Acessos em Êxtase !

terça-feira, 12 de abril de 2011

Negros...Minha Tara!

Sou Docecomomel (hgata),
Eu sou a Marcella, Sou casada, até posso dizer que sou feliz no casamento, mas esta insatisfação sexual que me aflige me deixa com um stress além do normal.
Sinto necessidade de trair meu marido, já fui a um medico até cogitei a possibilidade de ser ninfomaníaca, mas graça a Deus não sou.
Mas tenho uma verdadeira tara por negros. Quando vejo um negão fico doidinha para dá para ele, às vezes rola, pois procuro manter-me com maior descrição.
  Mas outro dia veio um grupo de três pessoas para fazer a reforma de minha casa. Para meu desassossego dois dos pedreiros eram de origem negra, até pareciam estivadores com seu porte físico, másculo. Bem além do normal eu ficava vendo-os trabalhar no Sol e sem camisa ficava em devaneios imaginando como eram a sua performance em uma cama. Isto bastava para me deixar excitada.
Olhar aqueles corpos másculos com suor escorrendo pelo corpo negro, seus músculos enrijecidos
Isto me deixava louca para dá para eles. Uns deles era com idade alem do meu apetite sexual, mas os dois pedreiros. me deixavam louca,sim louca para foder com eles.
Certo tarde um calor fora do comum decidi tomar um banho de piscina. Onde os dois pedreiros estavam trabalhando. Eu havia esquecido deste detalhe,mas depois pensei. Poxa eles que continuem seu serviço que estou na minha casa e não farei nada de anormal só um mergulho breve e pronto. Fiquei alguns minutos nadando de um lado para o outro depois fiquei numa cadeira a me secar. Eu estava de óculos escuros e tinha uma visão bem ampla dos dois pedreiros ,eles não podiam saber que eu os vigiava,extasiada de desejos.
Os via e notava seus olhares de cobiça e cochichos entre eles.
E um toda hora segurava no seu cacete.
Hum... Quer dizer que estão com vontade de comer a patroinha!
Bom isto é muito bom. rsrsrsr
No dia seguinte ao meu banho de piscina só vieram trabalhar os dois pedreiros, o mestre que era o senhor mais velho não veio.
Aí já sabe quando gato não está em casa o rato passa por cima da mesa.
E fiquei de longe da janela do meu quarto no andar de cima, ouvindo a conversa dos dois. Acredito que achavam que eu estava fora porque meu carro tinha ido para revisão.
A conversa dos dois era sobre sexo e o que gostariam de fazer com a patroinha, neste caso esta que relata o acontecido.
Um afirmava assim...Bem que eu o Josemar gostaria de fuder com a patroa,deve gemer igual uma égua no cio...O marido dela deve andar entediado de comer aquele rabo,quando a vejo passar ...ai delicia que meu pau fica babando e duro doido para meter nela...Será que ela trai aquele velho babaca,só vive trabalhando,não sabe o perigo que tem dentro de casa.
Clóvis afirma cara tu deixas estas conversas, vai que alguém ouve, E eu ligo! , eu confirmaria tudo que tenho vontade de fazer com ela, iria chorar aqui na minha manjuba e derreter de gozar, ia foder até ela pedir para parar, ela ia ficar de xoxota inchada isto sim de tanto que eu ia foder com ela, estes branquelos têm os cacetes pequenos quando as mulheres deles deparam com um negão tipo eu com 22x7 ficam doidas.
Choram mais que madeira verde no fogo. rsrsrsr
Mas deixa prá lá vou cuidar na lida, mas se ela me quisesse adoraria meter com ela.
Tem uma cara de safada que adora chupar cacete e beber leitinho direto do reprodutor. rssrsr.Ai gostosa já estou de cacete duro só de falar imagine ter aquela deusa a minha disposição iria fazer calo na cabeça do cacete de tanto furar.rsrsr
Eu ouvindo estas conversas doidas do jeito que eu estava fiquei super excitada.
Deixei passar alguns minutos sem ser notada até que surgi na janela e chamando-os falei, Olá depois que vocês acabarem o serviço ai possa dá uma olhada em um vazamento aqui na minha suíte?
Qual de vocês dois entendem mais de hidráulica?
Entreolharam-se surpresos com minha permanência na casa, mas nada disseram.
Quando deram aproximadamente as 16 h eu ouvi o pedreiro Josemar me chamar. Dona Marcela onde a senhora quer que eu veja o vazamento?
Eu estava no meu quarto e estava vestida com vestidinho preto de alças.
Mas fiz de propósito, havia deixado um DVD no aparelho e estava passando um filme erótico.
Quando o Josemar dirigiu-se a minha suíte passou bem perto da TV ligada e com os cantos dos olhos ficou vendo o filme.
Na minha suíte não havia vazamento nenhum eu apenas deixei água transbordar para simular o vazamento.
Josemar baixado na pia olhava de soslaio para minhas pernas. Eu sentia que o deixava desejoso de meu corpo. Ele me chamou para mostrar onde era o defeito e ao abaixar para ver rocei minha bunda em seu cacete.
Ele tornou-se tenso. Aquele filme havia atingido seu objetivo, E as minhas palavras só aumentaram seu desejo. Eu com uma voz suave agradeci com palavras doce o deixei mais ainda em estado de ereção.Obrigado Josemar por resolver este problema.Quisera eu que todos meus problemas fossem resolvidos assim.
Dona Marcela se tiver mais alguma coisa pode dizer que resolvo na hora.
Olhava fixamente para o colo de meus seios. Eu e Clovis fazemos quase tudo juntos e estamos aqui para o que der e vier.
Eu notava seu cacete demarcando na sua roupa.
Bem Josemar meu problema você pode resolver sozinho, mas se quiser podemos chamar seu amiguinho para participar também.
Pode dizer Dona Marcela que resolvo agora!
Eu sem pensar o que dizer falei abruptamente, posso mesmo confiar?
Claro! Sou um homem de palavra!
Sabe Josemar eu ouvi você dizendo o que gostaria de fazer comigo em uma cama e... Isto me deixou super excitada.
Poxa dona Marcela a senhora me desculpa!
_Mas me diga uma coisa você gostaria de transar comigo mesmo como afirmou a seu amigo.
E segurando seu cacete rígido sob a roupa afirmou.
Veja se isto responde a sua pergunta.
_Enlouquecida de desejos aproximei-me e segurei com firmeza em seu mastro.
Começamos a nos beijar.
Fechei a porta e caímos na cama nossas roupas eram tiradas e jogadas a esmo. Uma loucura total.
 Josemar me apertava de encontro a si, apalpando minha a bunda levando minha mão até seu cacete, que estava extremamente duro e parecia, uma tora negra ou uma tocha acesa com cabeçorra vermelha.
A minha traição mais recente começou a se realizar ali. Não sabia nem o que fazer de tanto desejo que estava olhando para aquele mastro grande e grosso a minha frente, mas a Jose mar sabia muito bem despertar e saciar sua fome.
Caímos de boca e começamos um delicioso 69¨. O tamanho de seu cacete era impressionante, grande, negro e muito grosso. Quase não cabia na minha boquinha gulosa,que estava extasiada mamando-o.
Senti o aroma do meu néctar. Gozei abundantemente em seus lábios carnudos e gulosos.
Senti seu cacete se inchar e logo jatos de leite desceram goela abaixo.
Os gemidos pareciam urros de animais no cio.
Invertemos a posição e nem parecia que Josemar havia gozado seu cacete continuava rígido. Começou a estocar entre minhas coxas deixando-me exultante de prazer.
Chamava-me de branca gostosa, safada vagabunda e todas as palavras de baixo calão que você possa imaginar. Isto me deixava mais fogosa embaixo daquele membro viril.
Eu estava dolorida de sentir as estocadas cada vez mais vorazes de Josemar, era delicioso, ser socada com mais e mais força enquanto esperava o magistral gozo.
Que veio aos borbotões inundando-me.
Foi magistral sentir seu corpo acoplado ao meu.
Ficamos abraçados e senti seu membro sair lentamente de minha xoxota, saciado.
Ao Longe ouvimos seu amigo o chamar e com um brilho no olhar indaguei, bem que ele podia fazer parte de nosso show?
_Você toparia uma Dpi?
Claro é meu maior desejo.
Clovis Oh Clovis... Entra aqui.
Dizendo isto fui até o banheiro e ouvi cochichos dos dois e risos.
_Jura Jose mar você não ta querendo armar para cima de mim?
Deixa disso cara a mulher é um vulcão, ela está sabendo que você vai entrar no jogo, mas faz assim quando você ouvir gemidos você entra e não procura conversa já entra metendo está bom.
Sei que você adora um rabo, mas vou deixar, folgadinho e lubrificado para você está certo?Mas cuidado com o trato sabe como é senhora casada.
Delicia a branca safada vai adorar sentir meu cajado não é grande igual ao seu, mas é de bom tamanho. rsrsr
Josemar veio até o banheiro e nos esfregamos em um sarro legal. Insaciável o negro com o maior cacete que já recebi em minha xoxota.
Saímos do banho e fomos para cama. Começamos um rala e rola gostoso eu fui por cima de Jose mar e logo estava com seu mastro na minha xoxota molhada de tesão.O vai vem gostoso.Clovis entrou e com um jeitinho já excitado e de camisinha veio por cima.Com meu rabinho lubrificado começou a roçar a cabeçorra na portinha do meu anel.Com calma ,falava palavras de carinho.
Com um pequeno empurrão senti a cabeça adentrar, senti um ardor, mas o desejo era imenso. Era a consagração de um sonho de safadeza se realizar,e não seria uma prega ou duas que iria me impedir.
Clovis se empolgou com meus gemidos e sua excitação só aumentou logo começou a estocar gostoso e eu senti todo seu membro em mim.
O vai e vem alucinado com ritmos ora leves e cadenciados, o fez gemer alto e forte e o sentir gozar dentro de mim. Josemar começou a mexer muito e isto provocou um gozo em nos dois.
Sentia-me a poderosa com dois negrões bem dotados saciando meus desejos e satisfazendo minha fantasia. O orgasmo intenso me deixou inebriada de prazer.
Josemar o insaciavel veio até mim e com jeitinho de safado que só ele tem.
Colocou seu cacete para eu mamar, Claro que depois de prazeres infindáveis não poderia dizer um não. Logo o mesmo fiz com Clovis que tinha acabado de retirar a camisinha que ficou cheia de seu leite.
Eu caio de boca nos dois e deixei aqueles mastros negros reluzentes prontos e limpos.
Deliciando-me com seus cacetes ouvi Clovis dizer agora quero chupar sua xoxota posso?
Com uma voz tão doce que mais eu poderia fazer a não ser abrir-me e sentir sua língua morna sugar meu grelinho. Sua boca sugava-me como se fosse uma fruta madura que apetece saciando a fome.
Delicia os meus negros lindos e bons fudedor.
Docecomomel(hgata)
http://sensaçoescomemoções.com/
http://desejosdeinsanos.com/
“Não confundam o autor com sua obra”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)