Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)

Acessos em Êxtase !

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Seduzi meu primo jovem!



Kássio é meu primo de segundo grau, sabe como são aqueles jovens sarados que deixam as mulheres imaginando tudo, mas tudo mesmo que gostaria de fazer com eles.
Pois bem foi assim que eu me senti quando vi aquele moreno, que ficaria hospedado na minha casa.
Para alegria e desassossego do meu corpo.
É um rapaz muito bonito, de olhos bonitos, corpo atlético e com sorriso muito sedutor e um jeito tímido de jovem do interior.
Ele sempre foi muito simpático, E foi assim que eu uma mulher madura casada me vi encantada por aquele jovem.
Eu me sentia super atraída por ele e estava literalmente apaixonada.
Ficava de longe o observando sentado ao PC e sentia-me excitada.
Sim era algo sem querer, só bastava o ver que meus sentidos ficavam aguçados.
Não sei o que fazer. Ele com seu jeito simples demonstravam ser uma pessoa encantadora.
E ao cair da noite eu em meu quarto masturbava tendo convulsões e desejos satisfeitos, mesmo que com meus maridedinhos. Para piorar a minha situação.
Logo esta semana meu marido precisou viajar para um encontro da linha de produtos farmacêuticos para o qual trabalha.
No terceiro dia de sua visita eu já não me continha de tamanha vontade de ir até seu quarto e saciar meus desejos.
Mas o medo de ser repudiada me prendia.
Afinal somos parentes, não tão próximos, mas somos.
E a idade afinal são 14 anos de diferença.
E assim aos poucos diante de um bom filme ficávamos conversando sobre muitos assuntos. A Inibição ia acabando.
Quando ele falou de sua namoradinha senti uma pontinha de ciúmes.
Assim diante das circunstancias eu estava criando uma ilusão sexual. Uma paixão platônica, quem sabe!
Em uma noite já bem tarde sem conseguir conciliar o sono deparei-me com seu olhar sedutor.
Sentia que lhe faltava coragem para se aproximar.
Meus pensamentos me levavam aos delírios.
Porem minhas noites de insônia e agonia se tornou visíveis.
Minha fisionomia cansada e o stress eram evidentes.
Até que em uma tarde estava na sala e ele aproximou de mim começamos a conversar, eu notava seu olhar diretamente pousado em meus seios e via seu estado de ereção. Quando o Kassio me perguntou diretamente o que me atormentava?
Se for sua presença que estava a me incomodar?
Porque se assim fosse iria para uma pensão.
Afinal seu curso falta só cinco (5) dias para acabar,
Não de forma alguma Kássio você é um anjo!
E dizendo isto devido ao stress cair em um choro.
Comecei a chorar copiosamente.
Ele veio ate mim e abraçou-me.
Um abraço terno, mas que teve efeito oposto em meu corpo. entre soluços comecei a falar e expor todos os meus sentimentos.
Foi à gota d”água.
Dizia-lhe que estava gostando dele, que o queria muito, o desejava como homem, _Sentia uma intensa paixão.
_Que mesmo casada estaria disposta a desfrutar de bons momentos em sua companhia.
_Mas Marcella! E Afirmando como voz embargada de sentimentos.
_ Eu jamais imaginei isto, desde quando cheguei sinto demais uma atração por você, mas em respeito a seu estado civil, sempre procurei me distanciar.
_Eu também sou jovem, tenho anseios e desejos, e ando demais batendo punheta desde o primeiro momento que te vi!
_Mas e seu marido?
Ah... O Marcos sabe que se sinto-me atraída por algum homem eu dou,ele sabe que só ele não me complementa e me deixa satisfeita e feliz.
Temos uma relação de respeito.
E conversamos muito, sobretudo temos um comum acordo.
Desde quando não exponha nossa família.
Fazemos de nossos corpos o que mais nos agrada!
Ouvindo estas palavras Kassio ficou radiante e viu a nossa chance de poder fazer destes momentos uma grande noite de prazer.
Prontamente ele me abraçou e nossas bocas uniram-se em um grande beijo.
Eu não consegui me controlar diante de Kassio e comecei acariciar seus cabelos sedosos, sua boca morna a procura da minha.
Seu perfume de homem suave e gostoso.
Meus sentidos me elevavam ao êxtase.
Estava sexualmente prisioneira na armadilha do meu corpo
E ele correspondia naturalmente.
Sem saber como parar e porque parar se queríamos muito a consumação de nossos desejos.
Afinal nada temos a perder somos adultos e saudáveis e o que fizermos será de inteira responsabilidade de ambos.
Afinal a vida é para ser vivida.
Desde quando não seja permissivo e prejudicial a outrem.
E o segurei em sua mão e sem palavras o levei até seu quarto.
Silenciosamente.
Nossa respiração ofegante, olho no olho, mãos no sexo.
Enlouquecida de desejos a procura do prazer.
Neste exato momento o mundo parou de existir. Só eu e Kassio,no meio da cama deitados, nossas boca famintas,a procura de sexo.
O sessenta e nove gostoso e sensual.
Minha xoxota encaixava sensualmente em sua boca.
Seus lábios brincavam com o meu grelinho tirando suspiros e gemidos.
Sua xoxota quentinha e encharcada de meu néctar era seu delicioso banquete. Viramos e pude sentir em todo a extensão seu cacete em minha garganta.
Estocadas leves e prazerosas, gemidos e urros de prazer.
Dois seres entregues ao deleite da paixão.
Para meu maior prazer Kássio começou a ter um orgasmo. Intenso sentia seu membro dilatar e minha garganta sorvia do mel dos deuses.
Com descrição os gemidos diminuíam.
Provei sim do seu leite e com prazer, meu marido jamais teve este privilégio, mas tudo tem a sua 1ª vez.
E Kassio tirando seu membro de minha boca com timidez, pede desculpas por não ter suportando mais o gozo.
Ahh... Kássio adorei e temos a tarde e noite para nos amar!
Fomos nos banhar e entre água e sabão começamos as caricias.
Era belo sentir seu cacete duro e rígido a procura de minha xoxota.
Entre minhas pernas sentia toda sua virilidade.
Seu membro latejante babando desejando me penetrar.
Assim.
Fomos para cama.
Fiquei de quatro no beiral da cama e Kássio em pé começou a meter seu cacete, lentamente, íamos ao delírio.
Ele fodia toda minha xoxota de quatro, eu me sentia diante do meu maior prazer.
A ardência de minha xoxota que parecia em chamas em um vai e vem gostoso e sensual.
Sem muita demora estávamos gritando, gemendo de muito prazer o gozo intenso apossou-se de nossos corpos.
Eu vibrava a cada movimento e sentia todo seu leite me preencher.
Parecíamos loucos atracados em um só sentimento, o de posse e prazer sentido.
Beijamos-nos com suavidade e nossos corpos suados e extenuados, em um só compasso, a respiração ofegante nos deletava.
Com sorrisos e fisionomia de imenso prazer sentido.
Adormecemos abraçados em conchinha.
Estávamos totalmente felizes!
E a noite ainda não havia acabado.



Docecomomel(hgata)
"Não confundam o autor com sua obra"
Meus Blogs
http://sensaçoescomemoções.com
http://desejosdeInsanos.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts