Acessos em Êxtase !

sábado, 1 de novembro de 2014

Comi a empregada... Gostosa de todo jeito.



Olá eu sou Daniel sou baiano de Salvador, mas atualmente moro em Aracaju.
Tenho 29 anos sou de cor parda tenho 1,76 de altura, 74 quilos, cabelos pretos curtos.
 Estilo de macho mesmo sem estilo nem de jogador nem de cantor de pagode, acho muita frescura estas coisas.
Sou simpático me consideram bonito, não sou artista de televisão, mas também não sou de se jogar fora, tenho um dote de 21 cm bem grosso e bem cheio de veias, com a cabeçorra avantajada que é o delírio da mulherada.
Eu sempre tive uma queda por mulheres morenas estilo afro ou porque não dizer negras.
Adoro uma mulher negra apesar do racismo que ainda é predominante em alguns lugares eu não tenho estas bobagens gostei da mulher é simpática tem um bom rebolado eu me amarro em mulher com bunda bem carnuda.
Fico cheio de tesão.
Assim eu tinha um amigo de faculdade que morava em um condomínio e sempre fazíamos trabalhos ou então juntávamos para estudar alguma matéria que poderia nos reprovar. Final de semestre é fogo.
 Na casa deste amigo tinha uma empregada, Rita era uma mulher negra que não era bonita, mas tinha um corpo de enlouquecer qualquer macho.
Boca carnuda dentes alvos olhos negros. Um avião era o que achava.
Tinha os peitos fartos era uma negra de um bundão.
Que me deixava louco de tesão, os seios pareciam que iam rasgar a blusa e voar pelo espaço.
A safada sabia provocar. Vestia roupas justas,que modelavam sua bunda e ainda mais a xoxota cheiinha.
Eu ficava louco quando a via e sempre homenageava com altas punhetas
 Ela era separada do marido tinha 37 anos.
Saber que era separada me incentivou a olhar para ela com maior insistência. Sempre pensava se achasse uma brecha não iria dispensar aquela potranca gostosa.
E foi assim que aconteceu...
Era final de semestre as provas eram em dias seguidos precisei ir ate a casa de meu amigo com mais freqüência.
Assim tinha, mas tempo para poder apreciar aquela deliciosa mulher.
Algumas vezes ela vinha até o quarto de Gustavo trazer um lanche rápido ou até mesmo um café, eu ficava com os olhos vidrados em seus seios ou em sua bunda gostosa, dei tanta bandeira que meu amigo Gustavo percebeu e começou a zoar com minha cara.
Qual é Daniel esta louca pela Rita é... Cara você fica doido quando a ver,até pensei que você ia agarrar ela aqui mesmo.
Poxa Gustavo foi mal, sou doido por negras e ela me parece ser bem gostosa.
Gustavo respondeu, pois sou cara eu até penso nela como fêmea, mas meus pais me abriram os olhos para evitar problemas com os empregados o Maximo que já conseguir foi tentar arrancar um beijo e ganhei um belo de tapa e ainda fui ameaçado dela contar a minha mãe. Pensei que seria melhor meter  a mão em um ninho de cobras e  assim nem olho  mais para ela.
Assim mudamos o rumo da prosa ate que acabamos de fazer nosso roteiro de estudo.
Fui para casa... Cheio de tesão.
No dia seguinte era um sábado logo cedo fui até a casa do meu amigo. Que por  coincidência tinha ido levar sua mãe fazer um determinado exame necessário um acompanhante...Mas deixou recado para que o esperasse ,assim o fiz fiquei na sala e com um livro tentava ler algo,coisa impossível vendo Rita passando de um lado para outro.
 Assim fiquei um bom tempo foi quando Rita começou limpar a sala onde eu estava e perguntou-me se incomodava. Respondi claro  que não que poderia fazer seu trabalho sossegada.
Foi um martírio ficar vendo Rita subi nos móveis para limpar, eu com os olhos vidrados em suas coxas roliças, acho que ela percebeu, pois me olhou em um instante e nossos olhares se cruzaram foi como se tivesse efetuando um convite.
Fiquei indeciso até que Rita falou-me olha seu Daniel acho que patrãozinho vai demorar, mas pode ficar a vontade e dizendo isto veio limpar uma estante bem perto de onde eu estava quando ela me passou me levantei como ela estava com monte de tralhas nas mãos foi preciso passar ralando seu corpo ao meu.
Caramba que coisa esta safada está me deixando louco foi o que pensei e sem querer ou querendo dei uma encoxada na Rita que ela ficou estática e disse.
-Poxa seu Daniel o senhor está parecendo um tarado!
-Não Rita não sou tarado é que você andando de um lado para outro com sua roupa curta mostrando as coxas me deixou um pouco excitado afinal sou normal.
Entendo Daniel e sei como é eu que sou mulher vejo um homem bonito fico assanhada... Desculpe esta falando assim mas depois que separei-me a coisa ficou difícil.
-E sem dizer mais nada saí às pressas eu fiquei curioso e aproveitando que estava sozinho com ela a segui e vi quando ela entrou no quarto de dependências. andando silenciosamente parei na porta do quarto  e ouvi choros.Foi aí que bati na porta e uma voz um pouco sufocada perguntou quem era?
Respondi é o Daniel Rita abra quero falar com você e em minutos Rita abriu a porta enrolada em uma toalha com os olhos vermelhos de chorar.
-Não chore Rita se ele foi conviver com outra se dê a chance de ser feliz também, viva sua vida menina você é bonita jovem e. Desculpe pela palavras,mas você é muito gostosa.
-Ah seu Daniel não brinque comigo... Eu gostosa meu marido me dizia que eu era feia e frigida.
Ele que é um bobo não soube descobrir a sua verdadeira sexualidade, não existe mulher fria existe homem egoísta Rita acredite em mim.
-Pronto desarmei todos os argumentos que Rita pudesse demonstrar e em um minuto eu estava beijando-a apalpando seus seios fartos a toalha foi ao chão e logo estávamos na cama.
Claro que precisava ser rápido meu colega e dono da casa poderia chegar foi assim que meu celular tocou, quase dou um treco quando vejo que o numero é do meu amigo, atendi fiquei alegre quando ele disse que sua mãe iria sair da clinica e iria para casa de uma irmã sua. Fiquei aliviado e disse logo a Rita estamos livre o só vem depois do almoço então eu vou embora.
Não Daniel você começou agora termine, estou sem homem faz tempo e sem mais palavras se agarrou em meu pescoço e com uma das mãos apalpava meu cacete que parecia um porrete de duro.
Vocês podem imaginar o que poderia eu um pobre rapaz solteiro sem mulher fazer em uma situação desta, claro que aproveitar ainda tinha umas 4 h e dava até para fazer coisas que só quem é do ramo sabe.
-E foi assim que cai de boca em seus seios, caramba os bicos grande negros me deixou maluco, eu me sentia um bebezinho mamando e mordiscando seus mamilos.
A puta já com uma das mãos tinha aberto minha braguilha e meu cacete todo de fora. ela sem o mínimo de pudor dizia que meu cacete era grosso que queria ser comida com força,que queria gozar gostoso.Eu inverti a posição e logo estava com Rira toda arreganhada com a xoxota na minha cara.Que delicia que estava bem meladinha comecei a chupar igual um louco e ela a gemer logo abocanhou meu cacete eu sentia como se fosse um picolé sendo devorado por sua boca gulosa.


Qual homem que não se imagina comendo sua empregada ou qualquer outra que não tenha compromisso ou mesmo a sua diarista enquanto sua mulher está no trabalho ou até mesmo enquanto leva as crianças na escola. Quem nunca pensou ou não fez não sabe a adrenalina que é.Pois bem logo invertemos a posição e eu fiquei por baixo,minha língua percorria aquela xoxota melada e escorregava indo até o cuzinho,Rita se contorcia,lambendo meu cacete e babando meus grãos(culhões).senti ficar tesa e logo recebi mais uma delicioso melzinho,lambi e suguei cada gosta deixando a safada mais louca de tesão.Quando eu disse que estava quase gozando achei que Rita ia parar de me chupar...Engano meu caprichou mais no boquete logo enchi a boca e lambuzei o rosto dela de leite.Rita safada  me abriu a boca mostrando a língua cheia de leite e depois com um estalo entre os lábios engoliu rindo dizendo
-Uauuuu o leitinho do menino Daniel e doce e gostoso.
-Ah Rita não me chama de menino já sou homem feito
-Eu sei Daniel é um carinho que estou fazendo...
-Então vem mamar mais meu cacete que adoro estes tipos de carinho, a safada nem esperou eu fechar a boca e começou a mamar gostoso logo eu já estava refeito e fui colocando-a em uma posição para que pudesse sentir toda firmeza do meu cajado teso.
Coloquei minha putinha de quatro e com o cacete em riste bem teso

Fui encostando-se a sua xoxota entre os lábios vaginais que estava bem lambuzado e forcei com um impulso empurrei com força naquela xoxota gostosa.
Ela sentiu tocar fundo soltou um gemido que parecia, mas um grunhido de um animal e eu paramos um minuto e percebi que estava todo atochado, que agora estava totalmente preenchida pelo meu cacete.
Rita começou a gemer fazendo muito barulho, alto falando que já estava perto de gozar, que eu era gostoso e safado que perdeu foi tempo de vida em não ter me dado antes e eu nem ouvia as suplicas dela metia com força e sempre dava uns tapas na bunda, até parecia que eu estava na garupa de uma potranca. Em instante Rita gozou e eu não parei continuei metendo até senti meu gozo se aproximar tirei meu cacete de sua gruta gostosa e despejei minha porra em suas costas.
Ufa parecia que ia desfalecer de tanto gozo.
Abracei-a e ficamos atracados, entre um carinho e outra Rita disse que nunca tinha gozado como naqueles momentos.
-Ri e respondi eu te disse que não existe mulher fria Rita, pois bem e ainda você não viu nada... Relaxa logo vamos tomar um banho que quero sentir você todinha quicando com meu cacete atochado em seu rabo.
Rita riu e disse ai não que doe... Doe nada princesa você vai ver como vai ser gostoso.

Passaram alguns minutos para e que fossemos tomar um bom banho e lá no banheiro aproveitei para lacear Rita, primeiro com um dedo logo estava com dois e ela nem reclamou ai já tive certeza que ela ia adorar sentar no meu porrete e foi o que fizemos corremos os dois para a cama.
Eu provoquei dizendo que ia meter, mas antes queria que ela viesse me fazer um carinho.
 Pessoal que puta safada viu!
 Ela segurou meu cacete entre suas mãos e começou dando umas linguadas na cabeça do meu caralho.
Puta que pariu, que delícia
 Aquilo estava muito bom, a safada de quatro (4) eu dei uma lambida em sua xoxota deixando-a ensopada e comecei a meter, ela rebolava eu com um dedo em seu anel só laceando, ela rebolava pedindo cacete, deixei bem meladinha mesmo ai foi que comecei a socar na xoxota ela gemendo dizendo que estava gostoso ai comecei sem avisar tirei da xotinha gulosa e encostei-me ao anel e comecei a forçar
Seu rabo começou a engolir o meu cacete fui penetrando-a ao ritmo de seu rebolado ela gemia dizendo que estava doendo, mas que estava gostoso aí senti sua xoxota apertar mais meu cacete na mesma hora ela gozou.
Eu forcei umas estocadas e Rita gemendo sempre dizendo que estava adorando ser enrabada, ai foi que tirei meu cacete deitei com ele para cima e puxei para que viesse por cima.
Rita arqueou um pouco o corpo e sentou-se e começou a cavalgar. Eu apertava seus peitos que balançam ao ritmo que ela fazia subindo e descendo eu chupava aquelas peitos com mamilos grandes que me sentia um bezerrinho faminto.
O tesão tomava conta de nós.
O cheiro delicioso de sexo exalava pelo pequeno quarto, foi ai que senti que Rita começou a amolecer seu corpo, afinal a safadinha já tinha tido uns quatro orgasmos, eu dei uma reviravolta coloquei-a de quatro (4)... E comecei a bombear com força no rabo da Rita, mas ela
Nem reclamou.
 Comecei a socar puxando com uma das mãos seus quadris e com a outra dedilhava seu grelo, que estava intumescido de tesão, caramba que fêmea gostosa... Quando ela me pediu para encher o rabo dela com meu leite ai não tive jeito dei umas estocadas bem fortes e não demorou muito eu comecei a gozar dentro daquele  rabão  sedento de cacete.
Foi uma das minhas melhores trepadas, sentir Rita se estrebuchando de tanto gozar foi maravilhoso.
 Ela urrava dizendo que estava feliz e realizada, Depois dessa trepada ainda comi a Rita durante algum tempo... Porém eu passei n em um concurso  e mudei de cidade. Nossos encontros foram se escasseando, mas só bastava ter um feriado ou final de semana prolongado que Rita ficava comigo o tempo inteiro e trepavmos incansalvemente.
Eta safada que gostava de dá o rabo. Me viciei e até hoje se saio com alguma mulher faço questão do sexo anal,  pois é bom demais,sentir as pregas fazer pressão no cacete é delicioso.
Fico por aqui amigos. Depois volto para contar uma nova aventura.

Docecomomel (hgata)
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/

Feira de Santana, 31 de outubro de 2014
Bahia Brasil.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)