.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Traição Virtual !

A Traição era virtual,mas agora os prazeres são bem reais.

Um pequeno relato que mudou meus conceitos de: Amor&sexo epaixão!
Bem algumas acontecem em nossa vida que são inexplicáveis.
Não quero ficar repetitiva em escrever sobre amores virtuais, mas todos sabem que acontecem e muito.
A carência afetiva o querer conhecer o outro que mesmo distante faz parte de sua vida diária, a falta de estrutura familiar acabam por conciliar cada vez mais o ser humano que sempre está em busca da felicidade. Pois bem!
Assim foi acontecendo o caso de Walter e Elza.
Conhecemo-nos em um chat, e começamos um bate papo, logo fiquei sabendo que era casada.
Mas começamos a bater um papo de boa, trocando conhecimentos todos sabem como é algumas vezes parece ficha de cadastro, de tantas indagações.
Nossas conversas sempre muito respeitosas por ela ser casada.
Mas com o passar dos dias fomos conversando trocando idéias e cada vez ficou mais íntima o bate papo.
Passado alguns dias...
Foi quando por algum motivo que ela não quis me revelar, teve uma crise no casamento, eu como um bom amigo mesmo distante dei a maior força e apoio.
Sempre dizendo que as coisas iriam se acomodar.
Ate que por coincidência ela precisava vir a minha cidade. Meu coração bateu a mil até que fim iria conhecer minha deusa a querida e desejada Elza”.
Então houve um encontro nosso. Simples como amigos...Eu queria muito abraçá-la beijá-la fazer dela minha mulher, mostrar os prazeres que poderíamos sentir juntos.
Como eu sabia de sua fragilidade emocional não quis avançar o sinal.
Mas fiquei momentos de angustia ao seu lado queria possuí-la.
Amar com todas as minhas forças.
Como um homem ama uma mulher quando se sente atraído. Fique o tempo todo a seu lado em total estado de excitação,achei que meu cacete ia rasgar a calça de tão rígido que estava. Pois é... Entre uma conversa e outra ela me confidenciou que sua vida afetiva e intima não estava muito bem.
Que andava brigando por tudo com seu marido, eu como bom amigo a aconselhei há dá um tempo aos dois pra se entenderem. Assim nos despedimos com um gostinho de quero mais apena um leve beijo nos lábios.
Os dias foram passando e Elza me confidenciou que nada havia mudado que estava impossível de continuar vivendo infeliz com seu marido.
Não o amava mais, e ter relações com ele era um martírio não sentia mais prazer.
Sem querer indaguei como ela estava fazendo pra suportar isto?A abstinência, pois é jovem?
Elza meio sem graça com as faces enrubescidas respondeu timidamente. Que saciava sozinha na calada da noite nas horas de solidão,assim fiquei mais atiçado e preparado para ouvir sua confidencia que muito me agradou.
Foi quando tive a felicidade e surpresa de ouvir que ela andou se masturbando pensando em mim. Fiquei feliz de saber que mesmo distante dava prazer físico a ela.
A partir daquele momento deixamos as mascaras cair e falávamos abertamente dos nossos desejos e taras
Até que em um dia ela disse que me amava, que não parava de pensar em mim.
Eu disse que a amava também, mas de um jeito diferente.
Com todo respeito, mas estava impossível conciliar sua ausência, pois só pensava nela.
Marcamos de nos encontrarmos novamente.
Conversamos muito e houve apenas um beijo.
Um beijo leve e doce com o roçar de nossos lábios em uma eterna caricia de amor.
Depois a vontade louca de podermos consolidar nossos anseios e desejos. Marcamos de nos encontrarmos novamente na cidade onde ela residia,ficaria mais fácil para desculpar-se de sua saída de casa.
Encontrei-a no shopping e saímos de carro para dá um giro pela cidade.
Depois de beijos abraços já não suportando mais de tanto desejo num lugar distante e semi-deserto.
Elza tomou a iniciativa e me levou a loucura me pagando o maior e melhor boquete que já recebi em minha vida.
O desejo falou mais alto!
Fomos direto para um motel.
Não sou menino inexperiente, mas jamais vou esquecer-me dos belos momentos que passei com Elza fizemos um amor delicioso.
Sem pressa fui tirando sua roupa, peça por peça.
Comecei a descer meus lábios suavemente beijando-a pelo corpo inteiro.
Meus lábios mornos faziam estremecer de prazer, provei da cada centímetro... Até chegar à grutinha do amor!
Sua xoxotinha lisinha molhada do mel do prazer.
Fui com sede fazendo-a gozar na minha boca.
Sorvi de seu mel com gosto. Seu orgasmo foi intenso e delicioso.
Já não agüentava mais de tesão.
Elza soube me recompensar com seus carinhos.
Levando-me a loucura quando começou a mamar no meu cacete
Foi à vez de ela me deixar como um ensandecido.
Lambia toda extensão do meu mastro rígido.
Quando falei Elzinha meu amor vou gozar nos teus seios!
Não!
Eu não quero isto quero seu leitinho todinho na minha garganta, foram às palavras mais doces que ouvi.
Isto me levou a loucura me fazendo gozar na sua boca de imediato.
Foram jatos de esperma em grande quantidade Elza acabou bebendo tudo, sem deixar desperdiçar uma gota sequer.
Depois continuou chupando meu cacete até deixar ele limpinho.
Relaxamos um pouco e logo depois entramos na banheira onde fizemos amor de varias formas.
Fizemos infinidades de posições.
Adorei cavalgar e ser cavalgado.
Elza me deixou cada vez mais cativo de seu corpo.
Sedento de Sexo e amor.
Assim foi minha primeira vez com ela. Elza minha safadinha gostosa que me levou a loucura de tantos orgasmos.
Não foi sexo foram momentos de alegria e felicidade, mas sempre jurando amor um pelo outro.
Fiquei bem balançado quando Elza me disse que agora sou seu dono e que só vai pra cama com o marido se eu deixar.
Eu tenho uma noiva, mas jamais tivemos uma relação tão completa, ela cheia de pudores.
Não me completa na cama.
A Elza é espetacular me deixa cada vez mais vidrado a apaixonado por ela.
Sempre tenho inúmeros orgasmos com ela.
O seu diferencial é sentirmos prazeres intensos. Seus gemidos seus urros de prazer seus carinho me deixam cada vez mais apaixonado.
Ela adora quando eu a mordo deixando algumas marcas em seu bumbum.
Vai ao êxtase quando tiro sua lingerie de dente e começo a chupar sua xoxotinha de um lado e de outro até suplicar que tire sua calcinha.
Toda semana ela compra lingerie novo que é pra usar pra mim, e me deixa tirar com muita vontade de saciar nossos desejos.
Elza encontrou-se comigo neste feriado passado e disse que da próxima vez vamos fazer sexo anal, que vai dar o cuzinho pra mim, pois ela gosta muito, mas seu marido nunca soube levá-la ao orgasmo assim. Já estou contando os dias quando ela virá passar o dia comigo.
Sei que agora sempre nas minhas folgas terei uma mulher para saciar meus desejos de homem fogoso como sou.
A safadinha ainda quer realizar minha fantasia que é de ir pra cama com duas mulheres.
Estou ansioso pare realizar essa minha fantasia.
Elza agora é minha escrava e posso fazer o que quiser com ela na cama.
Que delicia só de imaginar e pensar nela já fico de cacete duro.Então como não sou de ferro vou visitar minha noiva e dá uma boa trepada, mas pensando no calor da xoxota de Elza.
Mas agora que tenho duas mulheres não vou querer largar nunca, nem uma nem outra. Mesmo que eu me case Elza vai sempre está na minha vida. Ela me deixa realizado e feliz na cama.
Ah quanto ao marido dela?
Nada posso fazer a não ser agradecer por deixá-la cada vez mais bonita e SEX para mim.


Docecomomel(hgata)
Imagem do google

http://sensacoescomemocoes.blogspot.com/

http://desejosdeinsanos.blogspot.com/

Meu MSN docecomomel2011@hotmail.com

Twitter @docecomomelgta

2 comentários:

  1. Mais um caliente conto de encontro e fantasias com sua arte.
    Parabens amiga.
    Bom fim de semana na paz.
    Meu terno abraço de paz.

    ResponderExcluir
  2. Oi Docinho!
    Depois de algum tempo afastada por problemas particulares e profissionais, estou retomando o ritmo normal do blog!
    Saudades!
    BJOS
    Lena

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts