Acessos em Êxtase !

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Comendo do que gosto



Estou com novo endereço, conheci uma morena linda ela me convidou a ir morar com ela, não hesitei estamos juntos faz 05 meses.Ótimos dias e noites nem se fala.
Muito sexo a Diana parece uma tarada quer sexo todo dia e toda hora.
Claro que não rejeito.
Adoro meter na xoxotinha gulosa dela, só de pensar que quando chega do trabalho já vem alvoroçada querendo meter. Uma safada muito gostosa,não é destas falsas puritanas,ela adora sexo mesmo .Oral ela ama,anal disse que vai aos céus quando gozo no seu rabinho gostoso e apertadinho.
Pronto já estou ficando de cacete armado, mas ela chega daqui a pouco ai tiramos a diferença. Só tem um problema que anda pairando a nossa relação.O irmão de Diana sempre vem passar dias na casa dela ,ele mora cidade próxima,mas fazendo curso semana sim semana não ele está por lá.
Até aí tudo bem.
Mas o cara é gay e quando ele está ai na casa de sua irmã temos maior cuidado de transar sem gemer muito alto,para não incomodar.
Mas o cuidado não está adiantando muito porque logo cedo no café da manha eu o vejo me secando ,olhando para meu cacete.Que acorda com preguiça depois da batalha da noite com muita trepação. Outro dia Diana precisou ia até uma cidade próxima fazer um curso do trabalho e precisou dormir por lá,Seu irmão estava em nossa casa.
Caramba o rapaz não parava de me secar,enquanto víamos televisão.
Já um pouco tarde passei um DVD e vi seus olhos brilharem com algumas cenas.
O filme era pornô e começamos a conversar um pouco sobre o filme.
Quando Diego me perguntou se eu gostava de sexo anal ,notei que seus olhos não saiam em direção do meu cacete,que estava com uma ligeira ereção.
Claro que minha resposta foi a mais original e real.
Claro que adoro né Diogo e tua irmã adorar rebolar no meu cacete de qualquer forma.mas é melhor mudar de prosa pois não quero bater punheta ,ela só chega amanha de noite.
Assim que falei estas palavras parece que meu cacete deu um pulo e ficou totalmente duro.
-Ah deixa de bobagens Diana não esta aqui,mas eu estou e você bem sabe que estou doido para provar deste delicioso monumento que está entre tuas pernas,pelos gemidos que ouço da boquinha de minha irmã enquanto você esta transando com ela sei que você é bom de fuder.
-Bem Diogo este jogo é perigoso.
_Ah eu adoro perigo...
Nem bem falou estas palavras e Diogo ajoelhou a meus pés acariciando meu cacete sob a bermuda.
Claro que a resposta foi imediata ficou duraço babando de tesão.
Não procurei nem pensar abaixei a bermuda e coloquei meu cacete para ele mamar.
E como o rapaz sabia chupar,agarrou com os lábios a cabeça latejante do cacete e lambia com uma eximia destreza.
Quando já não agüentava mais anunciei o gozo...
Vou tirar to gozando...
Quem disse que Diego deixou desperdiçar meu leitinho o bom moço continuou chupando a aprofundei mais meu cacete que deu umas boas esporradas na garganta do moço.
Foi uma sensaçõo gostosa despejar na garganta profunda de Diego.
Chupou-me até meu cacete ficar limpinho,fui tomar banho e quando voltei Diego estava deitado em um colchonete na sala sem roupas esperando com cara de safado e foi logo me dizendo.
Vem Marcos vem atolar este delicioso cacetão no rabinho de teu macho vem...
Claro que não ia ficar sem foder gostoso aquele rabo,mas engoli em seco quando vi o tamanho do cacete dele ,era um membro enorme,mas não tinha a rigidez necessária para que eu estivesse em perigo.Afinal dá cacete dou sim...Mas receber é outra estória.
Diogo jê era experiente, logo os carinhos ficaram mais intensos, fazendo com que o desejo se reacendesse em mim.
Passei a retribuir todo o carinho que estava recebendo dele...
Queria comer ele de qualquer maneira!Nada a força teria que ser momentos prazerosos.
O tesão foi ficando incontrolável.
Meu cacete parecia um porrete de duro .
Caramba fazia poucos minutos que eu tinha gozado.
E nem parecia.
Deixei que as coisas rolassem no tempo dele, pois eu sabia que a penetração se consumaria de qualquer jeito.
Mesmo assim, fui acariciando seu cacete,ia punhetando de leve,sabia que estava tão ansioso quanto eu para gozar.
Saia uma babinha de seu cacete.Logo mudei a posição.
Para de facilitar comecei encostando a cabeçorra no reguinho, umedecendo com as pontas dos dedos com Ky Diogo gemia,estava pedindo que metesse logo,mas eu encostava e tirava,dava tapinhas na sua bunda,ele ronronava de tesão.
A penetração foi acontecendo lentamente.
Eu apenas coloquei camisinha untei com Ky e empurrava lentamente ,ele vinha a meu encontro com seus quadris ,comprimindo até a cabeçorra adentrar toda.
Não gemeu de dor, nem de incômodo,mas seus gemidos era de um intenso prazer.
Eu apenas sentia a cabeçorra avançar em seu túnel negro,apertando latejando me proporcionando sensações únicas de êxtase.
Ainda fiquei alguns minutos parados sem se mexer para acostumar.
Depois avançava lentamente depois tirava por inteiro deixando só a cabeça no seu rabinho.
Depois comecei a foder gostoso,o som dos meus culhões ,batendo em sua bunda era melodia acompanhada dos gemidos e urros.
Logo mudamos e Diego ficou reclinado no colchonete.
Coloquei duas almofadas em baixo de sua cabeça,e seus pés em meus ombros e com umas estocadas firmes,metia com muita vontade mesmo fazendo-o gemer.Diogo arfafa gritava dizendo que estava gostoso.
Logo:
Eu imprimi um ritmo cadenciado nas estocadas, sem pressa esperando o maior êxtase de todos o orgasmo unilateral.
Comecei a beijá-lo provar de seus beijos foi algo gostoso ,sua língua morna adentrando minha boca,ainda sentia o gosto suave de meu sêmen.
Meu cacete ganhou uma lubrificação e começou deslizar gostosamente.
Fazendo-nos delirar de tesão.
Como ele estava sob meu peso não tinha como se masturbar,assim apóie-me em uma de suas pernas colocando para cima e com a outra mão,o punhetava ele gemia mais ainda com meu cacete encravado no seu rabo.
Os dois não suportando mais a intensidade do êxtase.
Diogo já acostumado a gozar com um cacete encravado ,gemia muito pedindo mais e mais.
Saboreando de cada momento aprofundei com mais vigor nas estocada ,até senti que o o gozo estava próximo.
De repente, Diogo começou acelerando seus movimentos debaixo de mim,acompanhei o ritmo no entra e sai.
Uma descarga elétrica tomou conta de nossos corpos e entramos junto em convulsão!
Um rio de porra foi despejado na minha barriga e mais ainda em seu rabo, eu gozava montes parecia que havia séculos que eu não fodia.
Eu gozava sem parar, só punhetando ele ate parar de gozar.
Era a primeira vez que isso acontecia comigo!
Depois de encher sua bundinha com meu sêmen, Diogo esperou meu cacete sair de seu rabo voluntariamente.
Com zelo e cuidado retirou camisinha e caiu de boca a chupar, meu cacete um guerreiro incansável, na guerra do prazer e do sexo.
Segurei em uma de suas mãos levando até o banheiro, lá os carinhos eram breves ,trocas de mãos.
Diego me esfregava com delicadeza percorrendo cada pedacinho do meu corpo com muito carinho.
Não poderia naquele momento deixar de negar que a minha relação com Diana ficou abalada pois àpartir daquele momento eu era amante do irmão dela e como faria para conciliar e satisfazer a todos não sei...
Mas que adorei meter em seu rabinho isto jamais vou negar.Acho que nem vou cogitar perder um deles ,mas vamos a frente que a coisa ta quente.
Por falar nisto enquanto complemento este texto Diego está me esperando .
Então ate a próxima que agora vou as profundezas de uma gruta do prazer .

Se gostou pule e grite de gozar.Senão pule a pagina .Ufa

Docecomomel(hgata)
Não confundam o autor com sua obra
Insano Tesão
Imagem do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)