Acessos em Êxtase !

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Sexo sem Medo e Pudor! Só Prazer.


Eu ainda era solteira na época, tinha um namoradinho, mas na verdade era para disfarçar ele era tão menino que gozava só de segura em meus seios.
Certa vez, estávamos brigado, nem sei por quê.
Meus pais tinham ido viajar, eu também ia, mas tinha uma prova a fazer no sábado que era impossível adiar.
Então fiquei!
Nossa empregada também, mas não dormia.
Aí que entra a melhor parte da estória.
Então seu irmão vinha para dormir lá em casa.
Eu já vinha há tempos dando umas olhadas nele, mas de longe é claro só observando.
Aí n a sexta feira eu saí e quando cheguei o Sandro estava bem à vontade até assustou-se quando me viu.
Mas apenas tranqüilizei não se preocupe que nada direi, Sei que você está bebendo Sandro sei que é jovem e ficar finais de semana tomando conta de casa de outros tem que aproveitar e ficar vendo filme e tomando cervejinha pra descontrair.
Mas não se exceda está bom?
Não Marcella só tomarei esta ultima e já irei dormir no quarto dos fundos. Não se preocupe se precisar de algo pode me chamar.
Pois bem... Assim me retirei e fui dormir.
A noite passou tranqüila e logo de manha o Sandro veio despedir-se e falou que retornaria a noite, e indagou se poderia trazer um amigo para fazer companhia.
Claro Sandro se é de confiança tudo bem.
O dia passou rápido que nem me dei conta
Já eram uma 19 horas quando Sandro chegou com seu amigo, e que homem.
Deixou-me encantada aquele afro com sorriso lindo.
Paulo muito simpático.
Fiquei com meus olhos vidrados e pude observar que tem uma talagada de cacete que só de olhar já me deixou excitada.
Caramba tem homens que não querem ou não conseguem esconder o tamanho do documento.
Pois bem o Paulo é destes rapazes fortes que o cacete fica bem visível mesmo.
Mas não podia deixar de olhar pra ele, cada vez que nossos olhares se encontravam,
Sentia um convite suspeito no ar.
Eu pensava: "Será que esse cara tá mesmo afim?"
Será?
Fiquei com uma inquietação sem saber como fazer até que.
Sem pensar nas conseqüências fiz um convite a ambos pra ver uns filmes que eu havia alugado.
E poderíamos tomar umas cervejas, pois era sábado é dia de festa.
Bem começamos a ver os filmes e vi os dois jovens se contorcerem em suas poltronas para disfarçar seu cacetes em total estado de excitação.
Eu apenas sorria internamente e quando fui à cozinha buscar mais uma cerveja chamei o Paulo para me acompanhar, iria trazer alguns petiscos.
Acompanhou-me em silencio, mas até que...Num determinado momento abaixei-me pegar algo no armário e minha bunda encostou-se a Paulo que estava excitado.
Pedi desculpas, mas.
Ah desculpe Paulo foi sem querer, mas na verdade queria mesmo me enroscar em você.
Pois estou vendo excitado assim como eu também estou.
Ah. Marcella estou sim doido para me enroscar em seu corpo.
Mas vou respeitar sua vontade,
Afinal não se transa sozinho.
Até aí tudo bem...
Afinal o Sandro estava na sala. mas apenas disse faz assim disfarça diz que vai embora e depois entra pela lateral da casa,sabe onde é meu quarto.
Quero manter o respeito com Sandro afinal trabalha com meus pais.
Ah Marcela o Sandro é gente boa, mas só tem uma coisa se ele souber vai querer participar também.
Mas deixa comigo que já resolvo isto.
Fomos para sala e tomamos mais uma cerveja, quando marcaram 23 h eu dei boa noite a ambos dirigindo-me a meus aposentos.
Fui dormir tava com sono mesmo, pois tinha tomado umas cervejinhas, mas fiquei a espera de Paulo.
Logo vi alguém batendo levemente na janela do meu quarto.
Pra minha alegria era o Paulo.
Abri rapidamente ele entrou, com os olhos ansiosos de desejos. Pronto minha linda logo que saíste tomei mais uma cerveja e sai.
Do jeito que estou ansioso para ficar com você até Sandro deve ter notado minha euforia.
Começamos a nos beijar levemente e já íamos tirando nossas vestes.
Sua língua quente percorria meu colo, meus seios eram sugados, mordiscados e acariciados com suas mãos.
Eu ainda meio zonza, aproveitava cada minuto de prazer.
Nossa, pensei que macho, o cacete rígido parecia uma tora de madeira negra com envergadura, apontava para o umbigo de tão excitado que estava.
Começamos um sessenta e nove gostoso.
Paulo era delicado, falava palavras doces de carinho.
Quando sentiu que eu estava gozando na boca dele gemia muito com intenso prazer.
_Ah, Marcella você me deu a maior chupada que eu já tive em toda minha vida.
Pude sentir o seu cheiro e sabor na minha boca !
O prazer Paulo é de ambos!
Fomos tomar um banho rápido e logo estávamos na cama com peripécias mil e prazeres infindáveis.
Tivemos outro orgasmo.
Ficamos abraçados sonolentos e depois de alguns minutos Paulo disse-me
Não se mexe que eu já volto.
Voltou com os olhos radiantes e um gel lubrificante nas mãos.
Hum...Já vi sua intenção.
Mas fazer o que não é só aproveitar.
Nunca gostei de sexo anal, sempre senti dores, mas ali naquele momento eu optei pelo sim, meus sentidos me aguçavam a isto.
Paulo virou-me de bruços e enquanto o acariciava esperei seu cacete endurecer de novo,.
Forçava com dois dedos.
Laceava meu botãozinho.
Cuspia nele, lambia, metia a língua o mais profundo que conseguia.
Minha xoxota escorria néctar e sabores, aliás, nunca havia sentido tanto prazer na vida de uma só vez.
Assim que estava pronto, Paulo lentamente começou a estocar seu cacete na minha rabada,metia um pouco e parava ,esperando me habituar com seu volume GG, grande e grosso que estava soltando minhas pregas uma a uma.
Não demorou muito para gozar novamente.
Recomeçamos uma onda de prazer que vai perdurar em meus pensamentos por uma eternidade.
Delicia de homem com cuidado e sensibilidade pude sentir prazer com sexo anal, coisa que eu temia, pois havia tentado com meu namoradinho, mas por falta de pratica só senti dor desistindo de continuar.
Depois disso, transamos toda semana dentro do carro, no motel, em qualquer lugar que haja oportunidade. Eu e Paulo .
Um dia ele convidou uma amiga dele pra fazer um ménage e...

(ah isso eu conto outro hora!)

Docecomomel(hgata)
Imagem do google
Meus blogs

Docecomomel(hgata)
http://sensaçoescomemoções.com
http://desejosdeInsanos.com

Um comentário:

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)