Acessos em Êxtase !

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Saciando desejo da esposa do primo.



Olá pessoal hoje eu vim relatar algo que me aconteceu na semana passada. Eu estou de férias e um primo meu me convidou a ir até sua casa tomar umas cervejas, eu fui na quinta-feira levei uma garrafa de vinho e alguns petiscos.

Eu tenho 32 anos estou noivo e em breve vou me casar enquanto não assumo este compromisso vou vivendo curtindo um pouco e sempre acabo saindo com mulheres casadas. As mulheres adoram homens bem dotados e quando encontram um elas mesma fazem propaganda com as amigas ai já sabem ficam curiosas e não estando satisfeitas com o seus marido ficam assanhadas por um pau amigo que possam lhes proporcionar momentos de muito tesão.

Este é meu caso adoro sexo e faço o possível para não deixar nenhuma delas com algum resquício de insatisfação. Pois bem fui até a casa do meu primo Leandro ele é casado com Luana uma morena muito bonita e gostosa, já dei uma boa olhada em sua bunda e pensei delicia de morena boa para levar cacete neste rabo gostoso. Aprecio muito sexo anal e quanto maior o quadril melhor é vê-las rebolando com meu cacete todo dentro.

Pois bem meu primo e eu começamos a tomar cerveja quando o relógio apontou as 19.30 a esposa dele Luana falou que iria até a faculdade, pois tinha duas aulas.
Meu primo nem se importou que ficássemos os dois bebendo a sua esposa já tinha deixado os petiscos tudo organizado na mesa e alguns na geladeira.
Logo uma colega de Luana para o carro buzinando e ambas saíram dando um até logo.
Leandro assim que a esposa saiu falou esta mulher me mata de tesão, entendo primo logo estarei no rol dos casados.

E muito bom tem uma mulher a nosso lado, mas te digo uma coisa primo não seja exigente deixe sua esposa viver conforme o prazer dela dei liberdade elas adoram não gostam de homens possessivos, elas sempre vão está felizes e você também.
Entendeu primo?
-Bem eu não entendi o que ele queria dizer com meias palavras, mas concordei para evitar discussão, queria mesmo era beber e jogar conversa fora. Meu primo não parava de beber eu tentava moderar, pois iria voltar para casa dirigindo. Assim ficamos conversados quando celular do meu primo toca era sua esposa pedindo que ele fosse busca-la na faculdade.

Poxa Luana vou ter que pedir ao primo me fazer este favor tomei todas e estou sem condições de dirigir. Você se importa meu amor? Ele falou. De imediato ela respondeu claro que não querido vou aproveitar levar uma pizza pode ser?
-Claro meu amor até céu eu te dou.
-Hum já vi que tomou todas mesmo aproveita e descansa pouco, pois vou esperar a pizza pra levar pra casa viu amorzinho?
-Sim minha Deusa estará bem relax quando você chegar, pois quero hoje de fuder gostoso.
-Sim meu amor já comecei a ficar meladinha pensando em meu amorzinho, diz a seu primo que estou perto do portão da faculdade viu?
Direi sim amorzinho.
E acabaram a conversa no telefone e eu já ia saindo, quando meu primo falou vá ao meu carro é mais confortável.

-Tudo bem jaja eu volto.
Sai da garagem e fui andando pelas ruas quase vazias, dias de semana era assim ainda mais que começou a chover. Fui até a faculdade e logo avistei a Luana buzinei ela veio entrou no carro e eu sai dirigi poucos metros quando ela disse que teria que ir até a pizzaria se eu me importava?
-Claro que não.
-Ótimo faço pedido enquanto esperamos a pizza podemos da volta na praça pode ser? Ela disse.
-Tudo bem Luana você é quem manda.
Quando passava próximo a um trailer d lanches que estava fechado e local bem escuro ela disse que poderia parar ali ao lado do tal trailer.
Parei fiquei só com o limpador de para-brisas ligado e o som, onde tocava uma musica sertaneja romântica.

Quando ela me perguntou se eu gostava de musicas românticas, eu respondi olha Luana eu gosto de muita coisa, mas o que mais gosto mesmo e de mulher e sexo.
-Ela sorriu e falou você é direto sempre assim?
-Claro e sei que você está louquinha para que eu avance encima de você estou certo?
-Está certíssimo, desde dia que minha cunhada sua prima me disse que você e bem dotado que imagino você me fudendo gostoso.

-Ah é? Sim e na verdade fui eu que pedi a meu marido para te convidar a ir ate em nossa casa, só que precisei sai para faculdade senão estaríamos lá em casa agora de boa enquanto ele poderia está dormindo de bêbado.
-Ah é assim?
-Claro ele confia cegamente na esposinha dele afinal ele é bem alimentado e come na minha mão.
-Linda adoro mulher e sexo, mas tem certeza que ele não desconfia?
-Claro que não deixa ver este porrete ai vai deixa.
-Olha temos pouco tempo.

-Nada a pizza demora uma hora e só tem 5 minutos que fiz pedido.
-Ah se é assim então aproveite e curte meu cacete gostosão safada, e logo eu abri a braguilha deixando meu cacete todo de fora. Luana olhava com os olhos arregalados.
Afinal 22 cm de puro nervo né para todo mundo não.

Em segundos ela começou a me pagar um boquete gostoso, eu já comecei apalpar sua bunda e meus dedos ágeis foram logo em sua xoxota. A safada estava sem calcinha meti um dedo entre sua vulva seus fluidos lambuzavam minha mão, logo passamos para o banco de trás do carro que como meu primo o corninho falou era mais confortável em minutos estávamos em um 69 delicioso, Eu por baixo com Luana com xoxotinha lisinha e meladinha no meu rosto meti as caras mesmo roçava a barba a língua entrava e saia deixando ela louca até que não aguentou e gozou. Delicia sorver cada gota de seu mel. Ela ficou com respiração ofegante ai foi minha vez de tirar a bermuda abaixar a cueca colocar ela de quatro no banco do carro encapar o cacete e começar a meter gostoso. Luana rebolava gemia pedia que tivesse cuidado afinal era 22 cm de puro tesão...

Calma putinha sua xoxota e gulosa aguenta e eu socava sem parar ate que percebi  um novo gozo dela, enlouqueci de tesão soquei por mais alguns minutos e pensei, talvez seja única esta oportunidade com esta safada, esperei ela recuperar a respiração me ajeitei atrás de seus quadris, dei uma lambida em seu anel, deixei ela toda meladinha e falei .Luana amorzinho relaxa que você vai ver o que fuder gostoso agora.

Nem dei tempo dela pensei meti saliva na cabeça do cacete e comecei a meter lentamente, logo ela deu um solavanco indo para frente, segurei em seus quadris e falei relaxo amor, relaxa que você curte mais junto comigo.
Pronta Luana relaxou e fui metendo aos poucos até sentir que não tinha mais nada para entrar, forcei para que se abaixasse e comecei uma sucessão de movimentos de entra e sai que sentia meu cacete ser apertado pelas pregas da Luana, fogosa começou a rebolar, eu tinha momentos que tirava cacete quase todo deixando só cabeça e logo metia tirando gemidos altos e rouco de Luana assim ficamos por mais de dez minutos ate eu senti meu gozo se aproximar acelerei com estocadas fortes ate tem um dos orgasmos mais fortes de minha vida...

Caracas adrenalina pura esposa do meu rimo em uma praça publica no carro do corno e com tempo cronometrado minha adrenalina foi a mil. Fiquei atracado a ela alguns segundos depois peguei lenços de papel no porta luvas do carro e fui tirando meu cacete lentamente. Ficou arrombada, mas feliz até vestígios de sangue saiu. Mas ficou tudo bem pela cara de realizada dela foi tudo ótimo, nos ajeitamos pegamos a pizza e fomos pra casa do primo. Quando chegamos a sua casa ele estava deitado no sofá. Luana logo falou amor vou tomar uma ducha rápida me molhei na chuva estou com frio.
-Tudo bem amor vá sim esperamos você com prazer.
E com piscada de olho Luana se dirigiu ao banheiro. Sentei em uma poltrona que ficava de frente pra o corredor onde avistei Luana passar nua pra o banheiro.
Sorri e meu primo disse, pois é primo desejo que você seja feliz no casamento como eu sou.
Minha esposa e uma deusa, carinhosa boa de cama e muito honesta.
-Concordo primo.
-Desejo que seja muito feliz.

-Obrigado primo não poderia ter encontrado mulher melhor pra mim.
Eu louco de vontade de dizer deixa de ser corno acabei de arrombar ela no teu carro agora abestado, mas como dizem quem come quieto come duas vezes, isto não foi meu caso, pois já fomos pra motel e passei a tarde toda fudendo gostoso com ela.

Adorei encher a garganta dela do meu delicioso leite. E claro que tive maior cuidado para não destruí a goela da safada. Mulher safada quando você conhece não pode perder de vista pois sempre vai realizar todas suas fantasia. Acredita que ela quer que seu marido nos veja transando?
Pois se ele topar eu estou nem ai eu quero mesmo e curtir a vida. Quanto mais mulher safada mais eu gosto e as casadas que direitas que me perdoem, mas a maioria adoram um cacete extra conjugal.


DocecomoMel
Feira de Santana:
Bahia:Brasil.


Este e outros contos meus (DocecomoMel) você encontra também no nosso site
                                                     
www.climaxcontoseroticos.com/



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)