Acessos em Êxtase !

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Aventura de um garoto de programa"






‘Este relato aconteceu na semana passada.
Era um dia de quarta feira. Foi um depois que coloquei o numero do meu celular no Chat  de um site de relacionamento.Como relatei anteriormente faço programas.
Mas até este dia só tinha saído com mulheres. Mas depois que coloquei celular no MSN me apareceu vários homossexuais  e as propostas foram surgindo aos borbotões.Sempre  recusava pois tenho tesão mesmo por uma xaninha  gulosa prontinha pra receber meu cacete.Adoro quando estou fodendo e a mulher geme alto,sinto maior tesão.Quanto mais alto ela geme ,mas meto cacete ate explodir em um gozo insano.Adoro .
Mas voltando ao assunto:
Depois de passados alguns dias, recebi uma ligação, era um homem, me passou seu perfil e pediu que analisasse que seu eu topasse sair com ele retornasse a ligação.
Caramba o cara se dizia casado, mas me confidenciou que depois que viu o conto “Traindo com garoto de programa” decidiu que iria de qualquer forma pagar para que um cara pudesse comer ele.
Neste caso o escolhido por ele foi eu!
No dia seguinte meu celular tocou algumas vezes, demorei a atender, não queria sair com qualquer uma. Depois que visualizei o numero :
Depois de algum tempo retornei a ligação.
Bem era Renato, perguntando o que havia resolvido, pois estava muito afim de mim, não queria qualquer garoto ele escolheu a mim.
Achou-me muito simpático e educado e já que ia dá o rabo que fosse para um cara com um cacete de bom tamanho. Que já tinha entrado em contato com outros, mas viu que eram só curiosos,  que queriam ser passivos e outros se gabando de serem o tal.Mas na verdade ele queria ser uma putinha tinha esta fantasia.Como no conto a escritora descreveu meu cacete de 23 cm ele disse que ficou excitado só de pensar em receber um cacete deste tamanho.
Bem na verdade se medir certinho é bem mais que 23 cm, mas isto não vem ao caso agora.
Decidi-me e na sexta feira passada liguei dizendo tudo certinho como é que eu queria nada de efeminados nem de beijos na boca.
-Ele concordou e queria saber quanto eu cobraria?
E onde poderia ser o encontro. Disse que acertaria pessoalmente.
Foi assim que me deu seus detalhes.
Dizendo ele que era: negro, 1,66 com 72 Kg 39 anos e corpo super em dia, e sempre foi ativo, mas que tinha um fetiche, ainda com um detalhe, queria saber se eu era tarado, bem tarado.
Aí expliquei se gozava varias vezes seguidas, pois ele queria receber cacete e ainda tomar leitinho.
_Bem respondi que dependeria dele se aguentasse com certeza sairia sem pregas.
_Ele riu e disse que era assim mesmo a sua fantasia.
-Quanto ao valor depende do motel que ele escolhesse, digamos 200 reais mais o motel.
-Ele respondeu que estaria bem assim, mas que eu poderia ir até sua casa, pois sua família estava viajando.
Assim teríamos espaço e tempo à vontade.
Bem anotei o endereço e fui até o condomínio, muito elegante.
Assim que fui anunciado entrei e surpreso cumprimentei aquele coroa bem vestido com porte másculo.
Como sabem sou um cara moreno tem 1,83 com 83 kg e tenho um cacete de 23 cm, com cabeçorra vermelha com espessura bem desenvolvida.
Um verdadeiro pé de sofá.
Assim que entrei me ofereceu um uísque, que aceitei, para ver se quebrava o clima.
Ele foi muito direto e quando trouxe meu copo se aproximou e começou alisar meu cacete e foi logo exclamando.
Nossa... Que maravilha, ainda bem que a propaganda não é enganosa!
Ri e disse não é assim que você queria?
Claro que é o que eu queria!
Sempre tive esta fantasia de ter um cara me enrabando com cacete tipo GG, bem grosso e grande.
Que pudesse me sentir a putinha mais safada da terra.
Bem não sou de ferro, mas só de pensar que iria inaugurar um “Cú” meu cacete começou se avolumar dentro da calça.
Perguntei se não seria melhor irmos para o quarto?
Ele topou só falou que não iria para o quarto dele e da esposa.
Mas tinha outros quartos na casa e vazios.
Assim que entramos comecei tirando minha roupa pausadamente e sentia seus olhos vidrados observando meus movimentos.
Logo estava eu de cueca boxer branca e meias no meio do quarto, mas estava excitado, fiz um sinal a ele e:
Venha tirar o restante!
Venha meu putinho.
Veio de mansinho e logo estava ajoelhado a meus pés.
Acariciava o meu cacete com delicadeza e assim abaixou minha cueca até os pés.
Fiz um movimento e joguei de lado.
_Nossa que enorme parece uma tromba de elefante.
-Falou ele surpreso.
-È sua tome chupe... Para você sentir como está faminto.
Renato abriu a boca e começou a me chupar, caramba nunca tinha visto tanta vontade assim de provar de um cacete.
Claro que estava uma delicia, me chupava que a saliva escorria pelo seu queixo misturado a minha babinha.
Todos sabem o pré-gozo era abundante.
Eu estava gostando é claro
No inicio fiquei um pouco nervoso por ser a primeira vez que fazia isso de sair com um homem. Mas depois coloquei na cabeça que o importante seria o prazer.
Aff .. .Ainda mais além de ganhar uma grana extra.
Fui levando a mão em direção a seu cacete, ele começa a gemer eu tentava acariciar, Renato apertava minha bunda, sem tirar meu cacete da boca. Ia estocando com movimentos compassados segurando sua cabeça com jeito para não gozar logo.
Depois de um tempo vejo que está excitado.
Acelero meus movimentos, meu cacete cada vez mais rígido.
Sinto sua ânsia de prazer.
Anuncio que estou quase a gozar.
Ele implora que goze em sua boca.
Fui fazendo movimentos compassados, com carinho nunca tinha acontecido algo assim tão gostoso. Empurrei meu membro goela abaixo até sentir que estava com cacete todo dentro da garganta e explodi em um gozo.
Renato segurava meu cacete e sorvia do meu leite com muita vontade.
Eu nem pensei, mais nada, a não ser em despejar meu esperma todo dentro de sua garganta.
Uma delicia ele saboreava com muito gosto.
Depois se levantou foi até a suíte e voltou rapidamente com um pote de creme.
Já senti o tesão a mil.
Bom fui acariciando, masturbando e tirei a tampa do pote do creme e untei seu rabo.
Alisava sua bunda dando alguns tapinhas.
Ele gemia de quatro a minha frente. Com a voz rouca que tivesse cuidado, pois era a primeira vez.
Mas queria que eu atolasse até o talo queria sentir-se possuído.
Era sua fantasia rebolar em um cacete de um bom dotado.
É claro que eu não negaria fogo e iria deixa-lo saciado satisfeito e assado.
Depois de untar seu rabo passando bastante creme. Fiquei  só encostando o cacete na portinha,vendo seu desejo de ser comido com vontade aflorar.
Renato rebolava parecia uma putinha gemendo pedindo cacete.
Sai de trás dele e fiquei em pé a sua frente Renato olhava meu cacete com olhos de cobiça e começou a chupar novamente.
Olha que era bom de boca... Viu.
Depois que estava com cacete bem rígido coloquei uma camisinha e comecei e encostar de leve.
 Pedia que relaxasse um pouco fui empurrando cm a cm. Sentia suas pregas se abrindo,aí estoquei com vontade até cabeça passar.
Renato deu um gemido alto parei alguns minutos para que se acostumasse com meu porrete atochado em seu rabo.
Ele falou que ardia um pouco, mas está gostoso demais.
Ah que delicia não sabia que era tão gostoso assim.
Fui lentamente estocando com ritmos cadenciados até entrar todo cacete, aí comecei com ritmo frenético segurando em sua cintura. Empurrava com vontade.
Renato parecia possuído gemia, urrava, pedia mais com muito mais força, queria sentir-se rasgado dividido.
Ah delicia mete gostoso...
Aí que bom...
Aí estou gozando mete meu macho tesudo.
Rasga minhas pregas que gostoso.  A... Meu gostoso!
Com um misto de prazer comecei a meter com muita vontade via que ele estava doido para gozar, sem nenhum constrangimento.
O ergui encostei-me a um móvel com cacete atochado no seu rabo comecei a notar sua vontade de gozar... .
Foi ao êxtase do seu prazer quando comecei a masturbar Renato parecia uma vadia gemendo no meu cacete. Não demorou explodiu e gozou.
Senti sua respiração ofegante.
Apanhei um pano e limpei minha mão e fui com tudo metendo segurando em sua cintura para que não escapasse das minhas investidas até explodir em seu rabo.
Meu cacete parecia um vulcão despejando uma larva quente em uma gruta apertada e muito gostosa.
Ele sentiu meu gozo e percebeu que eu queria mais.
Ficamos uns minutos relaxados e fomos tomar um banho.
Renato me ensaboava ofertando carinho.
Fomos para o quarto novamente e já estava de cacete duro.
Renato me indicou uma poltrona que sentei e muito confortavelmente fiquei com cacete em riste.
Renato se aproximou colocando uma camisinha em meu mastro e veio subindo. Parecia que ia escalar em meu corpo.
Ele tentou vim de frente, mas não entrava não conseguir depois eu pedi para ele sentar e Renato veio sentando em meu cacete, assim eu controlava os movimentos. Ainda bem que estava bem lubrificado.Pois sentou de vez.
A assim que a cabeça passou ele deu um gemido, pois meu cacete era muito grande e grosso.
Deu pra sentir suas pregas se abrindo uma por uma.
 Assim cabeçorra passou, ele sentiu um pouco de ardor, mas depois disso era só prazer.
Ele queria cacete eu claro queria dá.
Ele se inclina totalmente sobre meu corpo, gemendo pedindo querendo ser fodido.
Eu é claro adorando enrabar, pois quando se é o primeiro é tudo mais gostoso é tudo novidade.
-Ah Renato que bandinha gostosa a sua, apertadinha.
 Não sabia que ia ser tão gostoso assim te fugir cara.
Vou querer sempre vai... Rebola no cacete de teu macho, assim... Pula gostoso...
Vou meter muito em você...
Meu gostoso!
Não demorou mais que 5 minutos eu afundando muito logo ele gozou.
Seu “cú” apertava meu cacete mordiscando muito, dei uns minutos sentindo as sensações de seu gozo.
Esperei sua respiração acalmar e segurando-o atracado mesmo, não tirei meu cacete de seu rabo, levei até os pés da cama.
Coloquei-o de quatro eu em pé.
_Exclamei!
Agora é minha vez, minha putinha, safada, viu se segura que teu macho vai te encher de porra.
Ah... Delicia vem meu macho gostoso!
É tudo que quero um macho igual a ti pra me satisfazer com minhas fantasias.
Caralho que delicia.
Comecei afundar com vontade metia com força mesmo quanto mais eu estocava mais Renato gemia parecia que estava possuído pelo êxtase.
Tirava quase cacete todo deixando só cabeça dentro e voltava a meter de vez.
Assim... Não demorei muito explodi com um orgasmo intenso e demorado.
Esta foi minha primeira vez como garoto de programa, com um homem, mas foi legal demais.
Renato não era efeminado e com muito respeito nos divertimos bastante.
Depois deste dia vez ou outra ele me liga e sempre vamos a um motel.
Por eu guardar sigilo e deixar satisfeito com suas fantasias, Renato é mais que um caso é um amigo com quem posso contar sempre.
E quer sair sempre, afirma dizendo que valeu a pena realização de sua fantasia.
E por ser um cara de boa cabeça de respeito, está tentando fazer com que sua esposa contrate meus serviços...
Bem se isto acontecer acredita que terei maior prazer de deixa-la saciada e feliz.
Já vi sua foto e sei que é um piteuzinho.
Mas tem uma coisa será um de cada vez para não pintar ciúmes.
Não quero inimizade entre o casal.
Mesmo com suas fantasias se amam.
Renato é um cara de sorte e eu?
Também tenho minhas clientes e estou economizando para me estabelecer na vida, mas enquanto isto vai levando prazer e satisfazendo as fantasias dos outros.
 E é claro gozando muito.

Docecomomel(hgata)
Vejam meus blogs
"Não confundam o autor com sua obra"

Imagem do web picassa

Um comentário:

  1. Oi amiga, cada vez mais inspirada nesta dificil arte de criar situações e emoções.
    Meu abraço de paz e luz.

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)