Acessos em Êxtase !

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Uma voz... Uma cantada ...Uma noite de amor.













Já faz um tempo que aconteceu este fato, mas sempre fiquei adiando para descrever. Afinal este é  meu próprio conto ...Vivenciei esta aventura.
Então vamos lá, primeiramente irei me apresentar. Apenas darei nomes fictícios aos personagens para evitar algum constrangimento.
Eu sou Camila agora tenho 24 anos, mas quando ocorreu à aventura tinha 19 aninhos e era muito bobinha e confiava demais nas outras pessoas.
Eu sou morena de 1,73... Olhos pretos e cabelos, tenho seios tamanho médios,uma bunda empinada e bem arrebitada
Vou relatar minha melhor aventura sexual... Eu estava no meu trabalho de recepcionista quando atendi um telefonema de um representante comercial.
Depois de responder todas as perguntas com maior cordialidade possível, Eis que ele me elogia e agradece dizendo que voltaria outra hora a ligar, mas para falar comigo nada em relação ao trabalho.
Eu sorrir e concordei dizendo que poderia ligar quando quisesse, mas achei que seria apenas um galanteio ate que...
Novamente recebi outra ligação conversamos nos apresentamos e assim foram dias seguidos.
Com sua voz de tom grave e suave era gostoso de ouvir seus galanteios.
Assim nos fomos nos conhecendo e conversando por telefone ate nos vermos pela web sem.
O cara era lindo tinha 35 anos morenos de estatura mediana, com um sorriso lindo. Eu me encantei é claro!
Foram dias de conversas ate que decidimos nos conhecermos pessoalmente marcamos um encontro.
Arrumei-me toda... Coloquei uma roupa linda e sexy.E fui a seu encontro.
Quando cheguei ao local marcado ele já estava me esperando, todo arrumado e muito cheiroso. Quando me aproximei dele eu estava nervosa e ansiosa.
Ficamos conversando na praça do shopping e logo estávamos como dois enamorados.
Carlos Juan era seu nome.
Muito sincero disse que é noivo, mas que não deixa de namorar, pois quer ter certeza que está com a pessoa certa. Depois de um bom tempo conversando saímos para dá uma volta.
Carlos Juan me abraçou e sua mão forte segurava com firmeza minha cintura.
Entre uma olhada de vitrine sempre Calos Juan ia me beijando. Aquela sensação ia me deixando louca.Claro que eu não era virgem,mas um namoradinho de colégio inexperiente é bem diferente de um homem maduro que sabe o que quer e como quer.
E entre um elogio e outro o tempo foi passando e logo fomos almoçar juntos.
Depois do almoço Carlos Juan perguntou-me se poderíamos ir para um lugar mais sossegado! Concordei que sim e saímos em seu carro ouvindo uma melodia que embalavam meus pensamentos. Passamos perto de um motel e ele indicou  que eu poderia escolher qual deveríamos ir.
O carro seguia lentamente ate que avistei um motel bem bonito indiquei e ele entrou, pediu uma suíte. Carro na garagem Carlos Juan abriu a porta da suíte e veio  me ajudar a sair do carro.
Um cavalheiro.
Começou me beijando e me pegou no colo e no meu ouvido disse hoje garota você será minha rainha.
Senti um breve arrepio.
Entramos ele colocou-me na cama fechou a porta e começou a me beijar.
No inicio beijos simples e molhados que foram tornando-se mais arrebatadores.
Cada beijo e uma peça de minha roupa eram tirados e vice versa. E fomos ficando deitados e logo seus lábios estavam com volúpia me lambendo.
Sua língua envolta do meu clitóris me elevava ao êxtase.
Meus gemidos de inicio tímidos se tornaram grunhidos de um animal ferido.
Carlos Juan sabia despertar minha libido, ora seus lábios na minha xoxota, logo já brincava com meu anel.
Meus seios foram mordiscados e sugados como se fossem saciar a fome de um bebe.
Foi quando ele ficou em pé ao lado da cama e me ofertou seu cacete rígido.
Claro que cai de boca, lambia a cabeça e meu lábio ia até o saco deixando úmidos. Carlos Juan segurava em meus  cabelos e falava.
Ai putinha que boca gostosa!
Ah delicia... Mama teu porrete mama!
Quando finalmente abocanhei a cabeçorra latejando, Carlos Juan soltou um gemido segurando minha cabeça e ficamos em frenesi em um vai e vem de enlouquecer qualquer um.
Foram momentos de luxuria.
Logo ele retirou seu cacete vibrante de minha boca, colocou uma camisinha e veio aos poucos me puxando até a beirada da cama.
Minhas pernas presas á sua cintura, ficamos encaixados, seu cacete encostado nos lábios vaginais, e lentamente começou a meter bem devagar.
Eu comecei a gemer ele acelerava e gemia também.
 E o ritmo ora cadenciado ora ia aumentando a velocidade.
 O som de nossos gemidos misturado ao som do contato de nossos corpos.
Ficamos alguns minutos sentindo o ápice do prazer até que ele começou a meter com maior intensidade e rapidez e eu acabamos gozando muito.
Quando mais eu gozava mais ele metia.
Quando eu já sem forças e Carlos Juan me coloco de quatro sem tirar o cacete de dentro.
 Segurando na minha cintura puxando ao encontro de seus quadris.
Incessantemente dando alguns tapas na minha bunda sinto seus espasmos de gozo.
Ah que safada gostosa!Gozou como se fosse um garanhão reprodutor.
Ficamos alguns minutos abraçados, como acontece com um casal normal que chegam ao ápice do prazer e entre um beijo e outro Carlos Juan e eu vamos tomar banho.
Momentos que sucederam.
Carlos me esfregava e eu a ele.
Uma total cumplicidade de dois seres que se atraiam.
Assim voltamos para cama. Carlos Juan...alisava  minha bunda e dava leves tapas.
E sempre seus dedos corriam ate meu anel... Assim foram minutos com  brincadeiras até que ele sussurrou ao meu ouvido.
-Amor meu Junior quer mais...
-Ah é?
-Sim olha com ele esta alegre...
Verdade a cabeça latejando que chegava apontar para seu umbigo.
-Hum... Amor é se você me quer também quero!
-Mas eu quero-te foder diferente agora, Diferente como?
-Ah amor quero foder teu rabo, você parece uma potranca com esta bunda que quero saciar minha fome de foder nele.
Ah amor eu tenho medo, tenha não eu tenho cuidado só quero te dá prazer. E Carlos Juan começou a dá beijos na minha bunda e apertava e abria e sua língua escorria até o meu anel.E sua língua passava de lá pra cá e daqui pra lá e eu ficando arrepiada.
Logo eu estava de quatro no meio da cama e Carlos Juan ajoelhado a meus pés. O safado sabia convencer,beijos lambidas e dedadas me deixavam eufórica:
Estava com o tesão no auge.
Camisinha encapada, KY no local certo e comecei a ser comida.
Carlos Juan começou a forçar lentamente, empurrava um pouco e parava.
Ahh... Que delicia,ai gata que gruta apertada e tesuda.
Claro que agora estava gostoso, mas quando comecei a sentir aquela tora me rasgando parecia que ia dividir-me ao meio.
E lentamente fui sentindo uma dorzinha que foi logo substituída por um prazer intenso.
Quando Carlos Juan meteu seu cacete todo no meu rabinho, ficou um tempinho para que me habituasse e logo começou a estocar com um ritmo acelerando e parando. Fui a meu limite.Gemia e urrava de prazer,Carlos Juan  falava palavras que me incitava a liberar meu lado profano.
Eu rebolava e gemia enquanto ele socava incansável ate começarmos um gozo intenso.
Respiração ofegante ficou atracada por alguns minutos até que ele me fala.
Garota que foda deliciosa ein... Você é demais.
Fomos tomar um banho e logo recomeçamos novamente só saímos do motel quando já era mais de meia noite.
Acho que nem preciso dizer que meu representante agora toda semana vem me ver...
Claro que não só ver como provar!
Sempre passamos a noite no motel e cada vez sinto mais prazer e tesão por ele.
E o tempo vai passando algumas vezes ficamos em minha casa onde temos mais liberdade.
Depois eu conto como foi que curtimos um ménage eu ele e uma colega de trabalho.


Docecomomel (hgata)
Vejam meus blog e Sigam.
http://sensacoescomeemocoes.blofspot.com.br/
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/
Meu Skype:docecomomel2011@hotmail.com




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)