Acessos em Êxtase !

sábado, 30 de novembro de 2013

Eu Sou um Corno...e Manso




Ser corno não é opção é devoção.
Quando eu ainda era guri sempre ouvia um tio meu falar esta frase, na minha ingenuidade eu não sabia o que significava, mas agora sei.
Eu sou um corno manso, me refiro à palavra manso porque sei que minha mulher é uma putona e nada faço para impedir ou separar-me dela, pelo contrario adoro quando ela me conta como foi sua ultima trepada e com quem foi.
Entre uma metida e chupada ela vai me contando e comparando eu fico alucinado e gozo muito.
Só peço e exijo que sempre se previna, pois camisinha é essencial.
Ela toda safada adora rebolar em uma vara, e eu dou corda nem ligo, pois sei quando chego a casa ela está me esperando para ter relações sexuais mais,também quem mandou casar com menina nova e fogosa.
 Eu fico imaginando o que os caras que ele trepa ,dizem quando me veem passar com ela abraçada,me divirto com a saia justa que eles ficam com medo de eu descobrir. E eu sabendo de tudo dá um tesão isto só quem é corno manso sabe.
Não adianta negar,eu confesso que agora mesmo neste exato momento  enquanto escrevo minha mulherzinha safadinha ,está gemendo no cacete do mais novo funcionário meu.
Ele nem imagina que estou os vendo pelo circuito interno de TV.
Meu cacete está parecendo uma tora ,vou deixar eles bem a vontade e quando ela chegar em casa,ver o que reservei para ela,muito cacete até pedir para parar.Adoro vê-la gozar,seus olhos parecem sair  do lugar enquanto goza,ai eu meto mais ate explodir em gozo juntos.Puta safada tem que sofrer no cacete para aprender.Mas estou apenas vendo eles e batendo uma na solidão do meu escritório,enquanto ela e meu funcionário fazem hora extra”
Que hora extra que nada,mas foda extra isto sim,também quando minha esposa Sandra viu meu novo funcionário ficou logo doida para dá pra ele,logo pediu permissão.
Claro que dei ,mas na condição que não assustasse o rapaz e pedisse sigilo a adrenalina de está fazendo algo as escondida deixa com mais tesão.
 E com  a desculpa que estava com dor de cabeça eu sai deixando os dois colocando em ordem o estoque ,eu não esperei nem  uma hora e minhas esposa já estava pagando o maior boquete,nem sei como aquentou aquele cacete enorme na boca, rígido ,com a chapeleta vermelha.
Minha puta safada chupou tanto que o molecote não aguentou e gozou enchendo a boca dela,que é claro não deixou desperdiçar.
Ele nem bem gozou e logo começou a chupar a xoxotinha da minha safadinha que gozou lambuzando –o também deixando cheio de tesão.Claro que não é para todo mundo comer a mulher do patrão é o desejo de todo funcionário.
¬-Mas quando eu  vi minha esposa Sandra ficar de quatro sobre uns cobertores no deposito ai pensei...Que safada vai dá o rabo...Pois não deu outra Minha Sandra na posição de quatro e o molecote só fazendo carinhos,cuspia nos dedos e sempre laceando,deixando molhadinha e ela ronronando ,já previ que iria perder pregas...
Não deu outra com a camisinha no cacete o molecote foi encostando ,acariciando a bunda brincando com grelinho dela e ela toda ansiosa esperando.
Quando eu percebi  ele já metia a cabeçorra segurando para não escapar ,Sandrinha minha safadinha gritou quis sair,ele segurou em sua cintura e afastou,ela achando que ele havia desistido se enganou ele empurrou cacete todo de vez.Sandra gritou e gemeu...
-Ai filho da puta você me arrombou...Ele rindo arrombei nada fica quieta que já você se acostuma e pede mais.E os dois ficaram quietos e Sandra poe a mão para trás para ter certeza que o cacete estava todo dento e desabafou.
Ai que tesão...Pensei que não aguentava tudo dentro!
E com estocadas foi em ritmo cadenciado e entre urros e gemidos Sandra rebolava gozando no cacete do molecote que estava feliz de estar trepando com a patroa.
Eu sem aguentar mais gozei explodindo em minha própria mão.Desde que passei a ser corno nunca vi Sandra gozar tanto com outro como hoje,ate preocupei-me pois o moleque é jovem e seria um pareo forte.Se limparam e continuaram o trabalho depois de meia hora Sandra entrou com a cara mais safada me disse ,amor o moleque é uma maquina de fuder, eu nuca gozei tanto em uma só noite.
Estou um caco vou tomar um banho e relaxar.
E fomos tomar banho eu a esfreguei e a limpei com maior carinho do mundo ,realmente sua xoxota estava vermelhinha e assada sem deixar de notar o rabinho esfolado.
Levei-a para cama e como todo corno manso lhe dei um bom banho de língua deixando que descansasse para mais tarde.Mas o tesão era tanto que não aguentei e bati uma bem gostosa,Sandrinha me ajudou lambendo meu cacete deixando bem limpinho,depois adormeceu cansada.E eu é claro fiquei pensando em como conservar aquele molecote na empresa,pois queria ver minha Sandra feliz.
E como disse ser corno não é opção é devoção eu adoro ser corno e adoro comer minha mulher depois que deu muito para algum colega, amigo ou funcionário. O importante é vê-la feliz e isto é amor ver a pessoa que amamos feliz e realizada.
Se tem algum corno ai....Pule e grite que é feliz.

Docecomomel
Imagem do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)