.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Uma Ninfetinha Muito Safadinha!



*Uma Ninfetinha muito safadinha
Tenho 36 anos, sou casado moro em Salvador.
Mas tenho um problema minha esposa é evangélica, daquelas bem chatinhas que sexo mesmo só papai e mamãe.
Caramba aí não dá.
Ficou muito complicado, quando éramos noivos era outra coisa as transas eram magníficas ela me deixava super saciado.
Mas agora transamos mal e não gosta de chupar e estou ficando cada vez mais infeliz, acabo sendo obrigado a procurar sexo fora de casa.
 Pois com ela é só papai e mamãe e sem contar que não fico satisfeito que é só uma vez na semana.
 Eu quero é mais coisas, mas com ela posso fazer nada, caramba nem anal e oral. Ai já viu a minha situação.Mas vou me virando como posso.
Assim que eu tive uma aventura super excitante recentemente. Quando eu comprei um notebook na loja que a filha de minha vizinha trabalha,Sandrinha se prontificou a ajudar-me.
Eu não entendo muito de computador, Sandrinha minha vizinha que é muito jovem e bonita.
Veio até minha casa configurar e dá umas dicas.
Bem esta idéia foi da minha esposa.
Está bom Marcos já que não sei vou pedir a Sandrinha para te ajudar, acredito que você vai ficar bem satisfeito com ela. (palavras de minha esposa).
Relutei um pouco afinal não conhecia a moça só de vista, não queria incomodar.
Foi assim que minha esposa me jogou no meio dos braços daquele ninfetinha safadinha e gostosa.
Acho que não foi bem no meio dos braços, mas sim no meio daquelas coxas grossas e roliças.
Essa jovem é uma pessoa bem direita e confiável, ela trabalha no comercio e ela vem aqui em casa te dá umas aulas a noite. (palavras de minha esposa)
No primeiro dia ela me ensinou muita coisa, mas eu me senti excitado de ficar bem próximo a ela.
Aí já sabe fiquei de cacete duro e ela notou, vi seus olhares de cobiça.
Tentei disfarçar, mas foram complicados meus pensamentos não deixavam, pois sentia seu peitinhos eriçados bem pequenos, eu doido para dá uma chupadela.
Uma cabeça depende da outra não é verdade?
 Ela uma putinha me provocava mesmo e fingia-se de inocente.
 Assim eu fiquei desejando, não tive coragem de partir logo para o ataque.
Passado três (3) dias olha que eu a vejo no ponto de ônibus nada mais natural que eu como vizinho lhe oferecer uma carona.
Foi o que fiz, ela ficou agradecida, pois estava começando a chover.
Fomos conversando e ficou acertado de pela noite ela viesse comigo, já que seu trabalho era bem perto do meu.
-Hum... Pensei logo vou comer esta safadinha antes do final de semana!
Passei o dia no trabalho e comecei a pensar nela, na sua xoxotinha quente, lisinha, será que seu grelinho era gostoso de chupar?
Aff... Fiquei alucinado de tesão.
Caramba senti uma ereção, para sorte minha ainda bem que trabalho sozinho em uma sala.
O jeito mesmo foi bater uma punheta logo meu corpo começou a tremer com espasmo violento.
Orgasmo me deixou mole arfando com a intensidade do prazer que senti.
Gozei montes.
Até parecia um menino, senti tanto excitação que ate parecia que minha mão era a xoxota da Sandrinha, pois meu prazer foi intenso.
Esporrei tão forte que esguichou no espelho do banheiro.
Porra gastei foi montes de toalha para deixar tudo limpo, já pensou a faxineira sair por todo escritório dizendo que o chefe é punheteiro! Kkk
Na quinta-feira Sandrinha foi de carona comigo, meus olhos não saiam da direção, mas não deixava de apreciar suas pernas bem torneadas e morenas.
Já estávamos bem perto de casa,quando eu falei a ela que sexta-feira não viria direto para casa ,que ela poderia vir de ônibus mesmo.
Ah... porque?
Sexta-feira é quando eu saio dá espairecida, e só volto tarde!
E sua esposa não se zanga?
Bem zangar... Zanga, mas ela vai para igreja, como não me freqüento saio com os amigos distrair e tomar um ou dois chopes, apenas isto.
Ah... Seu Marcos me leva também depois que acabei com meu namorado nunca mais eu saí.
Cacete eu nem acreditava que ela estava pedindo para me fazer companhia.
-Mas tem um, porém!
 E é segredo!
Segredo?
 Sim às vezes saio com alguma gata por aí se você contar, à minha esposa será confusão na certa.
Não se preocupe, também tenho meu segredo às vezes também saio com meu chefe e minha mãe acha que ainda sou virgem, pode? Eu com quase 20 anos não transar?
Aff... Quem agüenta!
Mas meu chefe é muito ciumento ai já sabe no trabalho complica estou me saindo dele.
 Eu fiquei surpreso com esta afirmação se estava com vontade de foder com ela aí que aumentou o tesão.
Sem muito pudor fui logo direto ao ponto.
Então Sandrinha amanhã podemos sair sim e depois do chope quem sabe podemos ir até um motel, se você quiser é claro.
Ela com maior cinismo claro que quero!
Até pensei que você nem ia me convidar ,estou doida para dá para você,desde o dia que fui a sua casa e te vi com cacetâo duro perto de mim,sabe que me deu vontade fazer um boquete (Ball-cat) ali mesmo na sala de tua casa.
Caramba menina eu aceitaria de bom grado, mas sabe que uma coisa que respeito é minha esposa, apesar dela andar meio encabulada com a igreja e suas irmãs, jamais quero decepcioná-la, então saio com as gatas transamos muito um presentinho aqui e alie pronto
Mas com você pode ser diferente...
Quem sabe pode se tornar minha filial permanente?
Bem Marcos se você for gostoso como imagino acredito que acabou de arrumar uma amante.
Na sexta-feira o dia mais longo de minha vida os minutos se tornaram horas as horas se tornaram uma eternidade... Mas chegou o momento quando meu relógio marcou as 18.30 horas sai do escritório como um corredor de maratona a mil.
Nem cumprimentei os colegas direito. Saí em polvorosa direto para o lugar de encontrar Sandrinha.
_Ah Sandrinha um bibelô de moça, linda com seu vestidinho estampado tomara que caia e com sandália meio salto.
Um verdadeiro aperitivo, meu cacete correspondeu de imediato. Quase estoura a minha calça ainda bem que era social e um pouco folgada.
Assim que Sandra entrou no meu carro, sai apressadamente apenas perguntei se não queria beber algo lá no motel mesmo, ela apenas com sorriso o que eu quero beber só no motel que você pode me dá meu gostosão.
Ah... Bandida insinuando que iria beber meu leitinho ein,não serei eu que vou negar este pedido para uma gata safada.Ela não sabe o que a espera.
Para evitar mal funcionamento até trouxe um Viagra que estou tão ansioso comer esta ninfeta que receio de gozar antes de fazê-la gemer muito no meu cacete.
Entramos e assim que fechei a porta eu abracei-a e fui logo dando um beijo nela, daqueles beijos de língua, molhados, lambuzando, olhos pescoço, orelha. Toda sua face provei cada pedacinho.Não perdi muito tempo e fui tirando sua roupa.Com vestido é bem prático.só baixei as alças e deixei a cair a seus pés.Meus olhos ficaram ávidos de desejo .
A safadinha estava sem nada por baixo.
Aí se soubesse disto antes tinha vindo com os dedos atolados na sua xoxota desde a hora que entrou no meu carro. Mas agora vou provar deste manjar com sede,assim dizendo me abaixei a seus pés e comecei brincar com a língua.
Claro que prontamente foi abrindo as pernas aos poucos, pediu para eu colocar o cacete de fora que ela queria chupar.
Danou-se tirei minhas roupas em segundos jogando pelo quarto. Peguei –a no colo levando até a cama.
Já fui à posição de sessenta e nove (69). Comecei chupando gostoso ela correspondendo com vontade segurava  a cabeça do cacete entre seus lábios,chupava babava,sentia sua saliva escorrer pelo meu porrete.
 Uma delicia. Mas fazia dias que eu não chupava tão gostoso uma xoxotinha novinha .lisina com grelinho saindo entre os lábios,pedindo para ser sugado mamado.
 Ah que vontade da porra de morder aquele grelinho gostoso...
Sandra caprichava nas chupadas... Eu gemia gostoso metia fundo na sua garganta.Precisava me segurar para não gozar...queria mesmo era encher a xoxotinha dela de leite.Quando senti que Sandra estava gozando caprichei mais ainda nas chupadas,ai que delicia sua seiva misturada aminha saliva ,bebia tudo gostoso,seu néctar.Esperei se acalmar,vi sua respiração mais compassada.Virei colocando na cama,fazendo se abrir como a uma flor. espera do jardineiro para polinizar com verdadeiro aroma do sexo.
Levantei as suas pernas e fiquei segurando elas, e cai pra cima.
Encostei a cabeça e fiquei só fazendo que ia meter, ela gemia pedia gritava para que eu metesse logo.
Eu a beijava, logo comecei a meter sem dor nem piedade, ela se entregava a mim, Com um golpe certeiro fiz a metade de o cacete entrar.
Foi um delírio de tesão.
Do jeito que ela e eu estávamos e fogosa como era gozou mais duas vezes, eu esperei ela gozara vontade aí foi minha vez de explorar sua xoxota gulosa metia com muita vontade,ela gemendo pedindo que a arrombasse ,virei ela de quatro (4) e batendo em sua bunda cavalgava naquela portinha fogosa.
Meti diversas vezes até não agüentar mais de me segurar comecei a gozar... Montes e mais montes de leite na sua xoxota .Nem camisinha usei pois a ansiedade e como a conhecia sabia de sua vida única sexualmente joguei com a sorte.Coisa que não aconselho a ninguém fazer o mesmo.Mas que foi gostoso sentir as contrações e o calor daquela xoxota foi algo inexplicável.Fazia tempo não gozava tão gostoso.
Segurava com muita vontade em seus quadris puxando de encontro a meu cacete.
Sandrinha gemia rebolava como uma alucinada.
Paramos alguns minutos... Ficamos abraçados .
Depois fomos para banheira aí já sabe o guerreiro recomeçou, acordou com seus beijos gulosos. Ainda com cacete na sua boca me pede em sussurros.
Ah marcos estou com sede! Quer beber algo?
Quero!
Pegue o que você quiser... Mas ela queria mesmo era tomar meu leite e com a precisão de uma puta logo estava saciando sua sede.
Exporrei um caudaloso leite entre seus lábios a putinha sorveu todo como se fosse um suco gostoso.
Assim ficamos até mais de meia noite a garota precisava ir embora, mas sem deixar de marcar novos encontros, È claro que acontece uns sarros quando ela vai me dá aula de computação em minha casa. Como minha esposa é muito confiada jamais imagina que aquela mocinha com carinha de santa anda me satisfazendo sexualmente nas horas menos cabíveis e nos locais mais descabidos.Como por exemplo nas dependências da empregada na minha casa.Foi lá que em uma  tarde fizemos o anal mais rápido e gostoso que já fiz na vida.Caramba agora não acho mais ruim que minha esposa vai para igreja pois nunca fico só,sempre Sandrinha dá jeitinho de ir ficar uns minutinhos comigo.
Já estou pensando alugar um flat para ela ter seu espaço para nossas aventuras que cada vez são mais apimentadas e safadas.
Não se poupa de me dá prazer.

Docecomomel(hgata)
"Não confundam o autor com sua obra"
Vejam meus BLOGS:
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com/
http://desejosdeinsanos.blogspot.com/
http://sedentosdesexo.blogspot.com/
http://noisdafeira.blogspot.com
Imagem do google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts