Acessos em Êxtase !

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Casada...Safada Adora Trair.






Descobri há algum tempo que muitas mulheres casadas que frequentam a mesma academia que eu, ando mesmo é a procura de aventuras, pois fica o tempo todo flertando com os jovens que ali frequentam.
Eu sinto muito tesão e estava sempre olhando as coroas gostosas da academia.
Eu olhava mesmo na cara de pau e até algumas delas me secava bastante.
Eu gosto da adrenalina de ficar com mulheres casadas.
Percebo que elas se dão demais e uma transa esporádica o prazer sentido era intenso. Eu adoro sexo e não deixava por menos.
 Então certo dia coloquei umas fotos minhas sem o rosto com poses super sensuais em lugares diferentes, ate em quarto de motel, mas é claro que pudessem ver o local, não a companheira. Sou safado mesmo e não escondo de ninguém isto. Depois das fotos postadas me surgiram propostas de  amizade de tudo quanto é pessoa, foi homem, mulher, casal  gays.
Meu facebook é aberto foi então que passei a ser visto de outra forma na academia. Os  convites se amontoando.Pessoas que nunca nem me cumprimentaram,agora eram bem cordiais.
Eu fiquei curioso e fui aderindo a todos que me agradava o perfil. Na academia dobrou o numero de mulheres que começaram a se insinuar.
Também com uma das fotos que coloquei onde me mostrava de cueca boxe com a imagem do meu cacete meio bomba, dava para qualquer uma ficar curiosa ou quem sabe com tesão.
Naquela quinta-feira eu fui abordado no estacionamento da academia por uma mulher ela era morena tinha uns 35 anos aproximadamente.
Ela foi direta e incisiva e já foi chegando indagando se eu não queria mostrar ao vivo o que a cueca escondia na foto.
Entrei no jogo e fui direto também falando que se ela quisesse poderíamos ir até um motel.
 Ela nem conversou muito foi logo dizendo que iria sim se poderia ser naquele momento?
Eu apenas confirmei um sim e ela que se chamava Laís já foi andando para seu carro.
Eufórico e com tesão fui atrás dela.
Suas ancas rebolando naquela calça de legging era um tesão.
Fomos até um motel chegando lá entramos e já fomos arrancando nossas roupas ferozmente.
 Nossa que delicia eu até me assustei com sua euforia, mas ao mesmo tempo fui gostando.
 Ela foi falando que era casada que seu marido é um empresário do ramo de construção civil, que andava viajando pelo Brasil e exterior que ficava dias sem sexo e quando gostava de um cara partia mesmo para a diversão: E já foi direto me pagando um boquete.
-Nossa que delicia!
 Pois Laís se abaixou abocanhou meu cacete e começou a chupar, lambia meu pré-gozo gemendo como uma gata no cio.
-Pois é se tem uma coisa que sei fazer na vida é fuder: E está com uma mulher casada só por sexo dá uma adrenalina e faço valer a pena e trepo bem gostoso.
Aproveitei aquele momento e senti intenso prazer com o boquete que minha casadinha safada me fazia.
Segurava em sua cabeça e socava sem dó ate sentir sua garganta toda preenchida pelo meu membro.
Até pensei em gozar em sua boquinha linda, mas queria retardar ao máximo o meu encontro de prazer.
Foi quando pensei, vou fazer essa mulher safada sair daqui com as pernas bambas.
Nem fomos tomar banho, pois na academia já tínhamos feito isto.
Ficamos na cama ela se posicionou de quatro eu fui chegando por trás, abaixei e comecei a chupar sua xoxotinha de uma forma alucinada, ela começou a gemer muito... Mais muito alto mesmo.
Era muito tesão, eu fazia movimentos com a língua descendo e subindo pela grutinha e sugava seu grelinho, que estalava entre meus lábios.
Ligeiro já senti seu primeiro gozo, seu mel chegou a escorrer pelo meu queixo.
Logo em seguida provei mais uma vez de seu mel.
- Uau que potranca três (3) gozadas sucessivas é tudo que um macho quer.
-Saboreei seu mel deixando-a toda molinha, fiquei de joelho atrás dela com meu cacete em riste, levantei suas ancas dei uns tapas em sua linda bunda empinadinha e a puxei de encontro a meu cacete.
Ficou encaixado e aos poucos fui entrando em sua gruta quente apertada e lambuzada.
-Uau... Que delicia de foda, até parecia que tinha um fogo dentro de sua grutinha apertadinha.
Adoro comer uma xoxota de quatro, ver uma potranca ali a minha frente todinha disponível aos meus caprichos era tudo de bom.
Comecei a estocar em um ritmo cadenciado e logo senti meu cacete sendo envolvido pelo liquido de seu gozo.
- Nossa nunca tinha sentido isso!Tanto prazer em um só momento.
-Orgasmos múltiplos... Delicia do caralho!
-Fui á loucura.
-Gemendo e puxando-a pela cintura dava tapas em sua bunda, tirava e botava meu cacete deixando só os grãos de fora.
Muita adrenalina.
Eu já estava quase gozando quando Laís falou que queria sentir o gosto do meu leite em sua boca.
Queria que eu gozasse em sua boca para levar para seu marido provar quando chegasse de viagem naquela noite.
-Caracas se tem uma coisa que todo homem sente prazer e de fazer outro de corno.
Eu não sou exceção.
-Estava a ponto de gozar quando Laís começou a pedir: Goza meu macho goza na boquinha de tua puta.
Tirei meu cacete de dentro de sua xoxota gostosa e ajoelhado a sua frente comecei a gozar.
Gozei muito na boca dela lambuzando seu rosto todo, foi bom demais vê-la saboreando meu leite daquele jeito, não desperdiçou nem uma gota sequer.
Parecia um animal, foi gozo de me deixar com respiração ofegante.
Ficamos alguns segundos abraçados até que meu cacete foi endurecendo novamente.
Laís sorridente falou que queria era foder e teria que ser completa, já que tomou coragem para trair que fosse com tudo que tem direito. Safada demais.
Laís levantou-se na cama e eu deitado com cacete apontado para cima a espera dela, com sensualidade rebolava descendo e logo em minutos estava se encaixando com seu rabo guloso. Caracas pensei que ia esfolar a cabeça do cacete,seu rabo apertado foi engolindo meu membro por completo ate que suas pregas todas dilatadas latejavam apertando meu cacete.
Vi-me completamente envolvido por sua gruta gulosa. Aí começamos uma dança frenética de subir e descer, Laís parecia uma ensandecida rebolando com meu cacete todo encravado em suas entranhas. Até que não aguentamos e explodimos em gozo.
Ela cai com respiração ofegante me beijando me agradecendo pelos momentos de prazer que a proporcionei.
E entre um beijo e outra Laís me diz que o que fizemos naquela tarde foi melhor que tudo que já tinha feito com o marido por todo tempo de convivência.
Abracei e beijei-a com suavidade e carinho. Nada disse pois achei que o momento não precisava de palavras.
Pedi a conta e saímos sem dizer mais nada. Deixou-me na porta de casa e assim foi a primeira de muitas vezes com Laís,casada gostosa e muito carente de amor e sexo.
Ainda de noite enquanto estudava me bateu uma lembrança de Laís e foi inevitável bater uma bronha me lembrando dos momentos que passei com ela naquele quarto de motel.
Então depois volto para contar as minhas aventuras com Laís e suas amigas que fui sendo apresentado e gradualmente aumentei meu circulo de amizades de mulheres casada carentes e safadas.


Docecomomel (hgata)
Feira de Santana 20 de agosto de 2014.
Bahia : Brasil
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/
Imagem do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)