.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Tornei-me amante do meu sogro.




Transei com meu sogro... Gostei que fiquei cativa!.
Por ter casado muito jovem e inexperiente eu pouco sabia da vida.
Meu casamento não durou muito meu marido adorava farras e viajava com amigos para festas e baladas.
Cansei de encontrar telefone anotado com nomes de mulher em seus bolsos.
Marcas de batom em suas roupas e chupões em seu pescoço.
 Foi inevitável nossa separação, eu com apenas 23 anos separada do marido estudando faculdade e sem condições de arcar minhas despesas.
Como poderia ir morar sozinha sem dinheiro.
 Quando estávamos decidindo a situação legalmente meu sogro me ajudou em minha defesa e foi peça chave como se fosse meu advogado.
Ele sabia que a separação foi causada pelo seu filho irresponsável, então ficou decidido que eu ficaria morando em sua casa ate terminar a faculdade.
Sua casa era enorme e ele viúvo gostava de companhia. Concordei de ficar até acabar minha faculdade afinal faltava  apenas dois( 2) semestres,assim poderia achar um emprego e  seria melhor.
Nos primeiros 15 dias pouco eu via meu sogro que sempre ia para o sitio perto da cidade. Meu ex-marido sumiu mesmo .
Eu me sentia a dona da casa, quando chegava da faculdade sempre tomava banho e vestia roupa de dormir. Até que um dia adormeci no sofá e acordei já bem tarde sentindo que alguém me admirava.
Assustada abri os olhos e deparei com meu sogro parado em pé me olhando.
Levantei e pedindo desculpas fui em direção a meu quarto.
Meu ex-sogro sorriu e disse Marcela enquanto você dormia ai no sofá eu te olhava e pensei, meu filho é um otário.
Porque seu Guido?
-Tendo uma mulher como você dentro de casa sair catando vagabunda por ao.
-Mas já passou seu Guido o deixa não me apetece mais conviver com ele.
Levantei do sofá e fui para meu quarto, quando já bem tarde eu estava dormindo ouço alguém bater a porta... Estranhei quando ouvi seu Guido me chamando.
Abri a porta e olhei fixamente para ele.
Ele apenas disse poucas palavras.
Marcela eu não aguento mais te desejar tanto... Agora que você não é mais minha nora de uma chance para este pobre homem que sofre te desejando.
-Mas seu Guido...
Nem mais nem menos menina te desejo demais, você me deixa noites sem dormir. Eu só penso em você menina.
-Vem amar este pobre coroa que te adora.
E meus pensamentos em desalinho me causa um remorso incrível. Jamais notei qualquer intenção de seu Guido para comigo.
Deixei-o entrar em meu quarto e comecei a falar...
Seu Guido eu não sabia que o senhor gostava de mim.
Gostar é pouca Marcela eu te amo.
 Calma Sr. Guido.
. E veio me abraçando,
-Ah Marcela quanto tempo perdido te desejando a vendo sofrer por causa de meu filho e eu te amando secretamente.
-Te quero menina, como mulher como amante, como esposa.
E deu-me um beijo suave, mas com muito ardor eu sentia seu corpo em estase.
Eu estava carente, mas não de sexo, mas de amor e ali naqueles braços encontrei o que mais desejei amor.
-Com carinho abracei e beijei falando.
Calmo Guido que vamos ter bastante tempo!
 E fomos para seu quarto.
Pausadamente ele ia tirando minha roupa, beijando-me e acariciando cada parte de meu corpo.
Eu estava excitada e feliz, pois encontrei o amor que tanto desejei em um homem.
Deitada sendo acariciada eu me sentia como se estivesse em outro plano de vida. Guido me olhava com olhos brilhantes de desejo.Quando finalmente tirou sua cueca e ajoelhado entre minhas pernas.Meus olhos cintilaram de tesão.
Que cacete, aproximadamente uns 19 cm, liso com cabeça bem vermelha. Guido segurou em meu púbis e terminou de tirar minha calcinha:
Com a boca começou acariciar sobre minha xoxota.
Não eram chupadas, mas carinhos com beijos molhados, me atiçando me provocando...
- Não vejo a hora de meter nessa sua xoxotinha que deve ainda esta apertadinha e louca para fuder!
-Ah eu gemi como uma gata no cio.
Encostei-me prendendo minhas pernas em sua cintura...
E falei ah Guido eu também estava louca pra sentir seu enorme cacete na minha xoxota:
- Então vem Guido... Vem ... Vem enfiar esse porrete gostoso na minha xoxota.
-Vem agradar tua norinha que anda louca para transar.
Meu sogro parecia um garanhão enlouquecido.
 Desesperado foi logo encostando e empurrando todo cacete entre meus lábios vaginais até encostar cabeçorra no meu útero.
Gemi alto e ele parou... Te machuquei amor?
-Não Guido eu gemi foi de tesão...
- Ahh delicia.
- Ooooh my good!
 -Mete!
-Me rasga toda com esse porrete delicioso!
-Ele dando estocadas fortes entrava e saia de dentro de mim.
-A cama ia ao ritmo balançando junto ao nosso embalo.
- Porra que sacanagem... Como é gostoso saber que estou fudendo na xoxota da minha  nora!
Deitada sobre a cama eu recebia aquele macho que me rasgava minhas entranhas deixando vestígios de fogo dentro do meu corpo
.Ah Guido que delicia fode tua nora, meu sogrão tarado e gostoso fode enche tua norinha de leite.
-Não ah eu vou gozar. Vou gozar ah que delicia e fechei minhas pernas em sua cintura deixando-o só no ritmo do meu rebolado.
Foi uma explosão mutua logo Guido começa e gemer.
- Não para!
- Não para!
 -Vou gozar! Vou  goooozarrrrrr!!!!!
-Ah que gostosooooooooooo!
-Meu corpo vibrava gostoso num longo orgasmo quando senti Guido gozando dentro da minha xoxota...
 Foi tão bom que simplesmente achei que não devia me preocupar com aquela enorme quantidade de porra que saía da minha xoxota e escorria por minhas coxas.
Ficamos abraçados e entre beijos ouvi dizer.
_ Ah agora você não me escapa mais menina.
-Não vou deixar você sair da minha vida jamais.
- Vamos tomar um banho que ainda temos a noite toda para amar.
- Não demorou muito e estávamos no banheiro tomando banho e entre carinhos e mãos bobas, já estávamos preparados para uma nova sessão de muito cacete na xoxota da norinha.
-Enquanto ele começava a chupar meus peitos:
- Eu amo você...
 Pena que vamos ter que continuar escondendo este meu amor por um tempo, mas é só ate seu divorcio sair.
-Ai quero mostrar para todo mundo!
-Sem nenhum constrangimento, que você é minha deusa, amante e mulher.
- Vem agora amor quero sentir teu gozo na minha boquinha vem!
-Você é muito safado ein Guido!
- Você é mesmo muito gostosa Marcela. ... Mas estou adorando ver que gostou de ter relações sexuais comigo!
Somente um ano depois é que mudamos para uma cidade próxima e moramos em um apartamento no centro da cidade.
-E eu terminei meu curso da faculdade.
 E somos felizes, tivemos problemas com meu ex- pois ficou revoltado de perder.
Afinal ele todo sara dão e quando me viu toda feliz com seu pai, não quis aceitar.
Mas a escolha foi dele e agradeço por ter-me encontrado com Guido no caminho de minha vida.
Pois estou feliz.
-E quanto a sexo tenho plena liberdade de viver minhas aventuras.
-Afinal eu apenas estava adormecida para os prazeres da vida.
-E Guido permite e fica feliz de saber que sua esposa é bem conquistada e admirada por quase todos os homens.
.Continuo sendo uma boa esposa que simplesmente gosta de ter amantes pra variar e inovar nas posições sexuais.
E novas modalidades.
E depois fazer direitinho meu dever de casa com meu amante e marido que é meu ex-sogro... Safado e muito gostoso.



docecomomel(hgata)
Visitem meus blogs
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/
Skype.docecomomel2011@hotmail.com


Um comentário:

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts