.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

terça-feira, 10 de junho de 2014

Comendo gostoso a namorada do meu amigo...







Olá meus queridos hoje eu vim relatar uma aventura que me ocorreu no final de semana que coincidia com o dia das mães.
Fui Visitar minha mãe que mora no interior e chegando lá na cidade estava ocorrendo uma festa.
No sábado eu sair com alguns amigos de infância para curtir um pouco com umas garotas. Eu e meu amigo Marcelo que é muito paquerador ficamos na praça vendo as gatinhas, Marcelo estava com sua namorada que eu a conheci naquele dia.
Uma gatona quando eu fui apresentado a ela fiquei cheio de tesão por aquela morena, com seios de tamanho médios, uma bunda arrebitada, sorriso encantador.
Poxa pense na saia justa que fiquei cada vez que olhava me dava tanto tesão que me deu vontade de agarrar ela ali mesmo na frente do namorado dela e beijar até que pedisse para lhe foder gostoso.
E ficamos na festa eu estava louco cada gatinha que passava eu xavecava não rolava nada serio, mas uns beijinhos sempre ganhava, as gatinhas não podem ver um homem novo no pedaço.
 E eu aproveitei, mas queria mesmo era a namorada de meu amigo.
Mas sabem como são amigos, precisamos ter cautela assim a festa estava bem animada Marcelo bebendo todas e sua namorada já com cara de raiva começou a me dá bola.
E tome cerveja e Marcelo nem estava aí a não ser para a bebida.
-Pensei como é que um cara com um avião deste vem pra festa e enche a cara está querendo mesmo é ser corno.
Não me preocupei sai de perto com outro amigo e fomos á caça de garotas para esticar a noitada, foi quando falei com Vitor.
-Poxa Vitor estou aqui no maior tesão quero uma mulher para acabar meu fogo e já.
-Tu quer dá esticada no motel é?
-Vitor me perguntou!
 –Claro zarar e depois saborear uma xaninha bem meladinha.
-Olha deixa te contar um segredo, promete ficar mesmo em segredo?
-Claro!
 –Esta vendo o Marcelo com a namorada?
-Sim vi e achei-a bem tesuda, pena que é namorada do meu amigo senão já tinha chamado para caixa dos peitos.
-Pois fica na espera daqui a pouco Marcelo está caindo de bêbado e vai precisar que um de nós o leve para casa, então a namorada dele morre de raiva e se você gostou dela mesmo pode cantar que você come ela numa boa.
-É gostosa demais eu já comi duas vezes, mas sai de perto porque minha namorada é prima dela aí já sabe como é poderia ter problemas.
-Hum... Que fazemos então?
-Compra cerveja e fica só de boa usando seu charme que tenho certeza que ela já está de calcinha meladinha pensando em te dá.
-E muito safada e boa de cama, só chorou no meu cacete quando eu comi o rabo dela, mas também poucas não fazem isto quando cai na chapeleta do papai aqui.
-Poxa se eu estava cheio de tesão depois desta conversa fiquei mais aceso. Assim encerramos o assunto e...
Voltamos para perto de Marcelo e sua namorada, comprei três latas de cerveja dando uma para cada amigo e ficamos só azarando as gatas que por ali passava, sem deixar de olhar como a namorada de Marcelo me olhava.
Demorou um tempo e ela disse que ia até o banheiro, fiquei observando que direção tomava e falei aos meus dois amigos que ia dá uma volta.
-Vitor sorriu e fez sinal com polegar, pode ir fundo que a hora é este Marcelo estava tão xepado na bebida que nem se deu conta que a namorada saiu.
-Tem homem que prefere o prazer da bebida a curtir uma boa com uma mulher.
Fui seguindo em direção aos banheiros e fiquei observando ela sai.
Quando a avistei me aproximei, ela até assustou-se falando você aqui!
-Sim vim te buscar, não se pode deixar uma deusa como você solta por ai.
-Deusa eu coitada de minha humilde pessoa, ah Cintia deixa de humildade você é uma gata pena que tem namorado e ele não sabe te valorizar...
-Pois é o Marcelo está virando um alcoólatra, sempre assim vamos a festa não para se divertir, mas para ele se embebedar, já tentei terminar o namoro ele diz se eu terminar com ele faz uma loucura.
Por medo e pena vamos ficando, mas já não suporto mais esta situação, e dizendo estas palavras começou a chorar, amparei em meus braços ela se entregou a um choro de desabafo encostando sua cabeça em meu peito.
-Calma Cintia que tudo se resolve, vamos levar o Marcelo para casa ai conversamos, ela sorriu enxugou as lagrimas e saímos caminhando no meio da multidão indo encontrar seu namorado e Vitor que estava em um local um pouco afastado.
Aproximando Vitor foi logo dizendo amigos vou sair pouco ver se encontro uns amigos que horas vocês vão para casa?
Marcelo já embriagado falou quero dormir... Estou mal que droga a bebida me pegou mesmo.
-Foi quando Vitor falou Marcos você pode levar os dois no meu carro?
-Claro Vitor e você como ficam?
Pode deixar amanha pego meu carro meus amigos me deixam em casa mais tarde.
-E saiu sem dá tempo de contestar... Marcelo  e namorada foram andando em direção ao estacionamento e no caminho ainda comprou mais uma cerveja.Ouvi quando Cintia reclamou poxa Marcelo mais cerveja assim não dá.
Dá sim e você bem sabe que gosto, me deixa em casa que vou dormir, Cintia falou e eu como fico?
Paulo você pode deixar minha namorada na casa dela?
Claro te deixo em casa depois a levo.
-Hum... confio em você meu amigo...
E dizendo isto entrou no carro na porta de trás, liguei o carro e fui apressadamente levar Marcelo estacionei na porta de sua casa abrimos a casa e o deixamos já deitado.
Cintia tinha uma chave fechou a porta e saímos.
Ao entrar no carro desatou a chorar, abracei-a pedindo calma.
-Calma como posso ter calma tendo um namorado assim!
-Termine então com ele, ou então viva sua vida.
-É o que estou tentando Marcos.
Ligue o carro perguntando por onde deveria ir até sua casa, Cintia me olhou com desdém e quem disse que quero ir para casa agora ainda é cedo e hoje é sábado.
Ah é mais quer ir para onde estou as suas ordens, Cintia olhou em meus olhos e falou vou para onde você quiser me levar.
Coloquei uma mão em seu joelho e perguntei tem certeza disto?
-Claro sei que está me desejando e eu também te quero.
-Abracei dando um beijo liguei o carro e saímos.
Fui até um motel, entramos desci abri a porta para Cintia e já comecei a beija-la ainda na garagem.
Seus seios com bico eriçados, uma delicia de mamar.
Entramos e fomos caindo na cama tirando nossas roupas.
-Deliciam de mulher seus seios me enlouqueciam, suguei mamei e mordisquei seus bicos de seios deixando- a mais cheia de excitação. Adoro provocar amo que me peçam,implorem.
Quando afastei a calcinha de Cintia e comecei a brincar com os dedos sentia seu grelinho rígido de excitação, seu melzinho abundante chegava escorrer entre meus dedos.
Quando tirei sua calcinha Cintia também tirou minha cueca, coloquei na beirada da cama, suas pernas em meus ombros encaixei meu cacete e fui lentamente enfiando meu membro ate deixar só os culhões de fora.
Cintia delirava gemendo gostoso.
Ai que delicia Paulo que gostoso mete em tua rapariga gostoso mete.
E precisava nem falar não tinha mais nada para meter, a xoxota apertadinha latejava de tesão parecia uma chupeta apertando meu cacete.
Comecei uma serie de estocadas e logo sentir seu gozo na cabeça do cacete, seu melzinho melando meu cacete me deu tanto excitação que acelerei e comecei a gozar quase junto com a safadinha gostosa. Sua boca não desgrudava da minha.
Ficamos quietos por alguns minutos e fomos tomar um banho. Entre carinhos  e beijos e conversas Cintia me disse que já tinha mais de um mês que Marcelo não trepava com ela...
Otário vai virar alcoólatra e se não tomar cuidado destrói sua vida.
-Deixa Marcelo para lá e vamos aproveitar o momento Cintia, acariciando suas costas apalpando seu bumbum, já banhados Cintia ajoelhou no banheiro e começou a pagar um boquete, Uia que delicia.
Sabia mesmo me deixar louco, lambia cabeça do cacete e logo enfiava cacete todo na boca, Eu sentia o calor de sua garganta.
Foram minutos de intenso prazer, segurei em sua mão e fomos para cama.
Já coloquei na posição de um sessenta e nove.
Deixando-a sobre meu corpo, deixando-a livre para chupar bem gostoso meu cacete.
Que boca gostosa chupava meu cacete, minhas bolas me deixou louco ai como eu estava com muito tesão enchi a boquinha gostosa dela de leite,a safada bebeu tudo ai começou a rebolar sua xoxota gostosa e gozou,saboreei deliciosamente sue mel.
Foi bom demais sentir o gozo de Cintia, a safada parecia uma cavala com a xoxota gulosa, meti uma camisinha e coloquei-a de quatro e com cacete ainda meio bomba meti no rabo dela.
Fomos ao delírio juntos, eu metia ela gemendo de prazer foi quando comecei a dá tapas em sua bunda e num frenético movimento de corpos explodimos em um gozo intenso. Cintia parecia uma potranca rebolando com meu cacete atochado em seu rabo.
Meus queridos há trepadas que ficam marcadas na vida da gente e minha saída com Cintia foi uma delas. E que acha que ficou só  em um final de semana enganou-se a safada começou a vir sempre em feriados até salvador  e era só zueira.
Pensa em uma mulher gostosa que te dá prazer em todos os sentidos na cama. E para complementar a minha potranca gostosa topou fazer uma DP com eu e um amigo, aí que vi coisa viu, até pensei que ia cair das pernas de tanto trepar com minha potranca. Ela quer que eu a assuma ,mas disse que não quero compromisso e meu negocio mesmo é sexo muito sexo.Ela  quer que posso fazer?
Cacete nela e ficamos felizes:


Docecomomel (hgata)
Feira de Santana, 10 de junho de 2014.
Bahia. Brasil.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts