.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Transei com dois na Madrugada


Transei com dois na madrugada
Já era um pouco tarde da noite e eu não conseguia conciliar o sono.
Resolvi sair um pouco para andar espairecer a mente, pensando que poderia o sono chegar.
Mas em vez do sono chegar achou foi uma aventura.
Pois bem foi assim: Eu ia andando por uma rua do bairro que moro, era uma sexta-feira meus pensamentos estavam em torvelinho.
Depois de caminhar por alguns minutos vejo que vem ao meu encontro dois rapazes.
Passaram por mim e sorriram.
Eu continuei a minha jornada caminhando lentamente.
Depois de andar um pouco ouço uma voz ao meu lado que me assustou.
_E aí moça andando há esta hora está procurando o mesmo que nós?
_Não sei o que vocês procuram, estou apenas andando!
_Ah... Ainda com cara de santa me diz que não sabe o que procuramos!
Ora bolas estavam na balada, mas sabe as minas só queriam festas, mas queremos mesmo é Fo der e você sozinha há esta hora, veio a calhar.
Dizendo assim o rapaz mais alto se aproximou e me vi encurralada por dois homens.
Começaram a me apalpar e foram logo afirmando e fique quieta que só queremos nós divertir um pouco.
Segurando-me pelo braço levou-me para frente de uma casa que parecia desabitada.
Com o muro baixo, que foi fácil de pular.
Assim que adentramos a casa ficamos na garagem.
O rapaz mais alto e forte que vou chamar de João começou a bolinar meus seios enquanto o outro que darei nome de Paulo ficava percorrendo com suas mãos ágeis até minha bunda. Logo começou a beijar e mordiscar meu pescoço e nuca, minha respiração começou a ficar, mas rápida ofegante.
Caramba... Eu me senti um sanduiche e o recheio o era eu.Entre dois machos sedentos de sexo.
O medo deu lugar à excitação, meu corpo correspondia ao desejo de querer sentir prazer.
Logo em instantes estávamos os três na maior agarração.
Paulo já tinha tirado sua roupa e exibia um cacete exuberante super rígido. E lentamente me fez ficar ajoelhada a seus pés e sem palavras me induziu a um boquete duplo.
Eu não sabia qual dos dois cacetes era mais gostoso.
Imaginem dois jovens com uma mulher a mercê de seus caprichos.Eu não estava sendo violentada,mas induzida a colaborar.Pensei e decidir usufruir da melhor forma possível dando e recebendo prazer.
Chupava um e punhetava outro sentia seus corpos entregues ao deleite do prazer. E vice versa.Já loucos para gozar vejo o barulho de um plástico sendo rasgado,pensei ainda bem que são prevenidos usando camisinhas para meu alivio .
Eu estava toda molhada minha xoxota inundada de meu gozo.
Paulo que era o mais forte falou que iria ser o primeiro e se eu me comportasse direitinho não iria sentir dor só prazer.
Vi que seu amigo se afastou um pouco, mas continuava se acariciando vendo a cena.
Caramba não sou nenhuma criança, mas me senti uma quando o Paulo segurando pelos meus braços me elevou ao ar me deixando encravada no seu cacete.
E com estocadas firmes sentia seu cacete me rasgando preenchendo minha vagina por completo.
Só deixando as bolas de fora.
Depois do vai vem gostoso senti uma estocada mais forte e uma dor profunda se apoderou de mim, mas logo veio o orgasmo com um prazer imenso, Paulo me chamava de putinha safada, gostosa que eles estavam com sorte de me encontrar. O Vi tirar seu mastro e a camisinha cheia de esperma.
Paulo apenas se afastou e com sorriso disse entre os lábios. Vem João sentir o calor desta puta safada e gostosa.
_Depois que você gozar podemos fazer uma DP.
_Ah... Depois não Paulo sabe que to meio chapado de cerveja se der uma agora vou demorar para dá a segunda ,vem logo !
Assim vi de relance que Paulo trocou de camisinha e aproximou bem gostosa já que meu amigo está fraco eu mesmo vou comer seu rabinho.
_Eu disse não nunca fiz isso... Vai doer!
_Não eu terei cuidado!
_ Ai ele disse não vai doer nada eu prometo...
_Você vai sentir só prazer. João com seu cacete rígido deitou-se no chão ordenando que eu fosse por cima.
Fui lentamente cavalguei um pouco achando uma delicia.
O rapaz estava super excitado.
Paulo ajoelhou-se junto a nós e começou a me dedar laceando meu anelzinho.
Falava palavras obscenas: Vou querer te comer como uma cadelinha, Minha puta safada vai gemer gostoso com meu cacete atolado em seu rabo. Ele passou sua língua no meu anel ,senti um estremecimento de prazer,pronto não poderia fazer mais nada.
Vi Paulo se aproximar completamente rígido encostando-se ao meu rego botando a cabeça bem devagarzinho... Dei um grunhido de dor que foi abafado pelo beijo de João que senti que estava quase tendo um orgasmos.
Paulo segurou com uma mão na minha cintura e veio devagar, mas forte...
Estava doendo, mas assim que cabeça passou aliviou um pouco a dor, ele foi botando lentamente e quando o vi estava com o cacete todo no meu rabo.
Ele encostado-se à minha bunda com respiração ofegante começou a rebolar com o cacete todo dentro de mim...
Assim depois de algum tempo Paulo tirou e colocou com força de novo eu gemi... Eu gritava de dor e prazer e ele me puxava de encontro a seu corpo. Me sentia dilacerada com dois cacete encravados. Enquanto um comia meu rabo, outro minha xoxota...
Mas eu pedia... que metessem mais e mais.
Foi assim que eu gozei e em seguida eles também... Sensação deliciosa!
Eles me abraçaram e caímos nas risadas. Os três.
Afinal todos sentiram prazer.
João afirmou sorrindo que não iria comer meu rabo porque depois do tamanho do cacete de Paulo ter explorado precisava dá um tempo para voltar ao normal, senão iria ficar folgado já que ele tinha o cacete mais fino.
Recompomos-nos e cada qual foi pra seu lado, mas vi ao longe que me acompanhavam para ver direção de minha casa.
Bem fiz uma volta no quarteirão e assim que entrei em casa fui direto para o banho Quando me olhei no espelho vi marcas de chupão nos seios.
Senti-me excitada e sobre o chuveiro bati uma siririca pensando nos prazeres que tive em uma noite de insônia.

Docecomomel(hgata)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts