.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Embarcando no ônibus do prazer.





Ola:
 Eu sou a Marcela tenho 18 anos completos, sou morena com olhos e cabelos pretos sou estudante e até o mês passado só havia tido experiências em termos de sexo com meu namorado.
 Mas bem sei que ainda falta muito para me considerar uma mulher de verdade.
Minhas amigas de cursinho sempre relatam suas aventuras e eu apenas fico calada, pois a minha experiência deixava muito a desejar comparada a de minhas amigas que participam de verdadeiras orgias com amigos e amigas.
Mas nem todas as pessoas são iguais não é?
Mas hoje eu vou relatar uma aventura que me ocorreu quando fui visitar alguns parentes meus que moram em Curitiba.
Eu fui de ônibus era um dia de sábado e era minha primeira viagem sozinha...
Eu na minha infantilidade ainda era um pouco inocente...
Era muita boba parecia uma menina ainda, mas meu corpo chamava muito a atenção, pois eu tenho uma bunda grande.
Aí já sabem eu sempre era muito paquerada:
 Mas pouco eu saia, pois meus pais eram muitos severos, de casa para o cursinho ou se saia sempre acompanhada pelo meu irmão mais novo. Um pestinha de chato.
Mas vou confessar uma coisa eu não podia ver um rapaz bonito que adorava paquerar.
Sentia um fogo que minha vontade era de me atirar nos braços de alguns homens que eu nutria um verdadeiro tesão.
 Mas por timidez e medo da reação de meus pais me controlava.
Mas batia cada siririca enquanto me banhava que quase subia pelas paredes de tantos orgasmos consecutivos. E o tempo ia passando e eu só imaginava mil aventuras.
 Assim eu fui fazer minha primeira viagem sozinha.
 No pensamento desejos de aventuras.
Na estação rodoviária assim que o ônibus estacionou na plataforma de longe avistei um rapaz bem bonito que me chamou atenção, aff que bom que ele iria pegar o mesmo ônibus que eu.
Assim que entrei no ônibus procurei minha poltrona e assim que encontrei me sentei, era bem no meio do ônibus.
O ônibus não lotou, havia vários lugares vagos.
 Mas com poucos minutos antes da partida um homem sentou-se ao meu lado.
 Depois de um tempo observei que era o rapaz que eu avistei e havia achado bonito. Ironia do destino, tantas poltronas vazias ele vir sentar logo ao meu lado.
Entendi que a vida estava me dando motivos para realizar minhas fantasias de moça fogosa, e porque não dizer safada, pois eu só pensava em sexo e tinha sonhos arrebatadores que me acordavam no meio da noite com maior fogo na xoxota.
Tudo tem seu tempo minha avó me falava sempre e parecia que meu tempo havia chegado...
Meus olhos observavam bem assim de pertinho que o rapaz era um pouco mais velho do que eu...
Assim ficamos sentados lado a lado até que o relógio marcou nosso horário de partida.
Depois de alguns km rodados começamos a conversar foi ai que soube que iríamos para mesmo lugar. O ônibus seguia ser percurso e a conversa animada, mas era feita em voz baixa, pois muitos já dormiam.
Já era um pouco tarde.
E entre uma conversa e outra senti que a química que rolava entre nós era muito boa.
O Rafael era um bom partido, como dizia minha mãe um pedaço de mau caminho...
E a conversa ia rolando e o frio foi aumentando as luzes às margens da estrada cada vez mais escassa e nós dois embaixo de uma manta nossos corpos se tocavam e eu deliberadamente fui ficando excitada:
Caracas eu não vou mentir e não posso negar, mas estava louca pra transar no ônibus...
A adrenalina aumentava a libido assim íamos aos paquerando conversando...
Depois já de madrugada o ônibus parou e todos nós descemos para lancharmos.
Voltando para o ônibus Rafael deu-me um beijo... Assim um beijo roubado.
Levei até um susto, mas eu correspondi...
Logo voltamos a seguir viagem... E começamos a nos beijar... Eu por sorte estava de saia.
Ai facilitava tudo...
E ele ia me beijando e sua mão percorrendo meu corpo...
Apalpando meus seios... Seguia descendo logo colocou minha calcinha de lado e foi me fazendo um carinho... Em minha xoxotinha..
Eu já estava bem excitada toda ensopadinha quando ele atochou seus dedos, eu segurei um gemido e deixei Rafael brincando com meu grêlinho.
Seus dedos iam em um vai e vem e tirava e colocava chegando ate a lamber seus dedos melados de meu mel.
Foram momentos inesquecíveis de tesão e muito prazer.
Depois com descrição fomos sentar no fundo do ônibus aí foi minha vez de fazê-lo sentir prazer.
Abri suas calças... E tirei seu pau grosso e enorme bem duro...Fiz um carinho gostoso com minhas mãos.
 Depois o beijei e desci minha boca ate seu pau... Comecei a chupar só a cabecinha e aos poucos fui colocando todo em minha boca... E Rafael segurava  forte meus cabelos...Enquanto eu o chupava .
Sem deixar de acariciar suas bolas... Rafael gemia e se contorcia e eu não largava seu pau gostoso que babava misturando-se a minha saliva... Que escorria pelos cantos da minha boca gulosa.
Depois de alguns minutos alguém acendeu uma luz ai ficamos quietos, mas logo voltamos ao boquete maravilhoso. Foi a maior adrenalina quando Rafael abaixou-se e eu com as pernas abertas ele conseguiu me chupar.
Suspirei fundo eu quase gozo em sua boca sedenta que com sua língua gulosa brincava com meus lábios vaginais passando de um lado pra outro.
Depois de um bom tempo com os preliminares Rafael abaixou suas calças e eu fui lentamente sentar em seu colo ficando de frente para ele.
Mudamos de posição e... Fiquei de um jeito que poderia ser penetrada com maior facilidade.
E Rafael soube aproveitar cada minuto.
Quando Rafael encostou-se a minha xaninha que estava ensopadinha com uma estocada firme entrou até o talo. Segurei-me para não gritar não de dor, mas de prazer.
Rafael dava cada estocada forte e firme sempre segurando em minha bunda...
Sem querer esquecia e acabava soltando gemidos... Via luzes serem acessas aí...
Tínhamos que parar e ficar quietinhos, mas logo começávamos tudo novamente...
Eu cavalgava e rebolava fazendo o máximo para prolongar os momentos de êxtase.
Depois do meu segundo orgasmo foi a minha vez de fazê-lo gozar.
 Eu quicava em seu cacete que parecia uma eximia amazonas logo Rafael finalmente gozou, foram momentos maravilhosos sentindo seu gozo explodir dentro de minha vagina e sua boca ávida continuava chupando meus seios ao mesmo tempo...
E foi assim minha primeira viagem sozinha que me proporcionou uma da melhores trepadas que já tive em minha vida.
Eu e Rafael fudemos outra vez no raiar do dia até ambos gozarmos, foi muito bom aproveitei cada minuto da viagem.
Foi maravilhosa minha estadia em Curitiba, sem deixar de relatar que fiquei 15 dias e todos os dias Rafael esteve comigo. Achei um amante  que me transformou em uma mulher de verdade,sempre sedenta de sexo.
Depois eu conto como foi meu retorno da viagem.
Beijos a todos espero que gostem desta aventura que foi real.


Docecomomel
Skype/docecomomel2011@hotmail.com
Imagem do google






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts