.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Trepando gostoso com meu vizinho coroa







Meu vizinho  era safado,mas eu mais ainda.
Confesso a vocês que estava gostando da brincadeira de seduzir meu vizinho.
Olá eu sou Marcela tenho 32 anos sou solteira, sou morena com cabelos curtos, porém cacheados, seios de tamanho médios e uma bunda um pouco arrebitada.
Estudo e pratico esportes.
Sou personal trainir...
Ando diariamente no condomínio que moro.
 Eu sempre que vou fazer minha caminhada pela manhã encontro um vizinho que me olha com cara de safado. Outro dia ele passava a mão em seu cacete com vontade enquanto eu estava fazendo aquecimento na quadra.
Era algo proposital, ele consciente ou não estava me assediando.
Foi aí que procurei saber quem era ele, a empregada da minha casa tinha a ficha dele completa. Quando eu perguntei a Ana ela logo me respondeu rindo.

Ah deve ser o senhor Gustavo, e eu dei o retrato falado e ela confirmou.
É senhor Gustavo Marcela ele é divorciado, mas é muito safado já comeu quase todas as diaristas do condomínio.
Um tarado e caiu na risada, safado ele é, mas é muito gostoso.
E Ana ria e eu deduzi que até ela caiu na benga do coroa... Foi quando ela com cara de safada começou a falar!
E foi dizendo sabe como é ele me ofereceu carona e acabei dando para ele dentro do carro.
Quase me afoga com tanto gozo.
Eu ri dizendo, mas você não tem jeito em Ana?
Ah Marcela o meu marido só pensa em ficar na venda bebendo cachaça.
E eu na seca, nada demais umazinha para aliviar a pobre aqui e riu.
E ainda tem mais a mulher que se engane com seu Gustavo, pois é muito bom de foda.
Assim os dias foram se passando e meu vizinho eu nunca mais encontrei até que um dia...
Estando sozinha na piscina quando o encontro. Estava bonitos seus cabelos com fio brancos brilhava ao sol.
Eu estava tomando banho com biquini azul e tinha acabado de sair da água, vesti uma saída e me dirigia ao bar quando passei por ele e com um gracejo disse-me.
Bem que me disseram que sereias existem!
Apenas sorri e fui tomar meu sorvete sentado em uma mesa que ficava de frente para ele não era muito perto, mas dava para notar seus olhares.
Depois de muito me olhar ele veio ate minha mesa e pediu licença e sentou e veio se apresentando.
Olá eu Sou o Gustavo seu vizinho e já não estou aguentando ver você tomar este sorvete, sem deixar de pensar como gostaria que eu fosse ele para sentir seus lábios saboreando-o como você esta fazendo com este delicioso sorvete de creme.
Entre a surpresa do momento eu fiquei sem palavras para responder.
E ele ficou ali sentado bem perto com os olhos vidrados no colo de meus seios. Depois sem mais nem menos ele convidou-me para comer uma pizza na sexta-feira à noite. Olha é claro que se  seu namorado não se importar de você sair com um pobre velho apenas de companhia.
-Ah não se preocupe meu namorado está viajando para os Estados Unidos fazendo um curso, creio que não vá se importar que eu saia com um bom amigo e vizinho.
Com certeza que não vá se importar mesmo afinal que mal faz em sair para comer, não é mesmo, mas eu bem sabia que sua intenção era bem outra.
Na sexta-feira me arrumei vesti um vestido tomara que caia preto com uma abertura lateral e uma minúscula calcinha de renda preta que ficava enfiada no rego da bunda. Uma maquiagem simples e esperei seu Gustavo vir me buscar. Quando ele chegou achei-o muito bonito com uma calça jeans impecável e uma camisa polo bem alinhada.Seu sorriso nos lábios mostravam sua aprovação quando me olhou.
-Uau gata você está linda... Está vestida para matar este pobre velho vai ser invejado por todos hoje na pizzaria.
-Ah Seu Gustavo o senhor é muito gentil.
-Mas me faça um favor não me chama de senhor pode me chamar de Guto como todos os amigos o fazem!
 Esta bem Guto, Obrigado por me considerar uma amiga. E assim fomos ate a pizzaria o Guto era só gentileza e xavecou-me o tempo todo, bebemos apenas um chope. E ficamos conversando e a todo momento sua perna tocava na minha ,realmente eu estava esperando apenas o tempo passar que com certeza iria esticar a noite com ele.
Que mal há. Sou livre de meus atos ele divorciado simpático e gostei muito dele com sua forma de tratar uma mulher desejando, mas sem ser vulgar.
Quando ele falou se eu gostaria de tomar uma bebida em sua casa antes de ir para casa.
-Aceito sim Guto afinal é bem melhor do que beber e sair dirigindo por ai, podendo causar um problema tanto para nós como para os outros!
-Menina de juízo é assim mesmo que penso, então vamos tem certeza que quer ir mesmo, pois bem sabes que a noite pode ter uma surpresa mais agradável.
Uau adoro surpresa e sorri sabendo o que estava por vir e desejando é claro... Esta conversa de gato e rato estava me deixando excitada.
Assim fomos quando ele parou seu carro na garagem de sua casa mandou esperar ate abrir a porta e eu entrei. Ele fechou a porta acendeu a luz e veio me abraçando e com seus lábios mornos começou a me beijar, sua língua entrava em minha boca deixando um gosto de morango.
Ah Marcela não sabe como te desejo... Ah Guto eu nunca nem notei, apenas via você me olhando e nada mais.
-Não sabe quantas punhetas bati em sua intenção quando a via passar andando com suas roupas de Cooper meu desejo era correr atrás e te prender e comer você até exaustão.
-Calma agora estamos aqui e cadê à bebida... Ri alto quando ele disse é mesmo agora estamos aqui e a sós e vamos aproveitar cada minuto deste precioso tempo. Ele saiu indo em direção a cozinha e voltou com duas taças de Martine com gelo.brindamos a nossa saúde e ficamos sentados no sofá ele veio me abraçando me beijando,apertava meus ombros acariciava meus seios,estávamos no maior clima quando ele levantou apagou a luz deixando apenas o ambiente em meia luz dando um clima mais ameno e prazeroso.Quando suas mãos encontraram o zíper do meu vestido lentamente foi abaixando,eu também procurei tirar sua camisa e ele tirou a calça assim ambos ficamos de roupas intimas.Sua cueca boxe preta mostrava em sua extensão um cacete volumoso que parecia que nem ia caber mais dentro da cueca.Quando seus dedos ágeis procuraram a minha xaninha e ele suspirou quando sentiu o fundo da calcinha úmida...Apalpou e levou ao nariz sentindo o aroma. Ai as gentilezas foram para o espaço Guto tinha uma boa pegada e foi me segurando pela cintura e falando ao meu ouvido.
Vem minha puta gostosa, vou fazer de você a maior vadia na cama... Vem gostosa deixa a vergonha de lado quero sentir você bem excitada rebolando com meu cacete atochado nesta xoxota gostosa...Sou seu macho agora e vou querer foder de todo jeito e posição quando seu namoradinho chegar vai te encontrar bem arrombadinha...
Ai delicia e sem dó nem piedade começou a esfregar seu cacete em minha xoxota que estava ensopada de tesão, quando me dei conta estava de quatro apoiada no encosto do sofá e Guto só roçando seu cacete que lambicava de tesão. Quando Guto começou a meter o cacete vi estrelas,pois me senti dividida ao meio era bem grosso o cacete e entrou rasgando e com estocadas fortes Guto metia sem dó nem piedade ,dava tapas na minha bunda dizia palavras obcenas.
Rebola minha safada... ah que delicia...
Eu vou gozar... ah safada vou te deixar arrombar de tanto te fuder...ai...Eu vou gozar.
E a cada minuto o prazer aumentava, ate que senti seu cacete se avolumar mais e Guto segurar com firmeza em meus quadris explodindo em gozo. Foi simultâneo também gozei de imediato ,sentia meu mel escorrer na cabeça de seu cacete.
Minha respiração ficou em compasso com as metidas e foi amenizando até ficarmos atracados fazendo planos e trocando juras de amor eterno. Ai já sabe depois deste dia o Guto é meu amante permanente e meu namorado corno em suas viagens fica se especializando para podermos casar. Enquanto isto vou me divertindo com meu amante e cada dia nossas transas são mais espetaculares.O Guto ate andou cogitando para que eu fique com ele permanente,mas eu disse que vou pensar.Que vocês acham desta ideia.
Eu acho que quem tem dois tem um então...


Docecomomel
11/112013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts