.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

domingo, 3 de março de 2013

Safadeza no Escuro do meu Quarto.







Safadeza no Escuro do meu Quarto.
Férias êta coisa boa!
É um vai e vem de primos e amigos e acabamos conhecendo muitas pessoas e temos novas aventuras.
Eu sou Marcos tenho 23 anos sou estudante sou hétreo e adoro transar.
Não deixo para fuder amanha se posso fuder em dobro hoje.
Minha prima Juliana veio passar alguns dias em nossa casa e para alegria minha trouxe uma amiguinha,
Erica uma morena de 20 anos seios de tamanho médios e um bumbum que me deixou louco de tesão.
Assim que a vi pensei vou ter que xavecar esta morena.
A atração foi mutua, pois notava seus olhares de cobiça, sempre ficávamos vendo filmes até tarde sentia seus olhares.
Uma noite estava eu minha prima e sua colega Erica vendo um filme que continha cenas sensuais que induziam ao sexo, não explicito, mas qualquer pessoa imagina o desenrolar da cena.
Fiquei bastante excitado,
Fiquei com maior tesão e via que Erica notava que meu cacete estava a ponto de explodir de tesão.
Se quiser uma fêmea não dou mole vou atrás sim.
Pois bem eu não tinha saído naquele dia porque minha namorada estava viajando. Más estava na seca fazia três dias que não sabia o que era uma xoxota. Assim aconteceu:
Enquanto víamos o filme minha prima pegou no sono no sofá e lá estava eu e Erica, no maior clima até que ela veio sentar a meu lado.
 E fazendo um sinal com o dedo indicador nos lábios para que eu ficasse calado começou um leve abraço e logo estávamos no maior amasso.
A safadinha não colocou restrições e em minutos eu estava com meus dedos enfiados em sua calcinha que estava ensopada de excitação.
Erica abriu minha bermuda deixando livre meu cacete e começou em um boquete delicioso.
Chupava e levantava cabeça me beijando
Eu sentia o gosto de meu pré-gozo em seus lábios.
Quando Erica no meu ouvido falou...Quero te dá e é agora fiquei louco de tesão.
Em silencio segurei em sua mão e a levei até meu quarto fechei a porta lentamente para que não acordasse ninguém e liguei a TV do meu quarto para abafar os ruídos.
Comecei tirando sua saia curta me ajoelhei a seus pés e cai de boca na xoxota lisinha, que parecia um capô de fusca de cheinha.
Suguei e lambi seu clitóris deixando-a louca de tesão.
Logo ela fez o mesmo, comigo chupava meu cacete todo deixando todo lubrificado.
Quando a levantei com a intenção de meter o cacete na sua xoxota ela gemeu.
Ah Marcos eu sou virgem.
-Virgem com esta idade? Pois é sou noiva na minha terra e meu noivo está no exterior temos um compromisso de esperar a noite de núpcias.
-Poxa que coisa ein¹
Afirmei com veemência, Mas Erica você me deixa louco deste jeito e agora.
- Ah meu amor... Não vou te deixar na mão, vem provar do meu mel, me faça gozar que te dou meu rabinho.
Parecia que suas palavras tiveram um efeito de um Viagra fiquei mais louco ainda de tesão.
Coloquei-a na minha cama e com suas pernas abertas cai de boca naquela xoxota gostosa.
A safada era virgem mesmo, mas de inocente não tinha nada.
Chupava e mordiscava seu grelo que o sentia tremular ente meus lábios até que Erica entrou em um estado de êxtase e gozou. Deixando-me com cara toda lambuzada de seu mel.
Foram momentos de intenso prazer poder sentir seu gozo em minha boca foi muito gostoso e por demais prazerosos. Jamais imaginei isto uma virgem de 20 anos, mas muito safada chegar ao ponto de gozar na boca para em troca dá seu rabinho. Coisa que adoro.
Assim...
Esperei ela se recompor do orgasmo e foi ficando de quatro (4), coloquei uma camisinha e com um creme deixei seu cuzinho todo lambuzado.
Com as pontas dos dedos preparei-a deixando toda a vontade de receber meu mastro rígido que estava parecendo um porrete de tão duro.
Fui me encostando de leve, ela ia rebolando esperando,
Sentindo a cabeça entrar lentamente ate que eu senti que havia passado a cabeça toda, esperei alguns minutos para que ela se acostumasse.
Ela gemia parecia uma loba no cio. Rebolava sentia em meus dedos seu clitóris latejando de tesão.
Não aquentei mais segurei em sua cintura e...
Enfiei tudo de uma vez, numa estocada só.
 Gemeu alto, mas o som foi abafado pela TV que deixei ligada.
Ela ameaçou sair debaixo de mim, segurei em suas ancas acariciando e falei que tivesse calma, acenou com cabeça um sim, arqueou as costas.
Eu me sentia no paraíso atracado com uma potranca, suas pregas latejavam, prendendo apertando mais meu cacete.
Eram sensações de intenso prazer:
Fui metendo devagarzinho e depois fui aumentando o ritmo.
A cama balançava com o movimento e num ritmo frenético.
Erica gemia e rebolava com meu cacete atochado inteiro no seu cuzinho só estavam de fora os culhões.
Enquanto metia com ritmo compassado comecei a massagear seus lábios vaginais, logo sentia seu mel escorrer entre meus dedos.
Aumentei o ritmo enfiando e metendo sem dó nem piedade. Ela gozou novamente gemendo e dizendo palavras desconexas.
Dei uma última estocada indo fundo e com um gemido que parecia mais de um animal em cio explodir em suas entranhas.
Eu estava satisfeito
.A intensidade do meu gozo deixou-me extasiado de puro prazer.
Ofegante ainda ficamos atracados alguns segundos até que meu cacete saísse gradativamente do seu cuzinho que ficou bem... Digamos arrombado, mas nada que não pudesse voltar ao normal.
Ficamos abraçados na cama ,Sentindo uma leveza em nossos corpos.
Estávamos exaustos, mas ligeiro nos recompomos em mais uma sessão de sexo, que mocinha virgem boa de boquete,
Erica deu-me aquele trato que foi imprescindível deixa-la sorver do meu leitinho.
Que por sinal adorou que não deixou desperdiçar nem sequer uma gota.
E assim foram 15 dias de ferias que Erica ficou em minha casa e nem sequer um dia deixamos de transar.
Não tínhamos horário bastava surgir um tempo livre entre nós dois que acabava na sacanagem...
Êta delicia não gosto nem de pensar na safadeza que fomos capazes de fazer no escurinho do meu quarto.
Erica safadinha foi embora e logo se casou com seu noivo corno que veio do exterior não perdemos contato e com pouco tempo de casada ela veio a minha cidade e passamos uma tarde no motel.
Ai sim eu pude foder sua xoxota gulosa.
Depois relato como foi nossa tarde de pura sacanagem:


Docecomome(hgata)
"Não confundam o autor com sua obra"
Vejam meus blogs
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com.br/
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/
http://noisdafeira.blogspot.com.br/
http://sedentosdesexo.blogspot.com.br/
Imagem do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts