Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)

Acessos em Êxtase !

segunda-feira, 26 de março de 2012

Fruto de Uma Traição !







Olá vim relatar quando eu estava preparando-me para casar com meu atual marido e assim do nada recebi um telefonema do meu ex-noivo.
O Marcos com quem fiquei muito tempo.
Acabamos a relação, pois ele era muito galinha, estava cansada de suas fugas em finais de semana, que resultavam sempre com discussões e chateações.
Também o cara parecia que era magnetizado.
Montes de mulheres atrás dele, também com um cacete de 22 cm até os gays não o deixavam em paz.
Muito safado!
Não foi nem uma nem duas vezes que em festas saia dizendo que ia ao banheiro ou ao bar, demorava horas depois eu ficava sabendo que estava transando com alguma mulher casada no carro ou em qualquer lugar escuro.
Um tarado irreparável, mas gostoso e safado que só de pensar das inúmeras vezes que tivemos relações e sempre obtinha orgasmos múltiplos.

Coisa que com meu atual noivo é uma raridade.

Mas preciso me conscientizar que a segurança, amizade respeito e carinho complementam a
União do casal.
Nós deixando felizes

Depois do telefonema do Marcos perdi a noção do certo e errado aceitei o convite dele para sair na sexta feira, bem falta ainda uma semana para o casamento.

Se eu me senti balançada com o telefonema é certo que ainda tenho um pouco de amor e carinho pelo meu *ex-namorido.

Literalmente me sentia excitada só de pensar em tê-lo em meus braços.

Eu nem comentei nada a meu noivo que sairia na sexta feira, me reservei o direito de omitir afinal ele está viajando deixei falar pessoalmente no domingo quando ele retornasse da viagem de negócios.

Assim que Marcos veio até minha casa me buscar só bastou está perto dele eu já fiquei excitada.

Ele muito safado veio me dá um beijo e um leve toque de mãos roçou em meus seios.

Foi como se tivesse recebido uma descarga elétrica,fiquei excitada, meus seios ficaram com os bicos eriçados Marcos muito safado foi logo dizendo:

_Hum... Que delicia estes mamilos com os biquinhos eriçados é um convite a meus lábios!

-Ah Marcos deixa de me zoar!

Zoar Marcella?

Eu quero é te amar e fazer com que desista de casar com aquele Zé Mané que é pouco homem pra você, e olha que sei o que estou dizendo.

-Olha é melhor parar com esta conversa você bem sabe que não damos certo.

-Não damos certo Marcella!

-Bem não era assim que eu achava quando você se extasiava em meus braços com seus orgasmos múltiplos.

_Ah Marcos na cama é uma coisa ,mas na nossa vida cotidiana é outra coisa.

-Cansei de ver você me enganar o tempo todo ,mas eu não tenho culpa se as mulheres se jogam em meus braços.

-Ah , mas isto não vem ao caso agora!

Estou de casamento marcado para próxima semana e tenho certeza que serei muito feliz com meu amor.

-Você está louca?

-Como ser feliz com um cara que não te dá prazer como você merece e precisa para ficar realizada e feliz.

-Ah Marcos deixa de bobagem, minha intimidade só a mim interessa.

-Ah Marcella veja como fico na sua presença e apontou para sua calça em direção a virilha.

-Agora você vai ter que dar um jeito nisso

-Eu fiquei sem jeito, mas o volume do cacete enorme era algo familiar estonteante, mas mudei meu olhar em direção aos transeuntes que passavam pela rua.

Confesso fiquei desconcertada e desejosa de poder senti de novo os prazeres que Marcos sempre me proporcionava. Mas nada disse assim...

Fomos a um restaurante com música ao vivo, Marcos adora degustar frutos do mar.

Ficamos conversando assuntos triviais e sempre Marcos insistia em provocar-me.

Eu tentava a todo custo desconversar, mas estava se tornando uma tortura.

Depois de muito tempo Marcos me bolinando, sob a mesa deixei-me levar pelo êxtase e retribuía seus carinhos.

Já bastante tarde Marcos olhando em meus olhos fez-me um convite inusitado, mas.

Irrecusável depois do que já vivenciamos o tempo que fiquei junto era de se esperar.

Marcella... Minha querida.

Quero passar esta noite com você prometo que será nossa despedida de solteirice sua e minha despedida de saudades, pois prometo não importuna-la jamais depois do seu casamento.

Que acha?

Fiquei sem chão olhando para sua boca que me fazia um convite a um beijo.

Não poderia negar estes últimos momentos livres de minha vida, em menos de quinze dias serei uma mulher casada.

Decidi de imediato que iria passar a noite com o Marcos, meu corpo pedia isto ansiava por ele e seus carinhos, que sempre me levavam a fazer loucuras na cama.

Agarrei a desculpa que ainda não era casada, portanto não seria uma traição, apenas uma despedida de solteira.

Regada a muito cacete e chupadas elevando-me ao êxtase que só o Marcos sabia me proporcionar.

Saímos do barzinho e fomos direto para um motel.

Marcos nem bem tinha fechado a garagem já começou a me beijar tirando minha roupa acariciando meus seios sugando-os com sofreguidão.

Eu deixei cair por terra qualquer vestígio de pudor referente ao momento estava vivenciando.

Só pensava em transar, Marcos até parecia mais ansioso do que eu.

Levou-me no colo colocando-me na cama com delicadeza, roupas jogadas ao chão sapatos voaram para qualquer canto da suíte.

Eu nua e desnuda de pudor.

Marcos veio por cima beijando-me com carinho descendo sua boca macia com seus lábios mornos, lentamente percorrendo os pontos mais extasiantes do meu corpo.

Quando seus lábios vieram lentamente até minha xoxota senti um arrepio, o êxtase desejado, prazeres sentidos foi algo maravilhoso.

Meu corpo tremulava de excitação.


Talvez eu estivesse ansiando isto mesmo, a volúpia a tentação.

Coisa que não sentia com meu noivo.

Era apenas algo morno sem muita excitação ou desejos carnais.

Decidi me entregar de corpo e alma.

Pouco me importava, agora eu iria ser comida do jeito que gosto e desejo.

Minha xoxota era minha cabia a minha pessoa decidir o que de melhor poderia proporcionar em termos de prazer.

Pronto decidi jogar tudo para o ar e absorver os melhores momentos que pudesse desfrutar.

Entre gemidos e falsas tentativas de fugir deixei-me entregar ao êxtase ao delírio do meu corpo que desejava e ansiava por Marcos.

Seus lábios me elevavam ao delírio ,me contorcia ,gemia gritava e urrava até uma explosão, o orgasmo rápido que me levou ao torpor.

Marcos saboreava do meu mel dizendo palavras doces que me incitavam a ter mais e mais prazer.

Nem bem tinha acabado senti outro gozo mais suave e brando.

Marcos gemia de tesão um tempo depois... Como um animal felino levantou-se envolvendo minhas pernas em seus ombros e começou a estocar com a intensidade e força de um garanhão reprodutor.

Senti outra vez naquele momento o meu corpo renascer.


Depois deste momento cada minuto foi aproveitado com intensidade de dois amantes, que o tempo separou, mas deixou a saudade.

Ficamos o resto da noite nas mais variadas posições, Marcos controlava seu orgasmo o mais importante para ele no momento era desencadear o meu prazer.

Ele sabia muito sobre meu corpo e meus desejos.

As posições mais inusitadas fizeram.

A cama espaçosa era muito fácil, porque no mesmo momento que estava rebolando em cima de Marcos com cacete atochado na xoxota em segundos já estava de quatro ouvindo som das coxas de Marcos batendo no meu bumbum.

Nossos corpos pareciam que estavam acoplados, se encaixavam com perfeição. Marcos estava com cacete rígido como uma barra de ferro ,eu nunca tinha sentido tanto tesão assim.

Ambos estávamos ansiosos.

A excitação do momento era particularmente fenomenal.

Sentia que cada momento o orgasmo de Marcos se aproximava.

Foi quando com um movimento Marcos me segurou por trás e ficamos encaixados, Seu cacete roçava em mim a procura do caminho, assim lentamente Marcos me penetrou, eu sentia-me preenchida seu cacete latejante me castigava com movimentos suaves que iam aumentando o ritmo de acordo o desejo de Marcos. Depois com um movimento Marcos tirou o cacete e recomeçou a estocar, sentia seu cacete todinho dentro de mim, a cada estocada um gemido, um urro.

Depois com poucas palavras Marcos simplesmente falou...

Ah amor hoje vou deixar em você seu maior presente o nosso pacto de amor estará selado para sempre.

Na volúpia do prazer suas palavras não me surtiram efeito, mas em segundos senti seu esperma me preencher, as golfadas pareciam jatos quentes que inundavam minha vagina. Ficamos abraçados e fomos tomar banho juntinhos.Só depois que me dei conta que Marcos havia tirado camisinha antes de gozar.

Não pensei nada que pudesse me deixar preocupada, só dias depois que meu período menstrual atrasou eu achei que era por conta do stress do meu casamento ser adiado por 15 dias, foi que cai na realidade.

Marcos naquele momento que ditou as palavras do meu destino.

Meu presente que seria nosso pacto de amor era nada mais nada menos que uma criança.

Como o fato foi algo não planejado e só soube depois que havia casado, não poderia voltar atrás da decisão.

Estou casada com um filho que não é de meu marido que se chama Markus e vez ou outra saio com o pai genético de meu filho para matar as saudades do meu corpo que anseia e deseja e espera estes momentos de muitos êxtases e orgasmos intensos.

Aí você me pergunta e seu marido?

Ah... Ele continua ótimo, mas continua sempre da mesma maneira pacata de fazer amor. Quem gosta de fazer a mesma coisa do mesmo jeito,não sabe os sabores que a vida nos reservas não é verdade?

Então viva a vida com intensidade e muita ação.Problemas íntimos à parte[...]

Docecomomel (hgata)

“Não confundam o autor com sua obra”
Vejam meus blogs
Imagem do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts