.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Transando Com Minha Sogra !







Este fato aconteceu mesmo.
Eu sou Jailton tenho 24 anos, tenho 174, 73 kg sou moreno, sou hetero.
Quando o ano passado eu estava de namoro certo com uma moça, já tinha Um ano (1) e cinco (5) meses que namorava sério mesmo.
Namoro para casar.
Em finais de semana íamos para motel e era muito gostoso.
Só que minha namorada Alice era uma pessoa pacata, tipo assim não era daquelas moças tipo Vamp que topava tudo na cama, ficava na maior vontade de fazer anal e ela sempre se negava, ai eu pensava quando casar com ela tentarei induzir a fazer comigo tudo que gosto.
Adoro chupar uma xoxota Alice até deixava, mas se controlava o máximo para não gozar na minha boquinha.
Ai vocês imaginem como eu me sentia em relação a esta deficiência.
O tempo foi passando e eu observava os olhares insinuosos de minha sogra uma coroa enxuta de 43 anos, tinha uma bunda que qualquer homem virava a cabeça quando ela passava pela rua.
Eu com minha paixão por sua filha nem me dava conta dos olhares de cobiça que ela lançava para mim.
Até que em um dia de sábado à tarde após o trabalho eu fui até sua casa, pois era habito de almoçar com minha namorada aos sábados.
Porém eu havia esquecido que do trabalho ela iria para o salão de beleza.
Mas só lembrei-me depois que já estava em sua casa.
Minha sogra pediu que eu entrasse e que não tinha importância que poderia almoçar lá em sua casa assim mesmo.
Dona Elza colocou meu almoço e ficou sentada a mesa conversando amenidades.
Olhava-me com olhos de mulher safada.
Tipo assim na paquera.
Depois do almoço ela me perguntou o que eu achava sobre uma sogra transar com seu próprio genro.
Eu apenas ri respondendo que não tinha nada demais, pois família unida goza unida.
Mas falei em tom hilário não sabia que uma amiga sua estava de caso com um genro.
Depois que foi esclarecido o fato, retifiquei minhas respostas.
Ah... Dona Elza se ela quer dá ao genro é problema deles.
Não tenho nada contra atitudes de ninguém.
Mas depois que ela me contou este fato eu passei a olhar minha sogra de outra forma, estava sentido desejo por ela, ia a sua casa e só bastava a ver passar de um lado para outro já ficava excitado, imaginava logo eu traçando aquele rabão gostoso.
A cada dia a situação foi ficando mais difícil comecei evitar ficar muito tempo em sua casa, para evitar problemas, mas meu desejo era intenso fiquei tarado mesmo por minha sogra.
Um dia eu fiz um MSN com nome de mulher e adicionei minha sogra, ela aceitou e depois da primeira conversa abri logo jogo. Dizendo quem eu era e porque tinha feito isto.Ela riu muito e gostou da ideia.Continuei investindo paquerando dizendo que estava tarado por ela.E eu não estava mentindo sentia intenso tesão por aquela coroa com cara de puta.Mas ela entendeu e...
Eu falei tudo mesmo que estava doido por ela, que a queria, mas tinha medo da filha dela minha namorada saber de algo e acabar comigo.
Eu gostava e gosto muito da minha namorada.
Dona Elza ria e dizia, deixa de ser bobinho, quero você como genro, mas quero mais ainda como macho você bem sabe que teu sogro só pensa em beber e não dá conta do recado.
Sou jovem Jailton tenho meus ficantes.
Em segredo, mas tenho.
Caracas fiquei doido de excitação, quer dizer que a safada da minha sogra era vadia assim, e eu como besta me acabando na punheta na intenção dela.
Ai na quinta feira passada fui fazer uns exames e tirei à tarde de folga.
Sabia que minha namorada estava na faculdade, mas mesmo assim liguei confirmando.
Fui até sua casa.
Tomei uma dose de conhaque para tomar coragem e fui até casa da minha sogra. Fui com a desculpa que iria colocar uns programas em seu PC.
Entrei sentei e assim que liguei o PC, minha sogra veio sentar bem pertinho.
Conversei poucas palavras e comecei passar mão em sua perna. Ela nem se afastou nem tirou minha mão, pelo contrario segurou e direcionou minha mão para a sua xoxota.
Estava ensopadinha de tesão.
Caramba meus dedos brincavam com seu grelinho, ela safada do jeito que gosto estava sem calcinha.
Eu dedilhava ela gemia.
Ainda falou que assim que soube que eu iria para lá, raspou a xoxota só para mim.
Ai fiquei alucinado de tesão
Ai pronto fechou a porta e me puxou para seu quarto.
Eu nem me importei de nada queria mesmo era trepar.
Gulosa me agarrou, ajoelhou-se a meus pés e pegou meu cacete, me chupava tanto que até pensei que iria engoli meu cacete, meu membro tem 18 cm, mas é bem grosso.
Depois a joguei na cama e só fiz suspender o vestido e comecei afundar meu cacete na xoxota dela.
Gemia rebolava pedia leite.
Nunca vi uma mulher tão tarada, parecia que havia tempos que não fodia.
Uma safada demais. gemia pedindo cacete,até parecia uma vadia mesma das mais safadas.
A puxei até a beirada da cama e estocava com muita força, ouvia o barulho de minhas pernas de encontro a sua pélvis. Não aquentava mais de tesão,doido para gozar.
Ela pedia goza, enche tua vadia de leite vai...
Dei mais umas estocadas fortes e gozei muito inundei a xoxota dela.
Assim que tirei meu membro com cheiro de xoxota à safada caiu de boca dizendo que adora seu gosto de xoxota, fogosa me chupava lambia, deixou-me limpinho.
Não deu outra fiquei logo duraço na mesma hora.
Ai fique acariciando ela a fiz ficar por cima de mim e cai de boca na xoxota greluda dela.
Sugava aquele grelo grande que parecia um dedo.
Ela gemia rebolava e em instantes inundou minha boca com seu mel delicioso.
Eu já chupei muita xoxota, mas nunca tinha visto tanto mel assim.
Uma delicia. Mas eu ainda queria trepar mais.
Meu cacete estava duro chegava a doer de tanto tesão.
Coloquei safada da Elza de quatro na cama. E comecei com muitos carinhos,ela se abria,receptiva ,dedilhava seu cuzinho,dava tapinhas na bunda.Sentia seu cuzinho latejando na ponta dos meus dedos.
Fiquei brincando induzindo a se abrir cada vez.
Brincava com seu grelo, encharcado de tesão.
Eu estava doido de vontade de comê-la com força e vigor. Ela mais ainda,gemia rebolava se enroscando em mim.
Coloquei uma camisinha, peguei um creme que achei na cabeceira da cama, untei seu cuzinho, dava tapinhas na bunda, safada ronronava queria mesmo ser arrombada por seu genro, no caso este que esta descrevendo louco de tesão.
Fui encostando... Lentamente... Empurrava e parava,ela gemia,rebolava, mas não saia do lugar estava tão louca quanto eu, com vontade de transar.
Depois de encostar mais uma vez forcei cabeça entrou, parei dois minutos e sempre acariciando seu grelo, relaxando deixando com mais vontade de ser fodida.
Fiz força e enterrei de vez.
Ela gemeu, segurei pela cintura abaixando seu troco e elevando mais sua bunda para ver meu cacete alojado em seu rabo.
Lindo... Lindo ver seu cuzinho latejando com meu cacete encravado.
Ai não tive como me segurar, o tesão falou mais alto.
Tirei cacete deixando só pontinha da cabeça dentro e comecei uma sucessão de estocadas que parecia um bate estaca, ela gemia rebolava eu dava tapas em sua bunda.
Ai fomos ao delírio gozei muito, e senti seu cuzinho me apertando o cacete foi muito gostoso.
Safada gozou em meus dedos.
Arfafa e rebolava na minha vara como uma vadia.
Depois ficamos atracados e fomos recuperando aos poucos a respiração ofegante.
Assim ela me disse pronto meu querido genro agora pode casar com minha filha que tenho certeza que de fome de cacete nem eu nem ela passaremos.
Estou pensando em casar em dezembro, mas para não dá na pinta vamos morar em um bairro distante da minha sogra.
Mas tenho certeza que não deixarei de lhe visitar sempre, afinal uma potranca como ela difícil um macho que gosta de sacanagem deixar de procurar.
Até hoje minha noiva ainda não me liberou o rabo, mas em compensação minha sogra faz questão que seu genro monte na sua garupa.
Como eu sei que isto é prazeroso tanto para mim como pra ela não dispenso de forma alguma.
Posso ate deixar de gozar em sua xoxota, mas comer seu rabo e encher sua garganta de leite impossível.
A safada adora que eu goze em sua boca.
E gozar mesmo tipo garganta profunda.
Adoroooooooo até parece uma bezerrinha sugando meu leite todo.
Obs.Se depender de minha tara estou casando com uma e levando duas,para me satisfazer na cama.


Docecomomel(hgata)

Este e outros contos estão no site:www.climaxcontoseroticos.com/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts