.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Um Viuvo Bom de Cacete!


Um viúvo bom de cacete.

Bem eu fui aproveitar alguns dias de férias coletivas do meu trabalho.
Resolvi fazer uma viagem para rever alguns parentes no estado vizinho: Aracaju.
Sai de malas e cuia para aproveitar estes dias e carregar baterias.
Ver e rever amigos e desfrutar de belas praias afinal a primavera no Nordeste tem o clima ótimo para tomar uns banhos de Mar
Quando cheguei foi só alegria.
Fiquei alojada na casa de minha prima Márcia uma morena muito bonita e comunicativa.
Assim que me instalei já veio dizendo Marcella minha querida que bom que você veio vou fazer uma reunião com alguns amigos para lhe apresentar e você vai adorar. Quem sabe pode conhecer alguém interessante para namorar durante sua estada por aqui.
-Ah Márcia eu quero mesmo é descansar.
Depois que me separei estou dando um tempo para o meu coração.
-Mas menina sabe que nosso corpo precisa de carinho e sexo faz parte de viver bem.
Eu estou separada, mas tenho meus paqueras e é claro que rola sexo.
E não tenho arrependimento de nada afinal o meu corpo pertence a mim, eu o uso como achar que devo.
Afinal isto faz parte da vida.
Sem querer discutir motivo de minha separação eu e Márcia começamos a organizar a pequena reunião para alguns amigos seus.
Não foram muitas pessoas, mas em sua maioria homens.
A Márcia estava com um namorado e assim que me apresentou foi logo dizendo entre sorrisos.
Marc Ella estes amigos estão todos livres para você com exceção deste aqui que é meu bibelô.
Realmente o Diogo parecia um menino lindo com olhos verdes e porte atlético, mas estava na cara que só estava curtindo bons momentos com a minha prima, pois era muito jovem. Ela sabia disto e me afirmou que queria era viver a vida.
Nada mais que isto compromissos deixa para depois que esquecer os maus algures do casamento fracassado.
Algum minuto antes do jantar chegou um convidado e eu vou atender a porta. Meu corpo entrou em convulsão fiquei arrepiada ao me deparar com aquele homem com olhar serio e um sorriso tímido.
-Boa noite. Márcia está?
Está sim um momento que vou chamá-la,
-Obrigado diga que é seu vizinho Augusto.
Assim que Márcia chegou perto de nós veio com um abraço e foi logo dizendo.
Marcella quero te apresentar o cara mais cobiçado do bairro!
Augusto sorriu e disse lá vem você amiga Márcia com suas brincadeiras.
Brincadeira nada sei que depois que ficou viúvo anda povoando os pensamentos das moças casadouras de nosso bairro. rsrsrsr
Ah tá bom pode deixar elas pensarem,mas eu quero mesmo é organizar minha vida , e de preferência sozinho!
Ah...Augusto diz assim não que desanima minha prima que pensa da mesma forma que você.
Soltamos uma sonora gargalhada e fui providenciar uma cerveja para Augusto que já conhecia todos ali presentes.
A música ambiente dava um clima aconchegante, as pessoas conversavam em um tom baixo.
Fiquei conversando com Augusto e senti-me atraída por sua conversa inteligente.
Muito bom o clima. A noite passava e algumas pessoas iam indo embora já era aproximadamente3 horas da manhã quando Márcia disse que iria dá uma esticadinha com seu namorado até uma boite.
Enfatizou logo Marcella pode ficar a vontade com Augusto que não tenho hora certa de voltar.
Não se preocupe que tenho a minha chave.
Saindo agarrada na garupa da motocicleta de seu namorado Diogo.
Assim que saíram o Augusto riu e disse, esta Márcia é danada.
Mas muito boa gente.
Comecei a recolher os copos e Augusto muito solicito começou a ajudar-me.
Já tudo organizado nos sentamos e começou a rolar um clima.
Augusto foi muito direto e indagou-me se eu tinha compromisso com alguém?
Expliquei que estou separada, e que motivo de minha separação era não suportar tantas traições. E relatei meu casamento conturbado com o Marcos.
Mas que acabou sem chances de voltarmos.
Augusto deu uma risada e afirmou.
Hum então podemos ser amigos...
E quem sabe algo mais!
Logo começamos a namorar gostoso, de inicio foram beijos e carinhos mas o clima foi esquentando e...Quando Augusto disse Marcella quer vir até minha casa?
Eu moro só, é bem próximo!
Pensei alguns segundos e decidir antes de sair deixei um recado por escrito para minha prima.
Márcia sai com Augusto não se preocupe.
Assim fomos quando chegamos Augusto me mostrou sua casa bem organizada apesar de morar sozinho.
E indo em direção a seu quarto disse é pra lá que vamos!
Esta tudo bem Marcella?
Assim que chegamos à porta do quarto Augusto começou a beijar-me com vontade, um beijo suave carinhoso com arroubos de paixão. Ele foi logo começando acariciar minha chininha sobre a calcinha que estava depiladinha
Quando ele me tocou senti um arrepio e dei um suspiro de prazer.
Levantou minha perna cruzando a atrás de seu guadril, ele estava super excitado. Fiquei acochada mesmo com seu cacete em contato com minha xoxota sedenta de sexo.
Ah que delicia sentir um corpo sedento de sexo.
O calor do êxtase.
Fomos tirando nossas roupas.
E fomos para a cama.
Ficamos mais a vontade, nisso eu masturbava ele com as mãos firmes segurava seu mastro rígido e já sentia seu pré gozo escorrendo pela cabeça do cacete.
Fazia carinhos em círculos com a palma das mãos.
Seus beijos sufocavam nossos gemidos.
Sua boca morna e suave.
Uma delicia!
Suas mãos passeavam pelo meu corpo, sua boca sugava meus seios o desejo de ambos que não nos deixavam quietos.
A busca constante do prazer.
Senti a maciez da cabeça do seu cacete na entrada de minha vagina. Só o contato me fazia gemer mais alto.
Augusto super excitado me dominava deixando-me a sua mercê.
Conseguia arrancar os maiores momentos de prazer. Depois Augusto começou a me chupar e eu apenas me contorcia em êxtase e não demorou muito comecei uma onda de gemidos e espasmos e um intenso orgasmo me possuiu.Sem conseguir fazer mais nada apenas continuava segurando e apertando sua cabeça, puxando seus cabelos, rebolando ao seu encontro e gozei feito uma louca.
Fazia tempo que não sabia o que era orgasmos múltiplos.
Augusto ficou com a boca melecada.
Sugou todo meu néctar.
Ele veio por cima e colocando minhas pernas em seus ombros começou a estocar com força e vigor.
Ora lentamente, mas com ritmos compassados e acelerados, fazendo-me que suspirasse de prazer. Tirava o cacete todo e logo dava estocadas fortes.Sentia seus culhões baterem de encontro a mim.
Bem depois de provocar bastante começou a colocar bem devagar, Augusto deu um suspiro profundo e começou a bombear fortes os gemidos começaram a ficar cada vez mais altos, Assim tivemos um orgasmo mútuo e intenso. Sentia seu leite aos borbotões.
E nesse meio tempo eu gozei mais duas vezes,
Logo fomos tomar banho e no banho Augusto me colocou com as mãos na parede e suspendendo um pouco minha perna veio por trás.
Assim nesta vez castigou bastante da xoxota e de sua dona, quando via que eu ia gozar tirava seu mastro. E logo voltava a dá variam estocadas com força.
Eu ficava nos vendo pelo espelho e quando gozamos novamente vi em nosso semblante uma áurea de satisfação e alegria.
Sem dó nem piedade Augusto quase me leva a exaustão.
Como é gostoso o meu viúvo com seu cacete grosso.
Assim fizemos as maiores loucuras na cama.
Depois conversamos muito e tanto eu como ele afirmamos que nunca tínhamos gozado tanto assim.
Em todas nossas saídas sempre cada momento uma inovação.
Augusto adorava me deixar que eu o cavalgasse, me sentia uma verdadeira amazonas galopando em seu cacete.
Eu ficava cavalgando como se estivesse em cima de um cavalo.
Gemendo e me deliciando com nossos prazeres cada vez mais intensos.
Já faz onze meses e continuamos saindo até hoje.
Cada encontro uma orgia e muita sacanagem. Adoro meu viúvo bom de cacete.
Depois eu conto mais aventuras nossas e que não são pouca tá bom?



Se você gostou ou não deste conto aguardo seu comentário, pois só assim posso corrigir.



Docecomomel(hgata)
http://sensacoescomemocoes.blogspot.com

Um comentário:

  1. Que viagem amiga!!!
    Ah, Aracaju.
    Uma boa semana de inspirações amiga.
    Meu abraço de toda paz e luz nos seus dias.

    Ps. Engraçado que toda hora fica um alerta sobre o certificado de segurança da sua pagina.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts