Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)

Acessos em Êxtase !

quinta-feira, 19 de maio de 2011

O Jardineiro ...Adubando meu jardim!

Comentários e Críticas serão aceitos!

Olá amigos.
Eu confesso a vocês que desde que comecei a escrever contos eróticos minha vida mudou.Para melhor é claro!
Leio muito e assim fico super excitada a cada relato efetuado por esta que lhes escreve agora.
Minha vida conjugal sempre foi um mar de rosas.
Eu e meu marido sempre tivemos uma relação estável.
Sexo?
Sempre só basta dá a vontade e estamos nós no vai e vem no bailar de nossos corpos.
Sempre desejos insanos e sensações com muita emoção, nosso lema prazer sem medida.
Jamais havia traído meu marido até... O dia que houve um feriado e por coincidência, estava um jovem consertando algumas plantas n meu pequeno e discreto jardim de inverno.
É um local que tenho na minha casa com algumas plantas, um pequeno banco de madeira grotesca e natural
E um pequeno som.
Onde procuro inspirações nas minhas horas dedicadas a escrever.
O bom jovem era jardineiro nas horas vagas e fazia seu trabalho em dias de domingo e feriado.
Pois bem este dia foi o feriado de 21 de abril.
Estava eu sentada no meu pequeno jardim lendo alguns textos. E o som ligado passando uma musica suave e discreta.
Meus pensamentos estavam bem longe, pois quando estou escrevendo fico desligada da terra fico em transe literário, vivo o momento da leitura.
Depois eu resolvi dá uma pausa nas leituras e me dediquei a observar aquele jovem jardineiro dedicando-se e limpeza de minhas plantas.
Seu semblante jovem e bonito despertou minha libido.
Uma coisa que me atrai nos homens é o tronco musculoso, cada movimento feito pelo jovem Jonas via sua musculatura desenvolvida se estufar a ponto de quase rasgar sua camiseta branca que delineava seu corpo jovem e viril.
Meus pensamentos me traíram e fiquei pensando como seria desempenho daquele jovem na cama!
O efeito do pensamento foi de imediato, eu fiquei excitada.
Afinal sou saudável e tenho anseios e desejos como qualquer mulher, sendo ela casada ou não, faz parte do desejo e sexo feminino.
Meus pensamentos pré visualizavam seu cacete rígido, eu já sentia toda sua vigor.
Ufa que calor, que coisa onde fui me meter!
Bem deixei meus escritos e dirigi-me ao Jonas. (jardineiro).
Bom dia Jonas como está o serviço?
Bem dona Marcella,está quase pronto,ainda hoje acabo nem que tenha que ficar até mais tarde!
Tudo bem meu jovem você faça o que achar melhor!
Afinal amanha é sábado precisa sair com sua namorada!
_Não! Dona Marcella não tenho namorada!
_Hum...Jovem bonito e sem namorada!
_Pois é as moças daqui da cidade só querem homem com carro e eu ainda não tenho, estou estudando pra isto.
_Ter um futuro melhor!
_Mas você é tão bonito que se eu não fosse casada, sei não!
_Bem dona Marcella a Senhora é muito bonita também, pena ser casada... Senão adoraria tê-la em meus braços.
_Enrubesci... Ah Jonas obrigado.
_Muita bondade sua,
_Mas digo a verdade.
_Bem Jonas posso te confessar uma coisa?
_Claro!
Eu...
Desde que o vi tenho me sentido atraída e tentada a te fazer uma proposta, mas é sigiloso, pois podemos ter problemas.
Pode dizer dona Marc Ella e se for que estou pensando, posso realizar agora mesmo estes desejos, que não são seus, mas meus também.
Bem... Eu ando imaginando como é transar com um cara mais jovem,vendo você trabalhando me senti atraída e fico excitada pensando em você.
_bem já disse o que estava me tirando o sono, agora me desculpe à ousadia.
_mas dona Marc Ella não ousadia é desejo e eu sinto o mesmo, só que eu não tinha coragem, casada e ainda na sua casa, mas ficava aqui trabalhando vigiando cada movimento seu enquanto escreve cada centímetro de seu corpo eu guardava na lembrança.
_Ficava pensando que você deve ser um vulcão de prazer.
_Desculpe, mas se pudesse, agora mesmo iria para cama saciar este fogo de paixão que consome meu corpo.
_Depende da Senhora
_Bem sabe, meu marido viajando, mas nossa casa não dá você quer ir comigo para um motel?
_Até agora!
_Então vamos!Temos a tarde toda.
Entrei peguei as chaves do carro a bolsa, e fui até meu quarto pegar algumas camisinhas, tenho certeza que Jonas não tem melhor prevenir.
Entramos no carro e nós saímos em debelada correria, jamais dirigi tão rápido em meio ao trânsito caótico de minha cidade. Acredito que o receio de ser vistos juntos,aliado ao desejo e o fator proibido e traição.Fez-me tornar uma motorista altamente meio imprudente.rsrsrsr
Olhava para Jonas com sua camiseta amarrotada e sua calça jeans empoeirada, a vontade de transar era tanta que nem esperei trocar de roupa. Fome de sexo,carne nova.
Nova energia.
Entramos e assim que parei o carro, já na garagem do motel começamos a nos beijar. Sua boca morna e faminta,sua língua tocando as profundezas de minha boca,me alucinavam.Delicia é tudo que imaginei e mais algumas coisas mais puro tesão e êxtase.Abrimos a porta quase que nus
Jonas me tirava à roupa me deixando só de lingerie, Tirei sua camisa, sua calça deixando-o só de cueca, que desenhava a dimensão de seu membro rígido.
 Enquanto seus olhos me analisavam, suas mãos me tocavam, sua língua percorria cada parte do meu corpo ardente. Estávamos nus entregue ao desejo de ser amada e amar,sem reservas.Não suportei de ver seu membro latejante me ajoelhei na sua frente ,segurei o cacete , passava a cabeça entre meus lábios, mamava,chupava-o todo saboreando cada pedacinho .
 Eu sentia seus dedos me tocando, minha xoxota encharcada facilitava seu toque, seus dedos úmidos de meu mel.
Jonas forte e viril me pegou no colo e deixando-me na cama, abriu minhas pernas e começou a me sugar, me beijar e chupar minha xoxota, eu sentia sua língua me comendo gostoso. Ah delicia.o gozo inevitável.Jonas brincava com meu clitóris entre seus lábios,me sugava deixando-me mole de tesão.
Nosso corpo queria mais, muito mais.
Jonas inverteu a posição e de cacete em riste ficou a espera, queria que eu o cavalgasse.
Queria sentir toda a junção de nossos corpos, nada a fazer sem poder resistir à tentação cavalguei meu garanhão em um imenso galope.
Nossos gemidos eram como urros de animais no cio.
Mãos e sexos em busca do prazer.
Prontamente em êxtase Jonas se encaixou entre minhas pernas e seu cacete estocava com força e vigor na minha xaninha.
Ele subia e descia comigo no colo eu sentia seu pau me comendo... me bombeando.
Nossos corpos unidos... Côncavo e o convexo.
Jonas me falava coisas, me incitava meu lado profano, desejoso do sexo sem compromisso.
Goza no cacete do teu macho goza!
Vem minha putinha gostosa! Vem vou te encher de leitinho vem!
 Metia cada vez mais... minha xoxota latejava de tanto tesão.
Jonas me colocou de quatro e esfregava seus dedos na entrada do meu reguinho
Hum... gemi ele brincava me aliciava com seus dedos.
Nossa vontade de transar era tanta que ele gozou e seu cacete não amoleceram, ficou no entrava e sai cada vez mais rápido.
 O desejo ainda nos dominava... E como uma explosão tivemos um orgasmo simultâneo intenso.
Ficamos abraçados com a respiração ofegantes, entre beijinhos e carinhos.
Quando o Jonas afirmou!
É foi tudo que imaginei e mais alguma coisa, e agora que faremos?
Afinal seu estado civil é algo a pensar.
Apenas com olhar perdido no além afirmei è depois veremos isto, já que sai pra chuva precisa me molhar!
Matei minha vontade e agora só a próxima.
Que seja breve, ou... agora mesmo eim!
Segurando-me pela mão fomos tomar banho aí vocês já sabem, ou precisam de detalhes?

Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não confundam o autor com sua obra"


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts