.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Meu amigo virtual, virou meu amante.



O
 Eu sou Marcela sou casada e algumas vezes gosto de provocar os homens pela internet.
Sim acesso salas de bate papo e provoco muito até chegarem ao ponto de se masturbar.
 E claro que não mostro o meu rosto, mas a xoxota meu grelo, meus seios eu mostro provocando-os eu adoro ver os olhos destes safadinhos brilharem de tesão e depois explodirem em orgasmo intenso. Sinto imenso prazer de ver um homem se masturbando.È claro que bato siririca ouvindo suas voz alterada pelo tesão eu gozo muito.
Amo de paixão estas situações... Reconheço que sou muita safada.
 E foi assim que conheci o Paulo um coroa divorciado sem filhos de boa situação financeira e muito assanhado.
Conversávamos quase diariamente pelo Skype.
 Se eu o satisfizesse ele queria fazer virtual todos os dias comigo.
Aí não dava para não viciar e naquela tarde quando acessei meu skype, fui pega de surpresa com uma mensagem em off-line.
-Oi. Querida Marcela estarei viajando pelo nordeste e ficarei dois dias em Salvador será que poderia ir até o meu hotel?
Beijo do Pedro...
-Seu Pedro seu amado e amante.
-Caracas e agora?
 Bem como está de viagem de turismo com certeza não teria nem tempo de pensar na amiga aqui, foi o que pensei e para não fazer desfeita deixei recado educado e gentil. Só que achei que não seria levado a serio. Estrepe-me com esta, mas no final acabou tudo bem.
Meu caro Pedro deixo meu celular se puder me ligue que terei imenso prazer de ir te ver em seu hotel e dá um abraço.
Passaram-se três (3) dias quando meu celular tocou, era um numero desconhecido atendi e pra surpresa minha era meu amigo e amante virtual Pedro.
-Marcela minha querida é o Pedro meu hotel é... Será que você poderia vir me fazer uma visita o pessoal do grupo vai está fora e eu não irei conhecer a ilha morro de São Paulo pois enjôo muito no mar.
Venha minha querida dá um abraço em seu amigo.
Poxa fiquei tão indecisa que nem pensei e concordei, mas ele sabe que sou casada, mas como meu marido está viajando com toda certeza poderia ir sem problemas, mas na minha cabeça não passou que pudesse acontecer algo intimo...
Assim que cheguei à portaria do hotel fui anunciada de minha presença e logo Pedro já estava na recepção, era um coroa muito bonito, alto com cabelos com fios prateados.
Atraente gentil e educado foi até o restaurante do hotel ficamos bebericando um suco. Foi quando Pedro convidou-me a almoçar com ele concordei e logo pegamos um taxi e fomos até a orla ficamos passeando como dois amigos até que chegamos a um restaurante e fomos comer um peixe a baiana. Sabem como são os turistas adoram pratos típicos da terra.
Já passava de meio da quando Pedro todo carinhoso roçava sua perna na minha sobre a mesa. Eu afastava e ele continuava roçando até que dei um basta falando,calma Pedro acho que você está se excedendo.
Calma Marcela eu acho impossível ficar calmo junto de ti menina sinto tanto tesão por você que fico de cacete duro só de pensar em ti.
-Oh Pedro não sabia que chegava a tanto, apenas brincávamos na web cam, nunca te prometi nada.
-Eu sei, mas foge do meu controle, eu me sinto atraído por você Marcela sonho com você nos meus braços desejo saborear sua xana, sentir teu gozo entre meus lábios.
-Ah Pedro se comporte falando assim está deixando-me excitada!
_Que mal tem curtir momentos de carinho com uma pessoa que te admira e gosta muito de você Marcela, venha vamos até meu quarto no hotel prometo só ir até onde você permitir, podemos apenas fazer carinhos como o fazemos na virtualidade, vamos Marcela veja como este pobre homem está não agüento mais...
E olhei discretamente vi como ele estava excitado seu cacete estufado dentro de sua bermuda, respirei fundo e falei:
-Promete parar quando eu decidir Pedro?
-Prometo minha deusa quero senti a maciez de tuas carnes se você não quer transar paramos, mas duvido conseguir sei que está com muito tesão.
Terminamos o almoço voltamos até o hotel, Pedro já tinha avisado antes que seria uma sobrinha sua que viria visitá-lo, então entramos sem sermos interpelados.
Entramos no quarto e assim que a porta foi fechada Pedro tirou a camisa e bermuda ficando só de cueca.
Eu olhava com os olhos fixos para ele e sentia um imenso carinho, ali na minha frente estava um homem com seu desejo aflorado por mim e eu como insana deixei-me ser levada pela curiosidade e tesão.
-Agora o caminho era sem volta, nunca trai meu marido, mas agora já era tarde para pensar nele.
Pedro se aproximou me abraçando, alisando meus seios com os olhos vidrados e com voz rouca de excitação falou.
-Vem Marcela se entregue aos momentos de êxtase, este pobre homem está louco para poder sentir tua xoxota fogosa, vem deixa-me tocar você sentir teu tesão entre meus lábios.
Eu via que o cacete dele estava duro e babava, a cueca branca mostrava, quando eu respondi que há muitos dias não fazia sexo real ele sem perda de tempo,foi tirando minha blusa e minha calça leggy.
Esta roupa me deixava mais tesuda os homens ficavam loucos vendo minha calcinha atochada no meu rabo.
Pedro delirou quando me viu só de lingerie.
Falei para ele que só iria fazer aquilo por que ele era muito meu amigo, que andava muito carente que amava demais meu marido e com certeza isto iria mudar muito minha vida por completo.
Deitei na imensa cama e Pedro veio sentar a meu lado olhava-me nos olhos dizia que eu era linda, que me amava e com suas mãos enormes e macias aos poucos dominando me subjugando ao êxtase.
Quando ele afastou minha calcinha para o lado, foi aí que deu para ele ver minha xoxotinha lisinha que já estava molhadinha!
Ele olhou com muita tara e tesão, e inclinou sua cabeça e deu um beijo na minha pepeka.
Fechei os olhos e com cara de safada falei... Pedro prove do meu mel!
Realmente eu havia começado uma loucura e agora passei dos meus limites, não queria voltar queria ir até o fim com aquele coroa que de virtual em minutos se tornaria meu amante real.
Pedro afastou minhas coxas e com os dedos acariciavam os lábios vaginais... Em instante Pedro soltou um gemido e logo começou a chupar minha xoxota com força!
-Eu gemi de uma forma melosa cheia de dengo, ele logo sugava meu grelinho ate ouvir os estalos de seus lábios, lambia e sugava até eu não agüentar e gozar na sua língua!
Fui ao delírio
Pedi para ele sentar-se na cama e eu cai de boca no cacete cabeçudo, e depois de deixar ele todo melado com minha saliva me levantei ficando em pé na cama e com movimentos sensuais comecei a rebolar. O Pedro ficou com os olhos vidrados em meu corpo seu cacete latejava  fazendo uma leva curva apontando para o umbigo.
Pedro deitou-se ficando entre minhas pernas eu afastei me abrindo um pouco mais
 E como se tivesse dançando algo bem sensual fui me abaixando até esta completamente encaixada com minha xoxota roçando seu cacete até a cabeçorra entrar dilacerando todo qualquer sentimento que pudesse me fazer desistir.
Pedro começou a beijar-me e com movimentos de quadris com leve toque entre nossos corpos fui sendo penetrada e em poucos minutos eu estava literalmente sendo comida por Pedro... Ai não teve como não me sentar no cacete dele e cavalgar gostoso.
Pedro foi à loucura me pedindo para eu não tirar que eu era muito gostosa que era sonho dele.
Que me perdoe meu marido, mas a fome aliado a vontade de ser comida falou mais alto. me soltei e me comportei como uma puta.
Sentava e quicava no cacete dele que era muito delicioso, e ele me chamava de putinha tesuda, gostosa, bucetuda, estas palavras me enlouqueciam deixando-me safada ainda. Logo Pedro mudou de posição fui ficando de quatro aí o bom e velho amigo Pedro começou uma sucessão de estocadas vigorosas e fortes,com um ritmo frenético de ser  fodida eu nem sentia os tapas que levava na bunda ,foi gemidos e urros até ser saciada com grande leitada que encheu minha xoxota ao ponto de escorrer pelas coxas.
-Ufa o safado gozando metendo incansavelmente até ficar atracado em meus quadris.
Esta foi uma das melhores trepadas de minha vida... Mas não foi a única porque meus amores eu fiquei o resto da tarde e da noite no quarto com meu coroa, que me ensinou o verdadeiro sentido de tesão êxtase e loucura.
Porque eu como me casei virgem nunca na minha vida meu marido fez comigo como Pedro fez.
Fazia-me carinhos, chupava minha xoxota até sentir meu gozo entre seus lábios até chuva dourada fizemos coisa que achei maravilhoso, só tivemos cuidado na cama do hotel para evitar problemas. Seu cacete era muito bonito e cabeçudo eu me apaixonei por ele e assim me tornei sua amante.E depois da primeira vez fica impossível se controlar,aí  já era sabido por ambos marido viajando amante em ação.
E sempre ele dava um jeito de passar nem que fosse um final de semana comigo e é claro eu adorava o que começou como virtual acabou na melhor traição real muito real.
A tecnologia une e separa pessoas.
 Eu e Pedro fomos unidos e agradecemos a Deus os bons momentos que temos vivido e...
 Bem felizes.

DocecomoMel.(hgata)

 Feira de Santana, 07 de novembro de 2014
 Bahia :Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts