Acessos em Êxtase !

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Comendo a cunhada novinha...


-Eu confesso que sou safado e que tento resistir de quando eu saio com uma mulher que não é minha noiva, que não é do meu convívio pessoal, que saio mesmo só para fuder, tento resistir em chupar a xoxota das safadinhas, mas não agüento quando vejo uma xoxota meladinha abertinha igual uma fruta apetitosa e madura a espera de uma boca gulosa ávida de se deliciar eu não resisto caio de boca até sentir o gozo escorrer pelos cantos de meus lábios.
Um puro e delicioso mel, depois meus querido é só começar a socar até a putinha não agüentar mais e gozar entre seus seios rosto e boca.
 Adoro chupar muito uma xoxotinha. Adoro será que sou viciado em chupar ou é normal, será que todo macho guloso também é assim, me respondam, mas antes vou terminar de contar como foi que acabei transando com a irmã mais nova de minha noiva.
Minha noiva Carina tinha uma irmã mais nova as duas moram juntas, os pais moram no interior eu sempre tive liberdade na casa delas dormia sempre por lá e observava que nos dias que dormia lá na manhã seguinte minha cunhadinha uma jovem estudante de 18 anos não me encarava, até parecia que estava enciumada.
-Eu acreditava que talvez fosse vergonha porque minha noiva era muito escandalosa gemia muito alto quando estávamos transando esquecendo que tinha outras pessoas na casa.
-Um dia eu até falei calma Carina sua irmã pode ouvir e fica chato.
-Calma nada a putinha da minha irmã paga de santinha, mas dá pra seus coleguinhas de cursinho, eu mesmo já vi calcinha melada no banheiro.
-Isto me aguçou o tesão que nutria por ela e pensei:
-A novinha com carinha de menina já estava assim é?
Pensei bem que se tivesse oportunidade eu não seria de rejeitar.
Os dias se passaram e minha noiva precisou viajar para realizar um curso por conta da especialização que estava fazendo.
-Pensei poxa vou ficar final de semana só.
-Quando minha noiva Carina me pediu que ficasse em sua casa só assim teria certeza que tudo correria bem em sua ausência, não fiz objeção afinal tinha seu quarto que eu sempre estava por lá e tinha chave da casa.
Concordei mas minha noiva não avisou a sua irmã que eu ficaria lá na casa delas.
Então na sexta feira minha noiva viajou eu fui tomar um chope com amigos do trabalho comi uns aperitivos e fui para casa dormir.
-Só que assim que estacionei meu carro na porta da casa da noiva vi uma motocicleta na garagem.
Sem fazer barulho algum entrei silenciosamente e fui para o quarto tomei banho e sem deixar ser notado fui até a porta do quarto de cunhadinha.
 –Que cena a porta estava entreaberta e na cama estava minha cunhada sendo comida... Sim literalmente comida por um colega e amigo.
-A putinha rebolava recebendo o cacete na xoxota.
-Meu cacete deu um salto dentro do short folgado vendo a cena.
-Ela dizia ai meu tesudo que gostoso, come tua vadia come.
-Mete gostoso ai não goza dentro não...
-Fode tua puta fode.
-E ele socava sem parar até que disse que já não agüentava mais e tirou cacete de dentro e começou a gozar na barriga dela.
-Safada espalhava o leite sobre seu corpo.
Sai sem deixar ser percebido e fui para o quarto, louco de tesão.
Pensei em bater uma punheta, mas depois pensei nada vou comer é esta vadia mesmo!
Liguei para minha noiva conversei com ela perguntando se tinha avisado a sua irmã que eu iria dormir lá?
-Ah amor esqueci, mas já ligo para ela avisando viu?
-Você esta onde amor?
-Em casa vim pegar roupa e já vou para sua casa, amanha já vou para o trabalho direto.
-Se preocupe não amor que cuidarei de tudo... Saudades beijos minha linda...Eu te amo.
´-Sou safado dizendo que amava com cacete duro pensando em comer sua irmã mais nova... Quem já comeu alguma cunhada deve entender o tesão que sentimos.
-Logo ouvi o celular tocar no quarto da minha cunhada.
-Ouvia apenas meias palavras.
-Que droga hoje que íamos nos esbaldar meu cunhado vem dormir aqui.
-O cara dizia poxa amor eu doido para tirar a diferença de nossas fodas rápidas e vem seu cunhado atrapalhar.
-Você precisa ir amor. Agora?
-Merda nem comi seu rabo e já preciso ir droga seu cunhado é um pé no meu saco. Viu.
-E foi tomar banho rápido saindo zangado sem despedir da namorada.
-Dou razão a ele eu acabei sendo um empata foda...
-Mas que jeito!
-Sai pela porta dos fundos depois de dez (10) minutos fingi chegar.
-Não vi ninguém sentei no sofá ligando a TV e DVD e comecei a ver um filme um pouco picante, deitei no sofá.
De short folgado sem cuecas, pernas abertas, claro que ver cenas que davam indícios de uma transa acordou meu cacete novamente enfiei a mão por dentro do short e fiquei alisando o cacete.
Ouvi uma porta se abri, fingi dormi, mas logo uma mão me balançou me chamando.
-Marcos você por aqui!
-Sim Clara sua irmã pediu-me vim ficar por aqui.
-Não sei por que, não sou nenhuma criança!
-Eu sei Clara que você não é nenhuma criança, mas sabe como são os irmãos mais velhos se sentem na obrigação.
-E Carina é assim mesmo.
-E por falar que você não é nenhuma criança quando cheguei ouvi você com seu coleguinha fazendo uma farra.
-Ela ficou rubra, mas não perdeu o equilíbrio respondeu.
-Não é meu coleguinha é meu namorado estávamos apenas transando como um casal normal.
-Sua irmã sabe destas visitas?
-Não sabe, mas se você contar ai ficará sabendo ai começa confusão.
-Pigarreei falando, bem ela não vai ficar sabendo a menos que você queira...
-Obrigado Marcos.
-Não precisa agradecer Clara basta apenas terminar a farra do fds comigo.Tenho certeza que não deu para saciar seu desejo você tem cara de safada como é sua irmã insaciável.
-Marcos que coisa, você falar assim de sua noiva,
-Bobagem seu que você ouve nossas fodas fantásticas.
-Será que não sente tesão? Só ouvindo por trás da parede?
-Bem para dizer a verdade sinto sim, ainda mais que meu namorado não é muito adepto a sexo oral.
-Seu namorado deve ser um tremendo de um babaca Claro, porque sexo oral é a melhor coisa que acontece entre um casal, sentir as emoções da mulher enquanto a está chupando não tem palavras para poder definir o prazer sentido.
Tem toda razão Marcos eu fico excitada só em pensar, mas vamos mudar o rumo da conversa, está bem conto com você e sua descrição perante minha irmã.
Eu sou safado é claro já fui dizendo minha querida cunhadinha que nada direi afinal vamos ter bons momentos juntos ainda mais que estamos a sós.
E sem prolongar muito a conversa segurei em seus ombros e lhe dei um beijo. Um beijo de língua possessivo e sensual, senti que minha cunhadinha foi pega de surpresa,mas não deixou de corresponder aos poucos minhas mãos iam tirando suas roupas,segurei em sua mão e a fiz a começar me acariciar meu cacete sobre o short e logo eu já estava sem roupas e minha cunhadinha sentada no meu colo no sofá.
A porta estava fechada eu sem roupas e ela só de calcinha e soutien,segurei em seus braços colocando sentada no encosto do sofá e cai de boca em sua xoxota suculenta e meladinha.
- Caramba que delicia o grelo rígido, comecei a chupar como se estivesse mamando.
Clara começou a gemer tão alto, que te sorrir intimamente lembrando que era igualzinha a irmã, fica enlouquecida. Em minutos senti minha boca ser invadida por seu mel.Chupei com maior gulodice e sempre dedilhando seu anel,pois logo eu iria querer saciar meu desejo de comer seu rabo gostoso que sempre desejei em meus momentos de punhetas solitárias.
Porque sempre desejei minha cunhada e agora estava eu e ela desfrutando de momentos de muito tesão, safada é muito gostosa mesmo. Rebolou tanto enquanto gozava que meu rosto ficou todo lambuzado.
Ai colocou-a de quatro (4) no sofá e com um pé apoiado comecei a comer sua xoxota, socava com muita força, nossos corpos faziam barulho, vez ou outra eu tirava o cacete e lambia a xoxota e seu anel, sentia Clara ficar toda arrepiada, gemia pedia que seu cunhado safado a fodesse gostoso.
Fiquei louco de tesão, ter a potranca ali na minha frente, rebolando me deu vontade de comer muito ela até sentir seu gozo, seus gemidos altos me incitavam a dá tapas em sua bunda, eu não parava de socar, queria foder ela gozar na cara dela, chamando de cadela de safada e depois socar em seu rabo e terminar de gozar todo meu leitinho em suas ancas gostosa.
E assim foi que fiz soquei gostoso em sua xoxota senti seu goso lambuzar meu cacete e depois colocar uma camisinha dá salivada em seu anel e com jeitinho começar a comer seu cu, gostoso apertadinho, sentia suas pregas se dilatarem até está completamente todo atochado dentro dela, socar com mais força e deleitar até chegar ao delírio.
Foi uma das vezes que mais gozei.
Clara parecia que estava no paraíso, abracei e beijei com intenso carinho, e com a voz branda perguntei se a tinha machucado.
-Ela sorriu respondendo que não, mas que foi fodida como a uma puta.
-Querida toda mulher na cama é uma puta e quanto mais safada melhor.
-Ficamos abraçados e logo fomos tomar banho.
E do banheiro direto para seu quarto, aí meus amores a noite foi longa e muito gostosa fizemos tantas posições que jamais vou esquecer-me dos momentos que passamos juntos.
Foi meu melhor final de semana de minha vida.
Eu nunca tinha conseguido fazer garganta profunda como fiz com a minha cunhada, e com seu jeitinho delicado e maneiro fizemos e gozei deliciosamente em sua garganta até minhas pernas tremeram de tanto tesão.
Amanheceu o dia fomos fazer nossas tarefas diárias e na hora do almoço já estávamos na cama realizando novas proezas.
Espero que quem esteja lendo tenha coragem de realizar seus mais íntimos desejos, porque cunhada é tudo de bom e quando é safada meus queridos vocês nem imaginam como é prazeroso.
O final de semana passou e quase tudo voltou ao normal com exceção que agora além de uma noiva tenho uma amante.
E vou curtindo como posso nada de reclamar da vida, pois nada tenho, mas falta de sexo jamais.
Porque se com uma já é bom vocês devem imaginar como dever ser com duas.
Eu acho maravilhoso.

Docecomomel Hgata)
Feira de Santana 02 de dezembro de 2014
Bahia Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)