.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Quando enrabei um "Emo"




Como relatei no meu primeiro conto,eu fiquei feliz com a chegada do meu primo Fabio vindo do interior.
Mas eu não sabia que tinha tanto tesão por homens.
Assim que comi o Fabio a primeira vez minha vida mudou !
E para melhor!
Fábio foi apenas o começo.
E eu safado como sou adoro uma bundinha.
Adoro ver um macho rebolando na minha frente com meu cacete encravado .
Sou de meter até o talo.
E não dou mole mesmo se é pra meter faço em dó nem piedade até estourar e encher de leite.
Sei que eles reclamam quando cabeça começa a transpor o anel...Mas depois o que ouve-se são gemidos de prazer.
Eu conheci um amigo de Fabio eu nem tinha certeza que era só amigo.
Marcus era estilo”Emo” e sempre estava junto com meu primo,eu notava seus olhares em minha direção,mas ficava na minha.
Um dia de sexta- feira eu estava em casa sozinho e Marcus chegou procurando por meu primo,lhe disse que o mesmo tinha saído com uns amigos até o shopping,mas mesmo assim disse que ia esperar.
Eu nada disse ,mas sabia que o que o”Emo queria mesmo era ficar me olhando.
Então o convidei a entrar e ficar vendo um vídeo que eu estava assistindo, que por sinal era pornô.
Ele entrou e ficou como os olhos vidrados na Tv,estava passando cenas de sexo oral,era um casal.
Pude notar sua inquietação no sofá.
Passado alguns minutos fui tomar um banho,avisei para o Marcus que deixaria a porta do banheiro aberto ,pois se o telefone tocasse eu ouviria.
Claro que a estória do telefone foi arte ,só queria ter certeza que ele viria me espionar,foi dito e feito estava tomando banho e via o “ Marcus” na porta entreaberta me olhando.
_ Hum... O moleque estava alisando seu cacete e dava para ver que estava duro.
Aí pensei vou traçar ele.
Com certeza vou inaugurar seu cuzinho que para mim é virgem.
Foi dito e feito.
Assim que tomei banho sai enrolado na toalha e fui para sala.
Marcus estava sentado no sofá vendo o filme e falou assim.
Veja a mulher nem sabe chupar direito, por isto muitos homens casados nos procuram ,pois sabemos dá um trato legal.
Até parecia que estava me convidando.
Apenas respondi,não sou casado mas adoro um gay,não sei se meu primo já te disse isto?
Ah ele me disse que adora transar com você, mas que você é só ativo,mas que tem altos orgasmos com você.
_E você Marcus qual a sua preferência?
Bem eu adoro um macho mas sou bi-sexual.
Mas adoro dá e quem sai comigo não se arrepende pois sei dá prazer a meu parceiro.
_Hum ...É bom saber disto,me diga quer vir até meu quarto? Ou não?
_Meu cacete estava duro e a toalha amarrada até parecia uma barraca.
_Marcus só respondeu com um sorriso no rosto claro que vou te mostrar meus atributos, mas com uma condição está bem?
_Qual condição...Camisinha sempre!
_Ah isto é imprescindível.
_Mostrei o caminho do quarto e já fui acochando ele pelo corredor.
_Nem bem tinha entrado assim que fechei a porta deixei a toalha cair ao chão.
_ Fui logo dizendo vem mamar em teu macho vem.
Caramba o guri caiu de joelhos e abocanhou meu cacete com uma gulodice,chupava babava,lambia da cabeça até os ovos.
Nem de longe comparava a meu primo ,era um expert em boquete.
Eu como sou safado estocava o cacete goela adentro e ele nem engasgava.
Ficamos minutos assim ele só deliciando chupando meu cacete , sorvendo da minha babinha.
Depois ele tirou sua roupa e deu para ver seu cacete, era pequeno ,mas estava bem duro.
_Foi quando eu disse ah to quase gozando...Marcus tirou meu cacete da boca e falou goza...
_Meu tesudo gostoso que bebo teu leitinho todo.
Nem precisou repetir o pedido em minutos comecei e jorrar em sua boca, até parecia que fazia tempos que eu não fodia.
O Guri não deu mole segurou firme meu cacete e bebeu tudo de ficar lambendo os cantos da boca.
Caramba que gozada gostosa minhas pernas tremiam,ai lhe mandei tomar um banho para começar um novo round.
Marcus levantou-se e foi a minha suíte.
Assim que saiu eu fui tomar um banho rápido, pois sabia que a tarde prometia.
Quando sai do banheiro Marcus estava na cama deitado ,pelado ,com a bunda para cima,lisinha bem arredondada.
Um pitéu meu cacete já estava meio bamba ,fui em sua direção .E disse e aí guri,vamos terminar nossa farrinha?
Só tem uma coisa não dou ,então deixa meu rabo quieto,mas pode chupar e babar a vontade.
Atenuei a afirmando.Ah eu não chupo cacete mas vou deixar você saciado e feliz .
Está bom assim?
Claro!
Comecei acariciando sua bunda apertando as ancas e abrindo .
Ele já com o cu piscando de tesão doido para ser enrabado,mas sempre deixo-os ficar enlouquecidos de tesão ,
Sabia que estava doidinho para rebolar no meu cacete,mas castigo ,deixou cheios de tesão mesmo.Deixo-os implorar para ser arrombados.
Comecei acariciar seu cacete ,uma punhetinha ,via a rigidez,apertava subia e descia.
Ele doido para que eu colocasse na minha boca,não pedia é claro mas seus olhos brilhavam de vontade.
_Mas como ditei as regras precisava ser conservador.
Quem sabe se ele não conseguir gozar eu dê esta chance...Depois Marcus começou a me chupar novamente,eu pequei um pouco de Ky e comecei a lacear,colocava os dedos próximos só circundando,o via piscando,depois de um tempo coloquei um dedo o vi gemer,não de dor,mas de prazer,aí lhe perguntei 1+1 é quanto?
Quando ele respondeu dois(2) com um resmungo pois meu cacete estava em sua boca,meti dois dedos no seu rabo,aí sim vir um gemido alto.
Demorei um tempo brincando com seu rabinho ele gemia,e já soltava uma babinha do cacete.
Disse que já ia meter...Ele concordou com um sinal de cabeça.
Nem queria largar meu cacete,nem para responder nada.
_ Lhe pedir para ele ficar de quatro.
Para lhe deixar mais à vontade, ele soltou meu cacete e começou a chupar o meu cuzinho. E quando passava a língua no cuzinho, eu me arrepiava todo.
Era demais a intensidade do prazer as sensações sentida,sabia que ali estava o seu desejo de me comer também, aquela língua molhada e melada entrando um pouquinho no meu cúzinho.
Era uma tentação...Mas fui logo dizendo vem Markus, que já não agüento mais quero te enrabar com o você nunca foi.
Ele ficou de quatro na minha frente,me chamando... Vem tesão acaba com teu Marquinho... Vai arregaça minhas pregas... Meu gostoso.
Hum delicia eu disse, mas vai com calma
Quero demorar o máximo até você não aquentar mais
Quando eu coloquei a cabeça do meu cacete na entradinho do seu rabo ele gemendo eu forçando ...
Ele gemia pedindo para meter logo a cabeça.
Era umas sensações deliciosas.
A submissão do ser à procura do prazer.
Ele forçou suas ancas para trás e quando eu empurrei meu cacete ,senti que meu cacete estava lhe rasgando.
Apesar da dor que ele sentia o tesão era tanto que ele começou a pedir mais que enfiasse todo cacete que a dor passava.
Eu estocava cada vez mais forte e ele pedia mais.
Ao olhar a cena eu com meu cacete encravado até o talo só as bolas de fora,senti um prazer imenso.
Foi quando acelerei as estocadas e comecei a puxá-lo de encontro a mim apertando sua bunda,sentia que meu cacete ia fundo.
Uma delicia eu continuava batendo uma punheta nele,sentia seu cú dá umas mastigadinhas no meu cacete.
Não agüentava mais e disse que ia gozar.
Eu bombeava cada vez mais rápido e mais forte até que uma explosão tomou conta do meu corpo e comecei a gozar.
Gozei tanto que a camisinha encheu Marcus ficou doido de tesão e rebolava no meu cacete e gozou a cama ficou toda melada.
Ele e eu arfávamos, pareciamos dois animais.
Saí de dentro dele e vi como seu rabo ficou arrombado, ate parecia um túnel.
Ele me perguntou se queria que eu limpasse meu cacete!
_Ora tirei a camisinha enrolei em papeis e o guri me deu um verdadeiro banho de gato deixou meu cacete limpinho.
Até parece que eu nem tinha gozado o cacete não abaixava.
Ele brincou se ainda tinha leitinho para ele?
Claro! Direto da fonte para o consumidor.kkk
Como já era tarde marcamos para ir em um motel,pois o safadinho me disse que era namorado do meu primo e queria evitar cenas de ciúmes.
_Já viu uma coisa desta ! Agora tenho dois cuzinhos sempre disponíveis,só preciso separar evitar brigas e ciúmes.
Pior se os dois começarem a fazer campanha de querer me comer aí é problema.


Docecomomel(hgata)
Vejam meus blogs
Imagem do google


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts