Acessos em Êxtase !

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Meu Namorado "Afro e bem dotado".





Olá
Não sei se meus leitores já observaram, mas tenho um fetiche, ou uma tara, nem sei denominar ao certo o que é.
Mas eu particularmente adoro um negro, se for um bem dotado... Ai que eu me acabo.
Sou morena clara, mas fui abençoada em ter nascido na Bahia.
A população em sua maioria composta por negros e afrodescendentes.
Minha terra é abençoada pelas belezas naturais, povo alegre e festivo e. Cada negro digno de ficar com o tesão a flor da pele.Sua tez reluzente,seus músculos e sua genética fora dos padrões causam a maior euforia dentre todas as mulheres.
Sou louca por um negro.
Vou contar quando tive o privilégio de ter um namorado negro...
E que negro!
 Eu conheci Tadeu em um aniversario de um amigo comum.
Achei muito bonito, sorriso que esbanjava alegria.
Fomos apresentados dançamos, ficamos nos beijamos muito, trocamos contado e assim foi uma semana de bate papo e SMS de mimos.
Marcamos de sair no sábado.
As 21 h meu celular toca é o Tadeu avisando-me que já estava na frente da minha casa.
Retoquei meu batom e sai toda feliz.
Tadeu muito gentil abriu a porta do carro e beijou-me com apenas um selinho.
Achei normal afinal estávamos saindo e borrar a maquiagem não seria o ideal naquele momento.
Fomos a uma balada, adoro musica eletrônica e dançamos muito.
Não sou uma consumidora alcoólica, mas neste dia acompanhei Tadeu e tomei uma pequena dose de uísque.
Fiquei com um meio fogo e comecei a dançar esfregando-me em Tadeu que ria adorando meu pequeno show particular.
Eu sentia que Tadeu estava excitado seu cacete rígido apertado dentro da calça jeans.
Também pudera eu estava me esfregando pelo seu corpo propositalmente.
Da balada para o motel foi algo rápido.
No caminho enquanto Tadeu dirigia eu alisava seu cacete sobre a roupa até que ele abriu a braguilha e colocou seu cacete para fora, foi quando eu comecei a punheta-lo.
Fiquei como enlouquecida com aquela visão maravilhosa sentir entre minhas mãos, aquele cacete grosso cheio de veias, com cabeçorra vermelha.
E enquanto Tadeu dirigia entre a loucura do transito eu comecei a mamar o cacete do meu negrão. Mamava loucamente sem conseguir enfiar tudo na boca, chupando bastante a cabeça do cacete, Eu mamava e punhetava aquele cacete feito uma puta no cio e logo meu negrão começou a gemer e enfiou a mão por baixo de minha saia encontrando minha xoxota ensopadinha de meu mel.
Tadeu estava tão louco de tesão quanto eu.
Ainda bem que o motel não era tão longe entramos como dois desesperados e já fomos nos agarrando tirando as roupas e caindo os dois na cama.
O momento era de reconhecimento de mãos e bocas que se exploravam.
Quando Tadeu foi insinuando sua boca ávida pelo meu púbis fiquei em êxtase.
Claro que não sou santa e fui lentamente descendo com a boca pelo seu corpo ate chegar a seu cacete rígido.
Seu gemido rouco foi gostoso de ouvir, mas não larguei do cacete dele, fui percorrendo aquele cacete grosso latejando de excitação ate chegar aos culhões.
O negão enlouqueceu de tesão levantou-me com vontade me encostou-se ao frigobar e com força começou e meter o cacete.
Eu gemia e rebolava mais do que a pior vadia.
O cacete dele entrava até final e logo ele puxava deixando só cabeça latejando na minha xoxota gulosa.
 Tentei me conter, mas não conseguia.
Aquele cacete me causava imenso prazer eu me sentia como se tivesse sendo rasgada ao meio. Era muita sacanagem.
 Meu orgasmo veio com uma intensidade descomunal ai logo comecei a gemer e gritar.
Tadeu me segurou colocando-me em seu colo e estocava com muita força e vigor.
Fui à loucura... Eta negão safado gente.
Parecia um bate estaca me fudendo sem parar: Ele metia sem dó e eu já não me importava se alguém fosse me ouvir e gritava loucamente. Ele me acompanhou gemendo a cada estocada que ele dava. Sentia a mistura de prazer e do tesão.
Ele me apertava e gemia feito louco enquanto me fodia, sem dó nem piedade.
Depois de passado alguns minutos sinto seu cacete se avolumar mais ainda, com força seu orgasmo chega com intensidade:
Foi um delírio total. sua respiração ofegante seus lábios contraídos seus gemidos profundos.Nós  tínhamos a luxuria estampada em nosso rostos.
Ficamos abraçados e pude saborear cada segundo de seu prazer... Logo meu negão queria me enrabar,mas pedi a ele para deixar para outro dia pois a xoxota já estava  ficando ensopada  eu queria mais...muito mais.Ele concordou,mas logo fizemos um papai e mamãe delicioso.
Depois eu conto como foi meu anal com meu negão bem dotado. Ok




19/06/2013.
Docecomomel(hgata)
Veja meu blog
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/
Skype:docecomomel2011@hotmail.com.
Imagem do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)