas com toda certeza vou vencer este medo que ela tem de fazer anal. Sei que uma hora dessa ela deixa. Pois a coisa que mais desejo e ver meu cacete todo atochado naquele rabo gostoso.

Agora já faz seis meses que estou com minha tia transando escondido e duas vezes na semana vou ate a casa dela após o almoço com a desculpa de ajuda-la a limpar o canil.
Se for certo ou errado transar com uma tia ainda não me dei ao trabalho de raciocinar sei que é muito gostoso passar à tarde com ela e tem dias que fudemos tanto que volto para casa escurecendo com as pernas bambas.

Ainda de quebra ela vez ou outa vem dormi em nossa casa e tarde da noite vai até meu quarto e sempre acabamos dando uma bem gostosa, isto é quando ela não entra no banheiro enquanto eu tomo banho e me paga um boquete eu com a respiração ofegante com adrenalina a mil, pois minha mãe está na sala.
Vocês acham que minha mãe desconfia de algo?
Devo continuar? Ela e tão gostosa que nem penso em arranjar namorada, pois minha tia Rosa e a mulher que qualquer homem deseja.

Docecomomel
Feira de Santana
Bahia Brasil.

Visitem nosso site.
www.climaxcontoseroticos.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)