.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Minha esposa me deu corno com meu vizinho.






Eu confesso que um dos maiores prazer que eu já senti em toda minha vida foi quando dei um flagrante de traição de minha esposa e um vizinho e amigo meu.
 Eu sempre desejei ser corno, mas não imaginava que iria sentir tanto tesão como eu senti no momento que vi minha esposa linda e gostosa sendo fudida de todas as formas. Então eu cheguei a conclusão que  sou um corno .Que além de ser corno sou manso,pois adoro.Sinto tanto tesão que quando chego em casa e percebo que minha mulher me deu um par de chifres eu gozo horrores chupando sua xaninha meladinha.
Eu sou casado com uma gata, negra alta, magra e esbelta, seu corpo é lindo, tem seios médios, que adoro mamar e mordiscar ate sentir seus gemidos e gritos me pedindo para foder ela com força. Então como sempre desejei ser corno,pedi a minha mulher que realizasse meu fetiche,ela não gostou dizendo que eu não a amava mais que queria vê-la com outro e falou e bradou muito,foi quando usei toda diplomacia dizendo que era o contrario que amava demais e queria que ela fosse feliz com outros também,depois de muito reclamar o assunto foi encerrado.Para meu desgosto é claro,mas não foi esquecido.
Mas eu não desisti,e sempre o assunto voltava à baila enquanto estávamos transando,dizia a ela no meio da sacanagem que ia chupar a xoxotinha dela cheia de gala de “Ricardão”, que ela era safada e coisa e tal... O tesão ia a mil,ficava como louco desejando que fosse verdade,assim o tempo foi passando.Eu louco para ela tomar coragem,mas ela nunca dizia nada.
-Então fui dando corda a ela comprando roupas curtas, deixando sair com amigas solteiras até para baladas, muitas destas baladas eu ia, mas ficava de boa com os amigos observando minha esposa ser paquerada e até bolinada.
Era puro tesão.
Já somos casados há oito anos, não temos filhos ainda, moramos em um condomínio, nada de muito luxo, mas de boa qualidade.
Então houve um aniversário de um amigo e vizinho, muita gente bonita muita bebida e muita azaração.
Minha esposa adorou a festa dançou bastante ela adora dançar. Eu fiquei com muito tesão vendo que maioria dos homens ficavam olhando para as pernas da minha esposa,também ela estava com uma micro saia,eu fiquei mais maluco ainda quando voltávamos para casa e percebi que minha safadinha estava sem calcinha.Fomos direto para cama enlouquecidos de tesão chupei tanto sai xoxota que ela gozou duas vezes seguidas sem ter penetração.Foi um delírio saborear sua xoxota meladinha de seu mel.E quando eu a coloquei de quatro ligeiro exporrei  muito enchendo ela de muito leite,que chegou a escorrer pelas pernas,melando o colchão.
Assim os dias foram se passando. Comecei a notar algumas diferenças em minha esposa falando nomes de amigos meus que estavam na festa.Indagando se A ou B era casado e tal.Claro que dava respostas evasivas,teve um dia que ela citou o nome do meu colega d infância que por coincidência morava próximo que senti algo diferente,mas como não dei assunto a conversa mudou de rumo...
Os dias passavam. Até que.
Eu não notei nada de estranho na festa, mas depois que a peguei no flagrante ai a ficha caiu que tudo começou no tal aniversario.
Não achei ruim, muito pelo contrario adorei, pois o prazer é imensurável.
-Foi assim que tudo começou eu saí do trabalho mais cedo porque iria fazer uma visita a um cliente.
Sou corretor de imóveis, mas chegando até o trabalho do meu cliente ele havia saído, tentou ainda me avisar, mas a telefonia brasileira é algo que deixa muito a desejar.
Como o tempo era curto achei que não deveria voltar ao escritório então decidi de ir para casa. Era apenas duas horas de antecipação.
Bendita resolução, pois me valeu prazeres impar em minha vida. Estacionei o carro embaixo de algumas arvores que é o local destinado oas visitantes, peguei minha pasta de documentos e fui andando pra casa. Despreocupado pensando que minha adorável esposa iria adorar porque havia chegado um pouco mais cedo. Ao chegar próximo a porta da entrada ouço vozes dentro de casa... Estranhei,pois sabia que minha esposa não teria visitas,parei alguns segundos eu resolvi entrar pela porta lateral,que eu sabia que estava  apenas encostada.Empurrei lentamente entrei tirei os sapatos e fui andando pelo corredor.Ouvi gemidos meu coração quase saia pela boca,não sou criança para não perceber qual seria  os motivos de gemidos tão altos de minhas esposa.Quando eu comecei a observar pela fresta da porta e vejo claramente minha adorável e safada esposa no meio da cama de quatro com o Eduardo meu vizinho e amigo ajoelhado em frente a minha esposa com cacete todo enfiado na garganta de minha safadinha.Pois  bem é isto amigos minha esposa estava me traindo com meu vizinho e amigo de infância,e diga-se de passagem o boquete era caprichado,ela sempre gostou de chupar bem gostoso,mas não sei como agüentava o cacete todo,pois o Eduardo parecia um jegue.Seu cacete era bem grosso negro com veias alteradas e com cabeçorra enorme...Não sei descrever a sensação que comecei a sentir,de imediato senti raiva,mas logo o tesão se apossou de meu corpo que fiquei em transe.Minha esposa sempre foi boa de fazer boquete,me deixava louco de tesão pois fazia com intensa facilidade uma garganta profunda.Todos sabem que poucos conseguem sem sufocar ou engasgar,mais ainda a surpresa de ver o tamanho do cacete do macho com quem ela estava me traindo.Parecia um pau de machucador,negro grosso cabeçudo e veiúdo.A safada quase engolia todo, fiquei enlouquecido quando vi o cara segurar a cabeça dela e dá umas estocadas fortes e estancar, gemendo alto, ai meu querido vi como minha esposa é safada nunca gostou de tomar meu leitinho e agora bebia sem pestanejar todo esperma do seu macho. Meus olhos estavam vidrados, minhas pernas cambaleavam e meu cacete quase explodia de tanto tesão.
Esperei ansiosa a reação da safada, achando que ia praguejar porque ele gozou na boca dela, engano meu a safada bebeu e depois ainda deixou o cacete dele brilhando de limpinho. Uma coisa é certeza o que  as mulheres não fazem com seus companheiros fazem muito bem com seu amante.
Logo foram ao banheiro e voltaram se pegando, eu tremia de tesão e quando o Eduardo deitou-se na cama com cacete em riste e minha esposa começo rebolar e aos poucos foi se abaixando quando me dei conta a safada, estava literalmente com cacete do Eduardo enfiado todo no rabo. Quase morro de tesão vendo-a quicar com cacete todo alojado em seu rabo.
Em instantes os gemidos soavam alto por toda casa... É realmente minha esposa era muito da safada agora estava dando o rabo gemendo como uma égua no cio com cacete do Eduardo todo atochado ate o talo.Parecia uma potranca sendo comida por um garanhão, os gemidos só me faziam provocar excitação quando a safada começou e gritar, pois estava gozando eu não agüentei e comecei a gozar sem tocar no cacete, foi bom,algo maravilhoso, mas eu queria que pudesse está no lugar do amante dela assim seria um prazer completo, mas fico feliz de saber que minha esposa sempre dedicada e feliz não passa de uma safada e se alguém acha que vou esbravejar brigar o bater em alguém se engana vou curtir este prazer. Quem sabe ainda crio coragem e faço parte junto com ela e possamos fazer um ménage ou quem sabe uma DP, tenho certeza que iria adorar ver a safada sendo comida com muita vigor por dois cacetes ao mesmo tempo, mas enquanto isto não acontece vou ficar por aqui escondido vendo minha safada ser comida pelo meu vizinho que é muito meu amigo e agora sócio... Não é vero?

Docecomomel (hgata)
Feira de Santana 13 de janeiro de 2015
Bahia Brasil.
Ano/2015
Imagem do google

Um comentário:

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts