Acessos em Êxtase !

terça-feira, 22 de julho de 2014

Meu padrasto meu primeiro homem






Olá eu sou o Marcos tenho 29 anos, sou branco com 1,87 com 90 kg, não mostra que sou alto devido a meu tipo físico, mas alguns acham que sou marombado e chamo muito atenção das mulheres.
Trabalho de segurança em um hotel, por isto preciso vestir roupa social e chama muito a atenção.
Eu procuro ser o mais discreto possível, mas as mulheres estas benditas e abençoadas deusas me enlouquecem sou louco por sexo. Penso em sexo o tempo todo.
Estou morando com uma mulher mais velha que eu faz dois (2) anos.
Denise é uma morena gostosa de 35 anos, com seios apetitosos e uma bunda enorme que é seu atrativo principal os homens ficam loucos quando ela passa, mas sei que ela é só minha.
Transamos muito e sabem ela é daquelas mulheres que gostam mesmo de trepar se entregam ao prazer ao delírio e êxtase que proporciona uma boa transa.
Adoro-a, olhar para seu rosto afogueado de paixão enquanto eu estou trepando me deixa louco de tesão e faz com que eu soque mais gostoso ainda até chegar ao ápice do prazer.
Vocês podem não acreditar, mas já transamos em uma noite oito vezes consecutivas.
Mas é claro que precisei de uma ajudazinha de um remédio, pois a safada parecia que estava com demônio no corpo com tanto fogo para fuder...
Assim vamos levando a nossa vida e estávamos até bem, digo no passado porque agora nas férias escolares minha deusa trouxe sua filha ninfetinha resultada de seu primeiro relacionamento quando ainda jovem, a ninfetinha de nome Laís tem 18 anos e moreninha, baixinha com olhos pretos e uns seios pequenininhos que couberam na minha boca sem fazer esforço nenhum, é uma daquelas moças tipo falsa magra.
Assim começou a saga da ninfetinha safada e seu padrasto que nada mais e nada menos que o sortudo é eu que lhes escrevo.
Pois é sem querer um dia eu estava de folga em casa, havia trabalhado durante a noite, fiquei o tempo todo no quarto vendo filmes e dormindo.
Minha mulher trabalha em um salão e sabe dia de sexta-feira o dia é movimentado então fiquei quase o dia todo só com sua filha.
Foi assim que tudo começou eu estava no quarto vendo filmes pornôs quando inesperadamente a Laís entra para me chamar para almoçar e dá de cara com a cena de um casal fazendo um sessenta e nove (69).
Eu fiquei tão encabulado que imediatamente desliguei a TV. Afinal eu não estava esperando, por mais safado que eu seja respeito é bom e eu gosto ainda mais em minha própria casa...
Vesti uma bermuda e fui almoçar Laís me olhava e eu tentava desviar o olhar.
Assim foi tempo todo até quando eu já estava tomando meu suco e já ia voltar para o quarto quando ela me fez uma pergunta inesperada.
-Marcos porque você desligou a televisão?
-Ora Laís era um filme que estava vendo e não combina com uma moça como você.
-Olha Marcos vou te dizer uma coisa eu tinha um namorado lá no interior, mas ele terminou comigo, pois disse que sou muito bobinha que nem beijar sabia nada sei Marcos de sexo, minha vó me prende eu só tive este paquera enquanto as minhas colegas de colégio já sabem tudo eu nada sei...
-Foi quando eu disse ah Laís que pena, mas logo você aprende quantos anos você tem mesmo menina?
-Ela com os olhos arregalados olhavam nitidamente para meu cacete e deve ter notado é claro que eu estava um pouco excitado, respondeu com a voz baixa. Vou fazer 19 anos Marcos e começou a chorar me abraçando.
-Calma menina você é jovem tudo tem seu tempo.
-Ah Marcos, mas eu quero aprender logo, não quero que minhas amigas fiquem contando coisas e eu curiosa não posso perguntar para não servir de chacota do grupo.
-Que bobagem Laís. Pergunte que eu te explico.
-Hum... Que legal Marcos você é um amor e dizendo isto me deu um beijo.
Assim fui respondendo suas indagações procurando passar para ela exatamente como é o sexo com amor. Laís ouvia atentamente sem me interromper até que em um momento ela falou que sente muita vontade de perder a virgindade logo e queria que fosse com um homem experiente como eu.
-Pronto ai a coisa foi se complicando para o meu lado, sou normal e ouvi uma moça dizer que quer perder a virgindade então mexe até em defunto.
Quando Laís perguntou, Marcos chupar xoxota é bom? Você chupa da minha mãe?
-Olha Laís o sexo é assim se o casal quer fazer, nada se preciso ser forçado, eu gosto e sua mãe também gosta e dentro de quatro paredes minha jovem tudo é possível se for permitido.
-Laís com fisionomia atônita me encarava sem o que ter o que falar até que começou a falar e entre surpreso e atônito ouvi cada palavra sua de boca aberta.
-Afinal ela era filha de minha atual esposa e com toda certeza problemas eu teria, mas assim em instantes as duvidas se dissiparam quando Laís falou:
-O que você decide vai querer me tornar mulher ou vau fugir da raia?
-Claro que não sou homem de fugir, e abracei amparando e fui levando Laís pela mão ate chegar a seu quarto. achei que seria mais seguro.
-Eu fechei a porta e olhando fixamente em seu rosto perguntei tem certeza que é isto mesmo que você deseja?
Depois não tem volta, ela acenou com a cabeça afirmativamente e sorriu dizendo claro que sim quero um homem que me dê o prazer merecido.
-Eu super excitado fui tirando a camisa jogando para o lado e folguei minha bermuda, que foi descendo displicentemente para o chão.
-Pronto meio caminho andado agora era hora de cuidar da moça inexperiente, aproximei abraçando e com as mãos acariciava seus ombros, logo comecei a beijar seus lábios macios e mornos, minha língua adentrava sua boca.
-Laís desceu uma de suas mãos enfiando por dentro da cueca e ficou massageando meu cacete que latejava de excitação.
Tirei suas roupas e abraçados fomos caminhando ate a cama e fomos deitando lentamente, com as mãos ávidas percorrendo nossos sexos.
Foram minutos de muito tesão quando Laís com a voz embargada de tesão me pede para eu lhe chupar.
-Caracas eu quase fico doido quando tiro sua calcinha e começo acariciar seu grelinho durinho, soltando seu melzinho e começo lamber, percorrendo com a língua toda sua xoxotinha com pelos ralos,quando abro sua xoxotinha confirmo que era virgem mesmo,fiquei mais louco de tesão, lambia ela toda, passando  a língua  ate chegar ao seu reguinho.
Laís delirava de tesão, começou e gemer alto ate quando ela gozou na minha boca. Foram momentos de puro êxtase sentindo seu melzinho lambuzar meus lábios... Explorei todo seu momento de puro prazer até que a coloquei de quatro na beirada da cama,e em pé comecei passar a cabeça do meu cacete deixando-a mais lambuzada e com carinhos tentava fazer com que ficasse mais relaxada para enfim conseguir realizar nosso desejo.Laís gemia pedindo que metesse meu cajado em sua grutinha,eu apenas tentava lacear um pouco forçando e parando para que não sentisse muito a dor de sua primeira vez,estava louco  fui assim fazendo com que relaxasse o maximo possível até que me vi completamente encaixado em seus lábios vaginais e pedi relaxa amorzinho que agora você vai ser minha e segurando por sua cintura comecei a penetrar,ela soltou um gemido alto ,parei um pouco e esperei alguns segundos recomeçando a forçar até que me vi completamente dentro de sua xoxotinha recém deflorada.
Laís parou alguns segundos de rebolar, mas logo recomeçamos uma dança frenética de corpos que se encaixavam deixando a dor de lado almejando apenas o prazer.
Não fiz de rogado aproveitei a inexperiência da moça e mostrei quem mandava e como se deve fazer um sexo gostoso.
Fizemos uma variação de posições e Laís a cada momento delirava de tesão e sempre dizendo que não se arrependia de ter me escolhido como seu primeiro homem.
E nem eu poderia me arrepender é claro de ter mais um cabaço na minha lista ,quando eu me dei por conta já estava deitado e Laís cavalgando como uma verdadeira amazonas,parecia uma putinha safada, rebolando e quicando sobre seu macho, seu garanhão como ela estava me chamando.
Eu já tinha mais de uma hora só metendo na safadinha quando falei que já estava quase gozando ela toda assanhada disse que queria que eu gozasse em sua boca.
Como posso negar? Não é mesmo?
Só fiz coloca-la sentada na cama e dizer quer mamar em teu macho é? Mama safada aproveita teu leitinho gostoso e comecei a esporrar pelo seu rosto seios e boca.

Eu gozei como nunca tinha gozado antes, parecia mesmo um garanhão reprodutor, a safadinha não se fez de rogada só deixou de me chupar depois que meu cacete estava limpinho, ainda me beijou com resto e gosto de esperma na boca.
Saboreei sua língua e ficamos uns minutos abraçados até que o silêncio foi interrompido por uma pergunta de Laís. E agora Marcos o que faremos?
-Eu rindo respondi você não sei, mas eu vou tomar um banho antes que sua mãe chegue, e assim fomos despertados dos momentos deliciosos.
Fomos tomar banho juntos em sua suíte e conversamos que teríamos que ter cuidado que ainda temos muita coisa a aprender juntos.
-Assim foi às férias de minha enteada Laís que permaneceu em nossa casa por dois meses, e foram muitos mementos que curtimos juntos.
Não teve um só dia que não tivemos um trepadinha. Ensinei tudo sobre sexo e deixei a safadinha mas gostosa do que  a mãe dela.
Pensem na saia justa que passei em satisfazer duas mulheres fogosas em um mesmo dia.
Mas tudo correu bem eu soube controlar meus desejos. E quando as férias de Laís acabaram ela voltou para casa de seus avós no interior, mas com juras de amor eterno.
Eu continuei minha vida com a mãe dela, mas fiquei com gostinho de saudade,afinal eu fui seu professor,seu primeiro boquete foi comigo tudo seu eu fui primeiro.
E penso com saudades, às vezes dá ate vontade de pedir a mãe dela para trazer ela para morar com a gente o que vocês acham?


Docecomomel (hgata)
Feira de Santana,22 de julho de2014
Bahia Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)