Acessos em Êxtase !

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Trepada Casual...Com Intenso Prazer !






Olá.
Hoje acordei atrasada e sai correndo para o ponto de ônibus.
Eu vendi meu carro e estou esperando chegar outro.
Por questões de excessos de gastos estou indo de ônibus ao trabalho
.Sempre vou trabalhar de conjunto de saia e blusa, afinal farda é farda.
Na repartição precisamos estar sempre bem arrumadas e maquiadas.
No primeiro dia que fui de ônibus estranhei, mas logo fui gostando de provocar olhares sedutores em muitos homens.
Alguns mais ousados quando passam até parecem que vão nos comer. Pois passam raspando seus cacetes em nossa bunda.
Não é falta de pudor, mas a sensação de provocar um homem ao ponto de deixa-lo excitado logo pela manhã causa um prazer intenso.
Eu sou uma mulher simples, bonita sem exageros com tudo no lugar e um pouco de sensualidade natural da toda mulher que se ama.
Resolvi fazer ume experiência sai para trabalhar toda composta, ou seja, quase, pois coloquei minha calcinha na bolsa.
E pensei é hoje que terei meu dia de puta.
Passei um batom me perfumei e fui em direção ao ponto.
Logo estava dentro do ônibus não estava muito cheio e sentei bem no fundo.
O percurso seria em torno de cinquenta (50) minutos. Logo ao meio lado sentou um senhor de aproximadamente 40 anos.
Ficou me olhando por um bom tempo.
Eu sem querer querendo cruzei as pernas que dava uma visão privilegiada a qualquer um. E entre olhares sentia sua excitação e ansiedade de querer conversar. Notei que ficou excitado. Eu esfregava minha perna na sua provocando-o mais ainda;
_Olá bom-dia o dia começou quente hoje não foi?
-Sim, muito calor, ainda mais dentro do ônibus.
_Se eu pudesse iria para um lugar bem gostoso ficar de boa, sem me preocupar com nada.
O coroa que vou chamar de Marcos me respondeu com maior simplicidade, Se você quiser podemos passar bons momentos juntos logo ali, ‘só descermos no próximo ponto.
Ele falava e com sutileza segurava o cacete que estava super. Duro.
Tentava disfarçar, mas o volume era imenso.
-Eu ri e disse que não poderia faltar ao trabalho naquele dia, pois era dia de fechar folha de pagamento, mas quem sabe no final da tarde.
-Ele concordou e fomos os dois sentar no banco lá no fundo.
Abri minhas pernas com descrição dando espaço para ele enfiar a mão e ficar dedilhando meu grêlo.
Quando Marcos enfiou a mão e viu que eu estava toda molhadinha soltou um gemido que quase todos do ônibus ouvem.
-Safada sem calcinha e toda ensopada... que delicia de putinha me deixar louco de tesão logo pela manhã. Marcos me bolinava e em minutos meu corpo entrou em convulsão.
Controlei-me, mas foi quase impossível, não gemer com seus dedos dedilhando meu cacete.
Gozei entre seus dedos e mais excitante foi vê-lo saborear do meu mel.
Lambeu seus dedos um a um e falou...
-Te espero em seu trabalho as 18.20.
Dei meu endereço e telefone e desci do ônibus.
O dia foi longo e exaustivo olhava para o relógio a cada 15 minutos que se demoravam a passar como se fossem séculos.
Às 18 horas fui ao toalete me perfumei e maquiei-me e ao olhar para o espelho com sorriso falei baixinho... pronta pata gozar.
 Ross.
Quando sai do escritório já estava Marcos a minha espera, parecia ser mais bonito do que pela manha.com um beijo me cumprimentou e fez sinal para um taxi e disse que direção deveria tomar.
Fomos sentados no banco de trás e entre beijos e abraço aquecia nossos corpos para momentos de prazer. Em minutos chegamos ao motel.
Marcos e eu entramos em uma suíte simples, ao transpor a porta continuamos a nos beijar.
Só que nossas roupas iam sendo tiradas com velocidade e agilidade.
Em cada beijo eu gemia de excitação.
Fomos tomar banho e Marcos abraça-me por trás e sinto seu cacete encostar-se a minha bunda.
Quando Marcos abaixa-se e começa a lamber meu cuzinho sinto sua língua percorrendo toda minha genitália.
A intensidade do prazer fazia com que soltássemos gemidos que pareciam urros de animais em cio.
Marcos me apoiou na pia e com cacete em riste colocou a camisinha e foi entrando com força e vigor na minha xoxota.
Sentia-me um égua sendo montada pelo garanhão viril e vigoroso.
Eu gemia de tesão,
Marcos ia bombeando atrás de mim, me batendo na bunda e puxando meus cabelos.
Acelerava seus movimentos e eu me sentia toda preenchida
.Só ficavam de fora os culhões.
Os sons de nossos corpos pareciam aplausos esperando a chegada do ápice do prazer.
Marcos empurrava seu cacete com muita força e vigor segurando sempre em meus quadris para que não me desprendesse do seu corpo.
A cada momento sentia sua respiração ofegante gozei uma vez e senti ondas de prazer soltar meu mel que escorreu pelo cacete de Marcos.
Percebendo que eu havia gozado Marcos mudou de posição me colocando apoiada a parede.
Começou a castigar... Metia fundo e tirava caindo de boca em meus seios que estava cada vez mais com  bicos eriçados.
Minhas pernas se contorciam, meu corpo fervia, meus lábios soltavam palavras desconexas exaltando o prazer.
Eis que Marcos acelera com maior intensidade e sinto seu cacete se avolumar em minha xoxota e começa a soltar jatos e mais jatos de esperma.
 Segurei-me com força, prendi a respiração e gozei, gozei gostoso.
 Ele me deu um beijo e recomeçamos nosso banho.
Quando Marcos me abraçou e beijando-me, falou que trepada gostosa, mas ainda nem começamos nossa noitada.
Fomos para cama e Marcos com uma latinha de cerveja nas mãos falou...
Venha quero tomar cerveja na taça de seu corpo. Assim Marcos derramava goles de cerveja entre meus seios e lambia gota por gota.
 Fez isto em quase todo meu corpo.
Fodemos mais umas quatro vezes e foi ótimo.
Senti seus lábios sedentos e gulosos mordiscando meu grelo foi uma das sensações mais gostosas.
Eu também retribuo com um boquete gostoso que Marcos gozou muito que esporrou seu leite entre meus seios
Já de madrugada nos vestimos, ele chamou um taxi me deixou em casa.
E na ultima sexta feira Marcos veio ficar comigo durante o final de semana, depois eu conto como foi nosso final de semana com a maratona sexual.
Fizemos de tudo quase chegamos à exaustão de tanto fuder.


Docecomomel(hgata)
07/02/2013.
“Não confunda o autor com suas obras”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)