.

.

Acessos em Êxtase !

.Contos Eróticos de Docecomomel

.Contos Eróticos de Docecomomel

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Luxuria e Traição


Oi pessoal.
Eu sou a Marcela como alguns já sabem conto algumas aventuras pessoais minhas.
Pois bem esta aconteceu recentemente.
Vou compartilhar com vocês uma das minhas aventuras extraconjugais.
Sempre é bom compartilhar momentos de alegria euforia e porque não aventuras sexuais.
Sempre tem as que não dão pra esquecer.
Já fico excitada bem antes de começar a digitar.
Oh. coisa gostosa é transar.
Certa vez tentei imaginar como seria fazer sexo oral enquanto o Ricardo dirigia, eu queria saber se daria pra o fazer gozar desse jeito, se não o atrapalharia afinal teria que prestar atenção no transito.
Pois bem, resolvi fazer o teste São tome acredito vendo.
Bem ia sair naquele dia ai eu resolvi que iria tentar, afinal iríamos para um motel e um aquecimento no percurso não seria tão ruim assim.
Sem dizer nada eu comecei a beijá-lo na orelha, no pescoço... Dizer coisas em sussurros em seu ouvido... A acariciar todo seu corpo.
Resolvi ir mais adiante e deixá-lo louco de desejo mesmo.
Foi quando comecei a passar a mão nas pernas dele enquanto o beijava
Pude perceber que ele já estava começando a ficar ofegante.
Isso me deixou mais excitada, então comecei a passar a mão entre as suas pernas e abrindo sua braguilha comecei acariciar seu cacete, que estava rígido como uma tora de madeira.
Não pensei que isso pudesse deixá-lo excitado a ponto de querer gozar logo.
Seu cacete duro e latejante soltava uma babinha que eu chamo de pré-gozo.
Delicia que eu discretamente lambia.
Assim que pegamos a auto-estrada eu não mais resistindo de tanta vontade de chupá-lo, me abaixei lentamente na direção do seu cacete, comecei a mamá-lo ferozmente.
Mas era exatamente isso que ele queria que eu fizesse, assim que minha língua e meus lábios tocaram a cabeça do seu cacete gemeu muito.
Isto só fez aumentar minha vontade e desejo, de querer fazê-lo gozar na minha boca em um local quase publico.
Entramos no motel e assim que estacionou o carro ele fechando o portão; Começamos e transar ali mesmo, muito antes de ir para o quarto.
Percorria todo seu cacete delicioso com a minha língua e lábios antes de começar a colocá-lo dentro da minha boca.
Com uma gulodice enorme.
O que me deixava mais molhada a cada instante.
Comecei a gemer muito enquanto eu o chupava e lambia lentamente, como se estivesse mamando.
Adorei quando ele me pegou pelos meus cabelos e começou a forçar a minha cabeça contra o corpo dele, e ele dizia entre gemidos
"Quer me fazer gozar na sua boca minha putinha?
Então me chupa gostoso do jeito que só você sabe.
Nossa, o jeito com que ele falou comigo me deixou louca de excitação, adorei ser chamada de putinha e safadinha.
Dessa vez, era diferente eu estava me comportando mesmo como uma safada.
Mas era tão gostoso sentir-se assim, que eu não parava de chupar aquele cacete.
Acho que assim como nós que ficamos excitados quando adrenalina age em momentos de luxuria e lascívia.
Os homens em sua maioria ficam alucinados de excitação em uma ação de traição isto os deixa super excitados quando está dirigindo-se a um encontro em um motel ou outro lugar qualquer.
Ah como é bom uma relação amorosa extraconjugal. O ápice do prazer nos deixa inebriados de excitação.
Aquele jeito tão alucinado de querer transar me deixava louca e super excitada.
Bem depois de chupá-lo o máximo possível o anuncio do gozo era eminente, o Ricardo disse que iria gozar, porque ele sabe que eu adoro ouvir quando ele vai gozar. Amo sorver de seu liquido precioso.
Senti o seu jato quente que rapidamente me encheu a boca toda.
Eu sou gulosa é claro, como sou uma boa moça, engoli todinho, não deixei nenhuma gotinha escapar e fiquei ali mamando ele bem devagar, até sentir seu pau gostoso ficar mole na minha boca. Adorei tanto essa pratica que ali mesmo na garagem de nossa suíte o Ricardo me chupou e sorveu do meu néctar.
Bem antes de entrarmos para nossa alcova pra complementar nossa noitada.
Ah como é bom ter um bom amante para poder compartilhar do nosso prazer.
Afinal o meu corpo por direito é meu usar e usufruir as delicia dele só cabe a mim de direito escolher.

Docecommel(hgata)
Imagem do google
"Não confundam o autor com sua obra"

Um comentário:

  1. Verdades perdidas pelas linhas,calor total, entrega na ao prazer em mais um belo conto.Bom fim de semana.Muita paz amiga.

    ResponderExcluir

Suas palavras...Minhas emoções!

Marcadores

Crie Não Copiei

Crie Não Copiei

"Meu Nascimento" 12/07/2010.

"Meu Nascimento" 12/07/2010.
Como sem querer envoltos em pensamentos de carinho e amor nasceu a concepção deste Blog. Meus contos são a prova viva de quem sabe não precisa nascer sabendo.Aprendi a andar sozinha e sei o meu real valor...O que muitos que se julgavam capazes pisam e desmoralizam. Nada sabem. Não sou fake nem tão pouco poetisa. Sou Mulher humana que faz de seus descaminhos errantes estradas de Paz e Luz para todos."Sou docecomomel(hgata)" Meu primeiro conto erótico 12/7/2010.

Posts