.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

"Transando com um boy de programa"





Olá...
Naquela sexta-feira à noite eu resolvi não sair, estava entediado e preocupado em terminar um relatório referente ao ultimo simpósio da empresa. Como estava em viagem estava hospedado em um belo hotel de frente para o mar.Bastava descer e andar poucas quadras e estaria na melhor área de lazer e entretenimento de Fortaleza.Mas estava tão preocupado em acabar minha tarefa que deixei para sair no sábado.
Era aproximadamente 22.30 liguei pedindo uma pizza, como não queria que colocasse na conta pedi ao entregador que viesse até minha suíte para receber o dinheiro.
Eu tinha acabado de tomar um banho e estava enrolado de toalha. Assim que alguém bateu a porta  despreocupadamente abri.
Dei de cara com um rapaz moreno, alto com olhos negros e um sorriso alvo.
Meu cacete deu uma guinada de 90º, caramba senti um intenso tesão, por aquele jovem que minha vontade era de puxa-lo pelo braço e jogar na cama e fuder ate dizer chega. Mandei entrar enquanto procurava o dinheiro na carteira.
Senti que me olhava.
Claro que notou que eu fiquei excitado, mas nada poderia dizer naquele momento.
Quando lhe passei o dinheiro, ele com a cara de safado me agradeceu pela gorjeta e me forneceu um cartão. E saiu!
Depois de alguns minutos enquanto comia a pizza olhei o cartão de visitas e lá estava escrito um telefone celular e em letras manuscritas.
“Acompanhante para executivos, passivos”.
-Ah então o moleque é um passivinho que gosta de rebolar na vara,foi isto que pensei,peguei meu celular e liguei,
_Alô é Miguel quem fala!
Olá Miguel, olha eu pedi uma pizza faz mais ou menos uma hora, você me passou um cartão, me responde depois que você terminar seu trabalho não quer vir até hotel para conversarmos um pouco?
-Claro, lembro onde é, pois hoje fiz poucas entregas, olha daqui a 45 minutos chego aí, Então tem problemas ir até o hotel?
-Não sempre o pessoal da empresa vem aqui, não se preocupe pode vir que já deixarei sue nome na portaria.
_Ah ta bom já chego ai um abraço.
Liguei para recepção dizendo que logo um rapaz de nome Miguel iria me levar uma encomenda que poderia liberar sua entrada.
O Portei ro anotou seu nome e me deu boa noite.
_Hum... Terei uma boa noite mesmo. Eram aproximadamente 11.45 h quando ouço a porta um leve toc..toc.
Abri todo sorridente e vejo aquele moreno que me despertou um intenso tesão.
Estava diferente sem a roupa de trabalho, mas estava mais bonito ainda.
Nós cumprimentamos cordialmente e mandei-o entrar. Miguel estava com uma pequena sacola na mão.Assim que entrou segurei em sua mão e falei.
_Bem queria ver sua RG quer ter certeza que não é menor de idade, ele riu e me passou seu documento e pude provar que já tinha mais de 21 anos.
Sabem como são as leis, mesmo como maior cuidado que precisamos ter ainda podem-se ter problemas.
_Miguel estava tímido, mas pediu se poderia tomar um banho, claro que pode.
Eu vesti um roupão enquanto ouvia o barulho do chuveiro, depois de alguns minutos o rapaz veio a meu encontro, estava com cabelos molhados, enrolado com uma toalha na cintura.
_Eu sentei na cama e Miguel se aproximou, e sem palavras foi se abaixando. Meu cacete pulsava latejando de tesão.O safado me segurou o cacete entre suas mãos e forçou de encontro a sua boca.
Soltei um gemido de prazer, sentia sua boca morna foi algo gostoso naquele momento senti como se tivesse entrando em êxtase.
Joguei o corpo pra frente para que ele pudesse degustar de cada pedaço de meu cacete.
Ele riu e disse: só um minutinho que vou vestir uma coisa, pode ser?
E foi ao banheiro saindo de lá com um lingerie vermelha que parecia uma ninfetinha.
Por esta eu não esperava.
Ah que gostosura, porque vestiu?
Para que não tenha duvidas que hoje serei sua fêmea, sua putinha que quer sentiu seu cacete todo atochada em meu cu.
Hum... Sei.
Aí foi uma loucura. Fomos para cama com Miguel entre as minhas pernas me chupando ,sentia que estava no auge.Fiz o possível para prolongar meu primeiro gozo,mas a cada chupada que ele me dava sentia a cabeça do cacete encostar na sua garganta,sua saliva misturava ao pré gozo.Miguel sentia que estava louco para gozar.Meu cacete estava com as veias alteradas.
_quer gozar quer?
Goza na boca do teu safadinho goza!
Mas terminou de falar comecei exporrar em sua boca, parecia que estava inundando de tanta quantidade de esperma que ejaculei. Gozei com tanto tesão que parecia que fazia séculos que não trepava.Safado mamava que não deixava desperdiçar uma gota de meu precioso leitinho.
Não acreditei que eu pudesse está ali naquele momento com um garoto de programa, Eu* um hetero convicto bem conceituado entre as mulheres, se esbaldando em prazer com garoto vestido de ninfeta a disposição da minha tara e safadeza.
Mas agora não era momento para pensar, mas em aproveitar cada minuto com aquele jovem que em trocas de algumas notas estava lambendo os cantos da boca e saboreando meu esperma. Uma fantasia obscura do meu ser possuir um macho passivo ao extremo.Bem que seu cacete ficou tempo todo duro,mas como estava vestido com calcinha vermelha não vi.
Fomos tomar um banho juntos e foi muito bom senti suas mãos me ensaboando lavando meu cacete que já dava sinais de vida.
Quando Miguel se esfregava virou de frente e vi seu cacete, era pequeno, mas estava duro, nada que pudesse alterar minha tara por querer enraba-lo.
 Depois que estávamos banhados Miguel ficou parado um tempo, na minha frente esfregando sua bunda, meu cacete já fazia um arco, encostei suas mãos na parede do Box e comecei encochá-lo, ele gostava rebolava de encontro, ensaboei cabeça a do cacete e enchi seu anel de sabão, laciava com um dedo logo jê estava com dois dedos enfiados em seu cú. Coloquei uma camisinha e fui dando umas estocadinhas de leve sentindo que se abria, foi quando enfiei cabeça, ele gemeu perguntei se estava doendo.
Respondi que o prazer sobressaia da dor. Lentamente eu metia e parava esperando se acostumar, mas o putinho começou a rebolar no meu cacete,e eu comecei a foder com maior velocidade.
 Quando dei por mim meu cacete estava atochado até o talo, parecia que tinha sumido dentro de sua gruta de prazer.
Aí não tive como me segura, estocava com firmeza e seu cuzinho mordiscava meu cacete me deixando com sensações mais prazerosas. Estoquei bem uns 10 minutos.Só parava para segurar em seus quadris com mais firmeza.Logo nossas respirações ficaram  alteradas e explodimos em um orgasmos.A sensação de seu cu apertando cada vez mais meu cacete me deixou louco de tesão.Segurei em seu corpo e aquietamos alguns minutos.Acabamos nosso banho e enrolados em toalhas fomos para cama.Pequei duas cervejas e ficamos conversando sobre coisas da vida.Foi assim que soube que Miguel trabalha  estuda tem namorada no interior e faz programas com executivos que lha garante uma boa renda,mas que gosta mesmo de homens.Mas que em breve vai voltar para sua cidade e assim vai deixar esta etapa de vida de lado.
Se é que vai conseguir já que sente muito prazer em está sempre com um macho metendo em seu rabo.
Depois da segunda cerveja Miguel já começou apalpar meu cacete que teve reação imediata.
Hum... Vem meu putinho que agora te quero de franguinho assado.Ah não assim é melhor que você atocha até o talo.
Faz de mim sua potrinha fogosa.
Como contestar,impossível!
Ele ficou de quatro (4) e com camisinha no cacete fui alisando sua bunda, dava tapas ele gemia. Aí me aproximei e meti com força,não teve obstáculos fazia minutos que safado tinha recebido cacete.Eu batia em sua bunda ele gemia,ronronava,um safado completo.Sabia despertar o seu macho .Ficamos assim por um bom tempo,
Levantei sua bunda, abri bem as suas pernas. Fiz encostar sua a cabeça no travesseiro, fiquei só alisando a bunda, ele só me esperando enquanto passava mais creme no cacete.
Ainda comecei a masturba-lo quando sentiu minha mão tocar em seu cacete gemeu de prazer.
Aí não deu mais para segurar dei umas estocadas que entrou todo até o talo, Miguel soltou um gemido de ahhhhhh!
 E gosou sem tocar em seu pequeno cacete.
Ai fiquei enlouquecido de excitação. Seu cuzinho mordiscando meu cacete ,era bom demais.
Montei em sua bunda e fiquei estocando copiosamente ao ritmo de seus gemidos.
 Eu gemia ele gemia quando ele falou que iria gozar de novo aí não tive como segurar começou a socar com mais força meu bate estaca até explodir em um gozo insano e constante. Me atraquei em seus quadris para não desabar.Foi muita porra  que saiu do meu cacete.
Caramba gozei como nunca fiz igual.
Depois de alguns minutos Miguel se desculpou porque gozou no lençol sem nem se tocar, levantou foi tomar banho enquanto eu relaxava alguns minutos. Pequei a carteira separei  algumas notas deixei sobre a mesa e assim que saiu do banheiro eu entrei.demorei um pouco e quando sai o quarto estava vazio.As notas que deixei separadas tinham desaparecido.No guardanapo poucas palavras.
Obrigado por gentileza e prazer.
Sorri e pensei alguns homens acham que só por serem pagos por momentos de prazer precisa explorar, mas reconheço que em cada minuto de prazer que outro ser oferta a outro independente que seja remunerado ou não.
Existe uma luta de autoafirmação de um ser pessoa. Então encare como uma necessidade física não  como uma  falta de vergonha.


Docecomomel(hgata)
Vejam meus blogs
http//sensacoescomemocoes.blogspor.com.br
“Não confundam o autor com sua obra”
Fechando um ciclo de contos HOMO*
Imagem do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts