Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)

Acessos em Êxtase !

segunda-feira, 19 de março de 2012

Exames e Algo Mais Com Meu Ginecologista




Olá.
Eu sou Marcella vou relatar quando eu fui fazer um check-up ginecológico.
Como sempre desde a minha primeira menstruação vou a uma clinica bem conhecida,agendei a consulta por telefone e nem perguntei quem era o profissional do dia.
 Achei que seria a Drª Andressa,que já sou sua paciente há um bom tempo.
Tudo aconteceu rapidamente que eu nem me dei ao trabalho de indagar nada a recepcionista quando cheguei ao consultório.
Não sou nenhuma modelo, mas como toda mulher tenho meus atrativos.
Cabelos médios e castanhos, corpinho de mulher tipo falsa magra seios e bunda tamanho médio
Eu tinha acabado de chegar ao consultório quando a atendente me mandou entrar. meio nervosa,entre pois precisava tirar algumas dúvidas com a ginecologista.
Meu período estava desequilibrado
Ao chegar lá assim que avistei aquele belo exemplar de macho com jaleco branco e óculos fiquei meio desorientada e surpresa.
Eu me assustei é claro, até pensei que havia entrado em sala errada, mas assim que o cumprimentei ele sorrindo, pois notou minha surpresa foi com voz rouca e sensual dizendo:
Bom dia, pelo seu olhar deve está surpresa não é?
Sim achei que reria a Drª Andressa que estaria aqui.
Ah então você tinha consulta com minha colega e sócia, mas ela está de licença maternidade, Ai as pacientes algumas que precisam com mais urgência veem pra eu atender.
Alguma objeção?
Claro!
Que não!
Fiquei cabisbaixa, pois a surpresa me deixou com pouco de cerimônia.
Ele o ginecologista segurou minha mão me cumprimentando e se apresentou.
Eu sou o Dr “Gregory’ muito prazer.
Muito prazer doutor sou Marcella.
Quase nem levantei a cabeça para olhar diretamente em seus olhos.
Caramba! Que homem Lindo.
Um homem de cabelos loiro claro, pele branquinha, forte, alto, um Deus grego.
Fiquei encantada, mais me contive em apenas olhar com o canto dos olhos aquela beldade.
Ele começou a indagar como eu me sentia, respondi que estava bem.
Mas sempre fazia um acompanhamento com ginecologista anualmente.
-Então começamos a consulta.
Fiquei um pouco sem graça de responder, mais era preciso então fui dizendo o que era essencial ao profissional de saúde.
-Aí comecei o meu rosário de queixas, pois além de sentir dores na vagina durante meu período menstrual, sentia uma excitação fora do normal, caramba até se meu absorvente ficasse folgado ,o contato com minha xaninha,o leve roçar me causava uma intensa excitação que quase me provocava um orgasmo.
Corei de vergonha quando acabei de falar.
-Ele deu um leve sorriso, percebendo minha vergonha.
- Calma, não precisa ficar com vergonha.
-Então ele disse que precisava fazer uns exames clínicos rotineiros.
-Só depois do exame local poderia  saber o que estava acontecendo com minha vagina.
- Assim acabou a consulta e começou meu tormento.
-Fui para casa e passei dias pensando naquele homem.
-Depois de alguns dias voltei ao consultório para fazer o exame local e estava morrendo de vergonha.
- Bom dia!
-Bom dia!
- Hoje vamos descobrir o que anda causando tanta sensibilidade em sua vagina.
-Ele pediu que eu fosse me trocar e me deitasse na maca de pernas abertas
-Assim o fiz.
-Caramba que situação, essencial, mas incomodativa.
-Então Gregory “medico” colocou as luvas nas mãos e começou a tocar minha vagina.
-Cada minuto era um século para passar.
-Estava com muita vergonha.
-Ele mandou relaxar e ter calma
-Então fechei meus olhos e só conseguia sentir aqueles dedos me tocando e a imagem daquele homem lindo na mente.
-Sem querer soltei um gemido baixinho e ele disse com um sorriso malicioso:
- Tudo bem moça?
- Estou te machucando?
-Não... Doutor.
Ele continuou fazendo os movimentos, acariciando meu grelinho, eu sentia que a cada momento ficava mais encharcada... Depois de um tempo sentindo as caricias de seus dedos na minha xoxota soltei um gemido alto e tive um orgasmo.
-Foi quando eu abri meus olhos e vi o doutor com seu cacete rígido.
-Caramba ele estava de cacete duro apenas em um exame de papa-nicolau.
-Ah doutor me desculpe!
-Desculpar de que?
-Foi à coisa mais bela sentir você ter um orgasmo apenas eu tocando você.
-E aproximando de mim segurou minha mão e levou até seu cacete duro, quase rasgando a calça social.
Veja!
Isto não faz parte do que vamos fazer agora. Mas tanto eu como você estamos querendo.
Ainda meio sem graça, nada falei apenas respondi com um aceno de cabeça e um gemido.
Ahhh... Delicia!
Então rapidamente ele começou a me chupar, eu pedi pra ele parar, com receio da secretéria,mais ele não parava então me entreguei aquele homem gostoso e muito safado.
Entreguei-me de corpo e êxtase.
Ele tirou aquele cacete enorme pra fora da calça e me fez engolir  todo, nunca mais eu tinha chupado um cacete tão gostoso assim.
Caramba que delicia de cacete, eu chupei o Gregory até ele gozar na minha boca.
 Ele explodiu com tanta intensidade que nem deu tempo de tirar da boca,aí já sabe só poderia mesmo me deliciar com seu leitinho gostoso.
Pois o gozo veio a mil, aí engoli tudo e limpei aquele cacete todo com a língua.
Que maravilha sentir seu prazer, provocando mais ainda o meu.
Ele me levou até uma sala conjugada e ouvi quando falou com a secretária pelo interfone que já poderia ir embora e fechasse tudo que logo já iria embora também.
Assim começamos uma farra particular.
Colocou-me de quatro no pequeno sofá e deu uma chupada gostosa na minha xoxotinha.
Uma delicia sentir contato de sua barba por fazer em minha xoxota quente e sedenta de sexo.
Depois ele de pé encostou aquele cacete enorme na minha xoxota logo eu o sentia todinho dentro da minha xoxotinha.
Ah delicia como eu gemia gostoso, com pouco de receio da sua  secretária ouvir, ele metia gostoso, ele bombeava muito o cacete na minha xoxotinha apertadinha.
Quando ele tirava o cacete deixando só cabeça dentro e estocava de vez, com força eu sentia um ardor, mas a intensidade do prazer era tanto que eu gemia muito, mas era, gemidos  de  intenso prazer.
-Está gostando safadinha tá?
-Não da consulta, mas da foda sua putinha safada.
-Toma puta gostosa sinta o sabor do meu aparelho examinador de safada, ai que delicia esta xoxota quente, vou te arregaçar de foder putinha gostosa.
Parecia um ensandecido tarado, mas gostoso demais.
Nós nem dávamos conta de onde estávamos, pois a intensidade da transa era imensa.
-Daqui a pouco vai continuar mamando seu médico safado!
 Oooooooooooh... Delicia!
Caramba não é que o safado gozou de novo.
Levantou e foi até o banheiro e voltou com cacete duro, mas limpinho sentou no pequeno sofá e fez sinal para eu ir até ele.
Ele sentado eu a sua frente, alisava com as pontas dos dedos minha xoxota, abrindo levemente para meter a língua dando uma linguadas segurando meu clitóris suavemente.
Coloquei um pé sobre o sofá  o Gregory me chupava com imensa sede do meu mel.
 Não demorei muito tempo tive um orgasmo.
Gregory lambia do meu mel sorvendo com intensa vontade.
Relaxei um pouco e...
Ele sentado no sofá me colocou por cima, comecei um galope desenfreado agarrado a seu corpo másculo e suado
Rebolava como uma potranca com o cacete atochado na xoxota.
Foram  sensações de êxtase atrás da outra.
 Cavalgava de um jeito que o deixava louco de tanto tesão, os gemidos pareciam urros de prazer, mamava meu seios, me beijava feito louco, até que gozamos juntos.Ah que delicia
Saí de cima dele e levantei com as pernas tremulas, ele também levantou e foi se limpar.
Vesti minha roupa dei-lhe um beijo e sai.
Quando estava na porta da saída me virei com um sorriso e disse obrigado doutor adorei a consulta.
- Quando quiser se consultar, só é marcar, posso fazer uma consulta a domicilio para você.
Sorri e ... Fui embora.
Encontrei com ele algumas vezes depois disso e foram momentos de intenso prazer.
Depois mudei de cidade nunca mais o vi.
Pena mas que o medico e as consultas foram mais que bem sucedidas.




Doccomomel(hgata)
Não confundam  o autor com sua obra"

2 comentários:

  1. nossa que delicia de conto... adorei o conto todinho muito bem escrito e uma delicia... Bjinhus...

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts