.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Amante de um Casado






Olá .
Eu sou Juliano tenho 31 anos sou negro ,tenho 182.cabelos estilo afro.(Dreads).
Sou um cara muito simpático.
Sou bem dotado e não deixo por menos capricho mesmo nas minhas fodas.
Quem já provou aqui do Negão fica muito satisfeitos (as)
Ando sorrindo, pois a vida é bela e eu adoro viver.
Eu trabalho em uma firma de instalar cortinas, aplicações de adesivos de decorações.
Eu tenho dois colegas que faz o serviço , apenas indico como é para ser feito o trabalho e fiscalizo o andamento da obra.
Sempre que os dois peões estão terminando serviço fico de prontidão ver se está tudo em ordem.
Cliente satisfeito papéis assinados recebo a grana e volto para firma.
Mas o que ocorreu na ultima vez não foi assim , os peões terminaram o serviço,foram embora e eu tive que ficar esperando o dono da casa chegar para conferir pagar e assinar.
Assim que vi o cara pensei logo pela sua forma de gesticular ,que era gay,mas nada tenho a ver com a vida particular de ninguém,mas isto me incomodou ,pois eu sou fissurado em um cuzinho.
Adoro e quando acho um macho que gosta de dá não perco a chance de me esbaldar e furar ate dizer chega.
O Daniel era casado, mas sua esposa estava viajando em um congresso Foi esta explicação que me deu, pois eu esperava mesma era uma senhora ate que ele chegou.
Pagamento feito lhe dei recibo do cheque.
Tudo acertado.
Quando ia saindo recebi o convite para tomar um vinho.
Claro que aceitei já tinha passado o horário do expediente.
Daniel muito solicito me serviu uma taça de vinho com alguns petiscos e foi tomar seu banho.
Não demorou muito voltou com um roupão e seus cabelos molhados.
_Ah o calor está demais, não agüentava mais vontade de tomar banho!
Foi o que Daniel falou assim que veio até a sala.
Indagou você não quer tomar banho afinal quem sabe daqui resolve sair ver a namorada.
-Ah não se preocupe vou direto para casa estou sem namorada certa. Hum é bom saber disto ,fica ai me fazendo companhia,foram as palavras do Daniel
-Eu insisto já que teve que me esperar além do expediente, fica até melhor para saborear o vinho, pode pegar um roupão no banheiro, não se preocupe tá?
-Pensei o cara ta me rodando e não vou deixar escapar, vou comer ele ja já ele não sabe o que o espera.
Aceitei e fui até o banheiro, é claro que caprichei lavando o cacete. Sai do banheiro com um roupão e fui para sala, sentei em uma poltrona de frente para o Daniel.
Só tinha um detalhe não vesti a cueca.
Conversamos algumas amenidades e pude notar o olhar insistente de Daniel em direção a minhas pernas, eu safado como sou me levantei ficando perto da janela. Quando passei perto de Daniel meu roupão abriu e ele pode vislumbrar o tamanho do meu cacete.
_Nossa que cacete enorme!
Garanto que reclamam ein?
Que nada quando se sabe fazer um amor gostoso entra fácil sem incomodar.
Quando falei estas palavras estava segurando o cacete que já estava meio duro.
Eu como se estivesse pensando com a boca disse quer provar?
_Você topa?
Claro... Mas bem sabes que sou casado e minha esposa não sabe deste meu perfil .
Promete guardar segredo?
Claro, não sou casado, mas tenho minha piriguetes que saio sempre, então faremos um trato o que aqui fizermos aqui fica.
Está ótimo.
Mas deixamos de conversa me deixaeu ver este teu cacete.
Claro pode ver e fazer que quiser é todo seu...
Caramba nem bem fechei a boca Daniel começou um boquete gostoso, me chupava, a cabeça do meu porrete negro, que estava como se fosse uma tocha acesa com cabeçorra vermelha, pulsante apoiando em sua cabeça comecei mexer os quadris em sua direção.
Sua boca quase não cabia a grossura do cacete, sou bem dotado mesmo, meu cacete tem 21 cm é grosso cheio de veias, mas ele esmerava no trato.
Chupava a cabeça lambia, caprichava mesmo com a chupada.
Meu cacete teso, ali na boca de Daniel que lambia e babava com uma desenvoltura natural.
O prazer intenso de ambos gemia pedindo que o fodesse todo.
Fode porra me chama de vadia, de putinho me come gostoso. Aí que delicia de cacete,eu forçava meu cacete garganta adentro e falava palavrões,o Daniel sentia mais prazer ainda.
Toma meu puntinho chupa teu negão vai vou te arregaçar com meu porrete seu safado, vou te encher de porra.
Quando mais eu falava, mais ele gemia com meu cacete na boca. Já não aquentava mais de vontade de gozar.Avisei que ia gozar e fiz intenção de tirar de sua boca.Daniel não quis pedia meu leitinho na sua boca,ai já sabem comecei a jorrar meu esperma todo na sua garganta,que gemia quase urrando de prazer.
Gozamos muito seu esperma esguichou em cima de mim e o meu Foi direto para sua garganta gulosa e sedenta.
Daniel lambia os lábios, sorvendo meu leite todo.
Fomos para o banho e logo voltamos para o seu quarto, sua cama imensa era um convite a o prazer. Claro que depois das brincadeiras no banho eu já estava super excitado,não procurei prolongar muito e já fui encochando meu cacete em seu reguinho.
Não deu outro Daniel ficou de quatro na beirada da cama e fui encostando de leve, enchi seu cuzinho de cuspe botei uma camisinha e fiquei só laceando, ora com as pontas dos dedos, ora com cabeça latejante.
Relaxa Daniel que daqui a pouco você vai sentir o que é um macho, seu safado vou ate arregaçar todo com meu porrete preto.
_Vem meu negão que quero ser arregaçado por tu,vem mete gostoso este porrete gostoso que quero sentir ele derretendo em meu cuzinho ...
Vem porra.
Ai...delicia mete todo vai goza ...Goza.
Foi um pedido tão gostoso que não pude evitar atochei mesmo cacete rabo adentro, que ouvi seu gemido ,que parecia mais um grunhido de um animal selvagem.
Esperei dois minutos ele se acostumar com o porrete e comecei a estocar,com muita vontade arregaçando o safado que rebolava mais que puta no meu cacete.
Estava uma delicia.
Acelerei as estocadas dando tapas em sua bunda ,ele gemia gostoso até que sentir sua respiração ofegante e Daniel começando a gozar sem nem tocar no cacete.
Não agüentei acelerei metendo mais um pouco logo explodi em seu cu,sentia seu rabo me apertando ,latejando ai o gozo foi algo transcendental.
Mara... mesmo, Afff nunca mais tinha fudido assim tão gostoso.
O safado é muito bom de tranco agüentou a geba sem chorar.
Esperei meu cacete sair de seu rabo tirei a camisinha e Daniel veio limpar,lambia todo meu cacete até parecia um bebezinho faminto ,mamando gostoso.
Aí vocês podem deduzir tinha acabado de encontrar um amante.
Não posso e nem vou negar ,mas ele é muito gostoso mesmo e não tem jeito efemindo e sempre saímos tomar uns chopes mas tendo a certeza que o final da noite acaba sempre em motel.
Ele sempre muito gentil me oferta presentes e paga todas as contas.
Nada compromissado apenas alguns mimos.
Afinal mereço pois segundo ele nunca gozou tanto como goza comigo atolado em seu rabo.
Ahh... Delicia.Ainda tem a vantagem que não quer troca apenas me faz carinhos.Comer um macho como com muito prazer ...Mas dá ainda não fui totalmente convencido a fazê-lo,mas quem sabe pode surgir algum que me faça mudar de idéia ...Não é?



Docecomomel(hgata)
Vejam meus blogs
"Não confundam o autor com sua obra"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts