.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sexta-feira, 6 de maio de 2011

1ª Vez de uma adolescente!


Oi tudo bem? Vou relatar aqui o que ocorreu com um primo meu.
O Fabiano morava em nossa casa, seus pais são do interior. Fabiano tinha uma tez morena jambo com dentes alvos e muito magrelo
Seu apelido sempre foi pau de macarrão.
Eu achava que seu apelido era por ser alto e magro, mas na realidade seu apelido era por ter um cacete grosso tipo aqueles paus de macarrão que usavam antigamente.
Foi que fiquei sabendo depois de um fato ocorrido.
Sabe por que sei disto tudo e como soube
Pois bem vou relatar
Eu tinha 15 anos meu primo Fabiano também a mesma idade, sendo um ano mais novo que meu irmão. O Marcos.
Nossa amizade era tranqüila e estável
Assim que chegavam do colégio ele e meu irmão se prendiam no quarto que não se via nem a cor do cabelo.
Eu ficava literalmente sozinha com a casa a meu dispor.
Meus pais trabalhavam fora o dia todo.
Sabem desde mais nova ficava vendo revistas pornográficas que as amigas levavam para o colégio, eu ficava doida vendo os homens nus com seu cacetões enorme e grosso.
Eu me masturbava muito de noite antes de ir dormir. Tinha um imenso desejo de ter nas mãos um daqueles membros enormes e viris.
Aff... Como eu gozava com meus dedinhos,ainda a era da internet era coisa de outro mundo nada sabia além dos cochichos de amigas.Palavra sexo era proibido
Sentia muitos desejos.
Eu pensava muito e não obtinha respostas para minhas indagações, de menina pobre criada estilo antigo onde palavra sexo era tabu ou pecado.
Pensamentos e perguntas constantes de minha cabeça.
Será que já estava na hora de transar?
Mas com quem?
Onde?
Como?
E se ficar grávida?
Perguntas sem respostas. E minha libido só aumentava.
O tempo foi passando eu via meu irmão com ares de alegria quando saia do quarto com nosso primo Fabiano.
Ficava curiosa demais, depois soube que eles ficavam vendo revistas de mulheres peladas e se masturbavam.
Por isto tanto segredo e mistério.
Um a tarde estava sozinha em casa e sabia que meu primo Fabiano estava também no quarto foi quando vi a oportunidade de ir saber de algumas coisas
Assim sem receio fui até lá.
Assim que bati a porta ele mandou esperar uns minutos para depois abrir.
Seu olhar de susto me deixou sem graça. Como se ele tivesse fazendo algo e eu o tivesse interrompido.
Diga-me Marcella o que você quer aqui em nosso quarto sabe que seu irmão não quer você aqui. Sei sim não sei que diabos vocês fazem aqui que estou proibida de vir aqui e se for necessário preciso bater na porta.Ora bolas afinal você é meu primo .
Sei disto Marcella, mas é que tem algumas coisas que em nossa fase de idade que não sabemos diferenciar do proibido e permitido.
E sexo entre primos não é nada bom já que moramos na mesma casa.
Entendeu?
Não e não quero ficar isolada da vida precisa saber de coisas e você bem sabe que meus pais não me deixam sair, com amigas.
Como vou adivinhar?
O que quer saber Marcella?
_Bem... 1ºporque te chamam de pau de macarrão.
_Caramba Marcela você quer saber por quê?
Ah... Curiosidade apenas, diz vai.
_Bem me chamam de macarrão porque meu cacete é grande e grosso, bem diferente dos jovens de minha idade, e também porque sou bem alto.
Mas é muito grosso mesmo?
Sim prima!
_Ah... bom deixa eu ver;
_ O que menina?
_ Me deixaeu ver só vi um cacete em revistas das colegas.
_Ah danadinha você quer ver? E como se sente vendo estas revistas?
_Ah Fabiano me dá um comichão na xoxotinha e fico molhadinha chega escorrer u
Aguainha.
Mas por ironia do destino meu irmão chegou e Fabiano que já estava ficando excitado, desconversou e saiu indo tomar banho.
Já demorou no banho.
Passou um dia e eu tomada pelo desejo e curiosidade de conhecer de verdade um homem.
Arrumei-me toda vesti uma roupa bem devassa e fui atrás do meu primo, queria respostas mais objetivas, assim fui até ele e perguntei se poderia deixar ver seu cacete.
Engolindo a saliva ele respondeu se deixar ver não é responsável com o que possa acontecer.
Mas eu estou disposta a correr riscos.
Assim com esta tremenda firmeza nas palavras Fabiano deixou-se sucumbir a minha vontade.
E. abaixou sua bermuda deixando-me de olhos arregalados quando avistei seu membro grosso e grande.
Toquei e senti o calor de seu membro.
Logo o seu cacete ficou duro, e colocado para eu sentir nas mãos, eu comecei a massagear Fabiano ia ficando cada vez mais excitado eu também, ele forçou minha cabeça em direção ao pau, me fazendo chupar, babar e mamar muito.
O apelido condizia com seu membro, caramba aquele troço grosso me deixava hipnotizada.
Deixei-me levar por minha excitação,
Fui ficando cada vez mais molhada, ele retirou minhas roupas, e começou a me tocar, eram chupadas, lambidas.
Fomos até meu quarto e lá na cama, fui mais provada como mulher, eu estava louca e logo senti seu pau forçando minha xoxotinha, era um misto de dor e prazer , forçava um pouco e depois parava , esperando me aliviar da dor.
Eu gemia,estava gostando,era tudo o que imaginava e mais um pouco. Muito prazer. Fabiano era muito carinhoso
Preparava-me para eu não me sentir chocada ou dores.
Até que ele começou com movimentos leves e alternava com outra estocada mais forte, eu já sentia um prazer maior. Ficamos em um vai e vem sem parar como enlouquecidos pelo êxtase.
Os dois começando sua vida sexual ativa do zeras ambos virgens.
Como eu sentia seu membro forçando minhas carnes
Gemia rebolava em seu cacete.
Queria mais sempre o maior prazer o gosto pelo desconhecido.
Com um jeito sem forçar para não me machucar, eram beijos, mordidas, lambidas. Fabiano me fez GOZAR pela primeira vez, com um cacete encravado em minha xoxota. Foi algo que não sabia descrever.Sentia uma letargia dos sentidos,prazer e euforia.Tudo era novidade,mas muito bom.Só sentia prazer de está acontecendo aquilo comigo.O meu desejo de conhecer os prazeres e anseios do meu corpo.Maravilhoso é a palavra mais exata.
Os suspiros, os gemidos pareciam que embalavam nossos corpos, assim ficamos por minutos ou quem sabe séculos, o tempo parou para os nossos sentidos.
Até que explodimos em um Gozo intenso e farto.


Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não confundam o autor com sua obra"

Um comentário:

  1. Haja calor amiga, haja calor espalhado por todos os poros.Uma bela inserção em cada palavras sensual,que deixa o leitor nas nuvens como se pretende.Muito bom.Abraço de paz e Feliz dia das mães com carinho e admiração pela arte de criar emoções e ilusoes.Viver não é mais do que o instante de sonhar.

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts