.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

domingo, 13 de abril de 2014

Relato de um corno conformado






Oi.
Eu sou o Marcos tenho 32 anos sou casado, minha esposa é linda e gostosa.
 Morro de ciúmes dela...
Uma coisa que todo homem tem medo de ser é corno e eu não sou exceção.
 Eu estava meio desconfiado dela, pensando em algum dia pegar minha esposa com outro... pois houve umas vezes que eu a procurei para transarmos e ela alegou dor de cabeça.
.A fisionomia de alguém assim com dor de cabeça e diferente,mas ela estava alegre e sorridente.
Ai foi eu que comecei a sentir dores de cabeça,na testa explicitamente.
Fiquei desconfiado minha esposa tem 27 anos,tem seios de tamanhos médios e uma bunda muito gostosa,na cama uma potranca sempre fazemos de tudo.um complementa o outro.
 Minhas desconfianças continuaram...Mas eu ficava excitado
O tempo foi passando a excitação se apossava de meu corpo com estes pensamentos de traição.
Até que um dia, eu disse para ela que iria ficar dois dias fora devido ao trabalho. .Mas na verdade seria um dia só logo na noite do dia seguinte eu voltei sem avisar, cheguei de taxi era bastante tarde entrei silenciosamente para não acorda-la e para surpresa e delírio eu peguei ela na cama com um cara que, meu vizinho.
Ele estava metendo nela de quatro rebolava e gemia que estanquei na porta do quarto... Claro que  fiquei bravo.
Mas eu senti tanto tesão vendo minha bela e gostosa Marina sendo comida pelo meu vizinho Carlos, eu já tinha ouvido rumores sobre este Carlos que era um negro bem dotado que andava azoando os maridos da vizinhança.
È claro que Marina minha pobre e safada esposinha não resistiu à tentação de conhecer outro cacete que não fosse de seu maridão...
Desculpas de corno!
 Mas, eu não vou negar que acabei ficando com tesão ao ver minha esposa sendo comida por outro... Que fui para o quarto ao lado e ao sons dos gemidos dos dois bati uma punheta que jorrei litros.
Não foi melhor porque precisava evitar que fosse descoberto.
Quando ouvi minha esposa Marina concordar em fazerem anal eu entrei em pânico, pois tinha visto o tamanho da tora do cara... Ah amorzinho terei cuidado não vou deixar você arregaçada senão  o corno do ótario de seu marido descobre...
Hum delicia ser chamado de corno.
Meu cacete já foi ficando duro.
Fui até a porta lateral e fiquei de espreita observando os dois.
Caracas quando vi o negão deitado com seu pé de coco pra cima e minha esposa deliberadamente descendo aos poucos, pensei adeus pregas, mas que nada estavam os dois lubrificados e eu e minha esposa sempre  fizemos anal.
Ela soube descer macio e ficou rebolando como uma louca no cacete do negão.
Eu nem conseguia controlar meu tesão, mas aquentei firme até ver ela sair de cima dele  ele jogar camisinha longe exporrar muito leite nas costas dela.
Só putaria mesmo.
Voltei a gozar e sai de mansinho...
Fui relaxar no quarto.
Na esperança de que antes do amanhecer o casal acabasse a farra.
As 3 hs ouvi barulho e os dois conversando se despedindo.
Não se preocupe Carlos quando Marcos voltar não ficará sabendo de nada,,,
Ainda teremos muito tempo juntos.
-Com certeza gata você é muito gostosa quando quiser pode aparecer na minha casa,sabe que moro só.
-Vou aparecer sim qualquer tarde destas.
Minha esposa entrou colocou as coisas em ordem e foi tomar um banho, quando estava no banheiro eu entrei.
Ela se assustou...Querido você aqui?
Faz tempo que cheguei amor
-Ah foi!
-Sim e vi tudo.
Ah foi e já foi ficando na retaguarda eu calei sua boca com um beijo e disse não se preocupe querida seu corpo é seu você usa ele como quer.
Falei já me abaixando no box do banheiro e ali sentado comecei a chupar sua xoxota toda lambuzada de seu gozo.
Coitadinha de minha putinha estava toda assadinha.
Chupei muito com carinho e logo fui presenteado com seu delicioso mel.
Gozei ali mesmo no Box tamanho era meu tesão.
Eu a perdoeu,  pois a amo muito.
Mas que foi tesão transar com ela sabendo que tinha acabado de ser  comida por outro foi fantástico nossa trepada no banheiro.
Sou um corno assumido,amo minha esposa transamos muito gostoso e quando ela resolve dá para outro fico louco de ciúmes e cheio de tesão...
Mas o tesão que sentimos encobre o chifre.
Estamos com planos de fazer uma Dp ,esperando só a oportunidade,tenho certeza que será maravilhoso ver minha esposa gozando com dois cacetes juntos.
Bem depois falamos estou sentindo uma dorzinha de cabeça desde a hora que minha esposa saiu para ir ao shopiing e esta demorando será que aconteceu algo?
Ser corno é compartilhar com os amigos.
Delicia de tesão que sinto.


Docecomomel
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/
12/04/2014.

Um comentário:

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts