.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

terça-feira, 13 de março de 2012

Transando com meu professor de biologia






Transando com meu professor de biologia... Foram apenas momentos de prazer intenso mas eu queria mesmo no inicio era passar de ano...E conseguir...
Oi, me chamo Marina, e vou contar hoje o que me ocorreu quando eu tinha 18 anos, hoje tenho 23 aninhos, sou morena tipo falsa magra, com seios medianos e um bumbum durinho que deixam os homens babando quando eu passo 1,69 m, meus quadris chamam atenção, mas o que sempre chamou atenção dos homens é meu rebolado, adoro rebolar e provoco mesmo em algumas situações.
Também tenho um farto par de coxas, adoro usar shorts deixando minhas pernas descobertas.
Meus cabelos são cor de mel, aos dezesseis anos perdi a virgindade com um namoradinho. E depois disso todo namorado que tenho eu transo ,sem o mínimo de culpa afinal sinto necessidade de sexo.
Pois bem o que vou relatar aqui foi quando eu estudava e devido a gostar de conversar muito, não era uma aluna muito aplicada, estava no ultimo ano do segundo grau.
Era inicio de dezembro as férias estavam próximas e por azar eu tinha tirado uma nota baixa em biologia,o professor meio severo não queria passar um trabalho para complementar a nota.
Poxa estava danada mesmo afinal teria que fazer recuperação em plenos dias que antecedem as festas natalinas.
Conversando com uma colega de outra sala falei, caramba se o professor me desse este ponto que está faltando ate transaria com ele numa boa, mesmo que não o achava muito atraente.
Minha colega Rita riu muito e disse você teria coragem?
Claro afinal eu dou a meus namoradinhos de graça porque não em troca de um ponto para eu passar de ano?
Rita minha colega viu que eu falava sério e disse olha vou falar com ele, está bom?
Claro pode acertar se ele topar diga que garanto segredo afinal ele é professor e isto pode ser prejudicial no colégio se souberem.
Quanto a mim sou maior de idade, a xoxota é minha e dou a quem quiser. rsrsr
Naquele mesmo dia na aula de biologia o professor se aproximou e falou comigo, Marina sobre o trabalho que você se comprometeu a fazer, estou de pleno acordo. Você só precisa cumprir que já esta liberada da nota.
Olhei fixamente em seus olhos, dizendo certo professor, você é quem marca quando posso te passar o trabalho, esta bom assim?
Claro... Bem veremos...Pode ser hoje mesmo ,tenho aulas no turno da tarde e as 17.30 estou liberado,me passe seu celular.
Anotei meu celular e falei que esperava contato, assim poderia passar o que havíamos combinado. Assim acabou a aula e sob o caderno fiquei observando meu professor e pude notar que era um belo exemplar de macho,coisa que eu nunca tinha parado para observar.
Menos mal já senti um pouco de excitação pensando como seria na cama afinal ele tem uns 36 ano deve ser bem experiente.
Hum... Delicia um macho de verdade, porque alguns garotos que transei, nem bem começam a meter já gozam logo.
Aí já sabe frustração total.
Minha mãe estava no interior na casa de meus avós então não teria que me preocupar com explicações , porque iria sair ainda mais com o meu professor que fez questão de vir me buscar na minha casa.
Assim que o professor Gustavo buzinou em frente à minha casa eu sai apressadamente, entrando no carro saindo sem rumo certo.
Olhei em seus olhos e vi um brilho de desejo em seu olhar,eu não estava chic mas havia caprichado no visual ,estava com vestido preto básico e com uma calcinha meia devassa atochada no rego da bunda.
Nossa, eu fiquei molhadinha só de imaginar o que iria fazer com professor.
Gustavo estava com um perfume gostoso e másculo.
Ele me disse que não iríamos para motel , mas sim pra seu apartamento já que mora com um primo que estava viajando teríamos o espaço todo só pra nós.
Assim que entramos no edifício Gustavo me abraçou e subimos o elevador como dois enamorados.
Encostado a minha bunda sentia que estava com cacete rígido , nossa que delicia.
Entramos em seu apartamento e vi que era com decoração simples, mas de bom gosto.
Entramos e nem bem ultrapassamos a porta o meu professor me agarrou e...
Gustavo começou a beijar-me.
Ali mesmo na sala tirou meu vestido e começou acariciar os meus seios, mordiscando-os e sugando com intenso prazer.
Fomos para o sofá íamos tirando nossas roupas peça por peça.Um prazer a cada momento.
Quando tirei a cueca pude ver um cacete enorme com cabeçorra grande que parecia uma bola de sinuca colada na ponta do cacete.
Caramba engoli em seco de ver um belo de um porrete.
Poxa, estava molhadinha,quando Gustavo ficou ajoelhado em meus pés senti ficar encharcada de tesão ,ele caiu de boca na minha xoxota chupava o meu grelinho durinho.
Com intenso prazer, eu quase gritava de tanto tesão.
Colocou seu membro perto de meu rosto e rapidamente eu abocanhei deliciosamente.
– Há um bom tempo que eu não tenho uma transa completa,afinal meus namoradinhos com pouco dinheiro acontecia mesmo de foder rapidamente em carros ou encostado em algum muro. Coisas de jovens estudantes dependentes de mesada dos pais.
Minha vontade de fazer um sexo completo com tudo que tinha direito estava sendo realizado agora neste momento.
Meu professor de biologia um expert em dá prazer a uma mulher estava deixando-me doida de tesão.
Depois de me chupar bem gostoso e me fazer gozar em sua boca,lhe pedi que viesse meter gostoso na minha xoxota.
Vem Gustavo quero sentir essa cacete gostoso dentro de mim, quero ser comida por você, bem gostoso .
Gustavo sentou no sofá me colocando no seu colo, sentindo seu cacete me rasgando,eu alucinada de tesão comecei cavalgar.Ia pra frente e pra trás sentindo o majestoso cacete todinho dentro de mim.
Uma gostosura!
O cacete penetrava a xoxota profundamente.
A cada movimento de vai-e-vem era um delírio total.
Ficamos assim por um bom tempo.
Mudamos de posição.
Fiquei de quatro (4) Gustavo se aproximou e lentamente começou a introduzi seu cacete latejante na minha xaninha intumescida e quente.
Gustavo segurando na minha cintura me puxava de encontro a seu cacete que entrava todo deixando só as bolas de fora.
Uma delicia trepamos um tempão assim até eu começar a gozar bem gostoso enquanto Gustavo gozava muito ,eu sentia seus jatos de esperma invadindo o interior de meu corpo.Parecia um garanhão atracado a uma fêmea no cio.
Foi um tesão alucinado.
O prazer misturado ao êxtase dava leveza aos nossos corpos suados extasiados de tesão.
Muita adrenalina.
Foi algo sensacional.
Fomos ao banheiro, entre brincadeiras e risos recomeçamos um novo round.
Onde não haveria nem ganhadores nem perdedores apenas duas pessoas em uma busca constante ao limite do prazer.
Assim continuamos nos encontrando sempre e nossos encontros sempre eram uma mistura de prazer com muita adrenalina e tesão.

Docecomomel (hgata)
“Não confundam o autor com sua obra’
Vejam meus blogs
Imagem do google
http://Noisdafeira.blogspot.com
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com/
http://desejosdeinsanos.blogspot.com/
http://sedentosdesexo.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts