Acessos em Êxtase !

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Aventuras de Um Casado Fogoso I






Olá eu sou Alessandro tenho 45 anos sou casado, vivo bem com minha esposa.
Já temos 18 anos de casado me considero um cara feliz, mas sinto falta de sexo por este motivo preciso sair com outras mulheres.
E sem querer magoa-la dou meus pulos sem dá bandeira, não quero magoar a pessoa que amo.
Eu a amo e respeito demais, Elza foi minha primeira namorada e mulher, foi com ela que comecei minha vida sexual.
Ambos sem experiência.
Mas existe um, porém, esta vontade louca alucinada de possuir outras mulheres.
Sempre sinto necessidade de ter outras, apenas relação extraconjugal sem envolvimento emocional.
Digo extra porque é muita transa mesmo.
Adoro uma xoxota e não dispenso de forma alguma bons momentos nos braços de uma mulher. Assim vou relatar a primeira vez que sai com Fabiana uma morena linda que conheci, e é claro se tornou minha amante cativa.
Fogosa demais.
Há exatamente um ano conheci uma mulher com idade relativa à minha.
Fabiana tem 39 anos é divorciada, tem apenas um filho, mas vive sozinha.
Eu entrei em um bar-lanchonete em um dia de sexta-feira para tomar uma cerveja.
Quando a vi fiquei encantado.
Morenos olhos pretos cabelos cacheados e com os quadris bem avantajados com seios de tamanhos médios.
Fiquei com maior excitação, ela estava no balcão da lanchonete tomando um suco.
Eu por educação ofereci um copo de cerveja, coisa que não aceitou dizendo que só tomava vinho.
-Lamentei, pois ali não tinha aquele tipo de bebida.
Mas como bom samaritano, falei ah que pena se pudesse levaria você a bar mais chique só assim poderíamos conversar e você degustaria seu vinho.Assim ela com um sorriso me respondeu:
-Ah quem sabe qualquer dia!
-Uma pena mesmo... Você é solteira?
-Sou divorciada e você?
-Sou casado, mas não sou capado tenho minhas necessidades físicas, você entende?
-Claro que entendo.
-Quem sou eu para julgar o gosto e prazer alheio!
-Fabiana deu um largo sorriso, fiquei igual a um menino novo cheio de excitação a queria naquele momento.
Mas é preciso cautela para não afugentar a presa.
Foi assim que a convidei a sair comigo no sábado.
-Você gostaria de sair comigo amanha a noite Fabiana, poderíamos conversar um pouco enquanto tomamos um bom vinho!
-Se não tiver compromisso é claro uma mulher tão bonita como você deve ter muitos admiradores.
-Ah engano seu: Eu na verdade tenho um ficante, mas mora em outra cidade e nosso relacionamento é aberto.
Ele bem sabe que não pode ficar comigo, pois é casado é apenas uma curtição.
-Hum... Entendo o mesmo ocorre comigo saio com outras mulheres, para distrair, dançar conversar e se rolar uma boa quimica para fechar a noite.
- Melhor ainda.
-Você entende não é?
Claro que ela entendeu e:
Assim no outro dia já saí com Fabiana.
E logo fomos para um motel, a mulher logo na primeira vez que a comi pensei que fosse uma tarada.
Tem um clitóris um pouco avantajado e quando fricciono fica quase do tamanho de um dedo durinho, adorei chupar aquela chupetinha de carne macia e suculenta. , ela gemia escandalosamente alto.Gozou muito na minha boquinha que sugou seu melzinho todo.Parecia uma cachoeira expelido seu gozo intenso.Safada demais.
E quando começa a ser fodida fica alucinada quer de todo jeito. Não dá folga mesmo.
Do jeito que gosto, mulher safada é bom demais sem falso puritanismo.
Ate parece uma ninfomaníaca.
Adoro brincar com seu grelinho, ela fica doida cheia de excitação.
Fica gemendo muito pedindo, implorando que a penetre gostoso.
Implora por cacete na xoxota aos urros, mete logo amor este cacete na tua puta vai amor.
-Fode muito gostoso com tua safada.
Pede que a deixe ficar por cima.
Parece uma amazonas cavalgando com cacete atochado na xoxota gulosa.
 Meto meu cacete todo ate penso que os culhões vão entrar.
Depois de Fabiana cavalgar muito no meu cacete a coloco de quatro na beirada da cama e em pé meto muito até ela gozar.
Solta um gemido tão alto que é preciso que tampe sua boca, até parece uma urro de um animal ferido.
Que mulher tarada, eu penso e muito safada mesmo, nem bem gozou já quer mais cacete.
Não dá descanso mesmo.
Pede que eu a coma sem dó nem piedade, só que agora quero que ela me de seu cuzinho.
Sinto seu anel piscando de desejo.
-Assim eu tiro o cacete da xoxota troco a camisinha e lubrifico bem meu cacete.
Fabiana implora que a faça gozar mais.
Eu fico apalpando a bunda dela encostando o cacete no anelzinho, deixando com mais vontade ainda
_Vai amor não aguento mais de vontade de ter teu cacete encravado na minha xoxota...
Vai amor mete gotoso... Vai meu tesudo.
Aiii que delicia  de macho.
Depois que ela se virou e pediu pra comer o rabinho dela.
Logo lentamente vou metendo cabeçorra do porrete até ela gemer muito alto.
Sinto que estou dilacerando suas pregas,realmente a cabeça do meu cacete é bem larga mesmo.
-Fico parado esperando-a se habituar a rigidez do meu membro sendo enfiado todo em seu rabo...
Ela começa rebolar gemendo pedindo mais ai já sabem ...Quem aquenta?
Até parece que meu cacete fica mais duro ainda  todo atochado, Aí eu acabo de enfiar meu cacete de vez.
Enfio todo cacete mesmo sem deixar nada de fora e ela ainda pede mais.
 -Mulher sacana.
 Sinto meu cacete sendo mordicado por seu rabinho.
Aí eu seguro na cintura dela e com velocidade vou dando estocadas ritmadas. Até explodi em um gozo.
A safada parece que tem fogo no rabo, geme grita urra de prazer depois começa rebolar com um ritmo.
 Acelerado, eu adorando vê-la na minha frente completamente alucinada de tesão.
Com meu cacete atochado até o talo, depois de alguns minutos sua respiração fica ofegante, sinto seu grelinho tremulando de tesão enfim o clímax total.
Ah que delicia sentir meu cacete sendo mordiscado pelo rabo fogoso de Fabiana.
Isto me dá uma excitação fora do normal e gozo com intensidade descomunal.
Fico alguns instantes em êxtase e continuo abraçado a sua cintura ate o cacete sair.
Um guerreiro vencido pelo prazer e êxtase.
Como disse antes sou um coroa e ter uma safada para satisfazer o desejo e trepar muito é uma coisa maravilhosa.
Depois eu conto como foi que transei com ela no corredor do prédio que moro.
Uma aventura e tanto minhas pernas quase me levam ao chão de tanto foder a safada em pé encostado no corredor.


Docecomomel(hgata)
“Não confundam o autor com sua obra”
Ficção Sexual*
http://desejosdeinsanos.blogspot.com.br/
http://noisdafeira.blogspot.com.br/

Um comentário:

  1. Amei!

    Lindo blog e ótimo post!

    Visita o meu, é novo... tá em fase de construção ainda hehehe.

    http://natyeeumavidadepaixao.blogspot.com.br/

    Bjs

    Natye*

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)