Acessos em Êxtase !

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Traí sim, com amigo do namorado!



Traí sim, com amigo do namorado!
Eu sempre tive a fantasia de foder com um amigo de meu namorado... Não era qualquer amigo mais sim Carlos que era amigo do meu namorado desde os tempos de infância.Carlos era um negro alto forte ele trabalhava de segurança em suas horas de folga mais era policial.
Como meu namorado era segurança de uma loja de departamentos eles sempre estavam em contato. Um dia meu namorado falou que seu amigo viria até minha casa trazer uma encomenda.
Fiquei excitada só de pensar naquele homem negro por quem eu nutria uma verdadeira tara. Quando Carlos veio até minha casa já era de tardezinha.Eu estava só meus pais haviam saído fazer uma visita a um casal de amigos.
Eu sabia que teria que usar de todos os argumentos possíveis se quisesse realizar meu desejo que era de poder transar com o Carlos.
Caracas ele estava lindo com uma bermuda jeans com uma camisa polo de listras.
Pedi que entrasse, ofereci um suco, ele aceitou e começou a falar quando seria o meu casamento com o Marcos.
-Olha Carlos vou ser sincera com você eu adoro o Marcos mais eu acho que sou nova ainda, quero vivenciar algumas aventuras para poder ter certeza que Marcos é meu parceiro ideal.
-Sei entendo... Mais que tipos de aventuras Marcela?
-Bem eu e Marcos transamos muito mais é um sexo morno sem grandes momentos de êxtase e entusiasmo, não sei se é porque ele tem livre acesso ao meu quarto, pois sempre dorme aqui comigo, ou se é porque tenho um fetiche que me deixa louca por realizar.
-E... Pode ser isto Marcela, porque não realiza esta fantasia só assim terá certeza.
-Se eu puder ajudar pode contar comigo gosto muito do Marcos quero vê-lo feliz, afinal somos amigos há muito tempo desde moleques.
-Eu sei Carlos mais eu tenho receio que você me julgue mal.
-Que bobagem pode falar que terei prazer em colaborar com vocês.
-Marcos não sabe deste meu desejo ele é ciumento e jamais vai saber.
-Entendo Marcela eu sou noivo e já realizei um ménage com minha noiva e um GP e foi muito gostoso.
Da mesma forma ela ficou feliz de me ver com outra mulher.
-Hum entendo e como foi você vê-la com outro homem.
-Olha Marcela é uma sensação de prazer indescritível ver a mulher que você ama transando com outro é tanto tesão que eu senti que gozei sem nem me masturbar.
-Cada estocada que o cara dava ela gemia alto e ficava me olhando, era tesão demais.
-Pronto só de falar já comecei ficar assanhado desculpe-me Marcela.
-Não se desculpe Carlos porque a minha fantasia você faz parte dela.
-Como? Você por ser negro e amigo do meu namorado é minha fantasia.
Jura Marcela?
-Sim Carlos estou doidinha para te dá bem gostoso pra você.
-Bem neste caso não posso desaponta-la, Carlos me deu um forte abraço e beijou meus lábios com suavidade.
Senti a rigidez de seu cacete encostado à minha pélvis. Não pensei duas vezes.
Falei Carlos vamos até o meu quarto, meus pais chegam tarde e não irão ate lá.
Carlos não esperou um segundo convite, me segurou no colo e perguntou por onde era o caminho. Entramos ele me colocou no chão fechei a porta liguei a TV fiquei de frente para ele,sem falar nada.
Ai ele foi tirando a camisa e a bermuda ficando só de cueca.
Que negro lindo eu pensava sem tirar os olhos de seu corpo que reluzia sobre efeito da luz.
Carlos fez com que eu fosse me abaixando ate está com a boca bem perto de seu cacete... Ai vocês devem imaginar como eu estava me sentindo.
Foi assim que comecei a mamar seu enorme cacete.
Seu cacete delicioso ia fundo na minha boca e eu me deliciava mamando aquele cacete gostoso, que quase estourava na minha boca. As veias dilatadas parece que cacete dobrou de espessura.
Mamava e sentia seu cacete latejando até que Carlos segurou na minha cabeça e começou a socar lentamente até explodir em um gozo intenso.
Caracas eu nunca havia feito assim com meu namorado, mais achei maravilhoso o gosto do leite de Carlos.
Ele pediu desculpas por não ter avisado, eu apenas sorri limpei a boca com as costas da mão e falei quem sai na chuva Carlos é para se molhar!
-Ele sorriu e fomos tomar um banho.
Fizemos alguns preliminares no banheiro mais logo voltamos para o quarto Carlos pediu que eu ficasse na beirada da cama de quatro (4).
Assim eu fiz e Carlos se aproximou deu-me uma chupada na xoxota deixando toda meladinha.
Mais ele estava ansioso veio encostou a cabeça do cacete e começou a empurrar com força. Tirava um pouco e logo socava com força mesmo até entrar todo cacete.
Minha xoxota apertada devido ao tamanho do enorme cacete foi ficando mais meladinha, Carlos socava e quanto mais ele metia mais eu queria. Uma delicia ser comida por ele.
Meu macho explodindo de tesão, me apertava a bunda e socava o cacete, batia na minha bunda, me chamava de safada, putinha e vadia.
Tirava o cacete pincelava na xoxotinha meladinha de tesão que ia me querer sempre, que fosse sua amante.
Falava que eu era muito gostosa.
Que foda deliciosa.
Sentia seu cacete me rasgando, ate percebi que foi crescendo cada vez mais foi quando eu senti seu gozo, uma explosão descomunal no fundo da xoxota... Não aguentei e gozei junto.
Ficamos abraçados trocando juras de amor eterno, Carlos disse que errou de termos tido a primeira transa que agora iria ficar difícil resistir ao tesão de ficarmos juntos. Foi assim que acertamos de ficarmos nos encontrando sempre que pudesse.
Depois deste dia começamos a nos encontrar para trepar duas (2) ou (3) vezes na semana.
Tornei-me sua amante oficial o sigilo era primordial para que jamais nem meu namorado nem sua noiva desconfiasse.
Que Carlos aquele negro tinha sua putinha preferida.
Imaginem vocês o tesão que eu sentia depois que meu namorado ia embora seu amante vim entrar e fuder ate o amanhecer,teve dias que eu ficava de pernas bambas.
Um dia Carlos me convidou a passar uma noite em seu apartamento eu não pensei duas vezes... Aceitei e demos um jeito e fui.
Foi lá que fizemos a primeira vez sexo anal,Carlos me transformou em sua puta,era assim que ele me chamava quando ia gozar.
-Rebola minha putinha que vou te encher de leite e despejava em minha bunda e costas sua seiva.
Foi com ele que aprendi as peripécias e prazeres deliciosos de uma verdadeira foda safada.
Carlos começou a me ensinar como mamar gostoso um cacete sem deixar o homem gozar logo, me ensinou a dar a xoxotinha para um macho de verdade.
Bem antes de chegar ao orgasmo eu gemia e gritava de muito prazer... Carlos prolongava ao máximo e quando explodia eu delirava de tesão.
Tinha o maior tesão de vê-lo tirar seu membro ainda rígido latejando todo melado de dentro da minha xoxota ,ai eu lambia deixando todo limpinho.
Parecia uma prerrogativa do prazer teve dias que enquanto fazia isto ele batia uma siririca eu gozava novamente entre seus dedos lambuzados.
Mais tudo que é bom acaba ou dá-se um tempo a droga da noiva dele engravidou e agora ele vai casar, disse que só íamos diminuir o ritmo dos nossos encontros mais nos separarmos jamais.
Assim eu continuo sendo amante de Carlos, tanto ele como eu casamos e mesmo depois de casada eu continuo sendo amante do Carlos diminuiu a quantidade dos nossos encontros mais a qualidade cada vez melhor.
Afinal fomos nos adequando as nossas necessidades.
Houve vezes que ele veio até minha casa e enquanto esperava meu marido chegar do trabalho dava uma rapidinha encostado-se à parede ou na pia da cozinha. Uma delicia estas fodas rápida adrenalina que tínhamos na ânsia que o marido estava para chegar tornava a foda casa vez mais espetacular.
Prazer nunca é pouco... Quanto mais melhor.

Docecomomel (hgata)
Feira de Santana 24 de agosto de 2015
Bahia Brasil.
Vejam este e outros contos meus no :
www.Climaxcontoseróticos.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)