Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)

Acessos em Êxtase !

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Cuidando e dando muito ao meu vizinho !









Olá...
Bem transar é sempre gostoso.
Eleva nosso corpo e espírito às portas do paraíso.
Mas quando acontece uma pegação com alguém que você deseja há muito tempo. O prazer é muito maior.Cada minuto dura um eternidade.A luxuria o êxtase é imenso .
Ah delicia nem sei como descrever o que é prazer.
Bem meus queridos, vamos aos fatos.
O que vou relatar é uma pequena aventura que me ocorreu recentemente.
 A estória de um vizinho meu e eu.
Meu vizinho chama-se Pablo.
Olhando detalhadamente não é nem um D.Juan, mas eu o vi na piscina de sua casa e fiquei enlouquecida por ele.
Ele estava tomando banho com uma colega seu de cursinho.
E quando eu os vi transando fiquei tarada o bom moço com sua carinha de Nerd era dono de um cacete que me deixou desejosa. Com água na boca.
Eles na verdade não me viram, pois minha casa tem primeiro andar e pela fresta da janela eu os vi.
Pablo fodia sua colega com tanta intensidade que pensei que a guria ia desmaiar de tantos orgasmos.
Não sou voyeur.
Mas em um sábado de tarde sem ter o que fazer me dei ao luxo de apreciar uma boa foda ao ar livre. Bem pertinho de mim que não tive outra opção à não ser bater uma siririca.
Meus dedos trabalhavam deliciosamente acariciando meu grelinho, até o gozo final.
Prazer solitário foi muito bom, mas minha cabeça começou a esquematizar um plano de chamar meu vizinho a fazer-me uma visita.
Bem... Como ele é jovem e inteligente com certeza devera me ajudar a concertar meu novo Notebook.
Eu sou Márcia tenho 1,68 morena, coxas grossas bunda de tamanho médio e adoro rebolar. Causo um furor  por onde passo.
Olha minha xoxota é do tipo capô de fusca, quando uso alguma roupa de malha desenha mesmo.
Os homens ficam sempre com gracinhas.
Mas sigo meu caminho sem deixar de distribuir meu charme por onde passo.
Pronto no domingo era umas 10 HS eu toquei a Campânia da casa de meu vizinho Pablo ,ele com os olhos  arregalados me secava o corpo todo.
Pensei este bom moço vai ser meu hoje mesmo!
_Olá vizinho tudo bom?
-Olho vizinho eu comprei um notebook novo e não sei instalar as configurações. Será que poderia me ajudar?
Claro!
Onde está o aparelho?
-Em minha casa, vou buscar,
_Não! Pode deixar eu vou a sua casa mesmo, estou só meus pais viajaram este fds.
_Assim que ajeitar algo para comer vou a sua casa.
_Ah!
-Porque não vem almoçar comigo?
Tenho uma lasanha  pronta e enquanto tomamos um vinho pode configurar meu notebook, e unimos o útil ao agradável.
Que acha?
-Claro, E seu namorado?
-Estou solteira meu querido! Meu noivo está viajando então estou solteira!
-Ah então somos dois solitários.
-Pensei, mas que safado transou tanto com a namorada dia anterior.
Ainda se deu ao luxo de leva-la para casa em altas horas. Vi quando saíram agarradinhos em sua motocicleta.
Entre beijos apaixonados.
-Mas fazer o que?
  Maioria dos homens quando veem outra mulher visualiza um flerte em potencial.
-Assim fui para casa e em menos de 30 minutos Pablo já estava batendo a minha porta.
Estava com uma camisa polo listrada e uma bermuda jeans, com óculos de sol e os cabelos ligeiramente úmidos.
-Assim que abri a porta, pediu desculpas pela demora.
-Aff... Nem foi meia hora e já achou que demorou.
Hum  já sei que os hormônios do jovem rapaz estão em alta.
Ah delicia.
Servi duas taças de vinho e coloquei meu notebook novo em uma mesa de centro próximo ao sofá. Pablo ligou o aparelho e com olhos vidrados em meu decote sorveu de um gole de vinho.Sentia seus olhos penetrantes adentrar meu decote.
_Hum sem querer olhei em direção a sua virilha, que já denotava uma leve ereção.
_Pensei só vou esperar ele configurar o notebook e me insinuo a ele.
Pois minha intenção real é esta dá e receber prazer.
-Conversei alguns minutos com Pablo e fui em direção à cozinha.
-Falando já volto querido já vou aquecer o forno.
-Hum... Adoro lasanha.
-Eu também!
Quando retornei em Dez (10) minutos o meu notebook já estava configurado e Pablo com um sorriso nos lábios disse.
Pronta querida já está prontinho seu notebook.
_Eu surpresa já?
_Sim... Quanto custa seu serviço?
_Ele com cara de safado foi logo dizendo, bem apenas um beijo e já estará pago o serviço.
_Um beijo?
 Sim.
-Pensei que mal tem em dá um beijo.
-Aproximei-me e fui com os lábios em direção a seu rosto, mas fui pega de surpresa, Pablo segurou-me pela cintura e começou a me beijar com volúpia e paixão.
_Não um beijo forçado, usando à força bruta, mas um beijo suave, que era desejado e esperado por mim.
Sua língua entrava em minha boca fazendo a dança mágica da sensualidade do beijo.
-Nossos lábios se encaixavam em total sintonia.
-Estávamos a sós na casa...
Pablo sabia disto e já foi tirando minha blusa, abocanhando meus seios um a um. Sua boca macia e úmida me tirava suspiros de prazer.
 Aí não tinha mais nada a fazer. Quando ele falou:
Vamos para seu quarto?
Eu respondi baixinho, já que não temos compromisso com ninguém!
E nada que nos impeça vamos...
 Daí subimos pra o  meu quarto íamos nos agarrando tirando nossas roupas que iam sendo deixadas pelo caminho.
Pablo um expert com sua juventude me provocava.
Chegamos à cama aí nos deitamos...
Pablo veio por cima com seus lábios sedentos percorria cada canto do meu corpo. Explorava,mordiscando ,apalpando beijando onde poderia ser beijada e sugando onde poderia lhe proporcionar maior intensidade de prazer.
Pablo abriu minhas pernas e chupava minha xoxota que me deixava enlouquecida.
Seus lábios sugavam meu grelinho, sentia o estalar de seus lábios sugando do meu mel. A intensidade do orgasmo me deixou mole.
Depois com um sorriso Pablo pediu-me que fechasse meus olhos por alguns instantes.
Fechei meus olhos e sentia seu hálito bem próximo.
*Pronto querida pode abrir os olhos.
Foi aí quando eu abri meus olhos dei de cara com Pablo vestido com a cueca.
Avistava seu mastro atravessado rígido que parecia um porrete, notava uma umidade na direção da cabeça do porrete.
Apenas perguntei por que se vestiu.
Pablo sorrindo, falou quero que você me seduza minha safada, faça comigo da mesma forma que fiz com você.
Foi aí que Pablo deitou-se.
Invertemos os papeis eu comecei e beijar seu rosto descendo pelos lábios, pelo pescoço, minha boca descia em direção ao tórax.
Frágil, liso de um jovem que sabia despertar a libido de uma mulher.
Pablo virou a posição de seu corpo e começou me chupar... Nossa eu fiquei me  contorcendo.
 Eu nem sabia que ele ia fazer de novo assim. Que foda, aquilo era demais. ...
- Aí nós fizemos uns (69) gostoso.
- Eu estava gostando muito daí eu fiquei só gemendo sentindo sua língua me proporcionando prazer.
-Meus lábios percorria todo seu cacete.
_Pablo adorava gemia dizia palavras que me incitavam a liberar meu lado profano.
 _Que delicia minha vizinha safada, gostosa do Caralho vai chupa teu Pablo, vai tesuda.
_Ah... Sim minha delicia engole meu cacete todo gostosa... Safada.
_Ah. Delicia goza na boquinha de Pablo goza.
_Anda minha putinha safada.
_Eu fiquei calada me controlando... Ele adorou quando sentiu um novo orgasmo , eu me contorcia de prazer.
Minha respiração ofegante.
Fez com que Pablo se controlasse um pouco, depois de passado uns 5 minutos, ele só chupando.
Foi quando ele me perguntou se eu queria cavalgar em seu cacete.
_Claro meu querido.
-Assim Pablo ficou deitado e eu sentei me escanchando encaixando em seu cacete.
Nossa eu quase fui à loucura, cacete dele era longo cabeçudo.
Sentei e fiquei em um ritmo cadenciado subindo e descendo.
Ate sentir seus pelos ralos roçarem na minha bunda.
Pablo me segurava, ora forçando pra baixo e pra cima, mamava meus seios.
Estávamos alucinados de tesão.
 Nossa eu quase ia à loucura de tanto prazer...
Depois Pablo começou gemer alto feito um louco.
E falava: Aí que xoxota gulosa que você tem!
Senta no cacete de teu Pablo senta, rebola minha vizinha safada, gostosa.
Ai delicia vou te encher de leite safada, puta.
Gostosa. Aí não deu outra senti seu cacete inchar e explodir enchendo camisinha de leite.
Quanto mais ele gozava mais eu rebolava sentindo todo cacete me preenchendo com vigor.
Pablo continuava mamando meus seios.
A intensidade do prazer foi tanta que eu gozei novamente.
Ficamos abraçados, entre caricias até sermos despertados pelo toque do meu celular.
Pablo ouvindo a minha conversa apenas respirou fundo.
Bem... Já que seu noivo vem chegando preciso ir para casa.
_Ah Pablo não se zangue ele chega hoje e amanha cedo viaja novamente.
Afinal somos vizinhos e teremos todo tempo sempre.
_Pablo assentiu com a cabeça e com sorriso disse.
Claro você um vulcão de mulher...
Não é para um macho só.
Mas quando seu noivo não estiver por aqui sempre estarei.
Entendeu minha gostosa.
Ainda temos que terminar nossa farra.
Sua bunda é bem gostosa e vou querer sentir meu cacete atochado nela... Viu?
Claro amor... Sabe que Diogo meu noivo não gosta de sexo anal?
Azar dele não sabe o que ta perdendo e pelo que provei de você quanto mais te dá mais você quer!
Claro amor amanhã mesmo quero você aqui.
Meu querido e safado vizinho.


Docecomomel(hgata)
"Não confundam o autor com sua obra
Vejam meus blogs
Estou No:www.feirabook.com
http://Noisdafeira.blogspot.com
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com/
http://desejosdeinsanos.blogspot.com/
http://sedentosdesexo.blogspot.com/
Imagens do google

3 comentários:

  1. Lindo e maravilhoso conto menina.
    Uma foto de dar agua na boca, parabens mais uma vez, bjs

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso conto menina,que tesao gostoso.
    A foto maravilhosa tbm de dar agua na boca elevar nossa imaginaçao ao delirio.Bjsssssss

    ResponderExcluir
  3. Olá, seu blog é ótimo, parabéns! Lhe convido para colocar seu anúncio no site www.quetesao.com, 100% direcionado ao público adulto e totalmente grátis! Já temos milhares de anúncios. www.QueTESAO.com

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts