.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sábado, 24 de janeiro de 2015

Atração levou-me a trair.







Oi.
Meu nome é Mara e esse é meu primeiro conto-relato, tenho 28 anos, sou morena de cabelos lisos, coxas grossas e um bumbum durinho arrebitado.
Sou casada a pouco mais de (3) anos, meu marido é caminhoneiro. Sempre viajando pelo Brasil me deixando sozinha.
Sinto muito sua falta, pois o amo, mas sinto tanta falta de sexo que me deixa louca de tesão e sensível demais. Moramos em uma viela com 5 casas.No mês de dezembro chegou um morador novo.
Na ultima vez que meu marido voltou para casa eu fui arrumar as coisas dele e vi fotos dele com outras mulheres, então deduzi que andava me traindo, em suas viagens. Fiquei muito mal nada falei ,mas cresceu dentro de mim uma revolta uma vontade louca de dá o troco.
Depois de uma semana em casa meu marido viajou.
Voltei à rotina de trabalho casa e assim ia vivendo.
Um dia depois que cheguei do trabalho minha vizinha veio me chamar para ir ao dia seguinte a um jantar em sua casa, era seu aniversario e ela queria que os vizinhos participassem de sua alegria.
Concordei que iria afinal era sábado e não tinha mesmo com quem sair.
No sábado fui a o tal jantar,quando vi aquele rapaz moreno alto com um copo na mão tremi as bases,achei lindo não tinha lembrança de conhecê-lo. Foi a vizinha que me apresentou ao rapaz ele era o Felipe nosso vizinho mais recente.
Sempre tive quedas por morenos afros, não sei por que kk.
 Bom... Eu vou contar o que  aconteceu no jantar.
Felipe ficou o tempo todo me secando, eu conversei pouco com ele, mas soube que é estudante de direito e está fazendo estagio.
Logo anunciei que estava de saída,
Felipe disse que também já ia embora precisava estudar assim saímos andando na mesma direção. Minha casa era antes da dele.Quando paramos na minha porta ele falou não me convida para um cafezinho?
-Claro Felipe desculpe minha falta de educação.
Entramos Felipe ficou na pequena sala e fui providenciar o café.
Trouxe o café com uma fatia de bolo tomamos nosso café e ficamos conversando um pouco quando o Felipe já ia saindo quando estava na porta falou assim.
Mara você não quer comer uma pizza comigo amanha?
Pensei que mal tem em ir comer uma pizza com um vizinho e amigo?
Concordei e agendamos para 19 horas afinal seria domingo e todos precisam trabalhar no dia seguinte.
No domingo fui ao shopping comprei uma roupa nova, lingerie preta de renda, bem sex e sensual, meus pensamentos estavam em euforia me sentia como se tivesse me arrumando para um namorado novo.
Nem pensava em meu marido. Logo  as 18 horas me arrumei e quando Felipe bateu a minha porta senti um friozinho na barriga.
Ele estava muito bonito com calça jeans e camisa pólo azul marinho.
Estava bonito mesmo um perfume delicioso.
Saímos entramos em seu carro e fomos para a pizzaria, em um semáforo Felipe falou bem assim,
-Mara desde o momento que a vi que você não sai de minha cabeça.
-Ah Felipe eu sou casada, mas vou te dizer uma coisa acontece o mesmo comigo.
-Então que tal encurtar o caminho e irmos comer uma pizza em um lugar sossegado só nós dois, evidente atração que estamos sentindo um pelo outro.
Apesar de termos nossas casas é bom evitar fofocas.
O que você acha Mara?
-Bem eu acho que somos maiores dono de nossos atos, vamos sim Felipe, podemos ir onde você quiser, mas fique sabendo que nunca traí meu marido.
-Eu sei Mara todos da vizinhança me falaram muito bem de você.
Felipe ia dirigindo e eu só observando, seu rosto seus braços másculo, sorriso muito gostoso. Fui começando a me assanhar mais ainda,ficando excitada louquinha para dá para ele.
Chegamos a um motel entramos, logo íamos conversando, nos beijando abraçados, sem pressa esperando o gelo passar. Felipe era calmo carinhoso.Foi quando ele me perguntou se tinha certeza que  queríamos fazer mesmo afinal minha condição de casada.
Foi quando me veio à lembrança das fotos que encontrei do meu marido e pensei no meu intimo, era a minha vez de aproveitar e me vingar e senti muito prazer em sua ausência.
Logo começamos a nos beijar, Felipe foi tirando minha roupa, peça por peça, eu também fiz o mesmo com ele, eu estava adorando, nunca tinha ficado com ninguém, agora estava com um cara bonito solteiro inteligente e muito carinhoso. Fomos até a cama Felipe fez eu me sentar ele ficou abraçado mim,sentia seu cacete duro latejando na cueca,abaixei o cós e pude vislumbrar um cacete grosso,cheio de veias cabeçorra achatada.Ele nada dizia apenas acariciava meus cabelos e meus seios.
Fui tomada por um sentimento estranho, sentia minha xoxota meladinha latejar.
Eu comecei a passar a mão pelo cacete de Felipe, era grande bem maior que do meu marido. Aí amores eu comecei a mamar ele  gemeu logo ele mandou eu me deitar.E sem pensar em mais nada comecei um boquete digno de uma puta safada.
Felipe ficou por baixo e eu enganchada com a xoxota toda em sua cara.
Ele lambia e sugava meu grêlo, me deixando louca para dá para ele. Quando gozei tendo espasmos pelo corpo inteiro,delirei gemi e rebolei em sua cara.Ate engasguei com seu cacete com a tamanha velocidade que eu o chupava.
Felipe saboreou toda minha seiva. Deixando-me toda molinha esperou alguns minutos e logo me colocou de quatro (4). Quando vi a imensidão que era seu cacete pensei ai “Mon. dieu” que delicia  ser comida por um bem dotado.
-Mara meu amor relaxa que quero sentir cada cm de sua xoxota abrigando meu cacete.
-Nossa que delicia ele nem precisava dizer assim, pois estava ansiosa de sentir cada cm de seu membro me dilacerando.
Ele ficou apoiado atrás de mim, se ajeitou encochou e foi forçando até a cabeça entrar em minha xoxota.
Suas mãos seguravam firme em meus quadris, sempre alisava minha bunda e cada minuto forçava mais e mais até que pude sentir, seus pelos ralos encostados em minha bunda.
Alguns segundos nos beijávamos, com Felipe todo atochado, sentia seu cacete latejando.
Caracas o fogo do tesão e esquecemos-nos da camisinha... Não tínhamos mais  nada a fazer,aos poucos Felipe foi movimentando seus quadris os movimentos de vai e vem acentuando como se fosse uma dança sincronizada entre ele e eu.
Depois de um bom tempo comecei a gemer, a urrar pedindo para Felipe me foder com força, que queria o diferencial da traição. E Felipe não se fez de rogado começou a me foder com força,batia em minha bunda mordiscava,tirava o cacete de vez e logo forçava com força e vigor.provocando mais prazer eu rebolava e gemia pedindo que me comesse sem dó nem piedade.
Ai gozamos... Um gozo em total sincronia.
Pela primeira vez eu gozei sem subterfúgios de bocas e línguas.
Maravilhosamente belo sentir seus espasmos de gozo encher minha xoxota.
Enfim ficamos abraçados, só em carinhos. Fomos tomar um banho,e entre carinhos beijos mãos aqui e acolá logo Felipe estava de cacete duro novamente voltamos para cama abraçados.Deitamos de ladinho,vi como Felipe forçava seu cacete na minha bunda...Claro que o sexo anal seria inevitável.
Apenas disse com camisinha amor.
Felipe pegou uma camisinha colocou no cacete untou cacete todo e com uma das mãos me lubrificou deixando toda meladinha.
Quando começou a forçar senti uma dor aguda, mas fui relaxando e aos poucos fui recebendo seu membro que entrava e saia com delicadeza até me senti completamente preenchida.
Já completamente dentro Felipe mudou de posição e ficamos na posição frango assados.
Comecei a gemer e rebolar e pude ter a certeza que no sexo o diferencial está em quem faz. Pois dor não senti apenas muito prazer.
Felipe socava e parava, para me beijar trocamos palavras doces de enamorados e ficamos até de madrugada.
Daquele dia em diante me tornei amante permanente de Felipe, quando eu não ia até sua casa ele passava as noites na minha.
Nem lembrava que tinha um marido e quando este chegava ficava feliz de sua partida. Não fui safada apenas me deixei levar pelos instintos animal que todo ser humano tem.
Não vou me separar, eu não quero e Felipe não se importa sempre diz o que importa são os momentos lindos que vivenciamos a cada dia.


Docecomomel (hgata)
Feira de Santana, 24 de janeiro de 2015.
Bahia :Brasil.
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts