Acessos em Êxtase !

domingo, 13 de março de 2011

Doces Desejos de Meninos!










Essa noite, eu tive uma insônia horrível, foi depois que acordei assustada com meu sonho.
Não sei dizer se a palavra correta é assustada, ou ansiosa para que o sonho tornasse realidade.
Sonhei que estava com dois homens em uma cama espaçosa onde o limite era sexo e mais sexo. Sentia aqueles membros rígidos me aprofundando dentre minhas carnes.
Excitada e desejosa não conseguir conciliar o sono.
Meu corpo desejava que eu estivesse fazendo sexo insaciavelmente.
Então no meio da noite, fiquei ansiosa esperando o dia raiar para ver como realizar tal feito.
Acordei muito molhada sentia um calor na minha xoxota.
Meu corpo pedia sexo meus sentidos continuavam com a libido a mil.
Preciso urgente resolver isto, mas meu namorado está viajando a trabalho.
Que fazer em um momento tão complicado assim?
Daí então eu coloquei um filme bem picante e com brincadeiras solitárias me satisfiz parcialmente.
Eu confesso que não sei onde isso vai parar.
Estes desejos que afloram do meu intimo, me deixam inquieta.
Sinto-me impotente a minha vontade.
Quero transar e não consigo esperar.
Então ataquei com a maior cara de pau o rapaz que trabalha na padaria e veio me entregar à água.
_Bom dia Dona Marcela!
_Bom dia Diogo, logo cedo no batente não é!
Sim assim que a Srª ligou seu Edgar mandou logo entregar seu pedido.
_Entra não precisa ficar com vergonha, pois estou de roupão!
_Bem Dona Marcela não é vergonha é que a senhora deste jeito... Os pensamentos traem ai já sabe fico com desejo afinal sou jovem !
_Hum... Desejos de que Diogo?
_Ah Dona Marcela a Sr sabe um mulher do tipo da senhora qual jovem não imagina coisa e depois bate punheta na sua intenção?
Você já fez isto Diogo?
_Claro sempre que venho aqui sinto cheiro de sexo no ar vou correndo para a padaria para descascar uma!
_Hum e porque não me satisfaz junto também?
A senhora iria topar dá sua xaninha para um garoto sem graça como eu?
_Hum se fosse agora daria todos os prazeres imagináveis a você meu garoto, mas você está ocupado não é?
_Não, eu estou indo fazer umas coisas no centro da cidade e estou com tempo livre, e se estivesse ocupado eu perdia até o emprego, mas saciaria este desejo e tara que tenho pela senhora.
_Ah senhora está no céu, Diogo me chama de Marcela mesmo está bom?
Está bom demais Marcela, veja como estou cheio de tesão, dizendo dirigindo o olhar para seu membro excitado.
Se aproxime Diogo!
E com seu jeito tímido veio até mim sem saber ao certo o que poderia acontecer.
Pois bem com o tesao que senti durante a noite e não me satisfiz normalmente, perdi o pudor e a vergonha e já fui segurando no cacete do jovem.
Que parecia um porrete de tão duro que estava.
Abaixando sua bermuda vi com alegria aquele membro já soltando uma babinha, pois era tão grande sua excitação.
Diogo você é virgem?
Não! Mas podemos dizer quase só transei duas vezes com uma amiga de colégio, mas a nossa inexperiência e o medo de ser flagrado pelos pais dela nem deram chance de aproveitar direito as sensações de dois jovens que estreavam para a vida sexual.
_Ah... Então podemos retificar isto!
_Está bom deixe-me guiar aos prazeres de seu corpo.
Abaixando ficando de joelhos em seus pés alisava e beijava com delicadeza aquele membro em ascensão.
Não muito grande, mas com cabeça enorme que parecia um cogumelo rsrsr.Acho certo me especificar com brincadeiras do que denominar nomes e apelidos fora do normal.
Sem muita demora levei-o até minha suíte e começamos a tomar um banho longo e cheio de trocas de carinhos.
Assim pude ter uma visão total daquele jovem rapaz.
Olhos pretos sorriso de menino com vontade imensa de provar do meu corpo e saciar sua fome de sexo.
E por que deixá-lo na vontade!
Não é mesmo.
Pois bem comecei a chupar seu cacete no chuveiro e ouvia seus gemidos de prazer.
Isto me incitava a chupar mais ainda.
Com movimentos dos quadris ele introduzia mais ainda seu membro na minha boca.
Ah dona, Ops desculpe.
Ahh Marcela não agüento mais de vontade de gozar.
Posso?
Goza Dioguinho na boquinha de Marcelinha vai... Enche de leite a tia Marcelinha vai meu menino gostoso.
Anda goza...
Sem suportar mais de vontade sinto espasmos de seu cacete em minha boca deixando golfadas grossas e espessas de um leite gostoso.
Sorvi daquele precioso néctar e sugava mais ainda seu cacete que parecia que não amolecia nunca.
Seu orgasmo deixou ofegante e com sorriso nos lábios.
Fomos para cama e deitada pude sentir a posse de seus lábios sedentos em minha xoxota.
Menino esperto me sugava muito e sempre entre sussurros falava palavras cheias de excitação.
Que qualquer mulher fica doida de ouvir.
Ainda mais por um jovem inexperiente, mas com total desenvoltura estava me deixando mole de tanto gozar.
O elixir da juventude é muito bom para qualquer balzaquiana.
E entre seus lábios tive orgasmo intenso e prolongado.
Seu instrumento de prazer rígido como nunca veio até minhas entranhas e com estocadas vigorosas gozamos novamente. Sentir seu corpo colado ao meu foi sublime vital para alegrar meu dia.
Poxa que saúde!
Entre beijos abraços e carinhos o Diogo fez-me prometer que sempre possível deixaria ele me visitar. Mesmo que eu não o quisesse como namorado, mas poderíamos ser amigos e amantes.
O que eu poderia fazer a não ser concordar, afinal um jovem em pleno vigor físico só iria contribuir para saciar a minha fome constante de sexo prazer e muito amor.



Docecomomel(hgata)
Imagem do google
"Não confundam o autor com sua Obra"

Um comentário:

  1. Assim une-se a fome e a vontade de comer,rsrs.Boa trama amiga.Voltando da Minas e me atualizando aos poucos.Meu abraço e boa semana na paz.Que venham as inspirações para contos e poesias.Inté.

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts

Obrigada

Obrigada
Agradeço a todos que perdem seu precioso tempo em visitar este blog. Fico muito feliz de poder saber que muitos veêm leêm e recomendam . Obrigada de coração: (docecomomel)