.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Transando com minha cunhada.






Comer a cunhada gostosa e safada é bom demais e tornar sua amante permanente,não é pra fraco não.


Olá eu sou o Marcus tenho 29 anos sou casado com Diana que é um pouco mais velha que eu, mas isto não altera nosso relacionamento, pois nos damos super bem, principalmente na cama, já estamos a seis anos juntos, só que neste final do ano de 2013 minha esposa e companheira concordou de trazer sua meia irmã para morar em nossa casa.
Nossa casa não é muito grande, tem dois quartos e um ficou para Denise minha cunhada, que é uma jovem de 19 anos muito bonita e gostosa, seus seios grandes são bem diferentes da minha esposa.
Elas são meia irmã Denise é filha de um segundo casamento de seu pai meu sogro já falecido.
Como minha esposa sempre teve um bom relacionamento com a segunda família sentiu na obrigação de ajudar sua meia irmã.
Mas esqueceu de que somos jovens e nossa intimidade precisou ser reestruturada.
Eu confesso que sou louco por minha esposa, mas ver minha cunhada com seus vestidinhos curtos mostrando a bunda me deixava louco de excitação.
 Pior ainda quando vou ao banheiro e vejo suas calcinhas penduradas ainda com cheirinho de xoxota. Eu adoro sentir seu aroma, sem vergonha nem pudor pego a calcinha minúscula e fico cheirando e me masturbo até gozar.
Pois sentir o cheiro gostoso daquela xoxota gostosa e bom demais eu gozo feito louco.
Até andei pensando que ela faz isso sabendo que vou cheirar a calcinha dela,
E só fazia isto quando minha esposa estava fora e minutos depois ela voltava ao banheiro e a calcinha sumia de lá.
 Assim se passaram dois meses, eu tentava evitar problemas com minha esposa Diana que amo muito e respeito.
Mas suportei ate quando não pude mais, minha esposa precisou fazer treinamento da empresa em São Paulo, ficaria fora quatro dias.
Fiquei no maior sufoco, naquela tarde de quinta-feira cheguei do trabalho tomei banho vesti um short e fiquei vendo televisão tomando uma cerveja, logo minha cunhada chegou do curso e entrou indo direto para o seu quarto.
Não demorou saiu vestindo uma roupa curta de alças e sentei na poltrona bem em frente ao sofá, pelos cantos dos olhos eu observava suas pernas bem torneadas, seus seios enormes que queriam fugir pelo decote de sua roupa,e entre um gole e outro meu desejo aflorava,sentia meu cacete crescendo dentro do short.
Não consegui aguentar por muito tempo, o tesão era enorme e eu estava explodindo naquela situação enfiei uma mão dentro do short coloquei uma almofada em cima para disfarçar e alisava meu cacete com descrição.
Denise me olhava, eu desviava o olhar, ate que ela perguntou se eu estava com saudades de sua irmã que é minha esposa, respondo que sim, que estava louco principalmente pelo tesão que estava sentindo no momento.
Denise levantou-se e veio sentar a meu lado, rindo falou se a cunhadinha não poderia ajudar em alguma coisa.
Respirei fundo respondendo só se a cunhadinha quiser trepar ai sim seria bom demais.
Denise minha cunhada não respondeu nada, apenas tirou a almofada e viu meu estado de excitação e falou!
Nossa cunhado que delicia, é agora mesmo que resolvemos este tesão todo e começou ainda por cima minha da roupa alisar meu membro.
Soltei um gemido rouco e abracei-a começamos a nós beijar, a cada toque meu seu corpo ia se arrepiando.
Foi quando eu tirei sua blusa, seu sutiã, beijava loucamente, chupando cada seio, sua barriga, e fui descendo com a boca até encontrar sua xoxotinha meladinha. Enfim...
Fizemos amor ali mesmo no sofá...
Eu não tinha como me controlar...
Depois ela pediu para que eu sentasse no tapete e veio por cima.
Foi muito gostoso ser cavalgado deliciosamente pela minha cunhadinha safada...
Fizemos inúmeras posições, gozamos muito, o final de semana foi só para trepar, minha cunhada tinha um diferencial comparado a minha esposa que não gostava que eu gozasse em sua boca, a safadinha deixava e engolia tudo e isto todo homem adora ver uma putinha saborear seu leitinho.
Eu nem sei como não arrombei com todas suas pregas,pois a safada sentou gostoso com seu rabo no meu cacete e rebolava gemendo como se tivesse quicando,deixando só os culhões de fora. Foi muito gostoso um final de semana para não sair da memória.
Aproveitamos o máximo, pois o tempo era pouco minha esposa iria chegar à segunda-feira aproveitamos muito cada minuto, até agora neste exato momento enquanto eu estou descrevendo fico excitado.
Ela é uma mulher insaciável, acho que cidade grande a fez romper todas as barreiras,
A cada chupada que eu dava em sua xoxota ela gemia muito e logo gozava. Até então com exceção de minha esposa eu nunca tinha visto uma mulher gozar tanto e gemer tão gostoso como a Denise.Fiquei sem saber o que fazer.Mas eu não tinha como deixar uma potranca como ela sair de minha vida.
 A atração, mas o desejo falou mais alto. E depois daquele final de semana inesquecível.
Minha cunhadinha foi morar em um apart-hotel é claro sozinha e pago pelo bom cunhado, que quer vê-la feliz e radiante principalmente com seu cacete atochado fazendo-a gemer e gozar muito.
Afinal Denise mesma disse que adorava seu cunhado, mas precisava ir morar perto do novo trabalho, minha esposa concordou e ficou feliz de podermos finalmente termos nosso ninho de amor livre.
Amo minhas esposa, mas mulher gostosa quanto melhor e vou continuando a visitar minha cunhadinha em longas horas de muito prazer e sexo.
Se você tem uma cunhada assim não deixe os garanhões se aproximarem você mesmo pode cuidar dela, pois xoxota quanto melhor.


                                                           Docecomomel(hgata)
Vejam meus blogs.
Feira de Santana 22 de fevereiro de 2014.
7º conto de 2014

Um comentário:

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts